You are on page 1of 25

Versão Online ISBN 978-85-8015-053-7

Cadernos PDE

VOLUME I I
O PROFESSOR PDE E OS DESAFIOS
DA ESCOLA PÚBLICA PARANAENSE
Produção Didático-Pedagógica
2009

GOVERNO DO PARANÁ
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
SUPERINTENDÊNCIA DA EDUCAÇÃO

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL
PDE - 2009

Dirce Aparecida Pereira
Orientador: Fábio Lucas Pierini

A Leitura Crítica dos Anúncios Publicitários
Unidade Didática

Maringá – PR
2010

Dirce Aparecida Pereira A Leitura Crítica dos Anúncios Publicitários Unidade Didática Trabalho apresentado à Universidade Estadual de Maringá. como requisito parcial à conclusão do curso do Programa de Desenvolvimento Educacional – PDE. na área Língua de Portuguesa. Orientador: Fábio Lucas Pierini Maringá – PR 2010 .

a partir desta sua relação com a propaganda. que na maioria das vezes. o educando possa compreender e analisar as entrelinhas das propagandas e construir seu próprio senso crítico. Vídeo e outros recursos como forma de promover a apresentação do tema e do gênero. houve a preocupação em elaborar exercícios variados que enfatizassem a leitura de diferentes propagandas e respectivos estudos interpretativos e interativos. Nesta unidade. o que fará abrir novos horizontes de aprendizagem. escolheu-se como objeto de estudo. Porém deve-se ter em mente que o ensino da leitura não pode ser um simples processo de decodificação. acredita-se que. Diante desta problemática. Sabe-se que através da prática da leitura o aluno tem acesso a infinitos conhecimentos. poderá levar o aluno a uma leitura crítica mais significativa. pois o mesmo oferece possibilidades de um forte engajamento do aluno com a leitura. questões problematizadoras. interpretam o que transmitem. A Leitura Crítica dos Anúncios Publicitários Apresentação A leitura se faz presente em todos os momentos de nossas vidas e a escola é tida como responsável em tornar o aluno em um leitor. Esta proposta de trabalho será desenvolvida com os alunos do Ensino Médio a partir do gênero textual: propaganda e efetuará uma ação didático-pedagógica focada na leitura crítica e reflexiva de anúncios publicitários. proporcionando aos alunos um ensino mais dinâmico e crítico. Esta unidade didática foi elaborada pela grande preocupação como professora de Língua Portuguesa em melhorar a qualidade das aulas. análise de fatos reais e o uso da TV pendrive. atividades de estudos linguísticos e atividades de produção de textos. numa tentativa da não influência de opiniões e a conduta da sociedade de tal modo que os indivíduos adotem sua própria opinião e uma conduta determinada. e as aulas de Língua Portuguesa um novo sentido para eles. mas uma atividade que consiste em interpretar e compreender o que se lê. e o processo de aprender poderá ganhar uma nova forma. o gênero textual: propaganda. . Entende-se que através de temáticas de interesse da turma. principalmente na leitura que as propagandas transmitem. sendo possível provocar reflexões significativas para a sua vida. pois se for de modo reflexivo o indivíduo formará sua consciência crítica e um futuro cidadão mais consciente ao que recebe através das propagandas e assim terá mais possibilidades de discernir o que está nas entrelinhas. de maneira a bloquearem a possibilidade de exercer seu próprio senso crítico para interpretar o fato divulgado. reconhecimento do gênero textual propaganda. fazendo figurar a propaganda como uma leitura cheia de significados. e assim. E. Internet. desta forma o aluno poderá perceber as aulas de Língua Portuguesa com outros olhos.

pois é importante a compreensão do funcionamento da propaganda em todos os seus aspectos. Um abraço carinhoso. espera-se. fazendo figurar as propagandas como uma leitura cheia de significados. e as aulas de Língua Portuguesa um novo sentido para você. e o processo de aprender poderá ganhar uma nova forma. através das propagandas apresentadas e pretende desenvolver reflexões significativas para a sua vida. pois no processo de leitura. Projeto PDE Professora: Dirce Aparecida Pereira Disciplina: Língua Portuguesa Ensino Médio Aluno (a) __________________________________ Prezado Aluno. Este material foi elaborado especialmente para você aluno. e assim propiciar o desenvolvimento de uma atitude crítica que o leve a perceber e ler o que está nas entrelinhas das propagandas. Assim. não se pode deixar de lado a linguagem não verbal. o que fará abrir novos horizontes de aprendizagem. que você possa perceber as aulas de Língua Portuguesa com outros olhos. O objetivo deste material é demonstrar que o processo de leitura vai além de um código a ser decifrado. Professora: Dirce . O envolvimento na prática de leitura de forma participativa e crítica.

