JESUS-CRISTO - 7 de maio de 2017

Que a minha Paz, a Alegria e o Amor estejam em cada um de vocês.

...Silêncio...

Antes de me expressar, instalemo-nos juntos nessa comunhão chamada Teofania.

...Silêncio...

Irmãos e irmãs em humanidade, há algumas semanas eu vos dei a viver o que foi
chamado “Radiâncias Arcangélicas” e “Teofania”. No decorrer das vivências dessas
sessões, se eu posso dizer, numerosos de vocês perceberam que eu vim como um
ladrão na noite, vos iluminando do interior, vos dando a ver em autenticidade e em
eternidade. O tempo chegou onde cada um deverá lavar suas roupas no sangue do
cordeiro. Alguns de vocês receberam e receberão, quando das Teofanias, a Revelação
de minha Presença em seu peito.

Neste dia particular, assim como também amanhã, o impulso Metatrônico novo
chegará em alguns de vocês, vos fazendo despertar totalmente vossa dimensão de
Filhos Ardentes do Sol. Alguns de vocês, na verdade, limparam sua casa a fim de que
eu me estabelecesse. Cada um de vocês nos tempos que chegam são chamados à me
revelar, sobretudo neste período prévio ao Apelo de Maria, nossa Mãe de todos. A
iluminação real e completa de vosso coração vos dá a viver o estado de Paz perpétua e
de bem-aventurança onde o Amor se alimenta dele mesmo se gerando ele mesmo,
além de toda relação, de toda pessoa e de todo objeto, e de toda intenção.

Como isso vos foi dito, os tempos estão cumpridos e o que se vive neste período,
vocês sabem por vivê-lo ou por tê-lo ouvido, é o momento onde tudo que vos foi
escondido é revelado, para vocês, por vossas relações, pelo conjunto da humanidade.
A Luz ilumina, e ela iluminará cada vez mais tudo o que está presente na superfície
dessa terra.

Neste período eu sou vossa defesa, eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida e, como
disse minha Mãe, desde que vocês me acolham, vocês são também o Caminho, a
Verdade e a Vida, vos levando a irradiar, sem nenhuma vontade e sem nenhum
desejo o Fogo Ígneo do Amor nesse mundo, em cada canto desse mundo, em cada
relação, em cada contato. Nisso se realiza a Liberação da Terra por vosso intermédio
e por vossa presença. Assim hoje eu saúdo e honro cada um de vocês.

A ação das forças Micaélicas permitiu como vos foi anunciado, semear em um
primeiro momento algumas águas da terra. A espada de Miguel penetrando e
fecundando as águas da terra, revela o que foi mantido escondido, o que vos tem
manipulado, o que vos tem distanciado da Verdade eterna. O tempo chegou, hoje, de
colocar abaixo a fraude da Igreja desde o Vaticano II, a hora chegou de desmascarar
os usurpadores de Buda, os usurpadores de Maomé, os usurpadores da lei de Moisés.
O tempo é da colheita, o tempo é da retribuição, mas antes de tudo, o tempo é da
Graça e do perdão inefável do Amor. Cada um de vocês receberá o que lhe é devido,
cada um de vocês descobrirá a verdade da história desse mundo como de todo
mundo.

1
Eu sou vossa defesa, eu sou vossa força e eu estou em vocês, eu sou vocês desde que
eu esteja instalado em vossa morada.

O impulso Metatrônico que será entregue nesse 7 de maio de 2017 vai reativar, além
das Chaves Metatrônicas, como elas foram chamadas há alguns anos, a verdade em
vocês. Os carismas abundarão; o falar em línguas, o falar em Amor se tornará vosso
Verbo. O Verbo de vossa Presença recoberto do Manto de minha Mãe e de vossa Mãe,
portador do impulso Metatrônico e de minha Presença, vos fará irradiar
espontaneamente e naturalmente um Amor que vos é desconhecido, concedendo a
vocês se reencontrarem na Verdade e no Caminho autêntico dos Filhos da Lei do Um.

Alguns de vocês que me acolhem e me acolherão previamente ao Apelo de Maria,
portarão neles os novos códigos de vida dessa Terra que ascensiona e de vocês, meus
irmãos e minhas irmãs, que vão, em vossa Liberação, para a Liberdade.

Através disso que vos explicou vossa Mãe, a Teofania pode agora ser reproduzida por
cada um de vocês. Isso facilitará minha instalação em vossa morada, vos preparando,
mantendo vossa própria casa para minha vinda, tornando audível, para cada um
sobre a terra via o Canal Mariano, o Apelo de nossa Mãe.

