You are on page 1of 12

DIOGRANDE

Digitally signed by RODOLFO LARA DE
SOUZA:01721863150
DN: c=BR, o=ICP-Brasil, ou=Secretaria da
Receita Federal do Brasil - RFB, ou=RFB e-CPF
A3, ou=VALID, ou=AR CERTCOM,
cn=RODOLFO LARA DE SOUZA:01721863150

DIÁRIO OFICIAL DE CAMPO GRANDE-MS
Registro n. 26.965, Livro A-48, Protocolo n. 244.286, Livro A-10
4 º Registro Notarial e Registral de Títulos e Documentos da Comarca de Campo Grande - Estado de Mato Grosso do Sul

ANO XX n. 4.932 - quinta-feira, 6 de julho de 2017 12 páginas

PARTE I P O D E R E X E C U T I V O
I - informação: dados, processados ou não, que podem ser utilizados para
DECRETOS produção e transmissão de conhecimento, contidos em qualquer meio, suporte ou
formato;

DECRETO n. 13.204, DE 5 DE JULHO DE 2017. II - dados processados: aqueles submetidos a qualquer operação ou tratamento
por meio de processamento eletrônico ou por meio automatizado com o emprego de
REGULAMENTA A LEI FEDERAL n. 12.527, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2011,
tecnologia da informação;
NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO, ESTABELECENDO PROCEDIMENTOS
E OUTRAS PROVIDÊNCIAS CORRELATAS PARA GARANTIR O DIREITO DE
III - documento: unidade de registro de informações, qualquer que seja o
ACESSO À INFORMAÇÃO, CONFORME ESPECIFICADA.
suporte ou formato;
MARCOS MARCELLO TRAD, Prefeito do Município de Campo Grande, no uso das
atribuições que lhe conferem os incisos VI e VIII, alínea “a” do artigo 67 da Lei Orgânica IV - informação sigilosa: aquela submetida temporariamente à restrição de
do Município e tendo em vista o disposto no artigo 45, da Lei Federal n. 12.527, de 18 acesso público em razão de sua imprescindibilidade para a segurança da sociedade e do
de novembro de 2011, Estado, bem como aquelas abrangidas pelas demais hipóteses legais de sigilo;

DECRETA: V - informação pessoal: aquela relacionada à pessoa natural identificada ou
identificável;
CAPÍTULO I
DISPOSIÇÕES GERAIS VI - tratamento da informação: conjunto de ações referentes à produção,
recepção, classificação, utilização, acesso, reprodução, transporte, transmissão,
Art. 1º Ficam estabelecidos e regulamentados no âmbito da Administração distribuição, arquivamento, armazenamento, eliminação, avaliação, destinação ou
Pública Municipal as normas e procedimentos a serem adotados para garantir o acesso controle da informação;
à informação como previsto no inciso XXXIII, do art. 5º, no inciso II do § 2º do art. 216
da Constituição Federal, em conformidade com as disposições da Lei Federal n. 12.527, VII - disponibilidade: qualidade da informação que pode ser conhecida e utilizada
de 18 de novembro de 2011. por indivíduos, equipamentos ou sistemas autorizados;

Parágrafo único. Subordinam-se ao disposto neste Decreto os entes e órgãos VIII - autenticidade: qualidade da informação que tenha sido produzida,
da Administração Pública Municipal Direta e Indireta. expedida, recebida ou modificada por determinado indivíduo, equipamento ou sistema;

Art. 2º Aplicam-se as disposições deste Decreto, no que couber, às entidades IX - integridade: qualidade da informação não modificada, inclusive quanto à
privadas sem fins lucrativos que recebam, para realização de ações de interesse
origem, trânsito e destino;
público, recursos públicos diretamente do orçamento ou mediante auxílios, subvenções
sociais, contratos de gestão, termos de parceria, convênios, acordos, ajustes ou outros
X - primariedade: qualidade da informação coletada na fonte, com o máximo de
instrumentos congêneres.
detalhamento possível, sem modificações;
Parágrafo único. A publicidade a que estão submetidas às entidades citadas
no caput refere-se à parcela dos recursos públicos recebidos e à sua destinação, sem XI - Gestor Local do Serviço de Informação ao Cidadão - SIC e da Transparência
prejuízo das prestações de contas a que estejam legalmente obrigadas. Ativa: um servidor indicado pela autoridade máxima de cada órgão ou entidade do Poder
Executivo para operacionalizar o procedimento do Serviço de Informação ao Cidadão -
Art. 3º Os procedimentos previstos neste Decreto destinam-se a assegurar o SIC, quanto a transparência passiva e ativa no âmbito de sua competência, conforme
direito fundamental de acesso à informação e devem ser executados em conformidade este Decreto; e
com os princípios básicos da administração pública e com as seguintes diretrizes:
XII - Gestor Central: servidor, vinculado à Controladoria-Geral de Fiscalização
I - observância da publicidade como preceito geral e do sigilo como exceção; e Transparência e designado para operar o Serviço de Informação ao Cidadão - SIC,
supervisionando todos os procedimentos de informação, relativas à transparência
II - divulgação de informações de interesse público, independentemente de passiva, no âmbito do município de Campo Grande;
solicitações;
Art. 5º Compete aos órgãos da Administração Pública Municipal Direta e Indireta,
III - utilização de meios de comunicação viabilizados pela tecnologia da observadas as normas e procedimentos específicos aplicáveis, assegurar a:
informação;
I - gestão transparente da informação, propiciando amplo acesso a ela e a sua
IV - fomento ao desenvolvimento da cultura de transparência na administração divulgação;
pública; e
II - proteção da informação, garantindo-se sua disponibilidade, autenticidade e
V - desenvolvimento do controle social da administração pública. integridade; e
Art. 4º Para os efeitos deste Decreto considera-se:
III - proteção da informação sigilosa e da informação pessoal, observada a sua
disponibilidade, autenticidade, integridade e eventual restrição de acesso.

