You are on page 1of 15

UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA

CURSO DE BACHARELADO EM BIOMEDICINA

Aline Cristina;
Gibson Miranda;
Lucas da Silva;
Rafaela Vieira;
Vitória Tributino.

VITAMINAS

BELÉM
2016

dependendo do meio no qual as vitaminas sejam dissolvidas (água ou lipídeo) elas podem ser classificadas em lipossolúveis ou hidrossolúveis. Suas principais fontes são as frutas. Muitos tipos de vitaminas hidrossolúveis são sintetizadas por bactérias. 1 . inclusive na produção de energia. indo de antioxidantes a catalisadoras. Classificação As vitaminas são classificadas de acordo com a sua atividade biológica e química. D. mas elas também são encontradas na carne. Funções De forma geral. por isso precisa estar contida na dieta/alimentação. As lipossolúveis precisam do auxílio de gorduras pra serem absorvidas. o excesso é secretado pela urina. mas como não podem ser armazenadas. como o raquitismo (enfraquecimento dos ossos pela falta da vitamina D) ou o escorbuto (falta de vitamina C). São mais facilmente armazenadas no corpo. E e K) e nove hidrossolúveis (complexo B e a vitamina C). temos quatro lipossolúveis (A. como lesões e sonolência em excesso. verduras e legumes.Vitaminas As vitaminas são compostos orgânicos e nutrientes essenciais ao organismo. mas que ele não é capaz de sintetizar. mas em quantidades pequenas. Elas desempenham diversas funções no desenvolvimento e no metabolismo orgânico. no leite. A falta delas (hipovitaminose) pode causar várias doenças. as vitaminas têm funções bioquímicas. pelo que é mais provável causarem hipervitaminose ou alcançarem níveis tóxicos. As hidrossolúveis dissolvem-se facilmente na água. nos ovos e cereais. Funcionam como aditivos que auxiliam em diversos processos. Em suas devidas classificações. enquanto o excesso (hipervitaminose) pode causar danos ao funcionamento do organismo. O organismo precisa de vitaminas em pequenas quantidades na dieta para desempenhar diversas funções. sendo necessário ingerir elas diariamente. mas não são usadas como energia ou material de reposição celular.

também associada à cegueira noturna.  Ressecamento e infecção na pele e mucosas. como Cenoura.  Sistema imunitário deficiente. Fontes: Essa vitamina pode ser encontrada em diversos alimentos. a mais relevante está relacionada à visão. para a conservação do esmalte dentário e para a manutenção do bom estado do cabelo. No corpo humano pode ser encontrada de três formas: o retinol. Ácido retinóico Carência Em casos de hipovitaminose A (deficiência da vitamina). denominada xerodermia. uma forma oxidada da Vitamina A que regula as funções da vitamina requeridas para crescimento e desenvolvimento. tal como do desenvolvimento dos ossos e atuação no fortalecimento do sistema imunitário. metabólitos são os produtos intermediários das reações metabólicas catalisadas pelas várias enzimas. Tem relação com o desenvolvimento e manutenção do tecido epitelial. sendo este último o principal e mais abundante metabólito1 no intracelular em mamíferos. conhecida popularmente como ceratoconjuntivite seca ou “olho seco”. Fígado de Boi e Ovos: 1 Metabólito: sendo as vitaminas um aditivo. Salsa. Também está muito associada à regeneração e proteção da pele e das mucosas. o Ácido retinóico (ou tretinoína). se a de gorduras diminui. 2 .Vitamina A A Vitamina A.  Redução do olfato e do paladar. é classificada como lipossolúvel e uma das mais importantes vitaminas. apresentam-se:  Xeroftalmia. ou retinol. Sua absorção se dá por meio de gorduras. retinal e o ácido retinóico. Forma Ativa A forma ativa do Retinol é um ácido carboxílico. a de Vitamina A também. podendo levar à frequentes infecções. contribui para o desenvolvimento normal dos dentes. Beterraba. aumentando a resistência às infecções. Retinol Funções Dentre suas diversas funções.

