You are on page 1of 10

Divulgação de Resultado 2T08

Rio de Janeiro, 13 de agosto de 2008 – OGX S.A. (Bovespa: OGXP3) anuncia hoje seus resultados
referentes ao 2T08. As informações financeiras e operacionais a seguir são apresentadas em bases
consolidadas, de acordo com Legislação Societária Brasileira e em milhares de reais, exceto quando
indicado o contrário.

Destaques e Eventos Recentes


Teleconferência 2T08
Em 13/06/2008, a OGX realizou sua Oferta Pública Inicial de Ações. No
total, foram ofertadas 5,93 milhões de ações ordinárias, incluindo as ações
dos lotes adicional e suplementar, ao preço de R$ 1.131,00 por ação. A Inglês
operação, que foi inteiramente primária, atingiu volume financeiro total de R$ Data: 14/08/2008
6,7 bilhões, tornando-se a maior já realizada no Brasil. Os recursos serão Horário: 14h00 (13h00 NY)
destinados à campanha de exploração, desenvolvimento inicial das
facilidades de produção na bacia de Campos e novos investimentos; EUA
Telefone: 1-888-700-0802
Sísmica 3D para todos os blocos já contratada ou em fase final de Código: 236468#
contratação;
Brasil
Foram contratados os gerentes executivos para as áreas de perfuração, Telefone: +55-11-4688-6300
logística, aquisição de bens e serviços e desenvolvimento da produção. Código: 236468#
Todos os profissionais-chave necessários para a campanha exploratória já
Demais países
fazem parte do atual quadro da empresa;
Telefone: 1-786-924-6977
Código: 236468#
No dia 04/07 foi divulgada a contratação do Credit Suisse como formador
de mercado (market maker), com objetivo de fomentar a liquidez de nossas
ações; Contatos de RI

A OGX anunciou o afretamento de três unidades de perfuração. As duas Marcelo Faber Torres
primeiras, anunciadas no dia 01 de agosto, correspondem às unidades semi- Diretor de Relações com
submersíveis “Ocean Ambassador” e “Ocean Lexington”, da Diamond Investidores
Offshore. A Ocean Lexington tem capacidade para perfurar poços de até marcelo.torres@ogx.com.br
6.100m de profundidade, em lâmina d'água máxima de até 610m. A Ocean
Ambassador, por sua vez, tem capacidade para perfurar poços de até Luiz Garcia
6.100m de profundidade, em lâmina d'água máxima de até 335m. A última Gerente
luiz.garcia@ogx.com.br
contratação, anunciada no dia 05 de agosto, corresponde à unidade semi-
submersível “Ocean Quest”, também da Diamond Offshore. Esta última
Juliana Schmith
possui um BOP de 15.000 psi e capacidade para perfurar poços de até
Analista
7.600m de profundidade, em lâmina d'água máxima de até 1.100m.
juliana.schmith@ogx.com.br

Telefone: (21) 2555-4223

ri@ogx.com.br
www.ogx.com.br/ri
Sumário da Oferta
No dia 13/06/2008 a OGX realizou sua oferta pública de ações (IPO) como parte da estratégia de
crescimento da Companhia. Abaixo segue a composição acionária da OGX pós IPO:

(1) EBX representada pela Centennial Asset Fund LLC (nevada, USA) (“CAMF”)

(2) Inclui um farm-in já assinado pendente de aprovação pela ANP

Os recursos disponíveis da Companhia, que totalizaram aproximadamente R$ 7,2 bilhões em 30 de junho


2008, serão destinados à campanha de exploração, desenvolvimento inicial das facilidades de produção na
bacia de Campos, novos investimentos, bem como com capital de giro e despesas gerais e administrativas, a
serem alocados conforme abaixo:

Destinação dos recursos Alocação (R$ bilhões) Alocação (%)


Campanha exploratória 3,2 45%
Desenvolvimento inicial da produção 1,6 22%
Novos negócios 2,1 29%
G&A 0,3 4%
Atualização: ativos exploratórios

Bacia de Campos

2
A Bacia de Campos, com uma área sedimentar total de aproximadamente 115.000 km , é a maior
área produtora de petróleo e gás natural do Brasil. Em 2007, esta Bacia respondeu por
aproximadamente 77% da produção brasileira de petróleo.

