Junho de 2007 Gerência de Humanização ESP/ SES- MT

Política Nacional de Humanização
da Atenção e Gestão
I . Apresentação

○ Lançada em 2003 a PNH se constitui como
política transversal e ( e não mais como
programa), para permear e potencializar as
demais políticas e ações da rede SUS.

○ A PNH visa a efetivação dos princípios do SUS
nas práticas do dia-a-dia da atenção e da
gestão, fomentando as trocas solidárias entre
gestores, trabalhadores e usuários para a
produção de saúde.

Junho de 2007 Gerência de Humanização ESP/ SES- MT

1

II. social e cultural nas práticas da atenção. A desvalorização dos trabalhadores. especialmente no que se refere à gestão participativa e ao trabalho em equipe. porém. O acolhimento inadequado 2. falta de vínculo entre equipes de saúde e usuários. tem desafios importantes a superar. Desrespeito aos direitos dos usuários. Junho de 2007 Gerência de Humanização ESP/ SES. 5. 3. Baixo investimento na qualificação dos trabalhadores. Exemplos: 1.MT II. Desafios O SUS apresenta avanços. Desafios 4. nos processos de trabalho e nas relações entre os diferentes profissionais. 6. Precária interação nas equipes e despreparo para lidar com a dimensão subjetiva. baixos salários e falta de PCCS na maioria dos locais. Sub-financiamento do SUS.MT 2 . Junho de 2007 Gerência de Humanização ESP/ SES. A fragmentação nos processos de atenção.

idoso. sexo. chatos. grosseiros. assistencialismo. paternalismo.MT 3 . criança. • Desnaturaliza o conceito de homem bom por natureza. Se apresenta como estratégia de reorganização dos modelos de atenção e gestão. disputamos poder) • Valoriza a dimensão subjetiva e social em todas as práticas do SUS. • Ao reproduzir o sentido estabelecido pode paralisar a criatividade dos trabalhadores. III. • Trabalha os conflitos e a diversidade em qualquer dimensão que ela apareça: de idéias. Junho de 2007 Gerência de Humanização ESP/ SES. grupos sociais. Junho de 2007 Gerência de Humanização ESP/ SES. A Humanização: novos conceitos. raça/cor. complexos.MT b) A Humanização como política da atenção e gestão: . adolescente. diferentes. (Somos limitados. • Baseia-se no voluntarismo. a) A humanização como conceito-sintoma: • É desenvolvida através de ações fragmentadas / isoladas por áreas: mulher. interesses. acolhe as diferenças e incentiva o protagonismo. novos sentidos.

MT P N H ■ Princípios ■ Método ■ Diretrizes ■ Dispositivos ■ Ferramentas Junho de 2007 Gerência de Humanização ESP/ SES. Desafio da PNH • Desidealizar O Homem. de um homem qualquer Junho de 2007 Gerência de Humanização ESP/ SES.MT 4 . pensar o humano num plano comum na experiência concreta dos homens.

Princípios da PNH • Transversalidade. • Indissociabilidade entre atenção e gestão. Junho de 2007 Gerência de Humanização ESP/ SES. Junho de 2007 Gerência de Humanização ESP/ SES. Fortalecimento do Trabalho em Equipe (grupalidade).MT Princípios da PNH • Fortalecimento do controle social. • Valorização da Ambiência. • Democratização das relações de trabalho e valorização do trabalhador.MT 5 . solidárias e comprometidas com a produção de saúde e de sujeitos. • Construção de redes cooperativas. • Valorizar as dimensões subjetivas.

•Implantar e fortalecer GTHs. respeitando a privacidade e valorizando ambiência. com a população. •Sensibilizar as equipes para a questão da violência e o preconceito. Método Sentido da inclusão: tríplice inclusão ○ Inclusão dos sujeitos ○ Inclusão dos analisadores sociais ○ Inclusão dos coletivos: movimentos sociais e movimentos sensíveis. Gerência Junho de 2007deGerência Humanização ESP/ SES.MT Diretrizes •Ampliar o diálogo entre os trabalhadores. •Adequar os serviços à cultura dos usuários. •Reforçar o conceito de Clínica Ampliada. promovendo a gestão participativa.ESP/ de Humanização MT SES. Junho de 2007 Gerência de Humanização ESP/ SES.MT 6 .

de subjetivação) presentes nas formas (instituídas. . do trabalho em equipe e da participação em processos de educação permanente. contemplando ações voltadas para a promoção da saúde e qualidade de vida no trabalho. •Promover atividades de valorização e cuidados aos trabalhadores da saúde. estáveis) .(des)arranjo que altera a estabilidade das forças (relações de poder.MT DISPOSITIVOS .ESP/ de Humanização MT SES. •Promover ações de incentivo e valorização da jornada de trabalho. Gerência Junho de 2007deGerência Humanização ESP/ SES. Diretrizes .Implementar sistemas e mecanismos de comunicação e informação. saber.Viabilizar a participação ativa dos trabalhadores por meio de colegiados gestores e gestão participativa.MT 7 .Atualização das diretrizes nas práticas de produção de saúde Junho de 2007 Gerência de Humanização ESP/ SES.

Por exemplo: Diretriz : Clínica Ampliada Dispositivo: EquipeTransdisciplinar de Referencia Ferramenta: Prontuário Terapêutico Singular Junho de 2007 Gerência de Humanização ESP/ SES.MT 8 .MT Ferramentas Instrumentos concretos que põem o dispositivo a funcionar. Projetos Co-Geridos de ambiência Apoio Matriarcal Cuidando de quem cuida PFST Visita Aberta Dispositivos Equipe Transdisciplinar de Referencia Ouvidoria Acolhimento e CR Colegiado Gestor Conselho Gestor Junho de 2007 Gerência de Humanização ESP/ SES.

Diretriz: Valorização do trabalho e do trabalhador da saúde Dispositivos PFST CAP Colegiado Co-Gestor Acolhimento Co-Gestão Junho de 2007 Gerência de Humanização ESP/ SES.MT Diretriz: Acolhimento Dispositivos o Acolhimento com Classificação de Risco o Protocolos construídos e pactuados coletivamente ™ Clinica Ampliada ™ Ambiência ™ Co-Gestão 9 .

MT 10 . Junho de 2007 Gerencia de Humanização ESP/ SES. Diretriz: Direito dos Usuários Dispositivos o Visita ampliada o Conselho co-gestor o Ágenda com equipe de profissionais ™ Equipes de referência ™ Co-Gestão Queremos um SUS humanizado. Comprometido com a defesa da Vida e fortalecido em seu Processo de pactuação Democrática.

gov.saude.br Tel: (65) 3613-2213 11 . Gerência de Humanização GEHUMA/SES/MT www.mt.br/humanizasus E-mail: gehuma@ses.gov.