nas fases energéticas e hormonais da função neuromuscular.Complexo B O Complexo B é um conjunto de vitaminas hidrossolúveis que atuam no organismo de maneiras muito parecidas e são encontradas em fontes muito parecidas. em vários estágios. a vitamina B1 é transformada em pirofosfato de tiamina. também atua na saúde de pele. Forma ativa: Após ter sido absorvida. fígado. Ela também auxilia as células no metabolismo de carboidratos na transformação em energia. olhos. carboidratos e gorduras. B6. ardência dos olhos e pele seca. grãos. amendoim e carne de porco:  Vitamina B2 (Riboflavina) Função: Com papel importante no processo metabólico de proteínas. B2. que é a sua Tiamina forma ativa. respiração celular e para o crescimento de forma geral. Perda de apetite. ovos. principalmente na porção superior do duodeno. B9 e B12. produção de anticorpos. levedo da cerveja. redução da força e resistência muscular. sendo indispensável ao metabolismo do tecido nervoso e muscular. devido à sua intervenção. B5. B3. Fontes: Pode ser encontrada em alimentos como cutícula do arroz. sendo divididas em B1. Este complexo tem importante ação no metabolismo celular. a qual atua como coenzima de enzimas. Tiamina pirofosfato Carência: Sua deficiência causa lesões na mucosa da boca.  Vitamina B1 (Tiamina) Função: Tem papel importante no sistema nervoso (no combate à dor). além de aliviar a fadiga ocular. 1Riboflavina 3 . cabelo e na formação de hemácias. B7 (ou B8). no coração e nos músculos.

também causa inflamações na mucosa da boca. Fontes: é obtida a partir de vegetais folhosos e. descamação do couro cabeludo. no metabolismo de carboidratos. repara o material genético. Niacina 4 . em maior quantidade. da soja. sensibilidade à luz. embora o Mononucleótido de flavina (FMN) seja obtido com a fosforilação da riboflavina. perda de cabelos. do leite e de frutos do mar. além de reduzir o colesterol. lacrimação e coceira no globo ocular. Dinucleótido de flavina e adenina (FAD) Mononucleótido de flavina (FMN) Carência: Inflamação da língua e lábios. ajuda no funcionamento do sistema nervoso. Pelo FAD temos molécula transportadora de energia metabólica. além do fígado e feijão branco:  Vitamina B3 (Niacina) Função: A Vitamina B3 remove substâncias tóxicas do organismo. vertigens e insônia. além de vermelhidão. melhorar a circulação e regular o apetite.Forma Ativa: O dinucleótido de flavina e adenina (FAD) é considerado a forma a forma biologicamente ativa da Riboflavina. lipídeos e proteínas.

nos cereais integrais e em diversos legumes. irritabilidade e úlceras gastro-intestinais. além de Alterações digestivas. diarreia ou prisão de ventre. atuando também na saúde de pele e mucosas. nos ovos. nas carnes magras. e sim eliminado pela urina. rapidamente absorvida e estável resistindo ao calor e álcoois. náuseas. participa na produção de anticorpos. frutas. verduras. no leite. mas o excesso dessa vitamina não é estocado. Fontes: Encontrada principalmente no fígado. Ácido Pantotênico 5 . tendo um papel importante na produção de energia para a célula. NAD Carência: Perda de apetite. A absorção de niacina ocorre no intestino delgado. Participa em mais de 50 reações metabólicas. como vômitos. diarreias. caranguejo e maracujá. inflamação da pele. nas frutas secas. dores de cabeça.  Vitamina B5 (Ácido Pantotênico) Função: Promove a transformação de carboidratos em energia. também é encontrada nas aves. na levedura. sendo encontrado nas células de todos os seres vivos e usado como "transportador de elétrons" nas reações metabólicas de oxi-redução.Forma Ativa: No organismo a niacina converte-se nas formas ativas de coenzimas Nicotinamida adenina di nucleotídeo (NAD).