Em alguns dias, o Arcanjo Uriel passará à ação ao que concerne o retorno final – da
consciência como da Terra -, vos preparando então para esta Verdade inefável, para
sua manifestação, para sua encarnação e para sua liberdade. Assim, desde este
instante, eu convido cada um de vocês ao amor indizível de nossa comunhão. Nossa
Mãe vos disse e anunciou que o pandemônio da terra, em sua organização falsificada,
se revela sob vossos olhos, quer vocês estejam despertos, liberados ou adormecidos,
vos dando a ver as manobras desse mundo, suas armadilhas que vos confinaram e
mantiveram nas crenças diversas, na adesão a isso que é morte, ao que não
permanece. Então eu venho vos pedir hoje, a cada um de vocês, de vigiar e orar e de
me acolher.

...Silêncio...

Neste período e nos dias de vosso mês de maio que se anuncia, muitas coisas vão ser
mudadas, transformadas, aqui mesmo sobre esta terra e em cada um de vocês, vos
conduzindo a fazer a escolha entre o Amor ou o resto, entre o Amor ou o medo. Essa
escolha não pode ser ditada por vosso mental, mas será ditada exclusivamente por
vossa presença em vosso coração, por vossa presença na eternidade, aqui mesmo, na
superfície desse mundo. Então hoje eu vos repito: “vigiai e orai e também deixem este
Amor estar presente, sem condição, sem explicação, sem justificações”.

...Silêncio...

Eu venho hoje vos convidar ao sagrado de vossa própria ressurreição, a fim de que
vossa Merkabah interdimensional pessoal acolha a eternidade totalmente, em vossa
morada. Tudo isso que acontece em vocês como no interior de vocês, tudo o que
acontecerá no exterior de vocês sobre a imagem desse mundo, em qualquer
manifestação que seja, é a consequência de vossa presença enquanto dignos Filhos
Ardentes do Sol.

A Alegria e a Paz indestrutíveis são o sinal de minha vinda em vossa morada, a
Teofania vai se tornar a expressão e a amplificação. O Arcanjo Uriel e Lorde Metatron
são os dois agentes, caso possa dizer, que trabalham na manifestação, nesse mundo,
do Filho Ardente do Sol que cada um de vocês é e será, e foi. O Fogo Ígneo vem

2
consumir as últimas reticências, as últimas dúvidas, as últimas interrogações, as
últimas apreensões.

Cada dia que vai decorrer, a partir das 17:00 hs até a meia-noite (meio-dia até às
19:00 hs – horário do Brasil), a hora de onde eu falo, verão em vocês se levantar a
Luz, estandarte do Cristo, verão em vocês a Teofania espontânea se estabelecer com
cada vez mais firmeza, cada vez mais Paz e cada vez mais evidência, e isso não
cessará, e vocês serão saciados, e vocês serão alimentados pela própria Luz.
Numerosos de vocês são chamados a manifestar espontaneamente carismas inéditos.
Esses carismas participam de maneira forte no restabelecimento da Verdade prévia à
Liberdade, prévia à sequência que deve se desenrolar agora, o mais rápido e melhor.

Como vocês sabem, desde 2011, a Terra está liberada, a Luz estabeleceu de novo seu
reino eterno. Não vos deixem distrair pelos eventos desse mundo, não vos deixem
levar por qualquer contrariedade do que quer que seja, mas vos deixem levar pelo que
está em vossa morada. Vocês estão acompanhados como nunca. O conjunto da
Confederação Intergaláctica dos Mundos Livres, vocês sabem, se mantém agora ao
alcance do coração, ao alcance da vista.

O Amor, assim, crescerá ou nascerá em cada um de vocês, levando a bem colocar em
ação e em atividade vossas estruturas de Existência, de maneira simultânea e
conjunta. O Espírito do Sol e o Coro dos Anjos que cantam em todos os sentidos se
tornarão visíveis e acessíveis, vos dando a ver as engrenagens do mundo, assim como
o profeta Ezequiel as haviam descrito em seu tempo. Então sim, nesse dia e desde
amanhã, eu vos convido ao Batismo do Espírito, à Ressurreição do Espírito, à vinda
da Verdade.

