You are on page 1of 21

1

STORYTELLING NA CRIAÇÃO DE CONTEÚDO EM BLOGS1
Estudo de caso: Blog 360 Meridianos

Ruth Lopes Ramos Vieira2
Naiana Rodrigues da Silva3

RESUMO

Basicamente é possível dizer que não podemos viver sem o storytelling, ou seja, no
dia a dia, a narrativa faz parte de nossas vidas. Essa ferramenta se tornou ainda
mais importante quando nos referimos à construção de blogs, onde pessoas querem
se comunicar com um determinado público que já está ‘bombardeado’ de
informações. Para se chegar a um público definido e fiel não basta apenas contar
qualquer história, é preciso aplicar uma idéia, planejar e contar uma história que
ganhe credibilidade. Dessa forma será necessário criar estratégias para compartilhar
conteúdo e conhecimento que gere engajamento com o leitor, fazendo o uso real
desta estratégia. Qualquer meio pode ser utilizado para contar uma história,
incluindo blogs, filmes e canais sociais. Cada meio provoca uma reação diferente em
seu público, por isso, as histórias devem ser adaptadas, ou seja, saber qual história
contar em qual meio. O objetivo deste artigo é abordar o uso de Storytelling nos
posts de blogs, além de apresentar através da pesquisa bibliográfica abordadas por
autores que tratam o assunto de forma inteligente e relevante, incluindo as
observações e a importância de adquirir esta estratégia para produzir maior
engajamento dos leitores diante das publicações.

Palavras-chave: Storytelling. Blog. História. Conteúdo.

RESUMEN

1 Trabalho de Conclusão do curso de pós graduação Latu Sensu Comunicação e Marketing em Midias Digitais
2 Graduada em Design Gráfico, Estacio Fic – Email: rthlramos@gmail.com
3 Mestre. Universidade Federal do Ceará - Email: naianarodrigues@gmail.com

2

Básicamente se puede decir que no podemos vivir sin la narración, es decir, sobre
una base diaria, la narrativa es parte de nuestras vidas. Esta herramienta se ha
vuelto aún más importante cuando nos referimos a la construcción de blogs donde la
gente quiere comunicarse con un determinado público que ya está 'bombardeado'
información. Para lograr un público definido y leal no es suficiente para contar
cualquier historia, es necesario aplicar una idea, plan y contar una historia que gana
credibilidad. Por lo tanto es necesario crear estrategias para compartir contenidos y
conocimientos que generan compromiso con el lector, por lo que el uso real de esta
estrategia. Cualquier medio puede ser utilizado para contar una historia, incluyendo
blogs, películas y canales sociales. Cada medio provoca una reacción diferente en
su público, por lo que las historias deben ser adaptados, es decir, saber qué historia
que contar en el cual la mitad. El propósito de este artículo es abordar el uso de
contar las historias en las entradas del blog, y presentar a través de la literatura
dirigida por los autores que tratan el tema de manera inteligente y relevante,
incluyendo las observaciones y la importancia de la adquisición de esta estrategia
para producir un mayor compromiso en los lectores de las publicaciones.

Palabras clave: Contar una historia. Blog. Historia. Contenido.

1 INTRODUÇÃO

A humanidade sempre foi conduzida por mitos e histórias. O storytelling4 é
capaz de reforçar uma marca, um personagem ou enredo na cabeça do leitor, além
de ser uma ferramenta eficaz para motivar o marketing viral 5, capaz de motivar
colaboradores, melhorar processos voltados a clientes e destinatários das
mensagens, além de ajudar na construção de enredos inesquecíveis. Afinal,
histórias quase sempre são lembradas.

O storytelling tem uma eficácia estratégica pois funciona em diversas
plataformas como Facebook, Twitter e blogs, ajuda na disseminação e viralização
dessas histórias, ao mesmo tempo em que incentiva outras pessoas a
compartilharem isso com os amigos. O tema proposto busca compreender o grau e
o uso dessa ferramenta de forma positiva na construção de histórias na criação e
desenvolvimento de blogs.