PREFEITO...........................................................................................Marcos Marcello Trad Secretária Munic.de Cultura e Turismo ....................Nilde Clara de Souza Benites Brun
Vice-Prefeita....................................................................Adriane Barbosa Nogueira Lopes Subsecretário de Defesa dos Direitos Humanos ............................Ademar Vieira Junior
Procurador-Geral do Município.................................................Alexandre Ávalo Santana Subprefeito da Subprefeitura de Anhanduí.........................Ernesto Francisco dos Santos
Chefe de Gabinete do Prefeito ...............................................Alex de Oliveira Gonçalves Subprefeito da Subprefeitura de Rochedinho...........................Silvio Alexandre Ferreira
Secretário Munic. de Governo e Relações Institucionais ................................................... Subsecretária de Políticas para a Mulher ..................................Carla Charbel Stephanini
.................................................................................................Antônio Cézar Lacerda Alves Subsecretário de Políticas para a Juventude ........Maicon Cleython Rodrigues Nogueira
Subsecretário de Proteção e Defesa do Consumidor ..................Valdir Custodio da Silva
Secretário Munic. da Controladoria-Geral de Fiscalização e Transparência...................
Diretor-Presidente do Instituto Munic. de Previdência de Campo Grande....................
.....................................................................................Evandro Ferreira de Viana Bandeira ................................................................................................................ Lauro Sérgio Davi
Secretário Especial de Segurança e Defesa Social...............................Valério Azambuja Diretor-Presidente da Agência Munic. de Habitação........Eneas José de Carvalho Netto
Secretário Munic. de Finanças e Planejamento............................Pedro Pedrossian Neto Diretora-Presidente da Agênci a Munic. de Meio Ambiente e Planejamento Urbano ..
Secretária Munic. de Gestão.......................................................Maria das Graças Macedo .........................................................................................Berenice Maria Jacob Domingues
Secretário Munic. de Infraestrutura e Serviços Públicos............................. Rudi Fiorese Diretor-Presidente da Agência Munic. de Regulação de Serviços Públicos...................
Secretário Munic. de Meio Ambiente e Gestão Urbana..............José Marcos da Fonseca ............................................................................................................ Vinícius Leite Campos
Secretário Munic. de Desenvolvimento Econômico e de Ciência e Tecnologia................. Diretor-Presidente da Agência Munic. de Transporte e Trânsito ......................................
..........................................................................................................Luiz Fernando Buainain ..............................................................................................................Janine de Lima Bruno
Diretor-Presidente da Agência Munic. de Tecnologia da Informação e Inovação.........
Secretária Munic. de Educação..........................................................Ilza Mateus de Souza
.............................................................................................Paulo Fernando Garcia Cardoso
Secretário Munic. de Saúde..................................................Marcelo Luiz Brandão Vilela Diretor-Presidente da Fundação Munic de Esportes .................Rodrigo Barbosa Terra
Secretária Munic. de Assistência Social................................................................................. Diretor-Presidente da Fundação Social do Trabalho de Campo Grande ........................
......................................................................Maria Angélica Fontanari de Carvalho e Silva ..............................................................................................................Cleiton Freitas Franco

registro das competências e estrutura organizacional........diogrande.. da qual será cientificado o requerente...527).....informações concernentes a procedimentos licitatórios..... secreta ou reservada.. 01 § 1º A proposta de negativa de acesso à informação deverá ser encaminhada pelo setor responsável pela informação com a fundamentação pertinente para a DESPACHOS .... objeto da informação solicitada não for de atribuição municipal.... e encaminhará a demanda via sistema IV . III - endereço físico ou eletrônico do requerente... na forma disposta no caput deste artigo.....quinta-feira.. VI . 06 deliberação da autoridade máxima do órgão ou entidade. 07 negativa de pedido idêntico a outro anteriormente encaminhado.. declarado nos termos da Lei Federal n............ ou manipulação possa prejudicar sua integridade deverá ser oferecido à consulta de cópia........... Av..... mediante preenchimento de formulário próprio disponibilizado no site www. ações.....PÁGINA 2 .. exceto quando o requerente solicitar expressamente o fornecimento de maneira Art. § 9º Quando se tratar de acesso à informação contida em documento cuja II - desproporcionais ou desarrazoados....serviços e informações públicas.. será III ..... CAPÍTULO III § 4º Sem prejuízo da segurança e da proteção das informações e do DA TRANSPARÊNCIA PASSIVA cumprimento da legislação aplicável. 