Escola: CEEBJA – Centro Estadual de Educação Básica Para Jovens e Adultos Programa de Desenvolvimento Educacional Professora: Dirce Aparecida Pereira Aluno(a)_____________________________________________ _ A Leitura Crítica dos Anúncios Publicitários . Figura 01 .

Concorda comigo? Você compra muitas roupas? Olha a marca para comprar? Que marca faz o seu tipo? Você acha que são as propagandas que ditam a moda? Você fica atento às propagandas. . influenciando sua decisão de compra.. Trata-se de propiciar o desenvolvimento de uma atitude crítica que leva o aluno a perceber e ler o que está nas entrelinhas das propagandas. operando no sentido de atingir o subconsciente do consumidor com a penetração do apelo. Acho isso um máximo. mexe com nossos desejos. revolve nossas aspirações. A propaganda tem por missão integrar o esforço promocional. mas é um pouco sonhador não? Percebo que as pessoas preferem ter roupas de marca a estarem bem vestidas. onde cada dia poderá usar uma peça diferente. Sempre há uma mensagem publicitária que nos atrai. novas ações. novas atitudes. e relaciona-se à divulgação de crenças e ideias destinadas a influenciar as opiniões. A leitura de propagandas compreende o contato do aluno com uma ampla variedade de práticas sociais. pois no processo de leitura. o que nos vêm à mente? Com certeza a maioria das pessoas responderá: vender. sentimentos e atitudes do público alvo. propondo novas experiências. a fim de persuadir o destinatário. fala com nosso inconsciente. Quando se fala em propaganda. a propaganda obedece aos desejos do público e deve primar pelo teor de informação e por apelos. comprar.. interessa e convence. quando precisa comprar roupas ou simplesmente segue seu próprio gosto? Figura 02 O gênero discursivo propaganda está voltado para a esfera dos valores éticos e sociais. Segundo Martins (1997). consumir. não se pode deixar de lado as linguagens não verbais. A propaganda seduz nossos sentidos. Escola: CEEBJA – Centro Estadual de Educação Básica Para Jovens e Adultos Programa de Desenvolvimento Educacional Professora: Dirce Aparecida Pereira Aluno(a)_________________________________________ ______________________________________________ Consumista?Você é? Todo mundo deve gostar de ter um armário lotado de roupas.

Segundo o autor citado no texto.Que tipo de imagem é mais comum ver nas propagandas? ___________________________________________________ 4.O que mais te atrai nas propagandas: a mensagem ou a imagem? ___________________________________________________ 3. Responda às questões abaixo: 1. _____________________________________________________ _____________________________________________________ 6. _____________________________________________________ _____________________________________________________ Figura 03 No seu dia a dia. muitas vezes.Cite os produtos que você mais vê em propagandas. .Você acha que a propaganda influencia o seu ato de comprar? Ou somente sai às compras quando necessita de algo? ___________________________________________________ 5. você utiliza diversos produtos e.A propaganda já te convenceu a comprar algum produto? Comente. Você também pensa assim? Ou acha que é apenas para divulgar novos produtos? ________________________________ 2. vários produtos que nem seriam necessários. a propaganda tenta persuadir as pessoas.

depois de assistir comerciais na TV e mas sim de um processo de em outros meios de comunicação. de caráter orgânico. que atende à maioria das nossas necessidades. o consumo supermercados ou ainda em lojas pelo centro de exagerado é resultado. isto acontece porque as Será que a propaganda não cria em você o sentimento de pessoas estão condicionadas a consumir necessidade de possuir os produtos visualizados nos sempre mais. sua cidade. quando vai a maioria das vezes. para nossa sobrevivência. não de necessidade do consumidor. é claro. podemos dividir o ato de consumo em não-alienado e alienado. mesmo que não precisem comerciais e nas lojas? daquele determinado produto. não somente as essências. isto é. mas. além. Figura 04 É simples. da relação particular que cada indivíduo ou cada grupo dessa sociedade mantém com o consumo. Nesse sentido o ato de consumir depende da sociedade em que estamos inseridos. também aquelas ligadas ao nosso crescimento como indivíduos pertencentes e aceitos em uma sociedade. sobre propaganda e marketing que atende aos interesses dos determinado produto? grandes empresários. Certamente isso ocorre com muita frequência! Na O que acontece com você. Diante dessas reflexões. que visam somente o lucro. Fragmento do texto de DENICE NUNES DE SOUZA Figura 05 . Consumir é ato tipicamente humano.