Atualmente, a OGX possui direitos de concessão sobre sete blocos exploratórios na Bacia de
2
Campos, compreendendo uma área total de 1.177 km na parte sul desta Bacia, que é considerada
hoje uma das regiões de petróleo mais prolíficas do Brasil. Iremos operar cinco destas concessões e
as duas restantes serão operadas pela nossa parceira Maersk.

Abaixo seguem alguns eventos recentes da Bacia de Campos:

Contratação da PGS para realização da campanha sísmica 3D. O levantamento dos dados terá
início ainda no segundo semestre de 2008 e os dados já reprocessados serão interpretados pela
equipe da OGX ao longo do primeiro semestre de 2009;

O estudo ambiental para perfuração encontra-se em fase de elaboração;

Afretamento das unidades de perfuração “Ocean Ambassador” e “Ocean Lexington”. A OGX


afretará as plataformas por um período de 3 anos cada e serão utilizadas para iniciar a campanha
exploratória da OGX na Bacia de Campos a partir do segundo semestre de 2009.

Bacia de Santos

A Bacia de Santos representa hoje uma das áreas exploratórias mais promissoras do Brasil, com
2
uma área total de aproximadamente 350.000 km .

Atualmente a empresa possui direitos sobre cinco blocos exploratórios na Bacia de Santos, cobrindo
2
uma área total superior a 1.000 km , dos quais quatro foram adquiridos na Nona Rodada de licitação
da ANP e um adquirido por meio de processo de farm-in, pelo qual adquiriu-se uma participação de
50%, contrato este que permanece sujeito a aprovação da ANP.

Abaixo seguem alguns eventos recentes desta Bacia:

Contratação da CGG para o reprocessamento dos dados sísmicos 3D. O reprocessamento dos
dados será concluído no segundo semestre de 2008;

O estudo ambiental para perfuração encontra-se em fase de elaboração;

Afretamento da unidade de perfuração “Ocean Quest“ com capacidade para perfurar poços de até
7.600m de profundidade, em lâmina d'água máxima de até 1.100m. A OGX afretará a plataforma por
um período de 2 anos e será utilizada prioritariamente para a campanha exploratória da OGX na
Bacia de Santos a partir do segundo semestre de 2009;
Bacia do Espírito Santo

Acredita-se que a Bacia do Espírito Santo seja uma nova e promissora região de petróleo no Brasil,
2
com uma área total de aproximadamente 90.000 km .

Atualmente, a OGX possui direitos de concessão sobre cinco blocos exploratórios na Bacia do
2
Espírito Santo, com área total de 3.620 km . Todos os blocos estão localizados em águas profundas
e serão operados em parceria com a Perenco.

Os prospectos exploratórios identificados possuem características geológicas similares às dos


campos de óleo e gás natural já descobertos nesta Bacia, tais como os campos de Golfinho,
Camarupim e Canapu, que produzem óleo leve e gás.

Como destaques desta Bacia, ressaltamos:

O operador, Perenco, está contratando a WesternGeco para a realização da campanha sísmica


composta por dados 3D e 2D. O levantamento dos dados iniciar-se-á no final do segundo semestre
de 2008;

Bacia do Pará-Maranhão

Embora nenhuma descoberta comercial tenha sido anunciada na Bacia do Pará-Maranhão, a OGX
acredita que exista um grande potencial nesta Bacia, uma vez que as características geológicas
presentes na região são similares às de Gana (oeste da África), onde houve importantes descobertas
de petróleo leve nos últimos anos. A Bacia do Pará-Maranhão possui uma área sedimentar total de
2
aproximadamente 100.000 km .

Atualmente, a empresa tem direitos de concessão sobre cinco blocos exploratórios na Bacia do Pará-
2
Maranhão, cobrindo uma área total de 960 km . Atividades anteriores de perfuração em áreas
próximas a três dos nossos blocos indicaram a presença de óleo leve na região.

Como destaques desta Bacia, ressaltamos:

Adquirimos e estamos reprocessando dados 3D em 2 de nossos blocos e contratamos a PGS


para a realização da campanha sísmica 3D para os demais blocos desta bacia, que terá início ainda
no segundo semestre de 2008;

O estudo ambiental para perfuração encontra-se em fase de elaboração.