4. É a capacidade de contar histórias de maneira relevante, onde os recursos audiovisuais são
utilizados juntamente com as palavras.
5. São técnicas de marketing que tentam explorar redes sociais pré-existentes para produzir maior
divulgação da marca. São processos parecidos com o de uma epidemia; uma doença. (Fonte:
https://www.significados.com.br/marketing-viral/)

360meridianos. 3 O trabalho presente utilizará como metodologia o tipo pesquisa bibliográfica.” (XAVIER. em alguns momentos a resposta emocional pesa mais que o racional. As histórias educam. palavras bem utilizadas e vocabulário adequado. os personagens transmitiram realidade e além de tudo isso houve um suporte visual. O tipo de pesquisa também será o de observação.com. Como definir o storytelling? A união das palavras “history”. com o objetivo de um maior entendimento do tema. nesse momento a capacidade de contar histórias deve ser usada para influenciar o receptor. você nasce e ouve várias histórias. uma estrutura narrativa. uma história pode ser interessante ou passar desapercebida pelos leitores. emocionar e persuadir o receptor. ouvir. para a qual serão consultadas livros e sites especializados. O storytelling é a capacidade de transmitir pensamentos. mas o conceito real vem desde a antiguidade. Histórias são contadas desde o início do mundo. 2015. . e “story”. pois essas histórias não contêm apenas informações. alertam e influenciam as pessoas que as ouvem. Quando podemos dizer que uma estória foi bem contada? “Quando houve um enredo inteligente. elas possuem crenças que despertam emoções. com o intuito de analisar e compreender como o storytelling deve ser utilizado no desenvolvimento do blog www. p 14). o storytelling é uma palavra nova para a maioria das pessoas. comprar. ideias. que está relacionada a alguma coisa que aconteceu. fatos através de uma narrativa relevante e coesa. geralmente ligada à ficção. capaz de entreter. 2 STORYTELLING COMO ESTRATÉGIA DE MARKETING Conforme Palacios (2016). com o passar do tempo você passará a contar essas e outras histórias para as pessoas que encontrar no decorrer de sua vida. onde a forma de contar história sempre foi marcante entre as pessoas. O emocional tem grande poder no momento de alguma decisão: ler.

Ato de participar de modo voluntário. O blogueiro deve entender as necessidades. para que essa estratégia possua um efeito envolvente. tratando-se de blogs. não basta existir. transmitir lições e criar empatia com o seu público. com objetivo de gerar mensagens mentais aos visitantes do blog. o fato de contar história se manteve intacto. É preciso marcar presença. lembrando sempre que não existem regras para a criação de storytelling e sim que seja atrativa ao receptor e que também engaje esse público com o blog. lendo e compartilhando nas redes sociais. posteriormente os tornando seguidores. objetivos. Neste mundo atual.significados. desafios e preocupações (Fonte: https://www. histórias são uma ferramenta poderosa de comunicação. desejos. assim como uma criação de suas histórias pessoais. emoções. as pessoas utilizam esses espaços para repassar valores. Afinal. motivações.br/? s=persona) 7. É muito importante envolver o conceito do blog na história que vai ser contada. 2015) 3 DEFINIÇÕES DE STORYTELLING Quando não havia escrita já se faziam rabisco para registrar alguma situação através de imagens encontradas nas cavernas. é aquela que pode ser compartilhada e não cai no esquecimento do primeiro leitor. 4 Uma boa história. compartilhar experiências. (POMPILIO. com o passar do tempo a histórias foram mudando seus aspectos e formas de serem apresentadas. Deve haver afinidade dessa história com as expectativas do público.com. dificuldades e medos de seu leitor. . O storytelling possui um forte apelo emocional. mergulhar de cabeça no perfil dessas pessoas e escrever sobre o que elas querem ouvir. o objetivo do storytelling é criar conexões emocionais com um determinado público para gerar empatia e engajamento7. Desde que foram criados os blogs. E a grande demarcadora de presença é sempre a emoção! A emoção é o realce por excelência. É a representação fictícia do seu cliente ideal. 6. mas antes é preciso conhecer as personas6. Ela é baseada em dados reais sobre comportamento e características demográficas dos seus clientes. foi a maneira de serem contadas que evoluiu. Pessoas que contam histórias esperam sempre um retorno.

