You are on page 1of 6

AlfaCon Concursos Públicos

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
ÍNDICE
Administração Pública���������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������2
Direitos Sociais dos Servidores Públicos������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������2
Direitos Trabalhistas����������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������2
Direitos de Servidor Público Civil������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������3
Direito de Greve������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������3
Vedação à Acumulação de Cargos, Empregos e Funções Públicos������������������������������������������������������������������������4
Aposentadoria���������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������5
Servidores em Exercício de Mandato Eletivo������������������������������������������������������������������������������������������������������������5

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
1

foram garantidos os seguintes direitos sociais aos servidores públicos: “IV – salário mínimo. sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos. com base na remuneração integral ou no valor da aposentadoria. XVI – remuneração do serviço extraordinário superior. inclusive na Internet. XX – proteção do mercado de trabalho da mulher. IV. AlfaCon Concursos Públicos Administração Pública Direitos Sociais dos Servidores Públicos Quando se fala em direitos sociais aplicáveis aos servidores públicos. encontra-se previsto ex- pressamente no Art. alimentação. XII – salário-família pago em razão do dependente do trabalhador de baixa renda nos termos da lei. 7° da Constituição Federal. XVII – gozo de férias anuais remuneradas com. prevista no Art. cor ou estado civil. com a duração de cento e vinte dias. O fato de outros direitos trabalhistas do Art. desde que a natureza do cargo exija essas diferenças. lazer. nos termos fixados em lei. Ex: Idade mínima. em cinquenta por cento à do normal. saúde. XXII – redução dos riscos inerentes ao trabalho. 40 da Constituição Federal. →→ Segundo este dispositivo. 39. apesar de não ter sido referido no Art. fixado em lei. VII. § 3°. idade. 2 . XIII. 7°. XXII e XXX. podendo a lei estabelecer requisitos diferenciados de admissão quando a natureza do cargo o exigir. mas apenas os previstos expressamente no texto constitucional. no Art. nos termos da lei. 39 não significa que tais direitos não sejam concedidos aos servidores públicos. para os que percebem remuneração variável. nacionalmente unificado. sem prejuízo do emprego e do salário. por meio de normas de saúde. XXX – proibição de diferença de salários. VIII. Lei do Direito Autoral nº 9. 39. higiene. A título de exemplo. XV – repouso semanal remunerado. XIII – duração do trabalho normal não superior a oito horas diárias e quarenta e quatro semanais. IX – remuneração do trabalho noturno superior à do diurno. XII. VIII – décimo terceiro salário. XVI. educação. facultada a compensação de horários e a redução da jornada. Direitos Trabalhistas A Constituição Federal não concedeu todos os direitos trabalhistas aos servidores públicos. sendo vedada sua vinculação para qualquer fim. XIX. XIX – licença-paternidade. um terço a mais do que o salário normal. § 3° Aplica-se aos servidores ocupantes de cargo público o disposto no Art. “ Observe que a Lei poderá estabelecer requisitos diferenciados para admissão de cargo público. XVIII – licença à gestante. capaz de atender a suas necessida- des vitais básicas e às de sua família com moradia. é possível citar o direito à aposentadoria que. Vejamos quais direitos sociais trabalhistas foram destinados aos trabalhadores ocupantes de cargos públicos. com reajustes periódicos que lhe preservem o poder aquisitivo. XVII. § 3°: “Art. nunca inferior ao mínimo. XV. VII – garantia de salário. pelo menos. XX. de exercício de funções e de critério de admissão por motivo de sexo. XVIII. 39. em qualquer meio de comunicação.610. IX. no mínimo. 7° não terem sido previstos no Art. mediante incentivos específicos. vestuário. de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins comerciais ou não.” A experiência de ler os incisos destinados aos servidores públicos é muito importante para que o concursando obtenha êxito em sua prova. preferencialmente aos domingos. significa dizer uma parcela dos direitos de natureza trabalhista. mediante acordo ou convenção coletiva de trabalho. transporte e previdência social. higiene e segurança. Ocorre que alguns direitos trabalhistas conferidos aos servidores públicos estão disciplinados em outros lugares na própria Constituição ou em leis esparsas.

