Bibliografia
EPAGRI – A cultura do feijão em Santa Catarina.
Florianópolis, 1992, 285p.

Sartoratto, A.; Rava, C.A. Principais doenças do
feijoeiro e seu controle. EMBRAPA, 1994, 300p.

Feijão no inverno. Informe Agropecuário, v.17, nº178. 1994.

Araújo, R.S. et al. Cultura do feijoeiro comum no Brasil.
Piracicaba: POTAFÓS, 1996. 786p.

Vieira, C. Estudo monográfico do consórcio milho –
feijão no Brasil. Viçosa: UFV, 1999, 183p.
na

Thung, M.D.T.; Oliveira, I.P. Problemas abióticos
que afetam a produção do feijoeiro e seus métodos
de controle. EMBRAPA - CNPAF, 1998, 172p.

Vieira, C. et al. Feijão: Aspectos gerais e culturais
no Estado de Minas Gerais. UFV. Viçosa, 1998. 596p.

Kluthcouski, J. et al. Fundamentos para uma
agricultura Sustentável com ênfase na cultura do
feijoeiro. EMBRAPA Arroz e Feijão, 2009. 452p.

Carneiro, J. E. et al. Feijão do plantio à colheita.
Editora UFV, 2014. 384 p.

Arf, O. et al. Aspectos gerais da cultura do feijão
(Phaseolus vulgaris L.). FEPAF, 2015. 433 p.

Revistas Pesquisa Agropecuária Brasileira, Scientia Agricola,
Acta Scientiarum, Bragantia, Pesquisa Agrop. Tropical, etc..

Anais das Reuniões Nacionais de
Pesquisa de Feijão – RENAFE ou
CONAFE

1996 – Goiânia
1999 – Salvador
2002 – Viçosa
2005 – Goiânia
2008 – Campinas
2011 - Goiânia
2014 - Londrina

1 ORIGEM E IMPORTÂNCIA .

1.1. Origem Origem no continente Americano Europa e Ásia (após descobrimento da América) à + 7000 anos .

sementes grandes México .sementes pequenas Centro primário de domesticação: Mesoamérica e sul dos Andes .1.1. Origem Centro de origem Colômbia / Peru e Argentina .

(20%) . Preferência de consumo Gênero Phaseolus Phaseolus vulgaris .1.2.(80%) Gênero Vigna Vigna unguiculata .

Crescimento mais compacto .Ereto .1.3.Aumento no tamanho de vagens e dos grãos . Domesticação .

3.Deiscência de vagens .1.Redução na sensibilidade ao fotoperíodo . Domesticação .Dormência de sementes .

Bolinha > 30%) 100g de feijão = 345 cal Carne Branca à 28% Arroz à 7-9% Pão à 11% .1. Características Gerais Proteínas à 22% (cv.5.

.

.Figura 2 – Contribuição calórica dos principais alimentos que compõem a dieta brasileira.

.

menor é a quantidade de proteína presente nos grãos” .EFEITO DE DILUIÇÃO “Quanto maior a produtividade.

.

.

2 CLASSIFICAÇÃO BOTÂNICA .

ORDEM Rosales FAMÍLIA Fabaceae (Leguminosae) SUBFAMÍLIA Faboideae (Papilionoideae) TRIBO Phaseoleae GÊNERO Phaseolus ESPÉCIE Phaseolus vulgaris L .

acutifolius P. Gênero Phaseolus (55 a 100 sp) P. lunatus L.2. polyanthus P. coccineus L. P. vulgaris L. à Feijão fava P.1. à Feijão comum .

2. Gênero Vigna V. radiculata à Feijão mungo V.2. angularis à Feijão adzuki V. unguiculata à Feijão caupi V. umbellata à Feijão arroz .

3 SITUAÇÃO E PERSPECTIVAS .

Explorado por pequenos. médios e grandes produtores. . .Cultivo pode ser solteiro.Adaptação as diversas condições de clima e solo. . consorciado ou intercalado..

. . . . “da seca” e “de inverno”.Cultivares apresentam grãos de tamanho e cores diferentes.É um produto que perde rapidamente o valor comercial e nutritivo após a colheita.Cultivado em 3 safras anuais: “das águas”.

SC + MG = 460.1. Áreas em torno de 1.000 produtores .3.6 ha. Situação Atual Brasil à entre os maiores produtores e talvez o maior consumidor mundial de feijão.