Bem amados Filhos da Lei do Um, o momento chegou do que eu profetizei quando de
minha vinda e que foi transcrito por meu bem amado João. É tempo de compreender
– e de viver, sobretudo – que vocês não são desse mundo. Qualquer que seja a beleza
residual desse mundo, apesar de seu confinamento, é tão pouco em relação à vida
livre onde vocês estabeleceriam vossa morada. Essa tomada de consciência é
essencial previamente ao Apelo de Maria que espera vos encontrar cada dia mais
numerosos a estar abertos à vossa Mãe e à Liberdade.

Respeitem os Apelos da Luz, as ordens da Luz, e se reajustem se isso for necessário, a
cada instante, permanecendo humildes e espontâneos na retidão de vossa eternidade,
na retidão de vossos comportamentos, na retidão de vossas expressões. Eu venho
hoje, desde hoje reunir o que eu chamei na época, afetuosamente “meu rebanho”, a
fim de vos devolver para a Liberdade eterna e de devolver vocês a vocês mesmos.

Como vos disse Maria, as Teofanias espontâneas, como aquelas de vossas reuniões
que restam com Maria, são uma nova força que insufla em vocês o gosto da Verdade e
a infalibilidade da Verdade.

A concretização da transmutação ou transubstanciação final de vosso corpo efêmero
que está em dissolução, vos aparecerá cada vez mais claramente, de maneira cada vez
mais evidente.

Permaneçam em vocês, em alguns de vocês no momento, se torna mais fácil cortar os
últimos laços da Ilusão, em vocês como em toda parte da superfície do planeta, vos
fazendo viver, experimentar e redescobrir as virtudes e os poderes do Amor que são
os poderes de vida onde nenhuma morte pode mesmo ser pensada nem considerada.

3
Então eu vos digo novamente: “Bem-vindo em sua ressurreição, bem-vindo em vossa
casa, bem-vindo na beleza, bem-vindo no Amor.”

Pela Graça do Fogo Ígneo e pela Graça de Lorde Metatron, eu vos abençoo e assim eu
vos abençoarei cada dia, para aqueles de vocês que abrirão sua porta a duplo batente
entre às 17 horas e meia-noite (meio-dia às 19:00 horas – horário do Brasil) vindo
insuflar um sopro de vida nova, vindo insuflar o poder do Verbo, vos fazendo
encontrar, de maneira ainda mais sensível, a Paz do coração que eu vos dou neste
instante onde vocês me leem, onde vocês me ouvem.

Eu me dirijo também àqueles meus irmãos e irmãs encarnados sobre a terra e que
estão ainda desviados de sua Luz. Eu venho vos implorar de ser o que vocês são e não
o que vocês possuem, pois mais nenhuma possessão, de qualquer natureza que isso
seja, poderá manter nem ser mantida em muito poucos dias. Não façam projeções
sobre minhas palavras concernentes ao tipo de evento porque tudo é possível, e o
mais importante não é o que se desenrola sobre a cena desse mundo, mas em vosso
coração, nesses instantes.

Eu reativo hoje em vocês, graças à semeadura de Miguel, a totalidade do Fogo Ígneo,
do Espírito do Sol, do Coro dos Anjos e do Impessoal. Assim é o Amor que consome,
em uma bem-aventurança infinita, isso que não pode ser destruído e que se renova
permanentemente: a força da Vida Una, a força do Amor e da Luz do novo autêntica.

Como vocês sabem, e como isso vos foi anunciado desde já numerosos anos, a ação
dos Cavaleiros vai se tornar cada vez mais palpável. A revelação da escuridão, a
revelação da Ilusão, vai se acelerar e se finalizar em um fogo de artifício de Amor, de
Luz e de Verdade. Então eu vim vos dizer hoje de maneira mais urgente: “Deixe os
mortos enterrarem os mortos e siga-me, se torne o que você tem sido sempre e deixe
partir o que faz parte da Ilusão, isso faz parte do efêmero, e mantenha-se de pé em
seu Coração Ascensionado.”

A Teofania é o último sinal da Luz antes de saldar toda conta presente nesse mundo,
não que haja qualquer dívida, mas bem mais para serem descondicionados de todo
laço de confinamento, para serem descondicionados do sofrimento perpétuo desse
mundo.

Desde o instante onde Lorde Metatron tiver se expressado, a Teofania espontânea das
17 horas à zero hora (do meio-dia às 19:00 hs – horário do Brasil) será efetiva. É
possível que para alguns de vocês, meus irmãos e irmãs, haja um pequeno atraso de
aclimatação para esta intensidade e para esta Presença. Não esqueçam que a natureza
vos é de uma grande ajuda, lá onde há árvores, lá onde há rochas, lá onde há água, lá
onde não há impressão, se eu posso dizer, da sociedade, como em vossas cidades. Os
povos da natureza, neste período, são colocados a vossa disposição para se juntar a
vocês quando de algumas de vossas noites, acompanhados o mais frequente de meus
anjos chamados Anjos do Senhor, vindo vos sustentar na emergência de vossa
verdadeira verdade.

