You are on page 1of 1

ENDS MEET

.

For the first time you can open your eyes
and see the world without your sorrow
where no one knows the pain you left behind
and all the peace you could never find
is waiting there to hold and keep you:

"— welcome to the first day of your life".

.

( Magnus Bane & Alec Lightwood )

.

x just open up your eyes;

.

Apilhados nos bancos de espera, garotos e rostos bonitos eram produtos a venda. Unhas
roídas. Pés impacientes. Cigarros entre lábios rachados. Jovens modelos querentes de uma
chance de estrelar nas capas de revista, ao lado de elegantes mulheres, vestidos em Dior e
Prada. Alec puxara um cigarro para si; papel e fumaça. Ficara vendo a chama queimar,
indolente. Perguntou-se quanto mais demoraria até que alguém os mandasse embora.

Esperou por duas horas antes de saber-se escolhido para ver Magnus Bane. Teve sorte,
então. Seus colegas de banco, veteranos de espera, voltariam de mãos vazias.

Bane era um excêntrico. Escritório carmesim, longas cortinas, poltronas de couro e camurça.
Na parede um Boccioni. Linhas vibravam, cores moldadas em complemento e a
pungência falando volumes sobre Magnus Bane. Avant-garde. Um pioneiro, um
vanguardista; olhos que viam além de seu tempo, além das mentes céticas, além das caixas.
Alec sentou-se em veludo preto, cruzou as pernas e tragou do cigarro.

— Gosta do quadro? — Voz etérea num rosto que era puro mistério