2. 70% produção mundial (18 milhões de toneladas) . China. México e EUA. Burma.3. Índia. Principais produtores Brasil.

3. México. Área de produção Índia.3. Brasil. EUA e Argentina 28 milhões de ha . China.

3. Produtividade EUA.4. Argentina. China. Brasil e Índia 1785 (EUA) à 421 kg ha-1 (Índia) . México.

0 à 0. México.5. Consumo Brasil. Índia. Argentina e China 18.3. EUA.32 kg habitante-1 ano-1 .

Fonte: AGRIANUAL (2002) .

Consumo médio domiciliar per capita de feijão no Brasil 30 Total Rural Urbana 24 kg/hab/ano 18 12 6 0 Norte Nordeste Centro-Oeste Sudeste Sul Brasil Regiões/Total Fonte: AGRIANUAL .

Fonte: EMBRAPA .

Exportadores China Myanmar EUA Canadá Argentina .3.6.

7.3. Importadores Índia EUA Cuba Japão Reino Unido Brasil Itália México .

200 3.200 2013/14 3.47 303.350 17.800 2014/15 3.000 3.14 366.733 207.454 136.300 3.500 18.166 130.400 2011/12 2.350 17.000 Fonte: AGRIANUAL (2016) *kg/habitante/ano @ Previsão feita em agosto/2015 .806 304.323 181.503 110.450 18. FEIJÃO – Oferta e Demanda Brasileira Ano Produção Importação Consumo Consumo Estoque (mil t) (toneladas) (mil t) Per (toneladas) capta* 2008/09 3.800 2012/13 2.900 2010/11 3.600 18.88 686.320 17.100 3.918 312.42 317.32 373.000 3.400 3.700 2009/10 3.500 18.35 129.44 185.000 3.

701 97. @ Até Julho/2015 .804 64.500 13.455 120.198 China 56.967 276.246 979 140 - Total 171.553 Fonte: AGRIANUAL (2016).268 Bolívia 12. FEIJÃO PRETO – Importações Brasileiras (toneladas) Países 2011 2012 2013 2014 2015@ Argentina 102.682 275.358 44.707 144.072 16.658 Outros . 1.209 15.339 6.462 112.329 6.655 31.033 226.458 18.

FEIJÃO BRANCO – Importações Brasileiras (toneladas) Países 2011 2012 2013 2014 2015@ Argentina 12.409 13. @ Até Julho/2015 .840 11.757 China 46 70 210 180 45 Líbano 0 1 0 0 0 Bolivia 0 0 116 0 0 Outros 0 0 0 0 27 Total 12.829 Fonte: AGRIANUAL (2016).772 8.892 5.456 13.446 8.712 5.770 11.

FEIJÃO COMUM – Importações Brasileiras (toneladas) Países 2011 2012 2013 2014 2015@ China 5.396 21.442 9.926 3.255 1.814 0 336 0 Bolívia 8.121 15.910 Fonte: AGRIANUAL (2016) @ Até Julho/2015 Feijão comum = exceto preto e branco. .280 12.240 1783 638 França 0 1 0 0 0 Outros 78 100 0 246 Total 20.567 3.842 1.272 Argentina 6.877 5.637 2.310 7.

0 1.074 1. produção e produtividade de feijão no Brasil nas safras 2014/15 e 2015/16 .9 269.131.5 707 678 Nordeste 484.8 223.151 Sudeste 208. Oeste 74.5 469.7 318.8 472.580 Sul 280.1 460 645 C.6 149.4 2.2 1.4 1. Área.8 3.6 1.014.987 2.000 ha) (1. Área Produção Rendimento Região (1.1 303.751 Total 1.Safra “das águas”.1 201.000 t) (kg/ha) 2014/15 2015/16 2014/15 2015/16 2014/15 2015/16 Norte 4.8 1.5 487.2 1.245.053.737 1.7 267.8 3.4 149.6 1.228 Fonte: CONAB (2016) Levantamento: Março/2016 .286 1.9 69.

