UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA

CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO
E SÓCIO-ECONÔMICAS – ESAG

ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO
PÚBLICA DA ESAG

MODALIDADE ESTÁGIO PROFISSIONALIZANTE - externo
ESTRUTURA DO RELATÓRIO II - FINAL

O Relatório de Estágio é um documento que contém um relato de experiências
vivenciadas, ações desenvolvidas, resultados alcançados, análise comparativa da teoria com a
prática, sugestões de melhoria e outros (PRODANOV e FREITAS, 2013).
A elaboração do Relatório de Estágio II - Final, desta modalidade deve seguir a forma e o
conteúdo apresentados a seguir, sendo estruturado em tópicos. O número de páginas
mínimo do Relatório II - Final deve, preferencialmente, ser de 50 páginas, sem considerar a
capa, os elementos pré-textuais e os pós-textuais, e as normas a serem seguidas são as atuais
da ABNT. O(A) professor(a) orientador(a) tem a liberdade de decidir pelo aumento ou
redução no número de páginas, considerando aspectos específicos de cada estágio.
Além da estrutura delineada abaixo, o Manual de Trabalhos Acadêmicos da UDESC
(MTA-UDESC) deve ser consultado tanto para a composição dos elementos pré e pós-textuais,
quanto para a elaboração da Introdução, do Desenvolvimento e das Conclusões do Relatório.
Observar também as orientações para formatação, paginação, organização de ilustrações e
quadros, assim como para regras para referência de fontes diversas. As normas da ABNT
devem ser respeitadas, se atualizadas e conflitarem, em quaisquer aspectos, do MTA-UDESC.

Estrutura do Relatório II – Final1

1. Elementos pré-textuais
Apresentação: (consultar o MTA-UDESC para orientações sobre os elementos pré-textuais)
Capa e folha de rosto
Lista de ilustrações (tabelas, figuras e quadros), se houver
Sumário

1
O desenvolvimento obtido pelo estudante e o(a) professor(a) orientador(a) no Relatório I – Parcial deve ser
revisitado durante a elaboração do Relatório II – Final, tendo em vista seu aprimoramento.

1

Resumidamente: apresenta e delimita o problema investigado (demanda identificada e situação problema . Revisão da Literatura: com os principais temas já assinalados no diagnóstico da situação problema. III. realizar sua análise e interpretá-los. características. o importante é conferir confiabilidade ao trabalho desenvolvido. apresenta-los. IV. a introdução deve apresentar: o assunto objeto de estudo. os objetivos (para que serviu o trabalho) e a metodologia utilizada (como). Operacionalização das Atividades Realizadas: todo tipo de atividade na academia deve seguir procedimentos metodológicos científicos. Deve-se apresentar o diagnóstico da situação problema que a demanda. trabalhos anteriores que abordam o mesmo tema. I. É imprescindível embasar teoricamente todos os procedimentos selecionados. entre outros. desenvolvendo e agregando informações consideradas relevantes após os últimos meses de experiência de estágio como: mercado/campo no qual a organização atua. organograma. Identificação da Demanda e da Situação Problema: caracteriza-se a demanda expressa pela Unidade Concedente de Estágio. Análise e Interpretação: com base nos instrumentos e técnicas selecionados deve-se coletar os dados. o problema identificado. UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO E SÓCIO-ECONÔMICAS – ESAG 2. que foi foco da atuação do estagiário e. para isso deve-se expor a finalidade e os objetivos do trabalho. Cabe ao(à) professor(a) orientador(a) definir a profundidade da descrição dos procedimentos metodológicos que serviram para operacionalizar as atividades. O essencial é elaborar uma breve revisão dos principais conceitos e técnicas envolvidos demonstrando domínio e compreensão da proposta a ser apresentada. a coleta dos dados e sua análise. a partir das necessidades da organização e da demanda expressa por esta. mesmo que brevemente. Apresentação de Dados. descrição do órgão da organização (se for o caso) no qual o estágio aconteceu. quanto para a revisão da literatura. Cada 2 . deve-se aprofundar sua exploração buscando fundamentar tanto o diagnóstico quanto a proposta de intervenção. já é possível fazer uso de citações de autores da área para dar consistência ao conteúdo. II. o ponto de vista sob o qual o assunto foi abordado. Introdução: O objetivo da Introdução é situar o leitor no contexto do tema pesquisado. a razão de escolha do método e principais resultados. o objetivo pretendido. Elementos textuais I.o quê). o método proposto. bem como para a interpretação destes. No Relatório II – Final devem ser identificadas as técnicas que foram adotadas tanto para o diagnóstico. De modo geral. Neste item. as justificativas que levaram a escolha do tema. histórico. Caracterização da Unidade Concedente de Estágio: descreve-se a unidade concedente de estágio. V.

