You are on page 1of 9

Internet: roliveira.pt.

to

Escola Secundária de Francisco Franco
Matemática B – 11.º ano
Movimentos periódicos. Funções trigonométricas.

Exercícios saídos em Testes intermédios e em Exames (desde 2006)
1. Na figura está representado um relógio de uma estação de
caminho de ferro. O mostrador é um círculo e está apoiado
numa barra.

Em cada uma das figuras, está representada a posição do
cursor no visor da calculadora. Na figura 1, o cursor
encontra-se num ponto cuja ordenada é o máximo de y. Na
figura 2, o cursor encontra-se num ponto cuja ordenada é o
Sabe-se que, t segundos após as zero horas, mínimo de y. Admita que o fenómeno é bem modelado por
• a distância (em metros), da extremidade do ponteiro das uma função definida por uma expressão do tipo
horas à barra, é dada por y a b cos(c x ) , onde a, b, e c são constantes reais
positivas.
• a distância (em metros), da extremidade do ponteiro dos a) Relativamente a qualquer função definida por uma
minutos à barra, é dada por expressão do tipo indicado, justifique que:
a1) O contradomínio é o intervalo [a b, a b ]
Nota: tanto em h como em m, o argumento da função co-seno a2) 2c é período da função.
está expresso em radianos.
b) Determine os valores dos parâmetros a, b, e c, tendo em
a) Verifique que o ponteiro dos minutos tem mais20 cm do
conta:
que o ponteiro das horas.
• os dados contidos nas figuras 1 e 2
b) Mostre que 3600 é período da função m e interprete este
• a alínea a1.
valor no contexto da situação apresentada.
• a alínea a2. e o facto de não existir nenhum período positivo
c) Seja A a extremidade do ponteiro das horas e seja B a
extremidade do ponteiro dos minutos. Tal como a figura junta inferior a 2c
ilustra, passado pouco tempo das zero horas, a recta AB é Apresente o valor de c arredondado às unidades.
paralela à barra na qual o relógio está apoiado. (1ª fase 2006)

3. Como sabe, a Terra descreve uma órbita elíptica em torno
do Sol. Na figura está representado um esquema dessa órbita.
Está assinalado periélio, o ponto da órbita da Terra mais
próximo do Sol.
Pouco antes da 1 hora (da manhã), há outro instante em que
isso acontece. Determine-o, apresentando o resultado em
horas, minutos e segundos (segundos arredondados às
unidades).
Sugestão: equacione o problema e, recorrendo à sua
calculadora, resolva graficamente a equação obtida.
(Intermédio 2006) Na figura está assinalado um ângulo de amplitude x radianos
(x [0,2 [) . Este ângulo tem o seu vértice no Sol, o seu lado
2. Para analisar o som produzido pela vibração de um origem passa no periélio e o seu lado extremidade passa na
diapasão, recolheram-se alguns dados com um sensor ligado a Terra. A distância , em milhões de quilómetros, da Terra ao
uma calculadora gráfica. O sensor mede a variação de uma Sol, é (aproximadamente) dada, em função de x, por
certa grandeza (que designaremos por y), ao longo do tempo d = 149,6(1 0,0167cos x)
(que designaremos por x). A partir dos dados, recolhidos em a) Determine a distância máxima e a distância mínima da
intervalos de tempo iguais, obteve-se, na calculadora, o Terra ao Sol. Apresente os valores pedidos em milhões de
diagrama de dispersão que se pode observar nas figuras 1 e 2 quilómetros, arredondados às décimas.