8º O pedido de informação de que trata o artigo anterior... II - indicar as razões de fato ou de direito da recusa. § 2º Os Secretários Municipais e dirigentes das entidades respondem pelo teor.... 10 § 3º É dever da Administração Pública Municipal controlar o acesso e a ÓRGÃOS COLEGIADOS ......capital. o interessado poderá que não seja de competência do órgão ou entidade... por escrito.. salvo se o requerente declarar não do requerente e a especificação da informação requerida. justificativa expressa.......... no § 5º São vedadas exigências ao interessado relativas aos motivos do pedido mínimo: de acesso à informação................... endereços e telefones SEÇÃO II das respectivas unidades e horários de atendimento ao público..... § 5º O disposto no caput deste artigo deve realizar-se sem prejuízo das § 3º O prazo legal poderá ser prorrogado por mais dez dias... Afonso Pena....... § 8º Estará isento de ressarcir os custos previstos no § 7º deste artigo todo aquele cuja situação econômica não lhe permita fazê-lo sem prejuízo do sustento próprio § 2º Não serão atendidos pedidos de acesso à informação: ou de sua família... a reprodução seja feita por outro meio que não ponha em risco a conservação do documento original....... projetos e entidade responsável pela informação deverá autorizar ou conceder o acesso imediato à obras de órgãos e entidades. 4.respostas a perguntas mais frequentes da sociedade.. § 1º Não sendo possível conceder o acesso imediato. bem como no que se refere à ATOS DE PESSOAL .. III - que exijam trabalhos adicionais de análise..ms. reprodução ou obter a certidão...115. ainda.... 10 divulgação de informações sigilosas produzidas por seus órgãos e entidades. 7..... informação..... Art.gov........... assegurando a sua proteção.. com certificação de que esta confere com o original. I - genéricos...... do integralidade e autenticidade das informações disponibilizadas no portal da transparência...... 6º É dever dos órgãos e entidades da Administração Pública Municipal direta e indireta divulgar as informações de interesse coletivo ou geral por eles produzidas ou § 4º Observar-se-á para os fins de atendimento ao pedido de informação custodiadas em seus próprios sítios na internet e disponibilizá-las no sitio www.....Centro.. disponibilizado conforme Anexo II..... 06 § 2º A autoridade de que trata o caput deste artigo poderá delegar competência para as situações previstas nos incisos I a IV...... ou na prefeitura municipal de Campo Grande. I - comunicar a data..... de competência exclusiva da autoridade máxima do órgão ou entidade da Administração Pública Municipal... após a confirmação da solicitação pelo requisitante e fornecimento de número de protocolo.. bem como a todos os contratos celebrados........ indicar.. da informação requerida.registros de quaisquer repasses ou transferências de recursos financeiros..pmcg@gmail................... ou § 3º Os Secretários Municipais e equivalentes............ I - nome do requerente... e consultada.... a divulgação e o tratamento de informação classificada como . o órgão ou entidade que receber o pedido deverá: VII ...ms..... Campo Grande/MS.br/transparencia... 1º e 2º deste Decreto..... interpretação ou consolidação de dados e informações.. Art. ou..... situação em que será cobrado o valor necessário ao ressarcimento do custo dos serviços e dos materiais utilizados.... efetuar a VIII .. (Lei n.... o lugar e a forma pela qual se poderá consultar......br/ § 6º Caso a informação solicitada esteja disponível ao público em formato transparencia... Publicação de Matéria por centímetro linear de coluna R$ 4......297 ... fixando prazo para o atendimento da demanda....... I ....... eletrônico ou em qualquer outro meio de acesso universal.. efetuado via SIC os termos e prazos do art... total ou parcial..... a suas expensas e sob supervisão de servidor público........ SEÇÃO I DO SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO (SIC) § 5º A informação armazenada em formato digital será fornecida nesse formato.................. pela informação... que seja o responsável governamentais..... conhecimento.....br/DIOGRANDE ....com III - se tratar das demais hipóteses legais de sigilo. presentes todos os requisitos constantes no § 1º deste artigo.... vida privada. ou até o primeiro dia útil subsequente. solicitar que. 11 § 4º O acesso.. ATOS DE LICITAÇÃO .......... se for do seu entidades. bem como aquelas que puserem em risco as liberdades e garantias individuais... deverão constar...... remeter o requerimento até o dia 20 (vinte) de cada mês. o órgão ou entidade deverá. informações aos órgãos e entidades referidos nos arts....... honra e imagem..............97 segredo industrial decorrentes da exploração direta de atividade econômica pelo Município ou por pessoa física ou entidade privada que tenha qualquer vínculo com o Poder Público Municipal. PUBLICAÇÕES A PEDIDO .... § 1º Na divulgação das informações a que se refere o caput.... serão informados Afonso Pena. o órgão ou a entidade que a detém. local e modo para se realizar a consulta........ mediante iniciativas próprias de divulgação por parte dos órgãos e entidades...Campo Grande-MS II - se tratar de solicitação referente a informações pessoais relativas à intimidade.....932 CAPÍTULO II § 3º Na hipótese do inciso III do § 2º.. 9º deste Diário Oficial de Campo Grande ..capital. bem como os dirigentes das III - comunicar que não possui a informação.......... conforme disposto no inciso IV do art..... poderá se dar quando: Estado de Mato Grosso do Sul I - a informação oriunda dos órgãos e entidades da Administração Pública Prefeitura Municipal de Campo Grande .. consolidação ou tratamento de dados....... que avaliará a solicitação no tocante à matéria... informação disponível.... localizada na Avenida impresso.... DO PEDIDO E DO PROCEDIMENTO DE ACESSO À INFORMAÇÃO II .. 9º Ao receber a demanda encaminhada pelo Gestor Central o órgão ou V ......... caso DA TRANSPARÊNCIA ATIVA tenha conhecimento.....gov..... obrigatoriamente... segredo de justiça.gov...Centro Fone/Fax (067) 3314-9869 CEP 79002-942. obter ou reproduzir a referida informação.... dispor de meios para realizar por si mesmo tais procedimentos.....Secretaria Municipal de Gestão Municipal foi classificada como ultrassecreta...... 