As propagandas de cerveja.Que métodos as empresas usam para convencer as Fragmento do texto de DENICE NUNES pessoas a comprarem seus produtos? DE SOUZA – Apostila CEESVO - ______________________________________________ Votorantim ______________________________________________ ______________________________________________ ______________________________________________ Nos textos de propaganda há pessoas que não conseguem separar o mundo real. da fantasia.Qual é o efeito que as propagandas têm nos daquilo que nos é oferecido. O consumo alienado é o mais frequente. mais felizes serão. sobretudo. portanto. Uma propaganda bem formulada. São artificialmente estimuladas. pelos meios de comunicação de massa: o consumo. pelas propagandas dos comerciais da TV.BLOGSPOT. CLEDENIR DRI DISPONIVEL EM: < HTTP://TECNOLOGIAS- AULA. Os meios de comunicação usam formas cada vez mais criativas para persuadir o consumidor a comprar. estes mexem com nossos sentimentos. mas na realidade não é isso que acontece. porque nelas há sempre imagens de festa. pois vem de encontro com as aspirações. de escolha consciente. O consumo não-alienado é aquele em que o indivíduo se torna um consumidor com Figura 06 possibilidades de livre escolha. revistas. ou seja. adolescentes? Será que não estamos ______________________________________________ sendo influenciados? ______________________________________________ 3.HTML ACESSADO EM 21 DE JUNHO DE 2010. com o mundo de regalias almejado. pois as necessidades de consumo de uma pessoa não são reais. logo. novelas. da persuasão e vão se envolvendo neste mundo de criatividade e imaginação.COM/20 09/08/ANALISE-CRITICA-DE-PROPAGANDAS. ______________________________________________ É interessante refletir ______________________________________________ sobre isso para percebermos se ______________________________________________ realmente temos necessidade 2. praia. são um meio riquíssimo de trabalho. . alegria e abuso da sensualidade da mulher. ou uma vitrine bem organizada. mesmo diante de propagandas. pensando que quanto mais comprarem. ajudam e motivam as pessoas a comprar o que não tinha necessidade e nem intenção. determinado anúncio de propaganda? produto. por exemplo. ou seja. Não é sempre pessoas ricas e famosas que fazem parte de tal apelo? Sendo assim as pessoas se comovem e se inspiram nesses personagens famosos querendo tornar-se um deles. ele prioriza suas necessidades. torna-se consumismo. se você tomar determinada marca irá ter a falsa promessa de ser e viver como aquelas pessoas. pois o assunto situa-se no consumo excessivo do álcool. amigos. RESPONDA: preferências ou ainda opta por 1.Na sua opinião quais são os perigos de um consumir ou não.

Mais que 3: você é ponderado e possui as habilidades necessárias para comprar com bom senso. 1-Avaliou a necessidade da compra? 2-Avaliou suas possibilidades financeiras? 3-Fez pesquisa de preços e condições de Imagem do blog “A minha vida dava uma série” pagamento? 4-Pediu a opinião de outras pessoas ? 5-Negociou ou pechinchou? 6-Deu um tempo a si mesmo para pensar? 7-Comprou apenas o que estava programado? Imagem do blog “A minha vida dava uma série” temavercomigo..com/2008/12/.O que acha dos programas de vendas na TV. por comprar tudo o que lhe vem na cabeça.Você acha que o consumista. ________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ 2.Já comprou algum produto que não teve a eficácia prometida? Comente: _______________________ ___________________________________________________________________________________ 4.wordpress.O que pensa das compras on line? É seguro? É eficiente? Faça seu comentário. ___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ . Responda: 1./dicas-de-compras/ - Em cache Informação: a ilustração acima pode ser encontrada no site citado: Resultado 0 a 3 : você compra por impulso e precisa planejar melhor as suas compras.. sente-se mais feliz do que as pessoas de bom senso? Comente.Você acredita que tudo o que fala na propaganda é verdadeiro? ______________________________ 3. Você é um consumista compulsivo? Responda às perguntas e veja se você é capaz de sair de uma loja Teste sobre Consumismo sem uma sacola na mão. como polishop? _______________________________ ___________________________________________________________________________________ 5.