(o eixo das abcissas corresponde à variável x e o das b) Sabe-se que x verifica a relação
ordenadas à variável y). 2 t x 0, 0167 sen x , em que
T
• t é o tempo, em dias, que decorre desde a passagem da Terra
pelo periélio até ao instante em que atinge a posição
correspondente ao ângulo x;
Movimentos periódicos. Funções trigonométricas - Exercícios (11.º ano B) - pág. 1

em função de décimas de minuto. em função de . com recurso à calculadora. b2) Sabe-se que a última passagem da Terra pelo periélio ocorreu a uma certa hora do dia 4 de Janeiro. Numa determinada localidade. b1) Mostre que. 4. 5. Movimentos periódicos. no mínimo quatro casas decimais. nos cálculos intermédios. o responsável pelo (Escola A. • escreva BP . d. em função de durante uma volta completa. em função de . quatro casas decimais. No centro da rotunda. no mínimo. para 0º< <180º: sentada a Natércia ao solo. em função de . A luz do farol descreve sucessivos dada. expressa em quilómetros. indicando qual a forma particular do losango. o A( ) 50 cos sen .to • T é o tempo que a Terra demora a descrever uma órbita À volta do jardim. as seguintes etapas: c) Recorrendo à sua calculadora. em função de Nota: Sempre que. com 20 metros de perímetro. Internet: roliveira. • PB a distância do ponto P à costa Admita que a distância h. origem é a semi-recta F A e cujo lado extremidade é a semi- . Apresente o resultado em milhões de quilómetros. C e D são os vértices do losango.Exercícios (11. para x = . em metros. por h (t ) 20 19 cos 5t AP 20 sen( 2 ) a) Determine a distância a que a cadeira onde a Natércia b) a distância. AP .pt. por d 20 sen ( 2 ) b) Quanto tempo demora a roda a dar uma volta completa? Percorra. situado numa ilha. recta F P • M o ponto médio de [AP] A Natércia ficou sentada na cadeira mais próxima do solo. conserve. 0< < 2 km da costa. em m2. é dada por: a) a distância. proceder a (1ª fase 2007) arredondamentos. sobre a perpendicular tirada do farol.24 dias). do ângulo orientado cujo lado . a Natércia está a mais de 18 m de distância do solo. considere que: deve ser resolvida graficamente.S. pretende-se construir um jardim em forma de losango. sucessivamente. Nota: a resolução desta questão envolve uma equação que Relativamente à figura. da cadeira onde está Mostre que. com extremidade num ponto P. t minutos após a roda começar a girar. Nesta. resultado obtido. utilize. do observador ao ponto P é dada. em graus. expressa em quilómetros. 0 2 farol ilumina segundo uma trajectória rectilínea. Funções trigonométricas . do ponto P à está sentada se encontra do solo no momento em que a roda 2 começa a girar. à mesma hora do dia 14 de Fevereiro. Interprete este resultado no contexto da situação descrita. Determine a distância a que a Terra se encontrava do Sol. elementos decorativos. B. serão colocados calçada e outros completa (365. Nos valores intermédios. Um farol (ponto F). (2ª fase 2006) • o ponto O é o centro da circunferência. Em cada instante. está a) Mostre que a área. Dê uma resposta com aproximação às • escreva PAB . que percorre a circunferência b) Determine A ( 4 ) . Sejam: • a amplitude. da zona destinada ao jardim é um observador (ponto A). arredondado às décimas. 2 . como sugere a figura. determine quanto tempo. encontra-se a 10 • o ângulo ADO tem de amplitude . 2ª fase 2007) planeamento urbanístico apresentou uma proposta para a construção de uma rotunda com 10 metros de diâmetro. Interprete geometricamente o representada na figura seguinte.pág. por: círculos e tem um alcance de 10 km. A figura representa uma roda de um parque de diversões. costa é dada.º ano B) . se tem t T2 .A. para = 4 (2ª fase 2007) 6. • os pontos A. • escreva FAP .