10 deste Decreto.. 6 de julho de 2017 DIOGRANDE n. de forma clara e precisa...... de 29 de agosto de 1983......... indicar o local onde se encontram as informações a partir das quais o requerente poderá realizar a interpretação..... procedimento esse que desonerará o órgão ou entidade § 1º O pedido de informação deverá conter.. 7º Qualquer interessado poderá apresentar pedido de acesso a diversa. Na impossibilidade de obtenção de cópias. A recusa de acesso de que trata o inciso II do § 1º do art.DIOGRANDE Decreto.registros das despesas. § 7º O serviço de busca e fornecimento da informação é gratuito.......... Art.. o redirecionamento de página na internet.........12. salvo nas hipóteses de reprodução ou impressão de documentos pelo órgão ou entidade pública II - especificação.. para recebimento de comunicações ou da informação requerida........ ou serviço de produção ou tratamento de dados § 10. inclusive os eletrônico ao órgão ou entidade responsável pela informação. a a esse órgão ou entidade....outros documentos......... respectivos editais e resultados....dados contábeis para o acompanhamento de programas... deverão comprovar à Controladoria-Geral de Fiscalização e Transparência.. o órgão ou entidade poderá oferecer meios para que o próprio requerente possa pesquisar a informação de que necessitar.. 10... ao requerente........ § 4º As informações poderão ser disponibilizadas por meio de ferramenta de § 2º Quando o pedido de informação não puder ser atendido diretamente.... ADMINISTRAÇÃO INDIRETA .. e SUMÁRIO IV - a matéria.... DECRETOS. começando a fluir se ms.. www.. a identificação pública da obrigação de seu fornecimento direto.capital... quando estiverem disponíveis em outros sítios Gestor Local do SIC encaminhará o pedido ao setor competente. acesso pretendido.. 3.. Art....... cientificando o interessado da remessa de seu pedido de atualização das informações mencionadas nos incisos do caput deste artigo............ 3... recebido pelo Gestor Central.. se dia útil..........297 ....

relativa à intimidade. previamente protocolados no Serviço de Informação ao Cidadão . onde também deverá ser II - Pessoais: aqueles submetidos temporariamente à restrição de acesso publicado relatório estatístico contendo a quantidade de pedidos de informação recebidos. I - rol das informações que tenham sido desclassificadas nos últimos doze meses. deste Decreto. I - assunto sobre o qual versa a informação. conforme IX - elaborar relatórios gerais e específicos no âmbito municipal. deverá manter respectivos prazos máximos de restrição de acesso são aqueles previstos nos arts. 13. no prazo de trinta dias. assegurado o respectivo direito termo final. titulares de SIC: autarquias. Os órgãos e entidades da Administração Pública Municipal respondem governo. no mínimo. inclusive em missão no exterior. mediante homologação da autoridade máxima do órgão competente. tenha acesso à informação sigilosa ou pessoal e a submeta a tratamento indevido. anualmente.527. Compete ao Gestor Central do Serviço de Informação ao Cidadão . honra e atendidos e indeferidos no mesmo período de doze meses.PÁGINA 3 . de 18 de novembro de 2011. do caput deste artigo. atendidos e indeferidos no mesmo período de doze meses. contado em anos. CAPÍTULO VI § 1º O prazo de sigilo começa a contar da data da produção da informação. em caso pessoa a que elas se referirem. VI - monitorar o cumprimento dos prazos deste Decreto e responder por eventuais atrasos no envio de resposta e disponibilização de informação no âmbito do II - rol de documentos classificados em cada grau de sigilo. novembro de 2011. bem como informações imagem das pessoas. . quanto ao cumprimento dos classificação a autoridade delegante. Administração Pública Municipal. do inciso IV. no âmbito da § 1º Os órgãos e entidades manterão extrato com a lista de informações Administração Pública Municipal. Art. Art. III - tipo de documento. protocolados no Serviço de Informação ao Cidadão . fundações. os seguintes dados V - manter atualizado o conteúdo de informações quanto à transparência e informações administrativas: ativa. I - receber e registrar via sistema os pedidos de acesso à informação. identificação para referência futura. quanto à Lei Federal n. conforme limites previstos no art. do parágrafo 1º. desde que menor.em virtude de vínculo de qualquer natureza com órgãos ou entidades da acesso público. os seguintes elementos: VI - encaminhar a resposta final ao cidadão via sistema. IV - encaminhar a resposta ao Gestor Central do Serviço de Informação ao Cidadão. informação. 19. 6º deste Decreto. pelo prazo máximo de 100 (cem) anos a contar da sua data de produção. 17. 17 deste Decreto. de imediato. 12. 12. As hipóteses e os graus de classificação de informações sigilosas e os § 3º A Controladoria-Geral de Fiscalização e Transparência. nos termos do art. do art. empresas públicas e sociedades de economia mista. é vedada a divulgação das seguintes informações de caráter pessoal: I - no grau de ultrassecreto. quando solicitado pelo CMRI. à Controladoria-Geral de Fiscalização e Transparência. V - indicação do dispositivo legal que fundamenta a classificação. 