batata e cereais. Pantenol Fontes: É encontrada no fígado. vegetais. milho. câimbras musculares. fraqueza de unhas e cabelo. Promove o desenvolvimento. função e reprodução dos tecidos endoteliais e epiteliais. legumes. e cólicas abdominais. Piridoxina Deficiência: Embora muito rara. Forma ativa: A forma ativa do ácido pantotênico é o Pantenol. alguns medicamentos como a isoniazida. farinha de soja. carne de galinha. diminuem as concentrações plasmáticas da piridoxina.  Vitamina B6 (Piridoxina) Função: Importante no metabolismo dos aminoácidos. Tem importante participação no bom funcionamento do sistema nervoso. um álcool. cefaleia. abacate. Auxilia na construção da célula e manutenção normal do crescimento. fazendo-se necessária para um crescimento normal.Deficiência: Sua deficiência causa fadiga. além de ajudar a fortalecer o sistema imunológico. dores. Útil no controle do stress físico e mental. e fundamental para o metabolismo do triptofano e para sua conversão em niacina. leite. na formação das hemácias e também auxilia na manutenção dos níveis de glicose no sangue. cogumelos cozidos. reduz os efeitos adversos e tóxicos de muitos antibióticos. ovos. podem apresentar deficiência dessa vitamina 6 . Pessoas com quadro de alcoolismo e mulheres grávidas que apresentam pré-eclâmpsia ou eclâmpsia. já que esta vitamina está contida na maioria dos alimentos. A glândula suprarrenal e o sistema nervoso dependem dele. má produção de imunoglobulinas. combate as infecções produzindo anticorpos. insônia. e uma substância que apresenta papel dos mais importantes na regulação dos processos de suprimento de energia. evita a fadiga. mal-estar. brócolos. doenças neurológicas. do grupo da coenzima A.

furunculose. fazendo também a neutralização do colesterol. Biotina Deficiência: sua deficiência causa um grupo de doenças responsáveis por inflamações na pele. e a excreção urinária também rápida. carne de boi. a prevenção do colesterol e causando alívio de dores musculares. batata. de forma indireta. leite. mas que também age de forma direta na formação da pele e. A biotina ingerida na alimentação é absorvida pelo intestino delgado. proteínas e gorduras. legumes. gema de ovo. seborreia do couro cabeludo e retardo no desenvolvimento. que é a forma biologicamente mais ativa. sendo logo em seguida encontrada no sangue e nos tecidos.  Vitamina B7 ou B8 (Biotina) Função: É uma molécula da classe vitaminas que tem função coenzimática. que está associada às funções relacionadas ao metabolismo dos carboidratos. banana. fígado. pães integrais. de piridoxina – 5 – fosfato e ainda na forma de piridoxal – 5 – fosfato. sendo a absorção do piridoxol muito rápida no intestino. amidos e proteínas. piridoxamina – 5 – fosfato Fones: Levedo de cerveja. vegetais verdes. 7 . de porco e frango. os cereais integrais. abacate. Forma ativa: A forma ativa da Biotina é a D-Biotina. na utilização dos açúcares. pode estar em uma de suas formas ativas de piridoxamina – 5 – fosfato.Forma ativa: Sendo ela uma vitamina que pode ser encontrada em diferentes formas.