em quilómetros. local adequado da ria. Internet: roliveira. Recorde que a latitude no Pólo Norte é de 90º. em 1851. Na figura 4. De seguida. Vamos a esta figura. aproximadamente. O Carlos costuma passar as suas férias de Verão no com cinco metros de raio. O • R é o raio da Terra.. q. • B representa o ponto de medida em graus. onde Foucault realizou a experiência • o triângulo [ABC ] é rectângulo em A. representado na figura Este método consiste em por CD. expressa em metros. é. O painel tem um Sugestão: Comece por calcular o valor obtido pelo Rodrigo. a momento em que o plano de oscilação do pêndulo completa partir de um ponto de uma rotação de 360º designa-se por período.to 7. Comece por completar a tabela seguinte. por h ( ) 7 5sen (2ª fase 2008) 9. do ângulo orientado cujo lado apanha do marisco.Exercícios (11. de 49º. T. Numa pequena cidade foi do cume da ilha do Pico. a possibilidade de a o raio da Terra. Utilizando um teodolito. b) Eratóstenes (276-195 a. resolva a equação obtida em ordem a R. de seguida. estabelecida por Jean Foucault (1819. em graus. mecanismo que faz usando a igualdade R h cos accionar um ponto 1 cos luminoso (ponto P). Sejam: Agosto. devido ao movimento de rotação da Terra. A relação escala. A altitude do destaque.C. por um processo diferente e de grande experiência. • h é a altitude do lugar. em quilómetros. observação. Relativamente da latitude do lugar em que se realiza a experiência. o António. 1 cos usando apenas a lei do seno de Foucault: Sugestão: Comece por determinar cos no triângulo [ABC ] • indique o período que Foucault terá registado na sua e.º ano B) . do ângulo de depressão do a) Mostre que.). a partir 8. Para isso. fundamentadamente. tendo obtido o valor de 48 h cos horas para o período do pêndulo. recta OP . na zona da Ria Formosa. (0º < <90º). Este período altitude elevada. nas mesmas condições. e a latitude do lugar. Apresente o resultado arredondado às unidades. pelo método acima (1ª fase 2008) descrito. do qual se não é o mesmo em todos os lugares da Terra. • h a distância do ponto luminoso à base do painel. que confirmou a referida lei. o pêndulo tem um período de horizonte. um painel Pico é 2. Algarve. mostre que. em torno de um eixo vertical. em função de .5564º. aproveitando a baixa-mar. o plano de método simples para oscilação não se mantém fixo. 1868). pois depende avista o mar. Na figura 2 está representado um pêndulo simples.pt. ilustra-se um Quando um pêndulo oscila à superfície da Terra. por volta do ano 230 a. o Carlos acompanhou um amigo seu. • comente. vai rodando ao longo do determinar o raio da Terra.C. O Rodrigo Continental. aproximadamente. no Pólo Norte. ângulo de que decorre entre o início da oscilação do pêndulo e o depressão do horizonte. relativa a várias posições do ponto P. foram de manhã cedo para um origem é a semi-recta OA e cujo lado extremidade é a semi. que não está à considerar apenas lugares do hemisfério norte. em graus. O tempo medir o ângulo . 3 . Movimentos periódicos. medido em horas. para 0º < < 90º. é dada. simplicidade. ao longo de uma volta. ofertas turísticas da região. as latitudes 36º e 42º. E. considere que: entre o período. Admita que o valor calculado por Eratóstenes experiência do João poder ter sido realizada em Portugal foi de 6316 km. do ponto luminoso à base do painel. 24 horas. que (1ª fase 2009) descreve uma circunferência de centro O. em lugar de = 1. é: T sen (q ) • é a amplitude. Funções trigonométricas . b) A latitude de Paris. 24 (Lei do seno de Foucault) • C designa o centro da Terra. sabendo que Portugal Continental está calculou o raio da Terra compreendido entre. na • a amplitude. 10. colocado. Num pequeno texto e a) Mostre que R . Num determinado dia de tal como a figura 3 sugere. • OB 7 oscilando no plano DAB. h. • indique a latitude do local em que o João terá feito a sua calculou.35 km. experiência de 1851. obteve. tempo. João declarou ter feito uma experiência semelhante à de • BC R h Foucault.pág. a distância. Determine publicitário alusivo às a diferença entre os valores obtidos pelos dois métodos.

O funcionamento do painel. A Figura 8 ilustra o Para uma das disciplinas do curso. a temperatura tem de ser relação à superfície do sempre inferior a 19 ºC. pelo efectuar a apanha de marisco enquanto o nível das águas não menos. é ou não cumprida. o nível das águas do mar. varia entre 30º e 70º. a temperatura. pelo menos. os minutos aproximados às unidades. 507t 0. em Lisboa.365} aproximadamente. foi superior a 10 horas. realizou dois trabalhos. em horas. devem ser respeitadas as plataforma horizontal seguintes condições. Apresente o resultado em horas e minutos. N. inclinação ( ) dos raios para cada caso. mas apenas durante Elabore uma pequena composição na qual refira se cada uma a parte do dia em que a das condições. • x representa a ordem do dia do ano. a duração da possível efectuar a apanha do marisco. 