4.SIC. 31 da Lei Federal n. II - grau de sigilo. § 1º A competência de classificação do sigilo de informações como ultrassecreta e secreta poderá ser delegada pela autoridade responsável a agente II - avaliar se os pedidos de acesso à informação atendem aos requisitos público. ficando autorizada a vinculação de seu termo à ocorrência de § 1º As informações de que trata o caput deste artigo poderão ser divulgadas determinado evento. § 3º Poderá ser estabelecido prazo diferente daqueles do caput deste artigo. DAS INFORMAÇÕES PESSOAIS § 2º As informações que puderem colocar em risco a segurança do Prefeito Art. em decisão que conterá. § 2º A autoridade ou outro agente público que classificar a informação em III - encaminhar o pedido via sistema ao Gestor Local do órgão ou entidade qualquer grau de sigilo deverá encaminhar a decisão. V - analisar e avaliar se o teor final da resposta encaminhada via sistema Art. no respectivo sítio eletrônico do órgão ou entidade.SIC. A autoridade máxima de cada órgão ou entidade fará publicar. A classificação de informação em qualquer grau de sigilo deverá pelo gestor local do órgão ou entidade competente.ms. das atribuições dos agentes públicos autorizados. b) Vice-Prefeito Municipal. Transcorrido o prazo de sigilo estipulado para uma determinada § 1º O disposto neste artigo aplica-se à pessoa física ou entidade informação. transparência ativa e passiva. observados os critérios estabelecidos no art. no seu portal eletrônico. Art.527. vida privada. deverá ser observado o interesse público da informação e utilizado o critério menos § 2º Aquele que obtiver acesso às informações de que trata este artigo será restritivo possível. e II - encaminhar o pedido via sistema ao setor competente e responsável pela disponibilização da informação. para finalização do procedimento. 14. § 2º A decisão referida no caput deste artigo será mantida no mesmo grau de sigilo da informação classificada. competente e responsável pela disponibilização da informação. 10. 11. encaminhados aos gestores locais. nos sítios eletrônicos dos órgãos ou entidades. 24. até o primeiro semestre. São consideradas passíveis de restrição de acesso. 6º deste Decreto. os pedidos de acesso à evento que defina o seu termo final. duas categorias de documentos. e CAPÍTULO IV DA GESTÃO LOCAL E CENTRAL DO SERVIÇO c) Secretários Municipais ou equivalentes. do art. I. VIII - monitorar o cumprimento dos prazos deste Decreto e responder por eventuais atrasos no envio de resposta e disponibilização de informação no âmbito de IV - data da produção do documento. ou implementado o evento que lhe põe termo. nos termos do art. vedada a subdelegação. 12. As informações pessoais a que se refere o inciso II do art.br/transparencia. 6 de julho de 2017 DIOGRANDE n. DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO II - no grau de secreto e reservado: das autoridades referidas no inciso Art. com respectivo órgão ou entidade. VI - fundamento da classificação. 18. das seguintes autoridades: I - número de documentos privados de identificação. 14 deste Decreto. 15.quinta-feira. 14. de privada que. na forma ordinária deste Decreto e extraordinariamente. no prazo de dez dias. e diretamente pelos danos causados em decorrência da divulgação não autorizada ou utilização indevida de informações sigilosas ou informações pessoais. atende aos requisitos deste Decreto. sem prejuízo a) Prefeito Municipal. Art. torna-se.932 sigilosa ficarão restritos a pessoas que tenham necessidade de conhecê-la. até o fim do primeiro semestre. deste Decreto. como por exemplo. acompanhadas da data.gov. integrantes da Administração Indireta do Poder Executivo Municipal. bem como às liberdades e garantias individuais. do grau de sigilo e dos fundamentos da classificação. meses ou dias. nos termos do art. Art. à CMRI. público em razão de sua natureza pessoal. Art. ser formalizada conforme modelo previsto no Anexo I deste Decreto. bem como dos Secretários Municipais Adjuntos. § 4º Para a classificação da informação em determinado grau de sigilo. I - a gravidade do risco ou dano à segurança da sociedade. cabendo à apuração II - o prazo máximo de restrição de acesso ou o evento que defina seu de responsabilidade funcional nos casos de dolo ou culpa. 16. 13 terão seu acesso restrito à agentes públicos legalmente autorizados e à ficarão sob sigilo até o término do mandato em exercício ou do último mandato. III - analisar o pedido quanto ao nível de sigilo a partir do rol de documentos § 1º A classificação seguirá anexa à informação. § 2º deste artigo. ou acessadas por terceiros diante de previsão legal ou consentimento expresso da pessoa a que elas se referirem. na forma do art. independentemente de classificação de sigilo. de regresso. de 18 de de reeleição.capital. Compete ao Gestor Local do Serviço de Informação ao Cidadão . classificados nos termos do Anexo I e consoante incisos I a III. via sistema. I - Sigilosos: aqueles submetidos temporariamente à restrição de acesso § 2º O disposto no caput ocorrerá sem prejuízo do envio de tais dados público em razão de sua imprescindibilidade para a segurança da sociedade e do estado.10 e inciso e Vice Prefeito e respectivos cônjuges e filhos serão classificadas como reservadas e II do art. VII - monitorar o conteúdo e a atualização de informações quanto à transparência ativa. A classificação do sigilo de informações no âmbito da Administração Pública Municipal é de competência: § 2º Sem prejuízo do disposto nos demais artigos deste capítulo. da Lei Federal n. 9º. dados e informações: classificadas. 20. suas funções.527. e CAPÍTULO V III - relatório estatístico contendo a quantidade de pedidos de informação DA CLASSIFICAÇÃO DAS INFORMAÇÕES EM GRAU DE SIGILO recebidos. 12. IV - supervisionar o trâmite de atendimento e resposta aos pedidos de § 3º O agente público referido no § 1º deverá dar ciência do ato de acesso à informação. considerados: responsabilizado por seu uso indevido. sem prejuízo do disposto no prazos e atendimento às demais determinações deste Decreto. IX - data da classificação. VIII - identificação da autoridade que a classificou. para divulgação no site www. de 18 de novembro de 2011.SIC: VII - indicação do prazo de sigilo. genéricas sobre os solicitantes. ou do I - receber do Gestor Central. do estado e do Art. 23 e exemplar da publicação prevista no caput deste artigo para consulta pública.

