You are on page 1of 3

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D O R E C Ô N C AVO D A B A H I A FORMULÁRIO

CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS, AMBIENTAIS E BIOLÓGICAS
COORDENAÇÃO ACADÊMICA
R0091

PLANO DE ENSINO DE COMPONENTE CURRICULAR
CENTRO SEMESTRE CURSO(S)/NÍVEL
Tecnologia em Gestão de x GRADUAÇÃO
CCAAB 2015.I Cooperativas
PÓS-GRADUAÇÃO

CO MPO NE NT E CURRICUL AR
CÓDIGO TÍTULO
CCA 364 GES TÃO TEC NO LÓ G IC A EM EMPR EEND IM ENTOS S OLID ÁR IOS

PRÉ- REQUISITO(S)
Não há pré-requisito

RE FE RE NCIAL DO (S ) PRO JE TO(S ) PE DAGÓ GICO (S )
CO MP O NTE NTE I NTEG RANTE DO P RO JE TO PE DAG Ó G I CO CURS O DE Gestão de Cooperativas
DATA DE AP RO VAÇÃO DO PRO J E TO PE DAG Ó G I CO PE LO S Ó RG ÃO S S UP E RI O RES

CARGA HORÁRIA NOME DO(S) DOCENTE(S)
T P Est. TOTAL

68 68 Alessandra B Azevedo

E ME NTA
Introdução ao pensamento e a metodologia científica. O conceito de tecnologia. Progresso tecnológico e
desenvolvimento social. Tecnologia Social. Empreendimentos solidários e a gestão tecnológica. Sistema
Brasileiro de inovação tecnológica. Extensão tecnológica.

O B JE T IVOS
Proporcionar ao estudante base conceitual e metodológica para a identificação e gestão da inovação
tecnológica para o desenvolvimento social.
Identificar possibilidades tecnológicas para os empreendimentos solidários.
Desenvolver competências metodológicas para a disponibilização e apropriação de tecnologias sociais.

METODOLOGIA DE ENSINO
Durante todo o semestre, o percurso da disciplina será feito no sentido de provocar o diálogo em sala de aula, a participação e o
compromisso com tarefas práticas sobre os assuntos abordados. Os recursos utilizados (apresentações dos conteúdos em aula
expositiva, seminários, técnicas de dinâmicas de grupo, filmes de ficção e documentários e visita a um empreendimento)
possibilitarão diferentes formas de aprendizagem e integração, bem como pressupõem maior motivação e interesse dos estudantes.
Os alunos desenvolverão três protótipos de tecnologia social que serão instalados no Campus de Cruz das Almas.

_________________________________________________________________________________________________________
UFRB – Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas – CCAAB
Rua Rui Barbosa 710, Centro, Cruz das Almas/BA. CEP 44380-000
Tel. (75) 3621-9751 / ccaab@ufrb.edu.br
http://www.ufrb.edu.br/ccaab