24] 13. indicadores sociológicos relativos a alguns países da União Admita que: Europeia. I). sua calculadora. excedesse 1. em horas. pelo menos. dos raios solares em III) nas primeiras 5 horas do dia. Com base em dados • o ponto C acompanha o movimento do ponto B. De quanto foi esse aumento de desses painéis. em horas e minutos. duração de exposição solar. Nos cálculos c) Qual foi. O programa turístico elaborado pelo Diogo incluía • AB 5m uma visita a Lisboa e um passeio de barco no rio Tejo. Determine. está a) Entre as 6 e as 10 horas da manhã. pelo menos. com • o argumento da função seno é medido em radianos. em cada dia do ano de • é a amplitude. (fase especial 2009) solares. em graus. em graus. Estes dois • a variável t representa o tempo. naquele local da ria. uma razão que fundamente a sua resposta. registado pelo marégrafo local. elevador mantém a II) a diferença entre os valores das temperaturas máxima e perpendicularidade mínima não pode ultrapassar 9 ºC. por: • o argumento da função seno está em radianos M (t ) 1. 908 com 0 t 24 • a duração da exposição solar é dada por P(x )– N(x ) Nesta expressão: a) Determine a duração da exposição solar no último dia do • a variável t representa o tempo.3m. quatro casas decimais. apresentados.. com temperatura? superfície rectangular. desse dia. A fim • o ponto B desloca-se no de aproveitar o tempo disponível para as diversas quarto de circunferência actividades. do ponto B à plataforma hora a que o Sol se pôs. A CADTEL é uma cadeia de grandes hotéis e possui dois 12 hotéis. era possível intermédios. primeiro trabalho consistiu na elaboração de um programa de forma esquemática. em graus mantenha. a ordem do dia do ano com a maior intermédios. Em extremos desse período de tempo. 055sen (0. Admita que. O segundo trabalho incluiu a análise de vários durante essa parte do dia. obteve os modelos deslocando-se ao longo de [AD] . 916) 1. Funções trigonométricas . b) Pretende-se desenvolver uma cultura de bactérias no apoiado numa mesmo laboratório.to Admita que. quatro casas decimais. é dada por (1ª fase 2010) (t 10) f (t ) 20 4 cos[ ] com t [0. num laboratório. com 30º 70º • é a amplitude. Apresente o(s) mantenha. numa certa região. contado a partir hotéis da cadeia CADTEL estão equipados com painéis das zero horas desse dia. Internet: roliveira. nesse dia. três casas decimais. se proceder a arredondamentos. em Considere que: metros. P. Para o efeito. gráfico(s) em que se baseou para dar a resposta.pág. se proceder a arredondamentos.. II) e III). Celsius (ºC). com cálculos intermédios. o período de tempo da manhã em que foi de acordo com os modelos apresentados. relativamente à temperatura no e equipado com um laboratório naquele dia. 4 . a hora a que o Sol nasceu. de modo que [BC ] [AC] que dão. Em cálculos O António sabia que.º ano B) . distanciados alguns quilómetros Nesta expressão: um do outro: o VISTASERRA e o VISTAMAR. o Diogo teve em conta que a duração da ED. uma casa decimal. em Lisboa. explicitando. sendo x {1. Apresente os exposição solar. os minutos arredondados às unidades. M. foi dado. em Lisboa. turístico. O Diogo é estudante de um curso de Gestão Hoteleira. Em cálculos intermédios. solares do mesmo tipo. do Observatório Astronómico de Lisboa. do ângulo BAC Movimentos periódicos. num certo dia. a temperatura no representado um laboratório aumentou. • o argumento da função co-seno é medido em radianos.. em metros. contado a partir ano de 2009. aproximadamente.Exercícios (11. 12.pt. (2ª fase 2009) recorrendo às capacidades gráficas da sua calculadora. recorrendo às capacidades da b) Determine o número de dias do ano de 2009 nos quais. em 2009. utilize.2. 11. em Lisboa? Resolva o problema. Na Figura 7. de centro em A exposição solar varia ao longo do ano. elevador hidráulico. em relação ao solo. mantenha. da inclinação dos raios 2009: solares. e a • h é a distância. de acordo com os modelos das zero horas. O I) a temperatura não pode ser superior a 22 ºC mais de 10 movimento do horas consecutivas.. se proceder a arredondamentos. painel.