Mapa de Eventos da OGX

Mercado de Capitais

Entre os dias 13 a 30 junho, as ações da OGX sofreram uma valorização de 12,29%, encerrando o exercício
do segundo trimestre cotadas a R$ 1.290. No mesmo período, o Ibovespa sofreu desvalorização de 3,25%.
O papel apresentou um volume financeiro médio diário de R$ 461,9 milhões.

Após o fechamento do 2T08, o papel sofreu com a volatilidade do mercado. Entre os dias 01 de julho e 11 de
agosto, as ações registraram queda de 44,9%. A forte queda no preço do petróleo no cenário internacional
pode ser apontada como uma das causas do desempenho das ações neste período. Foram observadas
quedas significativas no preço das ações das principais empresas de petróleo.

Em adicional, as declarações feitas por integrantes do Governo em relação a possíveis mudanças da


tributação e do marco regulatório do setor de petróleo geraram incertezas e afetaram o preço das ações no
mercado.

No dia 04 de julho foi realizada a contratação do Credit Suisse como formador de mercado, com objetivo de
promover a liquidez do papel.
Desempenho Financeiro

Principais Contas Patrimoniais (Consolidado) - Valores em milhares de Reais

O resultado da companhia reflete, principalmente, o resultado de atividades financeiras, uma vez que
sua controlada OGX LTDA. encontra-se em fase pré-operacional.

Desta forma, apresentamos abaixo as principais contas patrimoniais e de resultado, bem como sua
evolução no trimestre:

Principais contas 1T08 2T08 Variação


Resultado Líquido 25.141 (273.635) (298.776)
Despesas Gerais e Administrativas (5.433) (305.571) (300.138)
Resultado Financeiro 42.931 19.579 (23.352)
Diferido 20.964 43.583 22.619
Imobilizado 8.141 10.129 1.988
Disponibilidades 828.545 7.256.886 6.428.341
Resultado Líquido (Pro-forma)* 25.141 35.908 10.767

*Pro-forma: não considera gastos referentes ao IPO, como comissão dos bancos e advogados

Resultado Líquido

O resultado líquido da Companhia foi negativo em R$ 273,6 milhões. Excluindo-se o efeito dos
gastos não recorrentes referentes à oferta pública inicial primária de ações, a Companhia apresentou
um Resultado Líquido Pro-forma positivo de R$ 35,9 milhões. A variação do Resultado Líquido do
período foi impactada, basicamente, pelos gastos mencionados no item seguinte incorridos neste
trimestre.

Despesas Gerais e Administrativas

O aumento significativo no período deve-se aos custos relacionados com a oferta pública primária de
ações, ocorrida em junho de 2008. Os principais gastos incorridos compreendem: comissões aos
bancos no montante de R$ 283,7 milhões, às corretoras de R$ 10,9 milhões, serviços de liquidação e
custódia de R$ 2,3 milhões, serviços de advogados e auditores de R$ 6,7 milhões e publicações no
valor de R$ 495 mil.

Resultado Financeiro

Variação resultante dos ajustes negativos na posição do hedge de compromissos futuros em moeda
estrangeira (dólar americano), ocorridos no período, assim como de receita de aplicação financeira.

Diferido/Imobilizado

O aumento deve-se aos gastos da controlada OGX Ltda., durante o trimestre, que se encontra em
estágio pré-operacional, bem como da adição líquida no ativo imobilizado. Os mais significativos
referem-se à aquisição de dados sísmicos no valor de R$ 9,8 milhões; contratação de pessoal
técnico (engenharia, G&G, entre outros), nos níveis de gestão e estratégia; taxa de retenção
referente aos blocos exploratórios paga à ANP e comissão de fiança do PEM. Além destes, ainda
houve um aumento nos gastos com consultoria (técnico, meio-ambiente, tecnologia da informação) e
auditoria.