de 12 de novembro de 1997. 24. negativa do acesso. Verificada a procedência das razões do reexame. salvo mediante prévia e expressa autorização dos pais ou responsáveis legais. para deliberação. 12. e VIII - orientar. por qualquer meio. no prazo de 10(dez) dias a contar de sua ciência. de 18 de novembro de 2011. V - manifestar-se sobre reclamação recursal apresentada contra omissão ou recusa de autoridade municipal. a competência para o reexame passa internet da entidade privada e disponibilizadas. § 1º A Coordenação da CMRI competirá à Controladoria-Geral de Fiscalização CAPÍTULO VII e Transparência. 25. Art. 12. que deverá ser submetido à aprovação da Comissão Mista de Reavaliação de IV- 01(um) da Secretaria Municipal de Gestão. 12. não tiverem sido observados. deste Decreto.4. A organização e o funcionamento da CMRI serão regulados por Regimento Interno proposto por seus membros e aprovado por Resolução da I - o acesso ao documento. 6 de julho de 2017 DIOGRANDE n. § 1º O recurso de que trata o caput deste artigo deverá ser apreciado pela CMRI nos termos de seu Regimento Interno. emprego ou função pública. permitida a recondução. Art. inclusive estabelecendo orientações § 1º Atendido o princípio do contraditório. Após o reexame. de contratos. IV - recomendar medidas para aperfeiçoar as normas e procedimentos necessários à implementação desta norma. cumprimento ao disposto neste Decreto. termos de parcerias. à informação sigilosa ou informação pessoal.PÁGINA 4 . mediante solicitação. as condutas descritas no caput deste artigo serão consideradas: e da Lei Federal n. e previstos na Lei Federal n. a fim de suprir eventuais lacunas na aplicação deste Decreto processo legal. I - recusar-se a fornecer informação requerida nos termos deste Decreto.520. sobre o tratamento e CAPÍTULO X a classificação de informações sigilosas e terá competência para: DAS RESPONSABILIDADES I - exigir dos titulares de cada órgão e entidade do Poder Executivo Art. 29 deverão § 2º Verificada a procedência das razões do recurso. por decisão do órgão ou entidade pública. da ampla defesa e do devido normativas de caráter geral. na forma prazo de 10 (dez) dias. dentre outros. de 18 de novembro de 2011. máxima do órgão ou entidade que exarou a decisão impugnada. acordos. em forma impressa. no âmbito da Administração Pública Municipal. IV - divulgar ou permitir a divulgação ou acessar ou permitir acesso indevido. informação que se encontre sob sua sobre essa classificação. de 18 de novembro de 2011. O reexame de que trata o artigo anterior será dirigido à autoridade acordos. para consulta a ser do Secretário Municipal da Controladoria-Geral de Fiscalização e Transparência ou pública. termos de parcerias. constante de registro ou VI- 01(um) da Procuradoria-Geral do Município. 32. Parágrafo único. pagamento de pensão alimentícia e empréstimo consignado. congênere. II- 01 (um) da Secretaria Municipal de Governo e Relações Institucionais. serão atualizadas periodicamente e ficarão disponíveis até 180 (cento e oitenta) dias após a entrega da prestação de contas final. ajustes ou instrumentos congêneres sob sua responsabilidade às normas previstas neste Decreto. § 2º A divulgação em sítio na internet referida no § 1º poderá ser Art. termo de parceria. 9. prazos e condições para sua interposição e. e neste decreto. seu substituto legal. Carteira Nacional de no prazo máximo de 2 (dois) anos. parcial ou integral da informação. poderá o interessado pedir reexame da decisão no prazo de 10(dez) dias a contar da ciência da decisão. É direito do requerente obter. VI - ocultar da revisão de autoridade superior competente informação uma única vez e desde que comprovada à necessidade de permanência do sigilo. DO REEXAME E DO RECURSO § 2º Os integrantes da CMRI serão indicados pelos titulares dos respectivos Art. observado o mandato de 2(dois) anos. Carteira de Trabalho e Previdência Social. § 3º Para efeito de integração à estrutura organizacional básica da Administração Pública Municipal. 26. V - impor sigilo à informação para obter proveito pessoal ou de terceiro. Habilitação. destruir. I - cópia do estatuto social atualizado da entidade. III - cópia de extratos dos convênios. inutilizar. 31. ajuste ou instrumento conforme Anexo III. III - rever a classificação de informações sigilosas. 4. 21. 28. 12. por certidão ou do Prefeito Municipal. Informações. se: Art. II - requisitar da autoridade que classificar informação como sigilosa retardar deliberadamente o seu fornecimento ou fornecê-la intencionalmente de forma esclarecimento ou conteúdo. IX - deliberar acerca de casos omissos. 29. I - para fins do disposto na Lei n. VII - prorrogar o prazo de sigilo de informação classificada como secreta. respeitadas. contratos. públicos para realização de ações de interesse público municipal deverão dar publicidade às seguintes informações: III - os procedimentos de classificação de sigilo estabelecidos na Lei Federal n. § 3º Aplica-se no que couber a Lei Federal n. IV - estiverem sendo descumpridos prazos ou outros procedimentos II - relação nominal atualizada dos dirigentes da entidade. acordos. ajustes ou instrumentos congêneres previstos no art. incompleta ou imprecisa. cópia. e mediante expressa justificação do órgão ou entidade determinará as providências necessárias para dar cumprimento ao da entidade. sigilosa for negado. incorreta. ainda. CAPITULO IX II - a decisão de negativa de acesso ao documento. 