You are on page 1of 8

Sistematizo as lições aprendidas e as totalidades construídas, a

partir das leituras, interações e comunicações colaborativas no AVA.

“Fica a necessidade fundante do Gestor de EaD, para além dos


conhecimentos e habilidades técnicas, educacionais e relacionais, cuidar
do autodesenvolvimento contínuo próprio e favorecer o dos colaboradores,
desenvolver a capacidade de agir de modo rápido, flexível, inovador,
criativo, ético, estratégico e competitivo neste cenário turbulento, com
tantas e tão rápidas mudanças.

Paula Ugalde dos Santos 
É organizar para se chegar a um propósito. É estratégia competitiva.
(NÓBREGA, C. Gestão,Vídeo 1, Rede EaD SENAC, 2008)

Processo contínuo e interativo de gestão para a manutenção da


organização como um conjunto integrado a seu ambiente. Envolve
o conhecimento, a consideração e a administração eficiente e
eficaz de fatores, influências, recursos e variáveis internas e
externas, buscando a competitividade. (BARTSCH, A. S, Gestão
da Educação a Distância [s.d.])
Diagnóstico
Situacional

Análise Ambiente Análise Ambiente


Interno Externo
Diagnóstico
Situacional

•FORÇAS
d E FRAQUEZAS
• Cadeia de Valores
• Profissionais
OPORTUNIDADES
• Aprendizado
E AMEAÇAS
Organizacional

(Organização)
• Influências Ambientais

S W
• Tecnologias

Interna
• Forças Ambientais
• Desenvolvimento
• Posição Competitiva
• Produtos
• Serviços • Influência
Ambiente Forças Fraquezas

Externo Oportunidades Ameaças

(Ambientais)
Ambiente Interno
O T
Externa
= Direção
É o Agente de Mudanças. Deve articular, orientar, delegar, acompanhar
e assegurar o melhor desenvolvimento possível do processo, focado no
alcance dos Objetivos e Metas desejados. “Faz acontecer’. Precisa:
• Apresentar habilidades, conhecimentos técnicos, humanos,
comunicacionais, de liderança, gestão de pessoas e financeiros.
• Prever e prover a organização do necessário, durante todo o processo.
• Compor uma equipe com características adequadas, multidisciplinares,
complementares e autogestionáveis.
• Valorizar o capital humano, ser ético, leal, tolerante, influenciar com sua
postura e ações aos colaboradores e conquistar clientes externos.
• Planejar com os colaboradores, comprometer e descentralizar.
• Gerenciar comportamentos diferentes.
• Captar recursos financeiros.
• Buscar e gerenciar convênios e parcerias.
• Garantir a Comunicação e a colaboração interna e externa.
• Acompanhar todo o desenvolvimento do processo.
• Adotar medidas corretivas sempre que necessário.
• Dominar a legislação e articular sua socialização.
• Ser flexível, preditivo, criativo, inovador e empreendedor para
correr riscos calculados diante de cenários alternativos.
• Ter visão sistêmica para perceber o momento de modificar o
pessoal chave.
• Compreender os impactos das diferentes mudanças e preparar as
pessoas.
• Ter motivação e entusiasmo contagiante pelo processo e projetos.
• Conhecer e manter sob controle as questões políticas.
• Otimizar uma política organizacional de desenvolvimento,
aprendizado e construção de competências contínuas por todos os
envolvidos.
• Avaliar colaborativamente o desenvolvimento do processo, os
resultados obtidos, dar e receber feedbacks construtivos.
• Cuidar do próprio autodesenvolvimento, saber-se com lacunas e ser
eterno gestor/educador/aprendiz na arte de ser gestor.
• Ser transparente, exercitando uma coerência cotidiana
favorecedora ao alcance dos resultados.
BARTSCH, A. S, Conceitos de Gestão e o Perfil do Gestor.
__. Gestão da Educação a Distância [s.d.])
__. Sociedade e Organizações em Transição.
GAZETA DO POVO. Coleção Gestão Empresarial. E-book.
< http://www.google.com.br/#hl=pt-
BR&source=hp&q=cole%C3%A7%C3%A3o+gest%C3%A3o+empresarial+pdf&meta=
&aq=1&oq=cole%C3%A7%C3%A3o+gest%C3%A3o+e&fp=c192aad691e49f48>
GOBBI, B. C. Módulo Planejamento Administrativo. ESAB,
2008.
NÓBREGA, C. REDE EAD SENAC. Gestão, Vídeo 1, Rede EaD
SENAC, 2008) Vídeos sobre Gestão.