9 322.5 190.5 209.Área.9 1. produção e produtividade de feijão no Brasil nas safras 2014/15 e 2015/16 .425 Sudeste 130.345.1 1.6 241.6 1.7 369.000 t) (kg/ha) 2014/15 2015/16 2014/15 2015/16 2014/15 2015/16 Norte 52.406 1.2 219.4 241.4 283.720 Sul 248.3 198.485 1.5 1. Oeste 229. Área Produção Rendimento Região (1.0 37.000 ha) (1. .8 1.3 40.242.1 459.6 1.Safra “da seca”.6 318 306 C.454 1.902 Total 1.3 718.4 858 922 Fonte: Conab (2016) Levantamento: Março/2016.131.318.4 47.8 762 798 Nordeste 657.9 140.

3 651.5 840.543 Sudeste 92.000 t) (kg/ha) 2014/15 2015/16 2014/15 2015/16 2014/15 2015/16 Norte 30.533 2.5 235.3 2.2 809 842 Nordeste 423.7 1.555 Sul 4.672 2.5 406.3 2.9 116. .4 276.013 950 Total 668.1 233.0 4.2 1. produção e produtividade de feijão no Brasil nas safras 2014/15 e 2015/16 Safra “de inverno”. Oeste 116.280 Fonte: Conab (2016) Levantamento: Março/2016.4 852. Área Produção Rendimento Região (1.9 5.9 312.9 31.9 4.7 654 681 C.8 276.276 1.1 92.4 297.0 26.000 ha) (1.1 25. Área.

1 385.814 Total 3.6 453 501 C.4 516.2 68.105 Fonte: Conab (2016) Levantamento: Março/2016.3 691.4 1.4 66.3 3.2 799.1 82.1 434.000 t) (kg/ha) 2014/15 2015/16 2014/15 2015/16 2014/15 2015/16 Norte 88.7 709.0 3.3 730.863 1.115.5 3.832 Sul 534.0 1.000 ha) (1.012.0 936.025 1.Área.604 1.895 Sudeste 431. .040.565.3 1. Oeste 421.328.1 1.4 795.613 1.6 1.1 862.5 775 807 Nordeste 1.594. Área Produção Rendimento Região (1. produção e produtividade de feijão no Brasil nas safras 2014/15 e 2015/16 – Total nas três safras.2 784.

3 651.318.053.5 1. Estimativa de área cultivada com feijão nas safras 2014/15 a 2015/16.345. Época de Área cultivada (1.9 3ª safra 668.040.014.2 1.000 ha) cultivo 2014/15 2015/16 1ª safra 1.4 Total 3.5 Fonte: Conab (2016) .2 2ª safra 1.0 3.012.

6 1.3 3.000 t) cultivo 2014/15 2015/16 1ª safra 1.131.242.1 Fonte: Conab (2016) . Estimativa de produção de feijão nas safras 2014/15 a 2015/16.5 840.2 Total 3.115.131.4 3ª safra 852.6 2ª safra 1.1 1.245. Época de Produção de grãos (1.328.

Estimativa de produtividade de feijão nas safras 2014/15 a 2015/16.074 1.290 Média 1.105 Fonte: Conab (2016) .276 1.228 2ª safra 858 922 3ª safra 1.025 1. Época de Produtividade de grãos (kg/ha) cultivo 2014/15 2015/16 1ª safra 1.

00 8.00 FONTE: AGRIANUAL (2016) Região de referência: Sudoeste de São Paulo *Atualizado em Julho/2015.382. .64 5.405.642.10 107.665. Feijão – Custo de Produção .048.2015* Descrição Safra “das águas” Safra “da seca” Custo Total (R$ / ha) 5.048 Resultado (R$/ha) R$ 2.7 Receita (R$/ha) 8.73 Custo total (R$/sc 60kg) 108.00 R$ 2.

.

.

Aumento na oferta de feijão é Área cultivada é Produtividade Tecnologia Genética Melhoria do ambiente .8.3.

. doenças e invasoras. .3. .Adubação desequilibrada. Causas da baixa produtividade . . .Erosão.Manejo inadequado de pragas.9.Ausência de calagem.Semente sem origem conhecida.

10.Descapitalizado.3.Baixo nível tecnológico. .Cultura de risco. . PRODUTOR TRADICIONAL . .Consórcio de culturas. .

adubação. .Policultura. irrigação e invasoras . .Capitalizado. pragas.11.Alto nível tecnológico. .Manejo adequado do solo.3. doenças. EMPRESÁRIO RURAL .