You are on page 1of 2
12
12

QUARTA-FEIRA 11 de Fevereiro de 2009

Motores

Se o Opel Astra já era um dos modelos de maior sucesso no seu segmento, a partir de agora reforça os argumentos, com a versão Ecoflex, uma das melhores propostas value for money do mercado

Test-drive

A Opel enriqueceu o Astra com

uma versão Ecoflex, que passa a

constituir a versão ponta-de-

lança da gama para 2009. Já à

venda nos concessionários da marca, o Astra 1.7 CTDI Ecoflex está disponível nas carroçarias GTC de três portas, berlina de cinco portas e carrinha Caravan. A vari- ante comercial de dois lugares, com base no GTC, está prometida para mais tarde. Os grandes trunfos desta nova motori- zação são a economia de combustível e o baixo nível de emissões, garantindo uma melhor relação qualidade/preço, devido a uma fiscalidade mais favorável.

Num dos segmentos mais competiti- vos do mercado, onde os rivais incluem os novos VW Golf, Renault Mégane e Peugeot 308, a Opel aposta em fazer do Astra uma das melhores opções value

sões e de consumos, os engenheiros da Ge- neral Motors reprogramaram a gestão electrónica do motor, alongaram as rela- ções da caixa de velocidades e afinaram a aerodinâmica do modelo.

for money, equipando as versões berlina

O

regime de ralenti passou a ser mais

e Caravan do 1.7 CTDI Ecoflex com o ní- vel de equipamento de topo Cosmo. Em comparação com o já conhecido 1.7

baixo, com vantagens imediatas nos consumos, sobretudo na condução em cidade. O regime máximo de funciona-

CDTI de 125 Cv, o motor Ecoflex consegue uma redução de 20% nos níveis de emis- sões de dióxido de carbono (CO2), de 140 para 119 g/Km, e nos consumos médios, que em circuitos mistos estrada-urbano

mento do motor também baixou ligeira- mente, das 4000 para as 3800 rotações por minuto, enquanto uma maior efi- ciência na combustão permitiu manter um binário de 260 Nm, em linha com os

descem de 5,4 para 4,7 litros aos 100 Km.

280

Nm do 1.7 normal.

Com o nível de emissões anunciado, o Eco-

O

Ecoflex mantém a caixa da versão de

flex é elegível para o programa de abate de

125

Cv, mas tem relações mais longas, o

veículos em fim-de-vida, permitindo pre- ços de venda a partir dos 24.860 euros. Para garantirem baixos níveis de emis-

que reduz o regime de funcionamento do motor em velocidades constantes em es- trada. Na direcção a intervenção da parte

Astra 1.7 Ecoflex O PONTA-DE-LANÇA
Astra 1.7 Ecoflex
O PONTA-DE-LANÇA

Editado por Armanda Alexandre aalexandre@oje.pt

CRÍTICA VINHOS CUIDADOS A TER COM OS COPOS PÁG. 14

CRÍTICA VINHOS CUIDADOS A TER COM OS COPOS PÁG. 14 BEST SELLER ENRIQUECIDO eléctrica é quase

BEST SELLER ENRIQUECIDO

eléctrica é quase inexistente quando o As- tra está parado, com o motor ao ralenti, e o volante não é movimentado. Por último, este novo Ecoflex integra também várias alterações aerodinâmi- cas, que optimizaram os fluxos de ar pa- ra o arrefecimento do motor e permiti- ram tapar algumas secções da grelha frontal. Para melhorar ainda mais o de- sempenho aerodinâmico do Astra, o flu- xo de ar sob a carroçaria tem agora me- nor resistência graças a uma carenagem prolongada que isola melhor a parte in- ferior do compartimento do motor. Apesar destas modificações o 1.7 CDTI Ecoflex não é muito afectado nas presta- ções. Os 110 Cv e o binário de 260 Nm às 2300 rpm garantem uma aceleração dos zero aos 100 Km/h em 12 segundos e uma velocidade máxima de 188 km/h.