A tecnologia deu novas características a essas formas de contar histórias. entretanto tem pessoas que não sabem como contá-las. substituiu a leitura tradicional. Contar narrativa é uma das técnicas que mais prendem a atenção do público. As plataformas existentes permitem que as histórias tenham participações de seus leitores como coautores do enredo. o Storytelling possui três definições. ao qual agrega-se outros conjuntos de informação na forma de blocos de textos. O termo é a união das palavras inglesas story (história. 5 Podemos perceber que há uma mistura de ficção com realidade e/ou misticismos. vídeo para a internet. publicações em geral. fortalecendo o movimento de desconstrução do autor que teve origem no século XX. Em relação aos blogs. conforme descrição: 8. no sentido do antigo estória em português) e telling (narração / contar história). cinema.. histórias não apenas são escritas ou contadas. as histórias não apenas são contadas. De acordo com Adilson Xavier (2005). pois chama muita atenção. cujo acesso se dá através de referências específicas denominadas hiperlinks . No storytelling as histórias são utilizadas como ferramentas de comunicação. por sua vez. para a mídia impressa e digital e para o mundo corporativo como um todo. imagens ou sons. A mudança importante trazida pelo hipertexto criou a possibilidade de uma navegação interativa que. É o termo que remete a um texto em formato digital. Conforme Fernando Palacios (2016) “alguns dizem que Storytelling é uma ferramenta. Storytelling é a arte de contar história e um método que utiliza palavras ou recursos audiovisuais para transmitir uma narrativa. Martins (2014) fala das mudanças que os computadores conectados à internet trouxeram aos formatos de histórias: “com o hipertexto há mudança na relação de forças na medida em que o leitor pode comentar o texto escrito por outros”. seu conteúdo pode ser produzido para TV. mas podem ser comentadas e compartilhadas através de hipertextos 8. outros afirmam que se trata de um processo de sete passos e alguns comentam que contar histórias é uma atividade voltada para crianças”.

Numa tradução livre podemos definir blog como um diário online. 6 Definição pragmática: Storytelling é a tecnarte de elaborar e encadear cenas. caracterizados pela sua forma. construindo monumentos imaginários repletos de signifcado. de qualquer idade ou região podem criar um blog e postar as informações que julgarem importantes para tal. p. com a presença freqüente de comentários e trackbacks” (BLOOD apud RECUERO. que é resultante da justaposição das palavras da língua inglesa web e log. Definição poética: Storytelling é a tecnarte de empilhar tijolos narrativos. 4 BLOGS COMO PLATAFORMA DE PRODUÇÃO DE CONTEÚDO Blog é uma palavra que resulta da simplificação do termo weblog. onde tudo pode ser publicado e dito. 2002. Weblogs ou blogs “são ferramentas para a publicação de páginas na Internet com textos (posts). Quaisquer comunidades ou pessoas. formando um quadro memorável. nem para quem pode ter um. sem limites para o conteúdo. organizados de forma cronológica inversa.23). Os Blogs são espaços interativos. a palavra Web por sua vez. . dando-lhes um sentido envolvente que capte a atenção das pessoas e enseje a assimilação de uma ideia central. tem o significado de rede (da internet) enquanto que log é utilizado para designar o registro de atividade ou desempenho regular de algo. Definição pictórica: Storytelling é a tecnarte de moldar e juntar as peças de um quebra-cabeça. Seus registros aparecem em ordem cronológica inversa (o último lançamento aparece sempre em primeiro lugar) e utiliza programas simples que praticamente exigem apenas conhecimentos elementares de informática por parte do usuário.