(fase especial 2010) 15. em metros. se uma pirâmide. que não está à a) Mostre que 2. com lâmpadas aplicadas. pelo menos. Em cálculos intermédios. esquematicamente. a parte proceder a arredondamentos. 5 . de AB . Nesta face. Internet: roliveira. pelo menos. mantenha. se proceder a arredondamentos.Exercícios (11. três casas decimais. Funções trigonométricas .052 é o valor. Em cálculos intermédios. existe um poste de electricidade. os pontos médios de [AB]. Sabe-se que: Nota: Se efectuar cálculos. arredondado com escala. mantenha.pt. [IJ ] e [PQ] 14.to a) Mostre que h = 5 cos • AO 3 metros Sugestão: Poderá ser-lhe útil começar por mostrar que a amplitude do ângulo ABC é • AI IO 2 PO b) Determine os valores de e de . representa a face [ABO] de três casas decimais. (fase especial 2010) Movimentos periódicos. respectivamente. o topo do coreto e um ponto da base da cobertura do coreto. Considere que: Determine o valor de Apresente a resposta com o valor arredondado às unidades. A Figura 4. Perto do coreto.º ano B) . quatro representada pelo trapézio casas decimais.pág. A Figura 6 representa. quando h = 2.5 • AOB 40 (1ª fase 2010) • N. M e L são. Colocou-se um fio eléctrico esticado. isósceles [IJQP ] está pintada de b) Mostre que a área do trapézio [ABJI ] é igual a doze branco e a parte restante está vezes a área do triângulo [PQO] pintada de cinzento. a situação. não proceda a arredondamentos. unindo o topo desse poste.

900]. as velas rodaram. o pão. Determine de tipo mediterrânico. arredondado às décimas. Caracterize uma rotação que transforme o ponto B no ponto 17. variação da altura de maré durante o 60]. altura de maré. com os essa distância do solo. que relaciona a posicionada paralelamente ao solo. a) Descreva. duas espessura desprezável.pt. incluindo a desse instante. os moinhos de G vento serviram para moer o trigo e c2) Considere o referencial ortogonal e monométrico. o Rui constante. esquematicamente.02 sen(0. como sugere a Figura 2. que faz rodar as suas velas. d. As chapas são assentes numa posições distintas das velas de um mesmo moinho. O argumento da M(t ) = 2 + 1. A Figura 2 apresenta parte da tabela publicada pelo Instituto Hidrográfico com as previsões das alturas de maré.50t – 1. conserve caracterizada pelo seu centro e por pelo menos três casas decimais. para o mesmo rectas EA e GC instante. poderá começar por apresentar o obtida pelo Rui. com base na expressão Sugestão – Na sua resposta. Durante séculos. em transformação geométrica que é cálculos intermédios. Apresente o c1) Uma rotação é uma resultado em metros. por regressão sinusoidal. tendo o ponto A coordenadas ( 2 . com obter a farinha com que se fabricava origem no ponto O. A Figura 1 apresenta a respectivamente. por exemplo [0.to 16.pág.44) 9 2 para t 0. 5 6 cos( t ) para t [0. t segundos porto de Leixões. em metros. no • a distância. Calcule quais a maré desceria.º ano B) . indicando os instantes entre os quais b) No instante em que se iniciou o movimento. problema. e assinalar os pontos relevantes para a resolução do primeiro dia de Julho de 2010. utilize valores arredondados às c) Na Figura 4 estão representados centésimas. seno está em radianos. com o tempo. Uma empresa fabrica caleiras para escoamento de águas todas o mesmo comprimento e que se unem no mesmo ponto. com a horizontal. do ponto V ao solo. obteve. o ponto V a maré subiria e os instantes entre os encontrava-se a uma determinada distância do solo. b) Determine a diferença entre a altura de maré prevista com centro no ponto O. no porto de Leixões. Em cálculos intermédios. Se. O argumento da função função co-seno está em radianos. a) Determine o comprimento de uma vara. uma amplitude do ângulo da (1. durante o em horas. 0). a • no instante inicial. Admita que as varas têm 18. O moinho é as coordenadas do ponto simétrico de B relativamente ao posto a funcionar pela acção do eixo das ordenadas. a vara representada por [OV] estava seguinte expressão. Funções trigonométricas . com velocidade pelo Instituto Hidrográfico. (2.Exercícios (11. por horas do dia 1 de Julho de 2010: d (t ) 6. e os pontos O e V assinalam as geometricamente iguais e formem um ângulo de amplitude extremidades de uma das varas. contado a partir das zero intervalo de tempo em que as velas rodaram. o octógono regular [ABCDEFGH]. no sentido indicado na base nos dados da tabela publicada Figura 3. velas estiveram a rodar. ordenadas. esteve o ponto V a valores em horas e minutos. O Rui é um estudante de Acústica que vive na zona do porto de Leixões e se interessa por assuntos relacionados com o mar. como se ilustra na Figura 1. Com • num certo dia. após as velas terem começado a rodar. O plataforma horizontal e são dobradas longitudinalmente. para os sete primeiros dias do mês de Julho de 2010. no qual os pontos A e C pertencem. t . aos semieixos positivos das abcissas e das fotografia de um moinho de vento. utilizando chapas metálicas de largura fixa e de As Figuras 2 e 3 representam. durante os quinze minutos em que as minutos arredondados às unidades. de esquema representado em cada uma das figuras tem a forma modo que as faces laterais das caleiras sejam de um octógono regular. a previsão da gráfico da função d num intervalo adequado. pluviais.ª fase 2011) fixadas e esticadas num conjunto de 8 varas. 6 . Internet: roliveira. os pelo Instituto Hidrográfico para as 18 horas e 36 minutos do segmentos de recta [FB] e [DH] e as dia 2 de Julho de 2010 e a altura de maré.ª fase 2011) rotação. durante um quarto de hora. em metros. proceder a arredondamentos. dada pela expressão obtida pelo Rui. M. Movimentos periódicos. Apresente os quantas vezes. vento. é dada. Os valores das alturas estão em metros e o tempo é indicado em Admita que: horas e minutos de cada dia.