Vocês não têm mais necessidade, definitivamente, para aqueles de vocês que me tem
acolhido, de procurar qualquer coisa do exterior em vocês porque o mundo está em
vocês e que o mundo é vocês, assim como o universo e os multiversos. Cada um de
vocês será chamado a esse sacrifício do efêmero pelo sagrado da Eternidade. Se isso
não for hoje, se isso não for amanhã, isso será num dia próximo.

4
Eu me dirijo também a meus irmãos e irmãs em humanidade que não tiveram ainda
a oportunidade de viver o que vocês vivem, lembrando a vocês o que eu disse sempre
os últimos seriam os primeiros a me reconhecer e a me viver. Isso vai vos aparecer
também cada vez mais claramente.

Não esqueçam de que o coração é infalível, vos dando a ver a Verdade em toda
circunstância, sem ter que refletir, que suspeitar, que questionar ou em que vos
interrogar em face de cada circunstância de vossas vidas, em face de cada irmão e
irmã. E não esqueçam que é quem tem recebido mais a quem muito é pedido, e isso é
agora. E lembrem-se também que o que vocês fazem ao menor de vocês, é para vocês
mesmos que vocês fazem. E lembrem-se também de deixar os mortos enterrarem os
mortos, viver sua tristeza, viver sua dor diante da destruição da Ilusão pela aparição
da Luz, e que está no seio deste sofrimento e desta dor, que pode também vos tocar,
que se realize o apoio o mais perfeito com a extração da Ilusão, e então para a
Liberação.

Vão além de toda aparência. E se minha morada é vossa morada, então isso vos
aparecerá claramente, com evidência. Assim que vocês tiverem me acolhido, as
Teofanias espontâneas se tornarão cada vez mais intensas e indeléveis, vos
conduzindo a constatar que mais nada pode alterar vossa alegria ou vossa paz, que
nada poderá mais vos desestabilizar ou vos tirar do centro. Então o Fogo Ígneo
poderá preparar um caminho na totalidade de vosso corpo e na totalidade de vossa
consciência.

Eu transmito a cada um de vocês o Espírito do Sol. Eu transmito a cada um de vocês
o Coro dos Anjos, em nome da Verdade, em nome da Vida, em nome da Luz, em
nome do Amor. Tudo isso é para vocês porque isso é vocês, isso que vos permitirá
então de ver aparecer o que foi escondido e invisível. Eu sei que muitos de vocês já
tiveram, que isso seja em vossas noites, que isso seja na natureza, de reencontrar e de
viver as outras dimensões, aquelas da Liberdade. Isso vai se tornar possível
permanentemente, vos dando a ver o que é para ver e para esta claridade e esta
precisão desta nova visão interior, é esta visão que permitirá a dissolução dos saldos
remanescentes da resistência com a Luz, em vocês como nesse mundo.

Não esqueçam, não mais, nesses tempos particulares, assim como eu fiz por meus
apóstolos de lavar vossos pés, de lavar vossas mãos, a fim de acolher com mais
facilidade esse dia novo que cada dia será novo e que cada dia aumentará de
densidade e de intensidade. O Espírito do Sol, quanto a ele, tocara a terra, em suas
últimas camadas isolantes, assim como o sol da terra, desde amanhã. Isso não quer
dizer que cada um de vocês, despertos ou não, sentirão necessariamente os
benefícios, mas os resultados serão visíveis de maneira tangível em alguns lugares da
terra, segundo os horários onde isso se produzirá.

Não se deixem derrotar ou desviar pelo espetáculo escandaloso que vos oferecerão
aqueles que se consideram ainda como os tolos desse mundo, para retomar, uma
expressão do Comandante dos Anciãos. Tomem firmemente vossa morada, vigiem e
orem, estejam alegres, estejam em paz, sejam humildes, e, sobretudo, sejam
verdadeiros. A Luz não pode em nenhum caso se acomodar de qualquer maneira com
o que é falso em vocês como em toda parte.