Uma lei federal determinou que a TV poderia dedicar apenas 25% de seu tempo à exibição de propaganda. Chegou a ser definida como “a caixinha de distração e da destruição”. O caráter comercial da televisão é visível a qualquer telespectador. o telespectador é enredado involuntariamente ao mundo do consumo e dos comerciais. por outro. e os intervalos passaram automaticamente a 15 minutos por hora. A publicidade está presente em todos os programas. de um lado. Como consequência. TELEVISÃO E PUBLICIDADE Presente em aproximadamente 40 milhões de casas. e. perdendo apenas para o fogão. por que eles usam tantos comerciais? _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________  Que informações podem ser encontradas em um anúncio publicitário? _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________  Que tipos de anúncios você vê com mais frequência? _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________  Quais as características deste tipo de gênero? _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ . Fragmento do texto de Glória Kok e Sílvia Meirelles http://www. um canal informativo e uma opção barata de lazer. distorce a realidade e é um convite à passividade. por ser.br/infotec/publicacoes/cartilhas/ColEducativa Responda:  Como você considera a quantidade de comerciais veiculados na TV? _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________  Em sua opinião. algo que manipula. a televisão é o veículo de maior peso no Brasil e o segundo eletrodoméstico mais presente nos lares.gov.inmetro. à acomodação.

quando se refere à TV como uma “caixinha de distração? ______________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ 02. freguês. visível. _____________________________________________ Teveria havido 3) Retire do poema todos os substantivos: Algum dia. por que “caixinha da destruição”? ______________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ 03. hífen No texto ocorrem as seguintes palavras acentuadas: Eletrodoméstico.n Ex: caráter.. TVemos _____________________________________________ TVeis. etc.Como você interpreta a colocação do autor. avô. Observações: a) Essa regra se aplica nos infinitivos que.está Atividades 1-Justifique os acentos das palavras: eletrodoméstico. 2-Recorte de revistas ou jornais palavras oxítonas. Leia o texto abaixo: ATIVIDADES EM GRUPO: TVejo. _____________________________________________ TV. pêssego.visível.E. vendê-la. Ex: cantá-la. ens: Ex:está. Vida ao vivo? _____________________________________________ (retirado do Anuário _____________________________________________ Brasileiro de 4) O verbo “havido” está em que tempo? Propaganda – 1975. quando seguidos de pronomes oblíquos.café. também. 1) Comente o que o poema ao lado faz pensar: TVês. etc. o(s). l.caráter. e(s). visível e está. 2-As oxítonas terminadas em: a(s).. pô-la 3-As paroxítonas terminadas em: r. ótimo. perdem o r final. x. armazéns. lâmpada. _____________________________________________ p.. telespectador é enredado involuntariamente ao mundo do consumo e dos comerciais”? Princípios da Acentuação Recebem acento: 1-Todas as palavras proparoxítonas: Ex: eletrodoméstico. caráter.68) . 2) Quantas estrofes e versos têm o poema? TVêem. paroxítonas e proparoxítonas.O que você entende da parte do texto: “.em. Questões sobre o texto: 01..

fotologl.com/saby86/68322155 http://www.com/watch?v=q9MPfO6yQqs Acessado em 22 de junho de 2010 Informação: A ilustração acima pode ser encontrada no site citado: . som e cor.Selecione um anúncio publicitário que você viu na TV e escreva: a) Qual é o público alvo. c) O uso da imagem. b) Produto anunciado.Selecione um anúncio de TV que tenha tido participação de um artista e responda: a) Você achou a escolha do personagem adequada para o produto? b) Você acha que realmente a pessoa escolhida utiliza o produto em seu dia-a-dia? Disponível em: < www. d) Artifício usado para convencer o consumidor 2.yotube. ATIVIDADES: 1.