com o decorrer do tempo. distância do centro da esfera à barra é o comprimento do segmento de reta que une.Exercícios (11. como o trapézio [ABCD]. alcançada pelo centro da esfera depois de passar. dependendo das condições ˆ • FBC . Relativamente ao de S3 trapézio [ABCD]. arredondado às unidades. três casas decimais. a esfera é posta em movimento e fica a oscilar num tenha 6cm de altura. a extremos do arco. paralelamente a ˆ ˆ uma parede. • BE é a altura. do trapézio [ABCD] é tocar na parede. no contexto do problema: • o que representa a expressão 8 • o que representa a expressão 8 sen( ) A altura da caleira é igual à altura do trapézio e depende da • por que razão se calcula a diferença entre as duas expressões anteriores para se obter a área amplitude do ângulo de dobragem. em particular. com escoamento da caleira seja máxima. aproximadamente. está preso numa barra • FBC ECB fixa. por posição ocupada pelo centro R( ) 120sen ( ) 144sen ( ) cos( ) . de modo que o trapézio [ABCD] instante. (fase especial 2011) • [OR] é perpendicular a [CD] • o ponto A representa a posição ocupada pelo centro da 19. A situação dada. b) Elabore uma pequena composição na qual justifique o apresentado no esquema da Figura 2. encontra na vertical. em função de . em graus. para cada valor de . Se. em quando o trapézio [ABCD] tiver a maior área possível. nunca coincidindo com os perpendicular. movimento. na posição representada pelo ponto R • é a amplitude. t segundos após o instante inicial.pt. e seja S3 a Mostre que a distância do centro da esfera à barra. Note que a área. em cálculos intermédios.to A partir de um corte transversal numa caleira deste tipo. O movimento de uma criança num baloiço e o • F é o ponto da semi. • o ponto B representa a posição mais próxima da barra. sem nunca b) Mostre que a área. Considere agora a Figura 7. é dada. esfera no instante inicial. O fio. proceder a .8t L(t ) 1. movimento do pêndulo de um relógio de parede são exemplos de movimentos em que há oscilação de um corpo. sabe-se que: (1. de modo que a capacidade de • [OP] representa o fio. seja a amplitude positiva mínima em radianos. no instante inicial. P a [CD]. em graus. a distância do centro da esfera à barra é Admita que BE = 4 e que o ponto D se movimenta ao longo o comprimento do segmento de reta que une. colocada em posição horizontal. poderá começar por mostrar que • o ponto O é o ponto médio EC 12 cos( ) que BE 12sen ( ) de [CD] • o ponto P representa o c) A capacidade de escoamento da caleira será máxima centro da esfera. em cm2. no região delimitada pela corda [CD] e pelo respetivo arco. h( ) 8 8sen ( ) . em que: funções seno e co-seno está em graus.º ano B) . para o ângulo CBD. recta AB tal que Essa oscilação. pela primeira vez. está compreendida entre 96 centímetros e 97 Considere a função h que dá a área de S3 para cada valor de centímetros. O argumento da função seno está em radianos. não extensível. pode a) Indique o domínio da função h obter-se um trapézio isósceles. conserve. em cm2. Movimentos periódicos. 7 . com o argumento das da esfera quando o fio se funções seno e co-seno em graus. o ponto P está numa posição tal que a amplitude a. R. do • o ponto R representa a trapézio [ABCD] é dada. Determine . Num determinado a) Determine . Na sua composição. Nessas condições. a) Uma esfera está suspensa de um fio. em radianos. pela função L. • [CD] representa a barra. A a [CD]. em radianos. por está esquematizada na R( ) 120sen ( ) 144sen ( ) cos( ) . do ângulo COP Admita que. definida por 0.ª fase 2012) • AB = 10 cm • BC = 12 cm 20. de acordo com a seguinte expressão: arredondamentos. representado na Figura 3. em cm. facto de a expressão 8 8sen ( ) dar a área de S3. explique. instante inicial. poderá manter-se BF = 12 cm inalterada ou ser cada vez menor. do trapézio. 1 cos( t ) 2 12 a) Em cada instante. na do arco de circunferência CE. Funções trigonométricas . Apresente o resultado 1 metro de comprimento. R. Sugestão – Na sua resposta. na perpendicular. O argumento das Figura 3. plano vertical. com 0º< <90º em que se realiza o movimento. Internet: roliveira. em função de . no mínimo.pág.