É possível transportar os princípios da narrativa para outros canais e não apenas a um blog. know-how. 2016. reforçar crenças e dominar! Hoje se chama “fidelizar o cliente”. uma "disciplina" (SALMON. Para o autor Narrar tornou-se um meio de seduzir e convencer. é um formato discursivo ou.” (MSCIL. Desde tempos imemoriais. eles redigem “para a rede” e isso imprime um teor genérico ao texto. 7 Neste artigo. uma experiência. que muitos chamam de “musa inspiradora”. os bloggers são contadores de histórias no formato digital. O ato de contar histórias junta pessoas na mesma perspectiva. p. 2007). Facebook ou qualquer outra rede. como Twitter. propomos que os blogs são plataformas que apresentam o storytelling. Instagram. Conforme citado pelo autor francês Christian Salmon. Alguém que escreve para que outro leia.16) . quem contou a melhor estória. (PALACIOS. Também significa partilhar. O storytelling não se restringe a histórias. Formalizar conteúdos. formatar discursos. a qualquer hora em diversas plataformas. Já o escritor experiente faz diferente e pensa no leitor que está implícito. quando amadores escrevem. Desde então. Configurar práticas. em Storytelling: la machine à fabriquer des histoires et à formater les esprits (2006). E um bom escritor pensa em uma pessoa específica. provavelmente venceu. informar. transmitir informações. especial. os eleitores. a estória é utilizada como instrumento para ensinar. Fazendo referência aos blogs. transformando seguidores em leitores e também acaba atraindo mais gente aos outros canais. p23). compromete o engajamento. relatórios. influenciar um público. ou seja. para falar como Michel Foucault. elas se identificam e compartilham comentários e dividem experiências através de narrativas publicadas. 2014. entreter. ao aplicar nas redes sociais. Isso é possível porque o storytelling funciona em qualquer momento. os clientes.

no blog não é diferente. grupos. Histórias de indivíduos. a hospedar-se em um servidor e a usar uma mistura de imagens e palavras que se complementam transmitindo uma melhor abordagem. Se antes eles eram diários virtuais. formando uma espécie de corrente. Cada post publicado pode ou não impactar e ter um retorno. espaços para a livre manifestação de um sujeito. Como o storytelling nada mais é que a arte de contar histórias. Milhões e milhões de histórias lutando por um lugar ao sol na bombardeada memória das pessoas. os que se tornam públicos tendem a ser temáticos. A grande maioria dos blogs são pessoais e estão no anonimato. p. tudo misturado. a assuntos tratados em outros blogs. cada um registra sua história via redes sociais. o que quiser. comentados e referidos por links. Segundo AMARAL. testemunhando ou inventando. reproduzidos. nomes e marcas. hoje eles podem ser um meio de comunicação alternativo para veicular informações. a blogosfera vai estruturando-se como uma rede textual heterogênea que aproxima as pessoas. compreensão e interesse do público- alvo. 105) O uso dos blogs mudou bastante com a sua popularização. admiradas. 8 Diante de um computador. Esses blogs publicam. ou fazem referência por links. buscando ser lembradas. escritos. aumentando as possibilidades de interação. Nesse fluxo de variados textos verbais e não-verbais. narra o que está vivendo. . notícias e opiniões. tablet ou smartphone. compartilhadas. que expressava seus pensamentos e contava suas histórias. RECUERO e MONTARDO (2009. multiplicadas.

fotografia de viagem.html). Se definem como sonhadores que acreditam que grandes jornadas mudam a vida das pessoas. como morar sozinho. inclusive com postagens incluída nessa temática. as imagens além de seduzirem. A fotografia também é uma ferramenta poderosa para construir uma narrativa. Mas quando aliada uma boa foto a um bom texto.com. analisaremos a forma como os blogueiros utilizam o storytelling dentro de suas postagens que vêm conquistando o seu público e tornando-os fiéis através de comentários. cada blogueiro narra sua história sobre vários aspectos da vida de um viajante ou de sua vida particular. sem nada escrito para acompanhar. são jornalistas apaixonados por viagens. Eles são três amigos de Belo Horizonte que compartilham experiências incríveis. Natália Bacattine e Rafael Sete Câmara. turismo e estilo de vida. assuntos esses que são de grande interesse e tem gerado uma conexão mais eficiente com o público específico do seu blog.360meridianos. dicas de viagem. de conhecer histórias sobre o assunto. O blog 360 meridiano faz uso dessa ferramenta com bastante propriedade. Segundo BECATTINI (http://www. curtidas e compartilhamentos de mensagens. contam histórias de modo visual. O uso das fotografias implica em outra técnica de storytelling.com/2017/01/storytelling- blogs-viagem. a história ganha ainda mais força. checklist de bagagem e como proceder em caso de problemas no exterior. Suas histórias passaram a ter maior significado para jovens e adultos que gostam de viajar. 9 Tendo como referência o blog 360meridianos. ora complementando-o 5 ANALISE DO BLOG 360 MERIADIANOS Os blogueiros que administram o 360meridianos são Luíza Antunes. nem tudo é sobre palavras. E uma boa foto às vezes dá conta de fazer isso sozinha. ora ilustrando o texto. .