que é repetida várias vezes. ao final da propaganda. Porque ela repete várias vezes a frase: “peça baton”? _______________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ 6. é utilizada uma frase simples e direta: “peça baton”. o texto escrito ou a imagem? Por quê? _______________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ 9. A intenção é anunciar uma marca ou um produto? _______________________________________________________________________________________ . ou é supérfluo? _______________________________________________________________________________________ 5. é feita a seguinte afirmação: “O chocolate que não sai da sua boca”. Para que serve a propaganda de um produto? _______________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ 2. Qual elemento faz a persuasão. Na propaganda acima. Além disso. O objetivo é fazer uma reflexão sobre a linguagem utilizada na propaganda. Qual o destinatário mais importante da mensagem? _______________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ 3. Por que ela usa a frase: “O chocolate da Garoto que não sai da sua boca?” _______________________________________________________________________________________ 7. Por fim. O que mais chama a atenção. É um produto de necessidade básica. independente se os leitores gostem ou não do chocolate Baton. 1. convence a comprar o produto? _______________________________________________________________________________________ 10. Quem da família é um possível consumidor do produto? _______________________________________________________________________________________ 4. Um dos objetivos do uso desses recursos é possibilitar que as crianças memorizem e executem a ordem de “pedir baton” para seus pais. O que significam as cores usadas nas imagens? ______________________________________________________________________________________ 8. é usado um verbo no tempo imperativo – ordena a ação de pedir.

que não deve ser comprado de jeito nenhum. Fumo. AIDS. 2. 2-Qual o produto anunciado? Ao ler a propaganda. 4-Cada grupo fará um levantamento dos merchandises que aparecem numa partida de futebol. Economizar Água. Discutam o papel social da propaganda e a importância de algumas campanhas. Em grupo escolha um produto bem conhecido. Vamos criar um Anúncio? 1. . tentando convencer o leitor de que aquele produto é péssimo. DEBATE 1. você fica interessado(a) em comprar o produto? Por quê? Ela ordena os leitores a tomarem alguma decisão? Qual? 3. etc. tais como: Aleitamento Materno. Usem a criatividade e façam cartazes de acordo com o tema. Que frase poderemos usar para convencer o leitor a não comprar o produto? Que imagem colocaremos? Atividades de Pesquisa 1-Que tal fazer uma pesquisa na Internet e escolher algumas propagandas para fazermos uma análise crítica.Você sabe o que é merchandising? Faça uma pesquisa na internet da relação que existe atualmente entre esporte e merchandising. Elejam um tema que considerem importante para o desenvolvimento de uma campanha dentro da escola. Álcool.

reconhecer os Música: A música transmite ideias e sensações. ideias. ouvir apelativa e ficam na cabeça da audiência mais do e discutir ideias. etc.com.. Última moda: É sugerido que utilizar um produto “novidade” irá fazer do consumidor o centro das atenções e despertar a inveja alheia. uma vez que podem conter uma mensagem interpretar nossas opiniões..com/.Em cache . Generalização da marca: O nome da marca é O objetivo fundamental de todos fortemente associado a um determinado produto. é preciso descobrir reconhecimento está presente na maioria de nós.gif Criar uma personagem: Pode ser uma figura de Acessado em 02 deJulho de 2010 animação conhecida. de forma a comprovar a eficácia do produto. os anúncios é associar o objeto de fazendo com que este comece a ser conhecido pelo consumo a sensações agradáveis. consequentemente. no seu aspecto. de forma a criar Disponível em :<gif . As sentimentos. É muitas vezes utilizado o recurso a efeitos especiais ou edição de imagem. etc. uma Informação: a ilustração acima pode ser encontrada no site citado: personagem fictícia que represente a marca. gostos e identificada mais facilmente com o produto. nome do fabricante e não pelo próprio nome. rico em criatividade.bp./placa_cabeca_para_baixo_outdoor_prop aganda_anuncio/ . despertando o desejo do Celebridades: O desejo pela fama e consumidor. A criatividade é o fator crucial neste tipo de anúncios. uma realidade mais atrativa. Fatos comprovados: São utilizados dados estatísticos ou testemunhos reais.br/. são apresentados depoimentos de pessoas “especializadas” na área do produto (médicos. valores. um super-herói. Apelo à beleza: O consumidor é atraído pela beleza associada ao produto. é vendida a ideia de que só os melhores sobre as nossas ideias. Para tal.. o a publicidade como um espaço produto irá aumentar o sucesso do consumidor. É uma estratégia de apelo às sensações de afeto e de identificação com a personagem. é vendido um estilo de vida mais do que o próprio produto. Acessado em 10 de junho de 2010 .Similares..) o que transmite uma maior confiança ao consumidor. encontrar explicações. 4.blogspot. informação. Por vezes. recursos utilizados para informar e que podem ser adaptadas a cada produto seduzir o consumidor. às pessoas e lugares presentes aos anúncios. Entender usam aquele produto e. Aprender a buscar letras representam também um fator importante. Muitas marcas acabam mesmo por criar papel da publicidade nas nossas a sua própria música.zaroio. Frequentemente que as mensagens faladas. Analisar o específico. de forma a que possa ser atitudes. técnicos. que são diretamente relacionados com o produto. na publicidade um reflexo do Quando um produto é apresentado por uma figura nosso mundo e uma influência conhecida./muitoalemdamoda. as marcas recorrem a várias Disponível técnicas publicitárias: em:<www.