Disponibilidades

A variação extremamente positiva decorre da entrada de recursos líquidos, oriundos oferta pública
primária de ações da Companhia. Tais recursos são administrados pela Companhia, por meio de um
fundo exclusivo Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento Multimercado Crédito
Privado OGX63. Em 30 de junho de 2008, a taxa média líquida que remunerava os fundos de
investimento era equivalente a 103,5% do CDI.
Balanço Patrimonial Consolidado (em milhares de Reais)

Descrição 30/6/2008 31/03/2008

Ativo Total 9.344.765 2.887.213


Ativo Circulante 7.275.488 842.543
Disponibilidades 7.256.886 828.545
Créditos 18.428 11.085
Outros 174 2.913
Ativo Não Circulante 2.069.277 2.044.670
Imobilizado 10.129 8.141
Intangível 2.015.565 2.015.565
Diferido 43.583 20.964

Descrição 30/6/2008 31/03/2008


Passivo Total 9.344.765 2.887.213
Passivo Circulante 568.987 549.578
Fornecedores 6.670 697
Impostos, Taxas e Contribuições 8.726 12.638
Provisões 14.669 -
Contas a pagar por aquisição dos blocos exploratórios 535.842 535.842
Outros 3.080 401
Passivo Não Circulante 279 176
Dívidas com partes relacionadas 279 176
Patrimônio Líquido 8.775.499 2.337.459
Capital Social Realizado 9.035.853 2.324.177
Lucros/(Prejuízos) Acumulados (260.354) 13.282
Demonstração do Exercício Consolidado (em milhares de Reais)

Pro-Forma*
2T08 1S08
Descrição 1S08
Receitas/(Despesas) Operacionais
Gerais e Administrativas (8.228) (305.571) (311.004))
Receitas Financeiras 71.707 20.259 71.707
Despesas Financeiras (9.197) (680) (9.197)
Lucro/(Prejuízo) do Período antes dos impostos 54.282 (285.992) (248.494)
Imposto de renda e contribuições sociais (18.374) 12.357
Lucro/(Prejuízo) Líquido do Período 35.908 (273.635) (248.494)
NÚMERO AÇÕES, EX-TESOURARIA (Unidades) 32.319.606 32.319.606 32.319.606
LUCRO/(PREJUÍZO) POR LOTE DE MIL AÇÕES (Reais) 1.111,03 (846.653) (768.865)

*Pro-forma: não considera gastos referente ao IPO, como comissão dos bancos e advogados
Aviso Legal
Visão de Mercado
Este documento contém algumas afirmações e informações relacionadas à Companhia que refletem a atual
visão e/ou expectativa da Companhia e de sua administração a respeito do seu plano de negócios. Estas
afirmações incluem, entre outras, todas as afirmações que denotam previsão, projeção, indicam ou implicam
resultados, performance ou realizações futuras, podendo conter palavras como “acreditar”, “prever”, “esperar”,
“contemplar”, “provavelmente resultará” ou outras palavras ou expressões de acepção semelhante. Tais
afirmações estão sujeitas a uma série de expressivos riscos, incertezas e premissas. Advertimos que diversos
fatores importantes podem fazer com que os resultados reais divirjam de maneira relevante dos planos,
objetivos, expectativas, estimativas e intenções expressos neste documento. Em nenhuma hipótese a
Companhia ou seus conselheiros, diretores, representantes ou empregados serão responsáveis perante
quaisquer terceiros (inclusive investidores) por decisões ou atos de investimento ou negócios tomados com
base nas informações e afirmações constantes desta apresentação, e tampouco por danos indiretos, lucros
cessantes ou afins. A Companhia não tem intenção de fornecer aos eventuais detentores de ações uma
revisão das afirmações ou análise das diferenças entre as afirmações e os resultados reais.

Sobre a OGX

Focada na exploração e produção de óleo e gás natural nas bacias sedimentares marítimas brasileiras, a
OGX Petróleo e Gás SA apresenta-se como a maior companhia privada brasileira no setor de óleo e gás em
termos de área marítima de exploração. Nosso portfólio é composto por 21 blocos exploratórios nas Bacias
de Campos, Santos, Espírito Santo e Pará-Maranhão - adquiridos na Nona Rodada de licitação da ANP e
um contrato de farm-in, em processo de aprovação na ANP, somando uma área total de 6.800 km². Em junho
de 2008, a empresa captou recursos na ordem de R$ 6,7 bilhões em sua oferta pública de ações, tornando-
se a maior oferta já realizada no Brasil. Para maiores informações visite o site: www.ogx.com.br