2010. In COSTA. DIAS R. Conhecimento e Cidadania1 Tecnologia Social.B. SP: Komedi. 2013 (113-132) 10 1ª avaliação – Prova escrita 11 SERAFIM M. São Paulo. Agricultura urbana: Analise do programa Horta Comunitária do Município de Maringá (PR) In COSTA. Ambientais e Biológicas – CCAAB Rua Rui Barbosa 710.M.) Tecnologia e Políticas Públicas.183) 14 Atividade prática ITS Sistema de acompanhamento de tecnologia sociais – SATECS 15 16 Atividade prática 17 COSTA A.M. 2 Vídeos sobre tecnologia social ITS Para entender a tecnologia social-uma viagem pelo Brasil. São Paulo: Instituto Polis: Brasília: Fundação Banco do Brasil. Estado e Sociedade Civil na implantação de políticas de cisternas.ufrb. (org. ITS.B. Opção 01. São Paulo: Instituto Polis: Brasília: Fundação Banco do Brasil.B.B. In COSTA. A Tecnologia social e seus desafios. (53 .B. Campinas. BAGATTOLLI C.D. (org.B.B. A..de B. A.B.71) _________________________________________________________________________________________________________ UFRB – Centro de Ciências Agrárias. Campinas.) Tecnologia e Políticas Públicas. SP: Komedi. ABREU K.) Tecnologia e Políticas Públicas. In COSTA. in FUNDAÇÃO BANCO DO BRASIL: Tecnologia Social: Ferramenta para construir outra sociedade.P. Tecnologia Social: Breve referencial teórico e experiências ilustrativas. 2013 (17-32) 7 Atividade prática 8 COSTA A.edu. 2013 (33-64) 9 JESUS V. In COSTA.B. (org.. COSA A. in FUNDAÇÃO BANCO DO BRASIL: Tecnologia Social: Ferramenta para construir outra sociedade.) Tecnologia e Políticas Públicas. 3 ITS. A. 2013 (133-152) 12 Atividade prática 13 COSTA A. São Paulo: Instituto Polis: Brasília: Fundação Banco do Brasil. A. DIAS R. (75) 3621-9751 / ccaab@ufrb. (53 . 2007. 2013 (153. Cruz das Almas/BA. 4 DAGNINO R.B.br/ccaab .br http://www.construção do telhado ecológico da base na fazendinha ou Opção 02 – Construção de uma mandala e Atividade 02 – pesquisa de engenhocas B IBL IO GRAFIA B ÁS ICA DO CO MPO NE NT E CURRICUL AR ( PE RTI NE N TE AO ( S ) PR O J E TO( S ) PE D A G Ó G I C O ( S ) AO Q UA L O C O M PO N E N TE ES TA I N S ER I D O . 44p. O Programa Água Doce: Transformendo uma tecnologia convencional em tecnologia social. levantamento de expectativas. Educação contextualizada e tecnologia social: a experiência da Casa Familiar Rural de Igrapiúna (BA).de B.B.R. Políticas Públicas e Tecnologia Social: Algumas Lições das experiências em desenvolvimento no Brasil.. São Paulo: Instituto Polis: Brasília: Fundação Banco do Brasil. CRONOGRAMA DE ATIVIDADES aulas ATIVIDADES PROGRAMADAS 1 Apresentação do componente curricular.71) 5 Atividade prática 6 JESUS V. (org) Tecnologia e Políticas Públicas. São Paulo: Instituto Polis: Brasília: Fundação Banco do Brasil.. Centro. A Tecnologia social e seus desafios. L I M I TAR . 2010. 2013 (223-246) Apresentação do relatório de campo FORMA DE AVALIAÇÃO DO APRENDIZADO Serão três avaliações durante o semestre: A 1ª avaliação . A. 33p.SE A 4 ) DAGNINO R. Instituto de Tecnologia Social.de B. São Paulo: Instituto Polis: Brasília: Fundação Banco do Brasil.Apresentação de textos em sala (10 pontos) A 2ª Avaliação – Prova escrita A 3ª Avaliação – Atividades Práticas. CEP 44380-000 Tel. (org.B. (org.) Tecnologia e Políticas Públicas. A. DIAS R.edu.. In COSTA.

São Paulo: EPU. ___________________________________________ Coord en ad or(a) Ap rovação h omol ogad a p el o Con s el h o Di retor d o CCAAB em Reu n i ão ocorri d a no d ia _____/ _____/ _____. In Tecnologias Sociais: Caminhos para a sustentbilidade. Centro..Um exercício de democratização para o desenvolvimento social. Rio de Janeiro: FBB.in FUNDAÇÃO BANCO DO BRASIL: Tecnologia Social: uma estratégia para o desenvolvimento.277p. V. BRANDÃO F. In REDE DE TECNOLOGIA SOCIAL. Cruz das Almas/BA. CEP 44380-000 Tel. 1989. Ambientais e Biológicas – CCAAB Rua Rui Barbosa 710.br/ccaab . ITS Sistema de acompanhamento de tecnologia sociais – SATECS WEIDJ. NOVAES H.br http://www. ITS.n. 54p. S. 33p. Tecnologias sociais e políticas públicas.C.2009.de M. R. Secretaria Executiva da rede de tecnologia social (RTS). Brasília.(15-64) ITS Para entender a tecnologia social-uma viagem pelo Brasil. 2004.. Tecnologia social e desenvolvimento sustentável Contribuições da RTS a formação de uma política de estado de Ciência. M. ___________________________________________ Presi d en te do Con sel h o Di retor do CCAAB _________________________________________________________________________________________________________ UFRB – Centro de Ciências Agrárias. Aldalice Otterloo. (47-52) NI B IBL IO GRAFIA CO MPL E ME NTAR DO CO MPO NE NT E CURRICUL A R DAGNINO R. (75) 3621-9751 / ccaab@ufrb. agroecologia: Um modelo agrícola para garantir a segurança alimentar. ( 3-22) SOUSA J.FIGUEIREDO.ufrb. Brasília.edu. tecnologia e inovação. Produção social da tecnologia.[et al].edu. (183-194) AS S INATURA DO (S ) DO CE NTE (S ) RE S PO NS ÁVE L (E IS ) ____________________________ _______________________ _____________________ (n ome do d ocen te) (n ome d o docen te) (n ome d o d ocen te) Ap rovad o em Reu n i ão d o Col egi ad o d o Cu rso d e _______________________________ Di a _____/ _____/ _____.T. Sobre o marco analítico-conceitual da tecnologia social.98p. 2010.