Proposta de Intervenção: é elaborada com base no diagnóstico. tamanho de fonte. ou seja. Conclusões e Recomendações: as conclusões são decorrência natural da análise e interpretação dos dados comparando com os aspectos teóricos selecionados. programa de trabalho (previsto e executado). Apêndices: materiais ilustrativos elaborados pelo autor Anexos: materiais ilustrativos não elaborados pelo autor Referências: relação das obras e dos documentos consultados. 2. na 3ª pessoa e descrever o trabalho realizado no período total dos estágios I e II. UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO E SÓCIO-ECONÔMICAS – ESAG uma destas atividades deve ser planejada e fundamentada no item IV. etc.Final: O conteúdo deve ser relatado de forma impessoal. na revisão da literatura e na análise e interpretação dos dados. qual procedimento/técnica/conceito foi empregado pelo estudante para atender à demanda da organização. sempre que possível. VIII.). e apresentar sugestões de melhoria para a modalidade de estágio profissionalizante – externo. Para formatação do Relatório Final (margens. procurando detalhar todas as tarefas e observando os seguintes aspectos: área em que estagiou. ocorrências que direta ou indiretamente tenham influído no seu desempenho e forma de relacionamento com o pessoal etc. espaçamento. pela organização. Relato das atividades desenvolvidas nos Estágio I – Parcial e II . ao mesmo tempo em que se interpreta estas informações para oferecer suporte à Proposta de Intervenção. consultar o Manual de Trabalhos Acadêmicos da UDESC. atividades realizadas. as recomendações são indicações práticas extraídas das conclusões e da proposta de intervenção. VI. Em resposta à situação problema identificada. Elementos pós-textuais VII. futuramente. 3 . de acordo com as normas atuais da ABNT. métodos e técnicas utilizadas. Da mesma forma. Descreve-se como foi implementada a proposta de intervenção ou apresenta-se o Plano de Ação detalhado para que a proposta seja implementada. Relacionar as atividades desenvolvidas com a proposta de intervenção. pode-se fazer uso de ilustrações e quadros. Após a análise parte-se para a interpretação dos dados embasando-se na revisão de literatura selecionada e organizada. O importante é demonstrar o uso de procedimentos científicos e domínio de técnicas e instrumentos que confiram confiabilidade ao trabalho do(a) aluno(a). descreve-se a proposta de intervenção. equipamentos e instrumentos utilizados. Pode-se fazer uso de ilustrações e quadros para a apresentação dos dados e de sua análise.

Ernani Cesar de. mediante a entrega na Coordenação de Estágios. Universidade do Estado de Santa Catarina. dissertação. desde que este(a) esteja de acordo. no prazo determinado no cronograma elaborado pela Coordenação de Estágios. C. Manual para elaboração de trabalhos acadêmicos da UDESC: tese. pois será encaminhada para o Segundo Professor Avaliador pelo Coordenador de Estágios do Curso. 2014. pelo acadêmico. Uma via impressa completa deve ser entregue na Coordenação de Estágios. A. 2ª Ed.. UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO E SÓCIO-ECONÔMICAS – ESAG IMPORTANTE: O Relatório II – Final. da Avaliação do Supervisor de Campo. - Florianópolis : UDESC. 4 . A comprovação da entrega ao(à) professor(a) é feita. UDESC.ASPEUR Universidade Feevale.RS. FREITAS. Metodologia do Trabalho Científico: Métodos e Técnicas da Pesquisa e do Trabalho Acadêmico. da et al. trabalho de conclusão de curso e relatório de estágio / Universidade do Estado de Santa Catarina. equipe de elaboração: Luz. Associação Pró-Ensino Superior em Novo Hamburgo . 2013. o arquivo completo pode ser enviado diretamente para o(a) professor(a) orientador(a). Referências PRODANOV. Cleber Cristiano. Novo Hamburgo . PODE PRECISAR DE APENAS UMA VIA IMPRESSA. bem como da capa do relatório e de cópia do e-mail de envio ao orientador com sua confirmação de recebimento.