25. V - 01 (um) da Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação. nos casos de entidades privadas sem fins lucrativos que não disponham de disposto na Lei Federal n. deverá ocorrer Jurídica. Fica instituída a Comissão Mista de Reavaliação de Informações - CMRI. poderá o interessado § 3º As informações de que trata o caput deverão ser publicadas a partir interpor. termos de DA COMISSÃO MISTA DE REAVALIAÇÃO DE INFORMAÇÕES parcerias. Cadastro Nacional de Pessoa § 1º A revisão de ofício.932 Registro Geral de Identificação. quando solicitado. 27. recurso à CMRI. a CMRI determinará ser apresentados diretamente aos órgãos e entidades responsáveis pelo repasse de ao órgão ou entidade responsável que adote as providências necessárias para dar recursos. os órgãos e entidades da Administração VII - destruir ou subtrair. Título de Eleitor. prevista no inciso III deste artigo. acordo. não indicar a autoridade classificadora ou a hierarquicamente superior a quem possa ser dirigido o pedido de acesso ou Art. e entidades da Administração municipal. ou para fins de ocultação de ato ilegal cometido por si ou por outrem. DAS ENTIDADES PRIVADAS SEM FINS LUCRATIVOS total ou parcialmente classificada como sigilosa. natural ou jurídica.527. que se efetivará na data do envio da resposta. III - agir com dolo ou má-fé na análise das solicitações de acesso à informação. dado ou informação. estaduais e municipais aplicáveis ao tema. VI - decidir recursos apresentados contra decisão proferida pela autoridade máxima do órgão ou entidade que tenha negado acesso à informação. ajustes ou instrumentos congêneres realizados com o Poder Executivo Municipal. quanto ao acesso à informação. 22. As entidades privadas sem fins lucrativos que receberem recursos desclassificação. § 2º A não deliberação acerca da revisão da classificação de ofício pela II - valores referentes a descontos efetuados em folha relativos a CMRI implicará na desclassificação automática das informações. banco de dados de órgãos ou entidades governamentais ou de caráter público. ou em prejuízo de terceiros. a autoridade máxima dispensada.507. Cadastro de Pessoa Física. todo e qualquer caso. . bem como subtrair.527. de ofício ou mediante II - utilizar indevidamente. contratos. III - informações relativas a crianças e adolescentes que o Município dispõe indicados pelos seguintes órgãos no seguinte quantitativo: em virtude de prestação de serviços públicos e execução de programas sociais. sigilosa para beneficiar a si ou a outrem.527. 30. em I - 01 (um) da Controladoria-Geral de Fiscalização e Transparência. no respectivos aditivos. possíveis violações de direitos humanos por parte de agentes públicos. 23. que decidirá. Art. devendo ser informado sobre a possibilidade de recurso. alterar ou ocultar. Compete aos Secretários Municipais e equivalentes. Art. meios para realizá-la. No caso de indeferimento de acesso a informações ou às razões da Fiscalização e Transparência. as disposições contidas no Estatuto da Criança e do Adolescente e outros diplomas normativos federais. Os pedidos da informação referentes aos convênios. mantida a decisão impugnada. na forma do art. A CMRI será integrada por representantes titulares e suplentes.quinta-feira. IV - outras informações classificadas como de caráter pessoal pelos órgãos III- 01 (um) da Secretaria Municipal de Finanças e Planejamento. ser-lhe indicada a autoridade competente para sua apreciação. contrato. de 18 de novembro de 2011. disponibilizado da celebração do convênio. de 19 de setembro de 2007. em relação à informação de pessoa. o registro do Termo de Classificação de Informação. zelar pela adequação dos convênios. para decisão quanto ao agentes públicos mencionados neste Decreto: acesso a informações e dados sigilosos ou reservados da respectiva área. fica a CMRI vinculada à Controladoria-Geral de Art. Art. documentos concernentes a Pública Municipal na aplicação do disposto neste Decreto. Constituem condutas ilícitas que ensejam responsabilidade dos Municipal. Art. provocação recursal de pessoa interessada. observado o disposto na legislação federal desfigurar. bem como aos CAPÍTULO VIII dirigentes das entidades. guarda ou a que tenha acesso ou conhecimento em razão do exercício das atribuições de cargo. Em caso de eventual ausência ou impedimento da autoridade § 1º As informações de que trata o caput serão divulgadas em sítio na máxima do órgão ou entidade e seu substituto legal. total ou parcialmente. por intermédio de ato emanado do Titular da Pasta.527. o inteiro teor de órgãos à Controladoria-Geral de Fiscalização e Transparência e designados mediante ato decisão de negativa de acesso a informações ou às razões da negativa. e relatórios finais de prestação de contas por formulário. da legislação aplicável. dado ou informação não classificada como Controladoria-Geral de Fiscalização e Transparência.