até mesmo aqueles que não tenham ingressado com ação judicial para exercer seu direito de greve. o Supremo Tribunal Federal adotou a Teoria Concretista Geral a partir da análise do Mandado de Injunção. nos termos da Lei 7783/89. Sua previsão decorre do Art. o qual prevê o citado direito a todos os trabalhadores: “Art.. trata-se de uma norma AUTOAPLICÁVEL. IV – ao militar são proibidas a sindicalização e a greve. A partir disso. Dessa forma. a qual regulamenta o direito de greve dos trabalhadores da iniciativa privada. de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins comerciais ou não. a qual não depende de regu- lamentação para ser exercida.610. observado o seguinte: (. 142. fez com que o direito de greve tivesse efetividade e conferiu efeito erga omnes à decisão. 3 . segundo o STF. ou seja.” Direito de Greve →→ Segundo o Art. 8° É livre a associação profissional ou sindical. os servidores públicos de todo o país poderão se utilizar do seu direito de greve. 37. VII: “VII – o direito de greve será exercido nos termos e nos limites definidos em lei específica. cuja vedação está prevista na própria Constituição Federal: “Art. Como até o presente momento a necessária lei não foi publicada. AlfaCon Concursos Públicos Direitos de Servidor Público Civil A liberdade de Associação Sindical e o Direito de Greve não se estendem aos militares. pois o servidor pode prontamente usufruir esse direito. a livre associação profissional ou sindical não é garantida aos militares. em razão da peculiaridade do seu regime jurídico.” O direito de greve previsto na Constituição Federal aos servidores públicos condiciona o seu exercício a uma norma regulamentadora. Lei do Direito Autoral nº 9. 37. inclusive na Internet.. por isso é uma norma de eficácia limitada. sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos. Liberdade de Associação Sindical →→ A Constituição Federal garante aos servidores públicos o direito à associação sindical: “Art. 8° da Constituição.” Segundo a doutrina.)” A Constituição concede ao servidor público civil o direito à associação sindical. os seus efeitos atingem todos os servidores públicos. em qualquer meio de comunicação. VI – é garantido ao servidor público civil o direito à livre associação sindical.

c) a de dois cargos ou empregos privativos de profissionais de saúde. a Constituição Federal também previu a acumulação lícita em outros.610. salvo uma de magistério. é vedada a acumulação de cargos públicos. juntamente com o de associação sindical. observado em qualquer caso o disposto no inciso XI: a) a de dois cargos de professor. ainda que em disponibilidade. XVI e XVII: “XVII – a proibição de acumular estende-se a empregos e funções e abrange autarquias. 37. § 5° – Leis complementares da União e dos Estados. Parágrafo único. observemos: A) Magistrado + Magistério – é permitida a acumulação de um cargo de juiz com um de professor: “Art. AlfaCon Concursos Públicos Ressalta-se que o direito de greve. ainda que em disponibilidade.” B) Membro do Ministério Público + Magistério – é permitida a acumulação de um cargo de Membro do Ministério Público com um de professor: “Art. observadas. Empregos e Funções Públicos A Constituição observou a necessidade de regular a acumulação de cargos públicos. pelos mesmos motivos já apresentados ao analisarmos o direito de liberdade de associação sindical. não se aplica aos militares. qualquer outra função pública.”
(Grifo nosso) Segundo o texto constitucional. cuja iniciativa é facultada aos respectivos Procuradores-Gerais. outro cargo ou função. casos. salvo uma de magistério. as atribuições e o estatuto de cada Ministério Público. direta ou indiretamente. “XVI – é vedada a acumulação remunerada de cargos públicos. Isso consta no Art. 128.” Lei do Direito Autoral nº 9. b) a de um cargo de professor com outro técnico ou científico. relativamente a seus membros: II – as seguintes vedações: d) exercer. e sociedades controladas. empresas públicas. inclusive na Internet. fundações. de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins comerciais ou não. pelo poder público. 4 . Vedação à Acumulação de Cargos. sociedades de economia mista. em qualquer meio de comunicação. estabelecerão a organização. ressalvadas as hipóteses previstas na própria Constituição Federal e quando houver compatibilidade de horário. com profissões regulamenta- das. Aos juízes é vedado: I – exercer. 95. quando houver compatibilida- de de horários. exceto. sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos. em regra. suas subsidiárias.” Além dessas hipóteses.