O tempo chegou, para alguns de vocês, de esquecer até no sentido mesmo de ser uma
pessoa, até no sentido mesmo de ter vivido uma história ou uma evolução qualquer
sobre esta terra. Eu peço àqueles de vocês que me têm aberto sua morada ou que me
abrirão nos dias que se anunciam de estarem atentos ao que o coração pede, ao que o

5
coração diz, ao que o coração propõe, ao que o coração coloca em funcionamento ao
redor de vocês como sobre o conjunto desse mundo.

Então neste instante onde quer que vocês estejam e qualquer que seja o dia onde
vocês me lerem ou me ouvirem, de viver esta Teofania acompanhados do Espírito do
Sol, lá onde a Luz reina onde a criação e a expressão da vitalidade da beleza é
permanente, em qualquer esfera e em qualquer morada que seja, dignem-se a me
acolher, vão além de todo paradigma dito religioso, além mesmo da história que eu
vivi há dois mil anos.

...Silêncio...

A ignição da Merkabah interdimensional coletiva é realizada. Os mecanismos físicos
da Ascensão da Terra se desenrolam agora sob vossos olhos, através da ação dos
Cavaleiros, mas também em vocês, não permitindo mais nenhum subterfúgio ligado
ao ego, a possessão, o desejo, porque quando no Amor, não há lugar para o desejo
porque tudo está presente e não falta nada. Então eu digo a inúmeros de vocês, cada
dia mais numerosos: “ Eu estou convosco pelos séculos dos séculos. Eu estou
convosco pela Eternidade.” Eu estou convosco porque você e eu somos Um, como eu
disse na época: “Eu e meu Pai somos Um.”

...Silêncio...

Não deixe mais nada vindo de qualquer passado ou de qualquer história perturbar ou
alterar seu Coração Ascensionado, o resto de seu corpo seguirá em seu tempo e em
sua hora. A cada um de vocês que me percebeu nele, a Teofania se tornará cada vez
mais fulgurante em todos os sentidos desta palavra.

Aqueles que me acolheram e que me acolherão previamente ao Apelo de Maria são
minha vanguarda de Luz, daqueles que estão sobre o sol desta terra. Eu não vos peço
nada senão de serem verdadeiros nesses momentos, eu não vos peço nada senão
serem vocês mesmos neste estado novo, em ressonância com o Coração Ascensionado
onde tudo é sinal e onde tudo é reconhecimento.

Então você que tem me lido, você que tem me ouvido, você que me tem recebido ou
você que ainda não me recebeu, eu convido neste instante à Graça de nossa
comunhão, à Graça da Teofania. Eis que numerosos anos, numerosos de vocês me
acolheram, ou às vezes tem acolhido minha Luz e minha essência. Hoje, se trata de
outro patamar, se eu posso dizer, deste acolher e de minha instalação. Então eu
derramo sobre vocês, em cada um de vocês, o dom da vida eterna, o dom da Graça e o
dom da Verdade. Como o Sol faz, eu dirijo isso a cada um de vocês, até mesmo ainda
desviado de mim, até mesmo ainda distanciado, porque desde agora e nesse dia, não
há mais distância para alguns de vocês.

...Silêncio...

Eu terminarei por essas palavras: o que lhe dá a viver esse mundo, o que você tem a
ver sobre a tela desse mundo de sua consciência efêmera, o que vocês têm para
suportar, não esqueça que no coração, você é saciado além de todo pedido. Não
esqueça que somente o coração é essencial, que todo o resto, desde agora, só
representa os entraves ou os freios de sua ressurreição.

Muito breve, não se tornará mais possível se apoiar sobre a materialidade desse
mundo e ainda menos sobre as crenças, mas unicamente sobre a vivência de seu

6
Coração Ascensionado. Então eu comungo em seu coração enquanto você comunga
em meu coração.

...Silêncio...

Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida. Eu sou o que você é quando todos os véus são
cortados e quando todas as ilusões são retiradas. Assim, na Nova Eucaristia, eu
consagro seu Coração Ascensionado.

Eu lhe digo: “Se você quiser, desde agora a cada dia, quando das Teofanias
espontâneas onde se situam os instantes propícios, onde você pode me acolher em
sua morada.”

Eu amo você, eu lhe abençoo e eu digo a cada um de vocês que nos temos reunido. Eu
lhe digo então quando você quiser, em seu coração, eu lhe abençoo uma última vez
neste instante.

...Bênçãos...

Eu me retiro agora em você, se você o quiser, e eu digo a cada um de meus irmãos:
“De toda maneira alegrem-se, o tempo do sofrimento terminou. Alegrem-se porque
eu estou convosco, porque eu estou em vocês.”

...Silêncio...

Adeus.

7