053 seguidores (informações atualizadas em 02 de fevereiro de 2017. O blog é membro da Rede Brasileira de Blogueiros de viagem e também é faz parte da Associação Brasileira de Blogs de viagem.) .2mil seguidores com 2. Em 2012 quando retornaram ao Brasil estavam com uma ‘bagagem cheia de história’. e isso fez uma diferença tremenda em termos de conteúdo e audiência. onde puderam conhecer culturas. onde passaram 10 meses viajando e conheceram 14 países.003 curtidas e 54. Foi a primeira vez que os três puderam focar 100% no blog. España e Rafael em Belo Horizonte. No início eles postavam em horas vagas quando não estavam trabalhando.080 membros e Nômades Digitais – 360 meridianos com 7. eles começaram o blog como um trabalho. O blog possui também links diretos com página no Facebook onde possui 55. Finalmente. Brasil. os posts seriam o local onde poderiam contar suas aventuras para os amigos e familiares. Hoje eles colecionam viagens em mais de 30 países. Na volta para o Brasil resolveram comprar um ticket de volta ao mundo.315 seguidores. eles resolveram fazer um intercambio profissional. ambientes. possui dois grupos fechados no facebook Café 360 meridianos com 1. Portugal.281 publicações e no Twitter 4. o 360meridianos é uma empresa e se tornou o estilo de vida de Luiza que atualmente mora em Coimbra. destacando que o blog tem ações patrocinadas pelo facebook. foi quando surgiu a ideia do 360meridianos. em 2014. e logo se percebeu que não seria apenas um hobby. O nome veio do fato de que cruzaríamos as 360 linhas imaginárias que dividem o globo terrestre. foi somente em 2013 que foi possível os três bloggers largarem definitivamente os empregos e combinar o trabalho no blog.376 membros. de Nataly em Barcelona. vivências que compartilham no blog. o blog se tornou nossa única fonte de renda. no Instagram possui 27. onde se conheceram fazendo um estágio em produção de conteúdo na Índia. Para marcar essa nova fase do 360meridianos. fizeram uma viagem de 60 dias pela Europa. 10 Em 2011.

o contexto social e político do destino que o viajante pretende ir através do Atlas 360. O blog dá dicas de viagens. ao planejar uma nova aventura. As viagens. é como você já estivesse lá desfrutando do que a de melhor. sabe aquela sensação de conhecer o local dos seus sonhos apenas pelos textos e imagens e quando você chegar no local se deparar com a surpreendente realidade que você imaginava. (fonte: http://www.360meridianos. ou melhor. que apresenta um mapa completo que ao clicar no país que você deseja abrirá uma nova aba com informações do que está disponível para aquele local. você viaja pelo imaginário antes de chegar ao local. e no período pré viagem não haverá insegurança depois de seguir o passo a passo indicado pelos blogueiros e no momento que a viagem se concretizar você ira de coração aberto curtir e aproveitar cada momento sem surpresas desagradáveis.com/atlas-360) FIGURA 1 – DESTINOS EM DESTAQUE . estradas. O mundo é muito grande. alternativas. até superior. cheias de detalhes. 11 O Blog 360meridianos é exatamente o que um viajante precisa antes e durante uma viagem. é essa sensação que você tem ao vê ler o blog 360meridianos. é fácil se perder no mundo de informações que existe na internet. lista de atrações e conteúdo sobre a cultura. O Atlas 360 busca reunir as informações mais importantes e atualizadas sobre qualquer destino do mundo que a gente já tenha colocado os pés. E.