no caso de afastamento. ressalvados os casos de acumulação de cargos permitida. agora se está aposentado no cargo de técnico pode acumular com o cargo de professor? Daí sim! Lembrando que poderá cumular a aposentadoria com cargo em comissão e mandato eletivo. emprego ou função.” Atenção: este dispositivo se aplica a toda a Administração Pública. e. porque dois cargos técnicos não são acumuláveis. ficará afastado de seu cargo. emprego ou função pública com a remuneração de cargo. § 6o – Ressalvadas as aposentadorias decorrentes dos cargos acumuláveis na forma desta Cons- tituição. havendo compatibilidade de horários. aplicam-se as seguintes regras: “Art. sem prejuízo da remuneração do cargo eletivo. Ao servidor público da Administração Direta. de todos os entes federativos. será afastado do cargo. Vejamos o que diz o §10 do Art. emprego ou função pública. emprego ou função. AlfaCon Concursos Públicos Aposentadoria A CF veda a acumulação de valores de aposentadoria com a remuneração de cargo. sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos. no exercício de mandato eletivo. perceberá as vantagens de seu cargo. II – investido no mandato de Prefeito. será aplicada a norma do inciso anterior. de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins comerciais ou não. salvo: cargos acumuláveis na atividade.” Lei do Direito Autoral nº 9. quando acumular com cargo em comissão e cargo eletivo.” Percebe-se que a a acumulação dos proventos da aposentadoria com a remuneração será per- mitida nos casos em que é autorizada a acumulação dos cargos. sendo-lhe facultado optar pela sua remuneração. IV – em qualquer caso que exija o afastamento para o exercício de mandato eletivo.610. Ex: Se está aposentado no cargo de técnico poderia acumular a remuneração com outro cargo de técnico? A resposta é não. o indivíduo pode acumular as aposentado- rias dos cargos que podem ser acumulados: “Art. é vedada a percepção de mais de uma aposentadoria à conta do regime de previdência previsto neste artigo. estadual ou distrital. 38. seu tempo de serviço será contado para todos os efeitos legais. não havendo com- patibilidade. emprego ou função pública. os valores serão determinados como se no exercício estivesse. 42 e 142 com a remuneração de cargo. Isso significa dizer que é possível a acumulação dos proventos da aposentadoria de um cargo. ou seja. →→ A Constituição também vedou a percepção de mais de uma aposentadoria. emprego ou função pública. 40. em qualquer meio de comunicação. É vedada a percepção simultânea de proventos de aposentadoria decorrentes do Art. autárquica e fundacional. ressalvados os cargos acumuláveis na forma desta Constituição. os cargos eletivos e os cargos em comissão declarados em lei de livre nomeação e exoneração. aplicam-se as seguintes disposições: I – tratando-se de mandato eletivo federal. 5 . inclusive na Internet. Servidores em Exercício de Mandato Eletivo Para os servidores públicos que estão no exercício de mandato eletivo. exceto para promoção por merecimento. III – investido no mandato de Vereador. ou ainda. em todos os Poderes. emprego ou função. 37: “§ 10. V – para efeito de benefício previdenciário. cargo em comissão e mandato eletivo. 40 ou dos Arts.

sendo ele eleito para os demais cargos eletivos. respeitando os limites legais. além de ser contabilizado para efeito de benefício previdenciário. pode exercer os dois cargos e cumular as duas remunerações. Não havendo compatibilidade de horário. Os servidores públicos gozam de todos os direitos sociais previstos no texto constitucional para os trabalhadores da iniciativa privada. sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos. A CF autoriza a acumulação remunerada de dois cargos de técnico administrativo. 6 . com exceção da promoção de mereci- mento. A norma constitucional que assegura o direito de greve aos servidores públicos tem eficácia contida. gerando todos os seus efeitos legais. do emprego ou da função e irá receber o valor dos subsídios. ainda. Certo ( ) Errado ( ) 04. a Constituição determinou. Havendo o afastamento. deverá afastar-se do cargo. podendo optar pela remuneração. ˃˃ Vereador: havendo compatibilidade de horário. →→ MANDATO ELETIVO MUNICIPAL – ˃˃ Prefeito: afasta-se do cargo. EXERCÍCIOS 01. desde que haja compatibilidade de horários e seja observado o teto constitucional da remuneração do serviço público. GABARITO 01 – ERRADO 02 – ERRADO 03 – ERRADO 04 – ERRADO 05 – CERTO Lei do Direito Autoral nº 9. ESTADUAL OU DISTRITAL – afasta-se do cargo. Entretanto. não podendo optar pela remuneração. inclusive na Internet. Certo ( ) Errado ( ) 02. A CF não previu o direito de greve nem o direito à livre associação aos servidores públicos. Certo ( ) Errado ( ) 05.610. é uma ou outra. que esse período seja contabilizado como tempo de serviço. de seu cargo ou de seu emprego públicos. autárquica ou fundacional eleito vereador poderá acumular o exercício de seu cargo público com o do mandato. de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins comerciais ou não. mas pode optar pela remuneração – não pode cumular a remunera- ção com os subsídios. em qualquer meio de comunicação. deverá ficar afastado de sua função. Certo ( ) Errado ( ) 03. Servidor público da Administração direta. uma vez que a produção de seus efeitos depende de normas infraconstitucionais inte- grativas. AlfaCon Concursos Públicos Em suma: →→ MANDATO ELETIVO FEDERAL.