Km/h em 12 segundos e uma velocidade máxima de 188 km/h. Nas versões Astra de cinco
Km/h em 12 segundos e uma velocidade máxima de 188 km/h. Nas versões Astra de cinco
Km/h em 12 segundos e uma velocidade máxima de 188 km/h. Nas versões Astra de cinco

Nas versões Astra de cinco portas e Caravan,

o

Ecoflex está disponível exclusivamente com

o

nível de equipamento Cosmo, de topo, e que

inclui de série o ar condicionado electrónico, rádio leitor de CD/MP3 com sete altifalantes, comandos no volante e entrada auxiliar para dispositivos móveis, computador de bordo, volante forrado a couro, quatro vidros eléctricos, bancos em couro e tecido, espelhos retrovisores exteriores eléctricos, sensores de chuva e de luz, espelho retrovisor com função automática de anti-encandeamento, faróis de nevoeiro e jantes de 16 polegadas. No que respeita à segurança o 1.7 CDTI Ecoflex mantém de série o sistema de controlo electrónico de estabilidade ESPPlus da Opel,

que actua em até três rodas em vez de apenas uma como nos sistemas convencionais, sistema de travagem com ABS e EBD, airbag duplo frontal, airbags laterais, airbags de cortina, encostos de cabeça activos, cintos de segurança com tensores

e limitadores de força à frente, e sistema

com tensores e limitadores de força à frente, e sistema Opel Astra 1.7 CDTI ecoFLEX MOT

Opel

Astra

1.7 CDTI

ecoFLEX

MOTOR

4 cilindros em linha

1686 cm3

Turbodiesel

POTÊNCIA XIMA

110 Cv às 4000 rpm

BINÁRIO MÁXIMO

260 Nm às 2300 rpm

TRANSMISO Dianteira. Caixa manual de 6 velocidades

CONSUMOS

(LITROS/100 KM)

Combinado: 4,5

Urbano: 5,6

Extra-urbano: 3,9

ACELERAÇÃO O-100 Km/h em 12 segundos

EMISSÕES CO2

119 g/km

PREÇOS (EUROS)

GTC 3 portas: 24.860

5 portas: 24.860

Caravan: 25.750

R OS) GTC 3 portas: 24.860 5 portas: 24.860 Caravan: 25.750 DESDE o lançamento da primeira

DESDE o lançamento da primeira geração

A

gama Astra desdobra-se por cinco

Isofix para fixação de cadeiras de criança

Astra, em 1991, e até ao ano passado, foram vendidas mais de 175 mil unidades do modelo em Portugal, tornando este best-seller da Opel líder no importante segmento C,

carroçarias, incluindo uma coupé-cabrio Twintop e oito motorizações, a que se junta agora o 1.7 Ecoflex DE 110 Cv. O novo propulsor vem reforçar a faixa intermédia

no banco traseiro. Na lista de opções destacam-se o chassis IDS Plus com suspensão de controlo electrónico, faróis direccionais bi-xénon, pára-brisas

dos compactos e pequenos familiares,

da

oferta turbodiesel na gama Astra. Além

panorâmico com a carroçaria GTC de três

em cinco destes últimos dez anos. A actual

do

1.7 CDTI com 110 e 125 cv, a gama inclui

portas, programador de velocidade,

geração, lançada em 2004, já vendeu

ainda os motores 1.3 CDTI de 90 cv, 1.9 CDTI

sistema de airbag inteligente, indicador

quase 50 mil unidades e esteve sempre

de

120 cv (com caixa utomática)

de pressão dos pneus, chave automática

em primeiro ou segundo lugar do segmento.

e

1.9 CDTI de 150 cv, explica a GM.

Open&Start e sensores de estacionamento.

PUB

Jornal Oje-Edição 11/02
Jornal Oje-Edição 11/02