gema de ovo.  Vitamina B9 (Ácido fólico) Funções: promove a formação de hemácias em associação com a vitamina B12. banana. 5 metil-tetrahidrofolato Fontes: Espinafre. leguminosas. gema de ovo. cenoura. nozes. pólen de flores. banana. Fontes: Fígado e rim de boi. que atua como uma coenzima no metabolismo de aminoácidos. também é necessária para o adequado metabolismo das proteínas e gorduras. leite. vegetais e folhas verdes. possui papel fundamental na formação de proteínas estruturais. redução e metilação. anemia megaboblástica e outros distúrbios sanguíneos. iogurte. carne. melão 8 . alteração na medula óssea. carne. distúrbios no trato gastrointestinal. na manutenção dos espermatozoides saudáveis e reduz o risco do Mal de Alzheimer. Sua absorção acontece na parte intestinal do duodeno. onde sofre hidrólise. Piridoxina Deficiência: Diminuição do crescimento. lesões nas mucosas. participa da conversão de sirina em glicina da metilação da homocisteína (Hcy) transformando-a em metionina e formando o nucleotídeo timidilato. ovos. levedo de cerveja. é eficaz no tratamento de algumas anemias. além de ser produzida por bactérias intestinais. fígado. Forma ativa: A forma ativa do ácido fólico é a 5 metil-tetrahidrofolato. na formação dos ácidos nucleicos para a eritropoese de proteínas do tecido nervoso. amendoim. batata.

depressão nervosa. ajuda na digestão. ovos. convulsões e fraqueza. carne vermelha. glossites. poderoso antianêmico. coração. distúrbios gástricos.  Vitamina B12 (Cianocobalamina) Funções: Fortalecer o sangue e a medula óssea. como fígados. leite e peixe e tem produção por bactérias intestinais. que fornece grupos Metil essenciais à síntese da mielina que isola as fibras nervosas e regenera os danos no neurônio. Forma ativa: A forma ativa da Cianocobalamina é a Metilcobalamina. anemia megaloblástica e perniciosa. 9 . Cianocobalamina Deficiência: Irritabilidade. colabora na produção de glóbulos vermelhos e síntese do ácido nucleico. a memória e previne problemas cardíacos e derrame cerebral. alivia a irritabilidade. camarão. o metabolismo celular e crescimento. melhora a concentração. distúrbios sanguíneos. além de evitar complicações vasculares e proteger contra doenças neurológicas. dores musculares. A cianocobalamina é absorvida pelo intestino Metilcobalamina Fontes: Suas fontes são todas de origem animal.

mamão. limão. a proteína fibrilar que dá resistência aos ossos. É utilizada na hidroxilação de diversas reações químicas celulares. 2 Termolábeis são produtos sensíveis a condições extremas de temperatura. nabo. é classificada como hidrossolúvel e temolábil2. dentes. ajuda na absorção do ferro. abacaxi. proteção e manutenção do colágeno (integridade celular). facilita a circulação sanguínea. hemorragia. dentes frouxos. quando submetida à altas temperaturas por um longo período. batata. auxilia na defesa contra infecções. Forma Ativa A forma ativa da Vitamina C é o Ácido ascórbico – ascorbato quando ionizado – que tem atividades importantíssimas no corpo humano. manga.Vitamina C A vitamina C. possui coloração branca. Antioxidante e anticâncer. auxilia a função glandular. caju. Fumantes e gestantes precisam de maiores quantidades. servindo para manutenção normal do tecido conectivo. forma tecido osteóide. 10 . Ascorbato Função Previne o escorbuto. Ele é absorvido na parte superior do intestino delgado. principalmente os capilares. sobretudo na suprarrenal. couve. Fontes Couve-flor. resultando um tecido conectivo defeituoso. favorece a cicatrização das feridas. favorece a boa dentição. salsa. Ascorbato ou Ácido ascórbico. e logo seu efeito desejado. fruta-do-conde. pimentão. A maioria dos sintomas da doença pode ser explicada por uma deficiência na hidroxilação do colágeno. protege o sistema vascular. acerola. laranja. fragilidade capilar. contribui para o desenvolvimento dos ossos. Deficiência A deficiência de ácido ascórbico resulta no escorbuto. colabora com o ferro na formação da hemoglobina. queimaduras e gengivas que sangram. cenoura. como participação na hidroxilação do colágeno. edemas nas articulações e anemia. goiaba. assim como para recompor tecidos danificados. fragilidade dos vasos sanguíneos. aumenta a resistência a infecções. é destruída. tendões e paredes dos vasos sanguíneos. cuja exposição a essas condições pode danificar suas propriedades farmacológicas. hortaliças de folhas verdes. tomate. tangerina. manteiga. é inodora e. fortalece o sistema imunológico. uma doença caracterizada por gengivas doloridas e esponjosas. tem papel significativo no tecido conjuntivo.

