Ecologia

Profª Tamires Nunes Zardin

“Estudo das relações entre os seres vivos, e destes com o
meio em que vivem”.

ECOLOGIA Oikos = casa
Ernest Haeckel
(1869) Logos = estudo

Racionalização da utilização dos recursos
Importância naturais (sustentabilidade).
do estudo
da ecologia Controle da poluição.

Controle do crescimento das populações.

Biótico: componentes vivos
Abiótico: componentes não vivos

.

Abaixo Acima átomos população moléculas ORGANISMO comunidade (SER VIVO) organelas ecossistema célula biosfera tecidos órgãos sistema .

plastos.. ferro.. complexo de Golgi. iodo.. carboidratos. Organelas – conjunto de moléculas. oxigênio. Ex: hidrogênio. proteínas. Moléculas – conjunto de átomos. mitocôndrias. .Átomos – “unidade” da matéria. Ex: ribossomos.... carbono. lipídios. Ex: água.

. . zigoto. Ex: coração. cérebro. Órgãos – conjunto de tecidos. Tecidos – conjunto de células semelhantes.Células – conjunto de organelas. adiposo. óvulo. Ex: tec.. intestino.... Ex: hemácia. pulmão. nervoso. espermatozoide. tec.. pele.. neurônio.

sist. digestório.. sist.Sistemas – conjunto de órgãos. unicelular pluricelular .. Ex: sist. circulatório. respiratório. sist. excretor.

Comunidade (biota ou biocenose) – conjunto de organismos de espécies diferentes que vivem numa determinada área. .População – conjunto de organismos da mesma espécie que vivem numa determinada área.

*SOMENTE OS NÍVEIS ACIMA DE ORGANISMO SÃO OBJETOS DE ESTUDO DA ECOLOGIA. savanas. Ex: camada do planeta Terra onde se encontra seres vivos. . pântanos. Ex: florestas. Biosfera – conjunto de todos os ecossistemas.Ecossistema – conjunto formado pelo meio físico e a comunidade que com o meio se relaciona.. desertos..

.

Habitat – espaço físico (local) onde vive um determinado organismo. .. inimigos naturais. Nicho ecológico – alimentação. reprodução. florestas temperadas. .. abrigo.. Ex: florestas tropicais.Biomas – conjunto de diferentes ecossistemas que apresentam certo nível de homogeneidade. de determinado organismo.. etc.

Ecossistema 1 Ecossistema 2 ECÓTONO . Ecótono: Transição entre dois ecossistemas vizinhos.

Os decompositores reciclam a matéria orgânica. . A transferência desta energia. Desta forma. passando por vários níveis tróficos. recomeçando o ciclo. a matéria está sempre seguindo um fluxo em um ecossistema. O fluxo de energia começa no produtor e vai em direção ao decompositor. desde o produtor (organismo autótrofo) até o decompositor. passando por uma série de consumidores é chamada de cadeia alimentar ou cadeia trófica. que é obtida a partir do alimento que retiram do ambiente. Todos os organismos necessitam de energia para sobreviver.

* Equação geral da fotossíntese: 12 H2O + 6 CO2 + energia → C6H12O6 + 6 H2O + 6 O2 .

algas e fitoplâncton. .São as plantas.

.

.

. São organismos que não produzem seu alimento (heterótrofos) e nutrem-se dos produtores (direta ou indiretamente).

ou seja. os que se alimentam diretamente de produtores .São os herbívoros.

.

.São os carnívoros que se alimentam de herbívoros.

São os carnívoros que se alimentam de carnívoros. .

.

.Decompõe matéria orgânica morta em inorgânica. num processo natural de reciclagem de matéria.

.Alimentam-se de restos mortais de outros organismos.

Alimentam-se de vegetais como animais. .

. mas somente em teias alimentares. Classificação dos seres vivos nas cadeias alimentares São classificados como decompositores Fungos e bactérias Capim Grilo Sapo Cobra Seriema Hábito alimentar Produtor Herbívoro Carnívoros Consumidor Consumidor Consumidor Consumidor Grau de consumo Produtor primário secundário terciário quaternário Nível trófico (NT) 1° NT 2° NT 3° NT 4° NT 5° NT A classificação de onívoro não aparece. para os animais representados em cadeias. no hábito alimentar.

.É um conjunto de cadeias alimentares interconectadas. geralmente representado como um diagrama das relações entre os diversos organismos de um ecossistema.

.

tendo em vista que as maiores perdas de energia ocorrem na transferência de matéria orgânica de um nível trófico para o outro (produtores > consumidores primários > consumidores secundários > consumidores terciários). etc). com cerca de 1. Por exemplo. é possível obter cerca de 250 quilos de carne de coelho.000 quilos de vegetais. menor será a dissipação de energia nela. . A perda de energia ao longo dos diferentes níveis tróficos ocorre principalmente pelo fato dos organismos produzirem calor como resultado de suas reações metabólicas (respiração celular. diz-se que a vida na terra é extremamente dependente do sol Quanto menor o número de níveis tróficos numa cadeia alimentar. Por esta razão. A energia captada diretamente do sol vai gradativamente reduzindo nos níveis tróficos seguintes.

Aumento do nível trófico Fluxo de energia nas cadeias alimentares Diminuição da energia disponível .