Rio de Janeiro: Record. p. Leia o poema e. Corpo. até hoje não fumei. meu chaveiro. Um nome estranho. De quais. Responda: 1. Meu lenço.] ANDRADE.. discuta coletivamente a perspectiva com que o texto nos apresenta frente a certas estratégias publicitárias. [. possíveis. parecendo um outdoor? O que é estar na moda? 3. nesta vida.85-87. depois. Minha gravata e cinto e escova e pente. Meu tênis é proclama colorido De alguma coisa não provada Por este provador de idade. Meu blusão traz lembrete de bebida Que jamais pus na boca. 4ª ed. Em minha camiseta.. Minhas meias falam de produto Que nunca experimentei Mas são comunicados a meus pés. Leia o fragmento do texto “Eu Etiqueta” de Carlos Drummond de Andrade a seguir: Eu Etiqueta (fragmento) Carlos Drummond de Andrade Em minha calça está grudado um nome Que não é meu de batismo ou de cartório. Você já se sentiu assim. meu relógio. Carlos Drummond de. marcas nos falam o eu lírico (a voz do texto)? 4. 2. a marca de cigarro Que não fumo. Que figuras de linguagem podemos encontrar no texto? Chegou à hora da Produção Faça um poema inspirado no tema . 1984.

". O objetivo dessa propaganda é: (A) incentivar as pessoas a se alimentarem melhor (B) aumentar o consumo de massas (C) vender molho de tomate (D) vender gibis da Turma da Mônica 5. pode-se afirmar que o molho de tomate pode ser usado: (A) apenas em macarrão (B) em poucos pratos (C) apenas em carnes (D) em diversas receitas 4. Por que a propaganda não usou a expressão "fome de leão no lugar de fome de elefante"? (A) Porque elefantes comem molho de tomate e os leões não (B) Porque o elefante é o "garoto propaganda" da marca (C) Porque elefante come mais que leão (D) Porque elefante é mais dócil que leão 3. ATIVIDADE EXTRATO DE TOMATE ELEFANTE 1. o ponto final é usado para: (A) expressar emoção (B) enumerar situações (C) finalizar uma idéia (D) indicar dúvida Retirado prova SARESP 2003 SARESP ( Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar do Estado de São Paulo) . a expressão grifada significa que o molho de tomate: (A) dá para fazer muitos pratos (B) é muito saboroso (C) tem um sabor muito forte (D) pode ser usado em qualquer receita 2. Observando imagem e texto da propaganda. Na frase "Rende tanto que só fome de elefante para dar conta. Na frase Rende tanto que só fome de elefante para dar conta.

html (Veja os últimos comerciais que geraram polêmica no Brasil Marcas como Havaianas. Sem titubear. No comercial. No comercial que foi divulgado na televisão. Colgate e Brahma tiveram propagandas tiradas do ar) Acessado em 07 de junho de 2010 Informações: as ilustrações referentes aos textos podem ser encontradas no site citado acima: Dê a sua opinião crítica: E você o que achou da propaganda? Você concorda com a polêmica que a propaganda causou? Cite os pontos positivos e negativos da propaganda: Que tal produzir um texto de propaganda que cause polêmica. Também gerou polêmica recentemente a propaganda Eu sou Brahmeiro. vários outros comerciais tiveram seu conteúdo julgado incorreto ou inapropriado pelo Conar (Conselho Nacional de Auto-Regulamentação Publicitária) nos últimos tempos. uma propaganda da Colgate teve que ser inteira reformulada. da cerveja Brahma com o jogador de futebol Ronaldo. A moça começa a suspirar pelo galã e a avó diz que ela deveria arrumar um rapaz como aquele.Veja os últimos comerciais que geraram polêmica no Brasil Marcas como Havaianas. a velhinha responde: “mas quem falou de casamento? Eu estou falando de sexo!” No mesmo mês. Colgate e Brahma tiveram propagandas tiradas do ar! Assim como a propaganda da cerveja Devassa com a socialite Paris Hilton gerou polêmica . uma simpática velhinha conversa com sua neta em um restaurante quando de repente chega o ator Cauã Reymond. ele grita a frase que dá nome à campanha segurando um copo de cerveja como se fosse um troféu. A marca substituiu a fala do atleta por “eu sou guerreiro”. Porém. Disponível em: < http://noticias. . a neta observa que “deve ser muito chato casar com um famoso”.r7.com/economia/noticias/veja-os-ultimos-comerciais-que-geraram-polemica-no-brasil- 20100224. O conselho alegou que o comercial do creme dental passava uma informação incorreta ao afirmar que o creme dental Total 12 “previne contra 12 problemas bucais e protege por 12 horas”. Um dos motivos que gerou grande polêmica foi a vovó moderninha da propaganda das sandálias Havaianas.