vaca e porco. raios de sol. na alimentação ou da síntese endógena a partir do colesterol que é sintetizado pela incidência de raios UVB do sol sob a pele. sede. atividade muscular. A vitamina D pode ser obtida através da forma exógena. No entanto. são fontes de atividade de vitamina D pré- formada. salmão. atum. a qual pode levar à deposição de cálcio em muitos órgãos. cáries dentárias. manteiga. encontrado nos vegetais e colecalciferol (vitamina D3). ajuda a calcificação dos ossos da criança. náusea. é chamada calcitriol (1. fraqueza óssea (osteoporose. Calcitriol Fontes Óleos de fígado de peixe (bacalhau. problemas nas gengivas e na pele. osteomalácia) e muscular. Colecalciferol Deficiência Sinais da calcificação. Trabalha em conjunto com a vitamina A para fortalecer dentes e ossos. atum. Ele aumenta a absorção de cálcio pela via intestinal. Leva à captação crescente de cálcio pelos rins e estimula a reabsorção óssea quando necessário. leite. raquitismo.Vitamina D A vitamina D é conhecida como “vitamina do sol”. inibindo a excreção deste mineral pelos rins (urina).25-dihidroxicholecalciferol). fígado de vitela. gema de ovo. pouca resistência e falta de vigor. 11 . doses elevadas podem causar perda de apetite. facilitar a fixação do cálcio no organismo evitando dores nas costas e nos quadris. cação). desnutrição dentária grave. transformada no organismo. é essencial para manter o equilíbrio mineral do organismo. Forma Ativa A forma ativa da vitamina D. Classificada como lipossolúvel. transporte dos impulsos nervosos ao músculo e a permeabilidade das membranas celulares. Suas concentrações são essenciais para a coagulação sanguínea. tendo por principal função manter a homeostase de cálcio. Um aumento na absorção de cálcio e reabsorção óssea resultam em hipercalcemia. ergocalciferol (vitamina D2). Função Antirraquítica. emagrecimento. insuficiência renal e crônica. encontrada em tecidos animais. prevenindo o raquitismo. Sistema nervoso e coração dependem dela.