9 http://www. FIGURA 2 – COMO PLANEJAR UMA VIAGEM Fonte: Blog 360meridianos Durante a volta pelo mundo os blogueiros levaram guias de viagem sobre os locais que passavam para ajudar em possíveis dificuldades. sem abrir mão de comentar outros destinos que vão de A (África do Sul) ao V (viatnã).360meridianos. Acesso em janeiro de 2017 . com riqueza de detalhes. com ilustrações encantadoras de locais e pontos turísticos de cada um.com/atlas-360. Por essa razão eles lançaram alguns livros com ricos conteúdos. conforme imagem mostrada acima. 12 Fonte: Blog 360meridianos9 Na categoria dicas e guias de viagem o blog apresenta os destinos em destaque. sendo que em formato digital e-book. Além de vários post de como planejar uma viagem com informações importantes para qualquer categoria. só que o peso extra sempre foi um incomodo.

821 inscritos e 143. por conta de erros de planejamento que cometemos. com a intenção de despertar nas pessoas a curiosidade e a vontade de conhecer o mundo e viver novas experiências.094 visualizações de vídeos com dicas de viagem e turismo. E-book Primeira viagem) FIGURA 3 – LIVROS LANÇADOS Fonte: Blog 360meridianos O blog 360meridianos também possui um canal no youtube com 2. (Bacattine. FIGURA 4 – CANAL NO YOUTUBE . Erros que não queremos que você cometa. juntamos todo o conhecimento que adquirimos durante anos de viagem num livro digital: o “Primeira Viagem – Dicas para tirar um sonho do papel”. aprendemos muitas coisas. 13 Durante essas viagens. Por isso mesmo. algumas delas na marra.

Tornou-se comum o registro de impressões. Acreditamos que a força transformadora da viagem está nas experiências. sentimentos. os bloggers são uma espécie de “contadores” virtuais de histórias. instagram. blog 360meridiano. Youtube. impacto que reduz fronteiras.com/user/360meridianos.2016) 6 A NARRATIVA NO BLOG E USO DO STORYTELLING Os blogs possibilitaram que o sujeito comum se manifestasse em público. fazendo parte de redes sociais como facebook. a 360 meridianos Ltda. aproxima pessoas. Twintter. 14 Fonte: Youtube10 O blog 360meridianos se tornou uma empresa registrada.youtube. abre cabeças e amplia a forma de pensar”. já que o ato de narrar se dá pela escrita no contexto do ciberespaço. rompendo barreiras e já possui estabilidade no mercado digital. Pinterest com audiência considerável de acordo com o seu conteúdo. 10 https://www. Por isso. Queremos mais: fazemos questão de refletir sobre o turismo. Acesso em janeiro de 2017 . “O 360 não tem como objetivo apenas falar de lugares interessantes e dar dicas de viagem. idéias e a criação de inúmeras histórias que tratam de fatos experienciados ou observados por um ou mais indivíduos. (CÂMARA.

0) passou a ser centrado em satisfazer e reter o consumidor (marketing 2. apresentando histórias sobre viagens o importante é oferecer uma melhor qualidade de vida onde as pessoas possam realizar seus sonhos. KARTAJAYA e SETIAWAN (2010. cultura. deixou de ser centrado em vender produtos (marketing 1. Cultura ou comunitização e Espiritualidade ou Criação de Caráter. usar a narrativa como ferramenta na construção dos seus posts pode trazer as culturas mais distantes para perto do leitor e tornar experiências mais vivas. estão interessadas em viver experiências como as que o autor teve.0 se baseia na capacidade de os profissionais comunicadores detectarem as ansiedades e os anseios humanos. tradição e meio ambiente. Conforme KOTLER.(BECATTINI. blog 360meridianos. . profundamente enraizados na criatividade. O marketing 3.115) O marketing passou por algumas transformações. levando em consideração o bem estar e tem como objetivo fazer um mundo melhor. p. é baseado em 3 conceitos chave: Colaboração. procurando não apenas mostrar a funcionalidade do blog como um indicador de pontos turísticos ou viagens pelo mundo mas transmitindo uma idéia baseada em uma nova realidade.0) e hoje adota uma nova postura além dos produtos e consumidores aborda as questões humanas. 2017) As pessoas que leem um blog de viagem. ou da conversa interessante que você teve com o segurança do museu que era apaixonado por arte e que trabalha todos os dias cercado por aquelas obra-primas. O blog 360meridianos tem adotado uma estratégia muito eficiente fazendo uso do marketing 3. Ensinar como visitar o Louvre não é nem de longe tão emocionante quanto contar o que você sentiu diante daquela pintura.0. em especial aquelas que se tornam visitantes fieis. mais reais para ele. Dessa forma. Elas querem sentir as mesmas emoções. 15 Num blog de viagem. e isso você só transmite com histórias.