sua bela amiga e dedicada vizinha. não pode deixar de assistir o novo filme do diretor e produtor de cinema Cláudio Torres. não acredita em amor e o desencoraja a investir numa relação com uma mulher que ninguém conhece. e a seguir faça uma sinopse do filme. Redentor (2004) e A Mulher do meu Amigo (2008).. levando em conta esse preconceito que boa parte dos interessados em cinema têm por filmes brasileiros. é um filme que vale a pena assistir e dar boas risadas. 2) Use a sua criatividade: Invente uma capa para um filme. faça uma sinopse do filme. Foi o filme mais visto no Brasil pelo segundo final de semana consecutivo e já ultrapassou a marca de 1 milhão de espectadores desde sua estréia. em 5 de junho de 2009. . com gênero definido e tom mais acessível". seu amigo Carlos (Vladimir Brichita). um romântico incurável. O Filme é genial. Ao mesmo tempo. Disponível em: <www. E ela é maravilhosa. acredita ter encontrado a mulher ideal: Amanda (Luana Piovani). mas terrível defeito – Amanda não existe! ATIVIDADE 1) Após assistir ao filme “Mulher Invisível”. Se você adora uma boa comédia romântica.. Enfim. pragmático./cinema-mulher-invisivel.br/. apaixonado.com. engraçado e inteligente. filho dos atores Fernanda Montenegro e Fernando Torres e diretor dos filmes Traição (1999). Mas Pedro está. Agora com A Mulher Invisível (2009). com uma linguagem informal e próxima do cotidiano do público. despertando a atenção e a curiosidade de um possível espectador.. definitivamente..html Acessado em 06 de maio de 2010 Informação: a ilustração referente ao filme “Mulher Invisível” poderá ser encontrada no site citado acima: Sinopse: Constitui-se em um resumo que tem como objetivo dar informações sucintas sobre o filme. Sinopse Após uma desilusão amorosa.galoclandestino. Pelo menos até Pedro começar a desconfiar de que ela tem um único. Torres busca "um filme mais luminoso. Pedro (Selton Mello).

Alguns autores reservam o termo propaganda para os contextos institucional ou religioso. mais leve...filologia. Como um estranho não tem autoridade para mandar.wordpress.br/. manipulada serve aos objetivos do emissor. A diferença está no grau de consciência quanto aos recursos utilizados para o convencimento. A linguagem publicitária se vale desses recursos para mudar ou manter a opinião do público-alvo. para o comércio. é tentar impor.doc Acessado em 06 de maio de 2010 Propaganda Política Disponível em: < visaodepolitica. Só Omo lava mais branco! Fazer-buscar prazer: Se um desconhecido oferecer flores. a publicidade adota técnicas variadas: Fazer-agir: Beba Coca-Cola! Fazer-crer./public/alinguagemdapropaganda..org. Em todos esses casos há uma base informativa que. deixando o termo publicidade. O mesmo se pode dizer dos discursos políticos.com/2008/09/e.Acessado em 06 de maio de 2010 Informação: a ilustração da charge acima pode ser encontrada no site citado: .files. A LINGUAGEM DA PROPAGANDA O estudo da linguagem publicitária trata da manipulação. religiosos e até do discurso amoroso. Falar é argumentar.. isto é Impulse! Disponível em: < www.