ovos. álcool. antioxidante. lentidão mental. abortamento. previne danos à membrana celular. ao inibir a peroxidação lipídica e sua deficiência afeta os processos de recuperação. O tocoferol administrado oralmente é absorvido pelo trato intestinal por um mecanismo provavelmente semelhante ao das outras vitaminas lipossolúveis no teor de 50% a 85%. agrião. garante o bom funcionamento dos órgãos genitais do homem e da mulher. amendoim. hemólise. nozes. Ajuda na circulação e aumenta os glóbulos vermelhos. Encefalomalácia e necrose hepática. anormalidade embrionária. destruição das células vermelhas do sangue. amendoim. Fontes Verduras de folhas (alface). plasma e no colesterol LDL. sintomas de envelhecimento. couve. poluição do ar e água clorada podem causar deficiência de vitamina E no organismo. órgãos reprodutores e músculos. Azeite de oliva. anemia. favorece o metabolismo muscular. Previne doenças cardiovasculares. azeite de dendê). Óleo de coco. Interrupção da espermatogênese. garante melhor aproveitamento dos alimentos. manteiga. fragilidade muscular. Sua ação antioxidante ajuda a combater os radicais livres. Óleo de fígado e peja possuem quantidade insignificante de vitamina E. Mau aproveitamento dos alimentos no organismo. distrofia muscular. músculos lassos. couve. germe de trigo. Anticoncepcionais. carnes. gergelim e linhaça. banana. Regenera tecidos. banana. reabsorção fetal. auxilia a fertilidade. A vitamina E evita a peroxidação de ácidos graxos poliinsaturados que ocorrem em membranas por todo o corpo. manteiga. Forma ativa A forma mais ativa da Vitamina E é a α-tocoferol (alfa). desordens da probrombina do sangue. com maior atividade biológica é o mais abundante antioxidante lipossolúvel nos tecidos. nozes. Tocoferol Deficiência Perturbações nos órgãos genitais do homem e da mulher (atrofia testicular). óleo de semente de açafrão. deposição ceróide no músculo liso. 12 . amendoim.Vitamina E A vitamina E (tocoferol) é uma substância Lipossolúvel que tem um papel fundamental na proteção do organismo contra os efeitos prejudiciais das espécies reativas de oxigênio (EROS) que são formadas metabolicamente ou encontradas no ambiente. óleo de coco. azeite de oliva. Importante para a pele. óleos minerais. óleo de soja. óleos vegetais (de algodão. sendo a bile essencial à sua absorção. Função Antiesterilidade. semente de girassol. espinafre. gergelim e linhaça. carnes. Atrasos de crescimento. algodão e soja. milho.

Filoquilina ou vitamina anti-hemorrágica. Para terapia existe um derivado sintético da vitamina K1. é uma substância classificada como lipofílicas e hidrofóbicas e amplamente ligada ao processo de coagulação. vitamina K Carência Uma verdadeira deficiência de vitamina K é incomum. a menadiona.Vitamina K A vitamina K. dependendo de seu grau de solubilidade. É anti-hemorrágico. sendo que a absorção varia muito. pois quantidades adequadas geralmente são produzidas pelas bactérias intestinais ou obtidas na dieta. quando estes apresentam sua deficiência. Se a população no intestino está diminuída. Controla hemorragias e sangramentos internos. A absorção da vitamina K é feita no intestino de modo idêntico ao das gorduras. má formação dos ossos ou depósito de sais de cálcio na parede das artérias. gema de ovo. Funções O principal papel da vitamina K é na modificação pós-translacional de vários fatores de coagulação do sangue. Seu resultado pode ser o risco de hemorragia. principalmente os verde-escuros. 13 . Esta condição pode exigir suplementação com vitamina K para corrigir a tendência ao sangramento Forma ativa A forma ativa da Vitamina K em animais é a Vitamina K2: produzida em animais. Vitamina K2 Fontes Esta vitamina é encontrada em vegetais. necessitando da presença da bile. conhecida cientificamente como menaquinona. a quantidade de vitamina formada endogenamente está reduzida e pode levar a hipoprotrombinemia no indivíduo levemente desnutrido. como no homem. batata. porém. onde serve como coenzima na carboxilação de certos resíduos de ácido glutâmico presentes nestas proteínas. Em animais. quando sadios. calcificação da cartilagem. não exerce atividade farmacológica. nabo. e em alimentos de origem animal: repolho. A protombina é indispensável na coagulação do sangue. por exemplo por antibióticos. fígado. a filoquinona exerce funções importantes como na biossíntese da protombina no fígado.

Heloísa. vitaminas e minerais. Denise.com/. MACEIÓ: UFAL.wikipedia. Vitaminas – Bioquímica. proteínas. Pinheiro.Referências bibliográficas: 1. http://www. Dau. 4. https://pt. SÃO PAULO: PEARSON.org. 5. A Química dos Alimentos: carboidratos. Ana Paula. 2. Hoffmann.infoescola. 3. Bioquímica Humana. lipídeos. JOINVILLE. 14 .