7 POSTAGEM DOS INTEGRANTES DO BLOG 360MERIDIANOS. Esse jogo psicologico é trabalhado pela comunicação midiatica como na televisão e. onde o uso do storytelling foi eficaz em uma narração brilhante da convivência entre ele e o seu cachorro. Uma história simples. O blogger informou algumas problemáticas em torno do seu personagem.COM FIGURA 5 – POST BLOG fonte: Blog 360meridianos11 Post que o blogger Rafael Câmara postou. agora também nos blogs. 16 O blog 360eridianos faz uso de uma narrativa em seus posts com uma linguagem pessoal construida em primeira pessoa.com/2017/01/o-que-aprendi-vivendo-com-um-cachorro. os blogueiros afirmam que o 360meridianos é um estilo de vida.360meridianos. favorecendo uma identificação e a projeção dos leitores. mas em seguida a mostrou solução justificada pelos benefícios FIGURA 6 – POST BLOG 11 http://www.html . que arranca risos e suspiros principalmente em quem possui um amigo de quatro patas. comum.

explorou o norte da África como quase ninguém em seu tempo. Em uma época onde as mulheres não tinham autonomia.360meridianos. a narração possui com um enredo intrigante pois descreve relatos do cotidiano desta mulher que se vestia de homem para poder explorar o mundo.com/2016/10/grandes-viajantes-a-aventureira-isabelle-eberhardt.html . FIGURA 6 – POST BLOG http://www.com/2017/01/storytelling-blogs-viagem.html 12 http://www. escreveu livros e publicou em jornais sobre suas aventuras viajantes. Luiza Antunes relata a história de Isabelle Eberhardt que foi uma mulher incrível e muito corajosa. Eberhardt falava seis idiomas. 17 Fonte: Blog 360meridianos12 Este post da aba categoria grandes viajantes.360meridianos.

Inclinou-se pela realização de um estudo de caso exploratório. 8 METODOLOGIA Esta pesquisa caracteriza-se como uma pesquisa bibliográfica documental e análise de conteúdo. Adilson Xavier e Raquel Recureo. onde ela mostra de forma conceitual o que ilustramos neste artigo. que configura a análise de conteúdo com um conjunto de técnicas de análises baseadas em histórias. O objetivo principal desta pesquisa é a análise do uso do storytelling a partir de suas postagens no blog. Apresentamos por ilustrações as principais características do blog. as postagens e fotos sobre viagens. Essa escolha se deu por acreditarmos que. utilizando elementos e objetivos do storytelling. exemplificando e mostrando como ser um contador de histórias. Twintter e em canais no YouTube. 18 Neste post de Natália Bercattini ele resolveu narrar o seu principal ideal de vida que é contar histórias. A análise de conteúdo feita foi qualitativamente. mais importante que a quantificação de elementos contidos nas postagens e comentários. apresentando o objeto de estudo – a forma de transmitir conteúdo dos blogueiros do 360meridianos através de histórias nas redes sociais como Facebook. é o conteúdo transmitido através dos enredos gerando engajamento com os leitores. Instagram. Dando dicas. Usando como base os autores Max Franco. 9 CONSIDERAÇÕES FINAIS . o blog 360 meridianos nas redes sociais. tendo como objeto de estudo. destinos e livros de autoria dos blogueiros.