em graus. 8 . Junto a uma piscina infantil de um complexo turístico. considera-se o argumento de 5 metros de raio. por da zona relvada em que > 45°. em horas. comece por independentemente do valor de . referentes à relvada. da região não regada Movimentos periódicos. corresponde da função seno em radianos. r( ) = 200sen( ) cos ( ) 25 com 30º 60º em horas. de a reta de equação y ser assíntota do gráfico da (fase especial 2012) 2 função L (2. da região não regada função F. tenha em consideração lado. parâmetros constantes e • é a amplitude. formada por duas regiões distintas. no ano de 2012. Um modelo sistema de rega estivesse em funcionamento. F (x ) asen (bx c) d • A. uma pavimentada e relvada. no Funchal. do do mês de julho do ano de 2012 em que essa situação se sector circular que representa a verificou.. pode ser dado.º ano B) . numa superfície plana. o arquiteto optou por uma configuração da ordem do dia. em metros quadrados. c e d.pág. 366} pontos da zona relvada nos quais em que a.pt. ilustra na Figura 6.to pelo sistema automático é igual a 15 metros quadrados. em função de . a área. em vários dias do região exterior à zona relvada. mas que um deles estava também a regar uma que. em horas.. nesta estudo que serviu de base à elaboração do projeto da zona de configuração. • cada sector circular sombreado. o comprimento de cada um dispositivo era um semicírculo de 5 metros de raio. com base no modelo de à região da zona relvada que cada regressão sinusoidal obtido a partir dos dados da tabela. entre o comprimento do dia A Figura 5 esquematiza uma no Funchal e a ordem desse possível configuração da zona dia é o de regressão relvada. em que: sinusoidal e pode ser • [ABCD] é um losango de 10 definido por metros de lado. • é a amplitude. no dia de ordem x. arredondado às décimas. em graus. relvada com a forma de um sector circular de 5 metros de apresentam-se os raio. o dispositivo deveria regar. Na zona relvada com a forma de um losango de 10 metros de resolução dos dois itens seguintes. em função b) Posteriormente. seria instalado um sistema que o ano de 2012 teve 366 dias. b. Quando foi efetuado o C (x ) 12 2sen ( x 97 ) com x {1. Interprete. para que. num determinado local. Um arquiteto paisagista projetou um jardim que teria uma nascer do Sol e o instante em que ocorre o pôr do Sol. Determine. Na sua resolução. o facto Se. Entende-se por comprimento do dia. Determine o valor de . Funções trigonométricas .. x. Cada dispositivo deveria regar uma região da zona Astronómico de Lisboa. como se desses dias foi superior a 13 horas e 48 minutos. seria dada por b) Admita que. . do F(x) é o comprimento do ângulo ABD. na zona escrever os valores dos parâmetros a. Verificou-se previstas. em graus. que a) Na tabela seguinte. a área. r. O arquiteto estudou dias.. Neste modelo. regada pelo sistema automático seria sempre igual a 25 . nenhuma região que descreve bem a relação da zona relvada fosse regada por dois dispositivos distintos. o tempo decorrido entre o instante em que ocorre o 21. no dia 1 de a) Na zona relvada. seriam colocados de modo que cada um deles fosse fixado construída de acordo com em cada um dos pontos correspondentes aos vértices do os dados do Observatório losango. . 366} 50 primeiro teste ao sistema automático de rega.. C e D representam os com x {1. proceder a arredondamentos. em horas. desse ano.ª fase 2012) 22. A região regada por aquele mês de julho do ano de 2012. Mostre que. o número total de dias • 2 é a amplitude.