polishop. enganar. internet. comícios. transmissão de mensagens subliminares via TV e rádio e o mais repulsivo de tudo. além da televisão.pedia.polishop.hta Acessado em 06 de maio de 2010 Informações: as ilustrações referentes ao conteúdo podem ser encontradas no site acima citado: . mas na verdade dispõe de uma ampla rede de divulgação e distribuição dos seus productos: lojas. Disponível em: < www.br 1) Dê a sua opinião crítica sobre as propagandas políticas. É muito Acessado desciclo.ws/wiki/Propaganda_política conhecida pelos em 02de julho deseus 2010 comerciais infomercias divulgados na televisão.visual. panfletos coloridos. Você acha que as compras via ampla rede de divulgação e distribuição dos internet são sempre seguras? seus produtos: lojas. ofensas a outros políticos. maravilhar. ATIVIDADES www. Disponível em: < Micmidia. abraçar criancinhas coitadas e beijar bebezinhos indefesos. shows com bandas famosas. 4) Faça uma dissertação para ler em público como se você fosse um candidato a prefeito de sua cidade.br Acessado em 06 de maio de 2010 convencer e dominar mentalmente um público conhecido como eleitor. 2) Os políticos são um produto? 3) Descreva os pontos negativos e positivos sobre os panfletos (santinhos) distribuídos em época de eleição. que iniciou suas Disponível em: < atividades em 1996.com. Tudo isso serve para lavar impiedosamente o cérebro do cidadão que vai votar. É muito conhecida pelos seus 1. Você já realizou compras pela comerciais infomercias divulgados na internet? televisão.com.blogspot. Para tanto.com. utiliza-se de slogans chicletentos.br Acessado em 06 vendedor da Polishop.atmosférica e governamental. A propaganda política é uma das formas mais clássicas de conseguir votos. confundir. Propaganda Política Propaganda política é uma prática de poluição sonora. mas na verdade dispõe de uma 2. impressionar. de maio de 2010 Informações: as ilustrações referentes ao texto acima podem ser encontradas no site citado: Anunciadores de Comércio Popular Você já viu alguém fazendo propaganda ao vivo em alguma loja ou comércio? Faça uma dramatização em sala de aula. catálogo.polishop. catálogo. Faça a demonstração de da televisão.Seus índices aumentam de modo surpreendente durante o período pré-eleitoral. discursos Informações: as ilustrações referentes ao texto acima podem ser encontradas no site citado: hitlerianos. POLISHOP Atividades Polishop é uma empresa brasileira de venda de mercadorías. fazendo a propaganda de algum comércio ou loja. além 3. Polishop é uma empresa brasileira de venda de mercadorías. como se você fosse Disponível em: < www.com/2009 08 01 archive. que iniciou suas atividades em 1996. A propaganda política pretende iludir. alguns produtos em sala de aula. internet.

p. informática. Mídia & Educação. Televisão. Eliana. Lígia.G. A televisão e a Violência.. Política e Econômica Brasileira”. Cortez. 1999 CITELLI. p. 2ª reimpressão. B. São Paulo: Editora Ática. Curitiba.3 Feitosa. Livro Didático Público. 1999.27 Sampaio. Cortez. São Paulo. 1991. p. 1998.64 Gino Giacomini Filho. 1985. 2005 NAGANINI. Gryphys. Paulo. 2001 DIRETRIZES CURRICULARES DA REDE PÚBLICA DE EDUCAÇÂO BÁSICA DO ESTADO DO PARANÁ – Língua Portuguesa/ Literatura. In: CHIAPINI. www. Outras linguagens da escola: publicidade. Campus. p. João. São Paulo. Futura. Trajetória e Questões Contemporâneas da Publicidade Brasileira. “Anúncio – Espelho da História Social. in Citelli. Português: Língua e Cultura. Como usar a propaganda para construir marcas e empresas de sucesso. “O discurso da publicidade no contexto escolar: a construção dos pequenos enredos”. 1997. in Pinho. p. Adilson. Consumidor versus Propaganda.56 CARRASCOZA. rádio. 2000. 176 Maria Thereza Fraga Rocco. cinema e TV. A evolução do texto publicitário.br/psiq/vio-form. “Televisão e educação: um canal aberto” in Figueiredo. Linguagem e persuasão. publicidade e escola. 3ª série Ensino Médio. 1ª edição. Magia e capitalismo: um estudo antropológico da publicidade. Intercom. J. Aprender e ensinar com textos não escolares.76 E. São Paulo.html . Ercília e Tarcitano. São Paulo. Brasiliense. Adilson (coordenador). Rafael. 1995. 2008 SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÂO.1. Rocha.P. São Paulo. São Paulo: Ed. V. Curitiba: SEED. jogos.80 Vários autores. Vera Lúcia Follain. Propaganda de A a Z. Rio de Janeiro. p. Summus. REFERÊNCIAS Eliana Nagamini. ABR. Rio de Janeiro.ufrgs.