Disciplina: Metodologia das Ciências Sociais II Profª Drª Silvia Brito

Curso: Ciências Sociais (2017)
Acadêmica: Ariel Dorneles

ROTEIRO DIDÁTICO PARA SEMINÁRIO:

Unidade 1 – A relação entre teoria, método e as abordagens quantitativas na
produção do conhecimento científico

1. Texto a ser trabalhado:

BALTAR, Ronaldo; BALTAR, Cláudia Siqueira. As Ciências Sociais na Era do
Zettabyte. Mediações, Londrina, v. 18, n. 1, p. 11-19, jan./jun. 2013.
Disponível em:
<http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/mediacoes/article/view/16805/13377>.

2. Objeto do texto:

O objeto do texto 1 dessa unidade é tratar da relevância do uso de dados nas ciências
sociais e dos desafios de se organizar esses dados, disponibiliza-los e até mesmo para
consulta, tendo em vista a falta de orientação que parte das orientações em trabalhos
científicos – acadêmicos.

3. Temáticas do texto

a) Dados e acessibilidade (p. 12):
- Apresenta-se que os dados disponíveis para consulta podem servir para
acompanhamento de processos sociais, monitoramento de políticas públicas e esses
estão cada vez mais com abertura de acesso por parte dos movimentos sociais e da
população como um todo.

b) O Cientista Social e o uso dos dados quantitativos (p. 13):
- O texto aponta que o debate de uso de dados pelas Ciências Sociais no Brasil e em
grande parte da América Latina ainda é muito baixo se comparado com outros países. E
isso pode ser por conta da capacitação desses profissionais quanto não somente ao uso,
mas ao conhecimento da existência desses dados, das ferramentas de acesso.

c) A disponibilização de dados pelo Estado (p. 14):
- Apontamentos sobre os dados que são fornecidos por entidades governamentais, como
isso tem aumentado nos últimos anos, muito por conta das regulamentações de
disponibilização pública das informações de interesse público.

d) O trabalho operacional para a disponibilização de dados (p.15):
- A disponibilização e organização dos dados demanda um esforço das entidades que o
fazem devido ao volume e quantidade de informação, bem como o apreço pela
organização a fim de que se possa ser consultado/encontrado de forma eficiente.

e) Fomento à pesquisa (p. 16)
- Crítica de como o Estado tem organizado e hierarquizado as produções do saber na
distribuição de auxílio, fomento para suas pesquisas;

17) . 14-16) .Dados quantitativos.Os desafios para as Ciências Sociais em lidar com o aparato tecnológico na produção e difusão dos dados. necessidade. transformações sociais (p.Como os dados quantitativos podem ser relevantes para pensar políticas públicas? .Como alinhar as teorias tradicionais das Ciências Sociais ao uso dos dados das pesquisas atuais? . 4. o acesso à informação no geral.As grandes mudanças nos fenômenos sociais e necessidade de uma reavaliação de ser acompanhar – lidar com essa nova realidade.Publicitação de dados.Como as Ciências Sociais podem se beneficiar com o uso dos dados quantitativos? .Byte e armazenamento de dados (p. manipulação de dados.Interdicisplinaridade. 13) . g) Indicadores sociais e o acesso pelas Ciências Sociais (p. 17-19) b) Quanto a questões a serem pensadas: . 17) . métodos analíticos (p. 12) .Capacitação. políticas públicas. 11-12) . catalogação e padronização dos dados (p. acesso à informação. bem como aos indicadores sociais.Volume de dados. 18-19) . Problematização do texto a) Quanto a categorias: . f) Mudança – transformações sociais (p. análise quantitativa (p.Iniciativas de pesquisas para a produção e disponibilização dos dados. tratamento dos dados (p.