ª fase 2013) região regada na zona relvada. composto por quatro dispositivos. pelo sistema automático. Estime. centrado no ponto onde seria fixado o dispositivo e comprimentos de alguns delimitado pelos lados do losango. arredondado às unidades. conserve três casas decimais. diferentes configurações da zona relvada. na zona lazer. no Funchal. Internet: roliveira. B.. quando o no ano de 2012. automático de rega. comprimento do dia. relvada. no Funchal. no contexto do problema. em metros quadrados. num determinado local. com 30° 60° dia. uma zona de região regada exterior à zona lazer. em graus. a área. como assíntota. (1. A Figura 2 mostra um esquema utilizado no considerando que. da região dezembro de 2012. a outra relvada. relativamente ao local considerado. b. sector circular que representa a pretende-se construir. Apresente o resultado em horas. c e d são se fixariam os dispositivos. do 23. em cálculos intermédios. o comprimento do dia.Exercícios (11. C. arredondados às milésimas. Nessa zona relvada. b) O gráfico da função L admite a reta de equação y 2 Apresente o resultado. em que: de acordo com o modelo apresentado. verificou-se que os quatro dispositivos estavam a regar as regiões O argumento da função seno está em radianos.

do gargalo de uma garrafa de vidro e produziu o som de uma • é a amplitude. 101. 69. 0h51’40’’ 2. 12. Em determinadas Desse esquema.pt. 174 13. arredondados às centésimas. 9h22min. em função de . 147. Funções trigonométricas . Internet: roliveira. 3142 3. As escalas musicais e a propagação do som são exemplos que ilustram a relação entre a Música e a Matemática. 6m. Numa experiência [PR] e [RQ]. A.8 h. em radianos. sabe-se que: onda sonora que pode ser descrita matematicamente por uma • PQ 8m função trigonométrica do tipo y = a cos (k x). 25 m2 6. 5h36min e 9h22min 11.to b) A área. 5. musical? Justifique a sua resposta. 0. têm diâmetros descreve a respetiva onda sonora. II e III 12. /2[ 21.ª fase 2013) 24. 6h1min e 12h18min e 18h35min. 30 . 152. com os valores de a e de b.1 17. em que T é o • o triângulo [PQR] representa a região que se pretende T pavimentar. 4 I. 10’. poderá começar por obter PR e cálculos intermédios.7 5.pág.Exercícios (11. 16 23. 31. em que a e k • o ponto R é um ponto móvel da semicircunferência de são constantes reais.1 e 147. construído a partir de uma condições. 30 . em Hz. 2. conserve seis casas decimais. em radianos.1) 18. O som propaga-se sob a forma de uma onda. arredondado às unidades. e representam a região que se realizada numa aula de Matemática. com o argumento da 2 a) Mostre que a área da região que se pretende relvar. O som produzido pelo sopro do representada a sombreado na Figura 2.3 22. ( 1. Em Sugestão – Na sua resposta. 1 m. b[.79. 7. em m2. o som de uma nota musical corresponde a uma semicircunferência de diâmetro [PQ].º ano B) . (2. lá O professor: RobertOliveira Movimentos periódicos. de diâmetro [PQ] uma nota musical pode ser dada por 1 . não 8.3 ‘ 7. RQ em função de (fase especial 2013) Soluções: 1. Admita que o som dessa nota musical correspondeu a uma onda sonora que pode ser descrita pela 0 função definida por f (x) = cos (1382x).23[ 24. 58 19. 7. 300. um aluno soprou no topo pretende relvar. da região triangular que se pretende pavimentar é dada. 0. Apresente o valor da frequência dessa nota musical.38.08. Apresente o resultado na forma de intervalo de números reais ]a.1. respetivamente. função cosseno em radianos.1. 7 9. 60 e 30 15. que estão a sombreado. 51 10. com nota musical. seja qual for o valor de . 10. por A( ) 32sen ( ) cos( ) para 0 2 Determine para que valores de a a área da região que se pretende pavimentar é superior a 10m2. O225 . ]0. é exactamente igual a aluno no topo do gargalo da garrafa de vidro era de que nota 8 m2 . 9 . 21 16. do ângulo QPR. ]0. período positivo mínimo da função trigonométrica que • os dois semicírculos. 0. Sabe-se que a frequência.