Sabendo que. é necessário elaborar uma narrativa de qualidade que alcance o lado emocional do receptor. e os bloggers. contribuem para a evolução dessas histórias. que fará com que ele seja lembrado sempre por seus leitores. 19 Esse artigo se propôs a caracterizar o fenômeno comunicativo do storytelling e a sustentar a hipótese de que os blogs pessoais seriam espaços de storytelling digital. . que desde sua popularização foram espaço de histórias digitais. ao mesmo tempo. aumentando o envolvimento dos mesmo com o autor. Tentou-se oferecer um panorama das diferentes formas de apresentação do storytelling e de suas denominações. para o storytelling ser uma ferramenta adequada e dar certo é preciso escrever uma história única. sua forma de se expressar mas ninguém conseguirá copiar sua história. Isso tudo ocorre através de um planejamento que obedece determinadas fases. bem como da história e situação atual dos blogs. O elemento de aproximação entre storytelling e blogs parece ser a comunicação da Internet. o antigo ato de contar histórias passou a ser digital e por isso mesmo a ocorrer nos blogs. Outros blogs podem copiar seu conteúdo. real e personalizada pelo blogueiro. Para isso. contadores de histórias. Esse contexto emocional auxilia o weblog a trabalhar a curiosidade e a expectativa do seus leitores. porém a mais importante é trabalhar qualitativamente o storytelling. Dessa forma. tendo sempre como objetivo final o melhor engajamento possível junto ao público-alvo. pois seria esta a responsável pelo encaixe de um em outro. É possível dizer que o principal segredo do Storytelling está em atribuir significados emocionais à elementos técnicos por meio de um contexto. que passam a ser também multimídia. os blogs. Ou seja. a comunicação do ciberespaço atualiza antigas e novas práticas de diálogo entre os homens. ampliando seu alcance com o uso do transmídia.

MONTARD.1-13. Disponível em: . pois enquanto se percorre as palavras inseridas no post é possível fazer uma viagem emocional. 2016. “5 Lições de Storytelling – Fatos. fator esse que se caracteriza pelo o real uso do storytelling. setembro-dezembro 2006. Adriana. REFERÊNCIAS AMARAL. “Storytelling e Suas Aplicações No Mundo dos Negócios”. argumentativos e reflexivos. 2009. POMPÍLIO. James. São Paulo. Atlas. “Storytelling: líderes narradores de histórias”. Acesso em: 02 de fevereiro de 2017.com Estudos sobre blogs e comunicação”. Culturas Populares. p. Martha. DVS Editora. Fernando. 20 Após várias consultas e acessos.pdf. “El discurso autobiográfico en el blog personal: características de un género híbrido”. . Disponível em: http://www. São Paulo. Além de narrações o blog também faz postagens com textos que opinativos.São Paulo: Momento Editorial. 2ª Edição. 1ª Edição. Gislayne Avelar. 1ª Edição. María Luisa Helen. RECUERO. Revista Electrónica 3. São Paulo.com/imagens/blogs%20boneco%20copy. Raquel. 2014 PALACIOS. 2015. MATOS. a titulação que o blog 360meridianos é um guia completo com leituras agradáveis onde é possível o leitor se sentir como parte da história. Acesso em: 29 de janeiro de 2017. Max Roger Franco. 2010 MCSILL . Sandra “Blog. Qualitymarrk. Ficção e Fantasia”. Rio de Janeiro. “O Guia Completo do Storytelling”.raquelrecuero. Alta Books. TERENZZO. FREY PEREYRA. 1ª Edição.

Philip. Disponível em <http://www.com. 2015. Ed Campos. Rio de Janeiro. Iwan “Marketing 3. Best Business. XAVIER. Paris: Éditions La Découverte.Histórias Que Deixam Marcas”. Natália. KARTAJAYA. . 1ª Edição. STORYTELLING BLOG DE VIAGEM. 2016. “Storytelling .360meridianos.br/storytelling/ > Acesso em 28 de dezembro de 2016 BACATTINE. 2010. SETIAWAN.com/2017/01/storytellingblogsviagem.0 . 21 SALMON C. São Paulo.significados. Disponívelem: <https://www.As Forças que Estão Definindo o Novo Marketing Centrado no Ser Humano”. Hermawan. 2007. Adilson. KOTLER. 1º Edição. “Storytelling: la machine à fabriquer des histoires et à formater les esprits”. SIGNIFICADOS (Brasil) Significado da palavra Storytelling.html#ixzz4Wab6kr B7> Acesso em 04 de janeiro de 2017.