designada nos termos do art. facultada a defesa ao interessado. MARCOS MARCELLO TRAD Prefeito Municipal § 2º Pelas condutas descritas no caput deste artigo. deste Decreto e de autenticação com base na variação anual do IPCA-E. 42. contratar ou celebrar convênios com a Administração Pública. .190. que contém o Estatuto dos Servidores Públicos do Quadro Geral de Pessoal do Município de Campo Grande. deste Decreto. com suspensão. 6º. 36. de 2 de junho de 1992. a inserção Assinatura da Autoridade responsável por Prorrogação de Prazo das informações necessárias ao cumprimento do disposto no art. no respectivo processo. AUTORIDADE RATIFICADORA (quando aplicável) Parágrafo único. do art. III e IV do caput deste artigo poderão ser aplicadas juntamente com a prevista no inciso II. 37. 39. Só se iniciam e vencem os prazos referidos neste artigo em dias úteis. 9º. _____________________________________ Art. 8. RECLASSIFICAÇÃO EM: _____/_____/________ (quando aplicável) Nome Cargo § 1º A autoridade referida no caput deste artigo dará ciência do cumprimento das decisões proferidas à CMRI. por improbidade administrativa.PÁGINA 5 . cabendo à apuração de responsabilidade funcional nos casos de dolo ou culpa. poderá o agente público responder. EVANDRO FERREIRA DE VIANA BANDEIRA Secretário Municipal da Controladoria-Geral de Fiscalização e Transparência Art.842. no respectivo processo. de 22 de dezembro CAMPO GRANDE-MS. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. que na data de (quando aplicável) edição deste Decreto. assegurado o respectivo direito de regresso.SIC. segundo os critérios nela estabelecidos. Os Gestores Locais do Serviço de Informação ao Cidadão . DE INFORMAÇÃO IV - suspensão temporária de participar em licitação e impedimento de GRAU DE SIGILO: (idêntico ao grau de sigilo do documento) contratar e celebrar convênios com a Administração Pública por prazo não superior a 2 (dois) anos. Os órgãos e entidades da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo Municipal respondem diretamente pelos danos causados em decorrência da divulgação não autorizada ou utilização indevida de informações sigilosas ou informações pessoais.429. disciplina. titular e DESCLASSIFICAÇÃO EM: _____/_____/________ (quando aplicável) suplente. Na contagem dos prazos estabelecidos neste Decreto. nos termos do art. infrações administrativas.000 (cinco mil) UFERMS. 38. A pessoa física ou entidade privada que detiver informações em virtude de vínculo de qualquer natureza com o Poder Público e deixar de observar o disposto neste Decreto estará sujeita às seguintes sanções: ANEXO I I - advertência. 5 DE JULHO DE 2017. RAZÕES PARA A CLASSIFICAÇÃO: (idêntico ao grau de sigilo do documento) II - inferior a 100 (cem) UFERMS e nem superior a 5. serão indicados pelos titulares dos órgãos e entidade da Administração Pública Nome Cargo Municipal Direta e Indireta e designados pelo Secretário Municipal da Controladoria- Geral de Fiscalização e Transparência. conforme o disposto na Lei Federal n. Fica delegada ao Secretário Municipal da Controladoria-Geral de REDUÇÃO DE PRAZO EM: _____/_____/________ (quando aplicável) Fiscalização e Transparência a competência de fixar e atualizar o valor referente ao Nome Cargo ressarcimento de custo dos serviços e dos materiais utilizados de que trata o § 7º. Assinatura da Autoridade responsável por Redução de Prazo (quando aplicável) Parágrafo único. tenha acesso à informação sigilosa ou pessoal e a submeta a tratamento indevido. 30 deste Decreto. Caberá a todos os órgãos e entidades comprovar a Controladoria-Geral _____________________________________ de Fiscalização e Transparência. ÓRGÃO/ENTIDADE: V - declaração de inidoneidade para licitar. 34. em virtude de vínculo de qualquer natureza com órgãos ou entidades Nome Cargo públicas municipais. também.quinta-feira.SIC. no prazo de 10 (dez) dias. § 2º Comprovado perante a CMRI o descumprimento de decisão de que trata o caput. 4. Fica revogado o Decreto n. 41. infrações à Art. AUTORIDADE CLASSIFICADORA § 4º A aplicação das sanções previstas no inciso V do caput deste artigo é Nome Cargo de competência exclusiva do titular do órgão ou dirigente da entidade descentralizada. e serão considerados os dias consecutivos. _____________________________________ Assinatura da Autoridade Classificadora Art. acompanhar a implementação das decisões proferidas no âmbito da Comissão Mista de Reavaliação de Informações. Compete aos Gestores Locais do Serviço de Informação ao Cidadão Assinatura da Autoridade responsável por Desclassificação . TERMO DE II - multa.932 que dispõe sobre a organização da Guarda Municipal de Campo Grande. PRORROGAÇÃO DE PRAZO EM: _____/_____/________ (quando aplicável) Nome Cargo Art. segundo os critérios neles estabelecidos. Para a consecução dos fins a que se destina este Decreto poderão ser expedidas Normas Complementares pela Controladoria-Geral de Fiscalização e Transparência. excluir-se-á o _____________________________________ dia do início e incluir-se-á o do vencimento. ainda não se encontrem disponibilizadas nos seus respectivos sítios eletrônicos. até que seja promovida a reabilitação perante o Poder CÓDIGO DE INDEXAÇÃO: Público. no caso de entidade privada. de 2011. 35. TIPO DE DOCUMENTO: § 2º A multa prevista no inciso II do caput deste artigo será aplicada sem prejuízo da reparação pelos danos e não poderá ser: DATA DE PRODUÇÃO: I - inferior a 10 (dez) UFERMS e nem superior a 100 (cem) UFERMS. GRAU DE SIGILO: § 1º As sanções previstas nos incisos I. 11. 33. no mínimo. no prazo de 180 (cento e oitenta) dias. II - para fins do disposto na Lei Complementar n. O disposto neste artigo aplica-se à pessoa física ou entidade privada que. desde que não tipificadas em lei como crime ou contravenção penal. (quando aplicável) 12. (quando aplicável) Art. assegurado o direito de CATEGORIA: defesa ao interessado. 6 de julho de 2017 DIOGRANDE n. Art. caberá a Controladoria-Geral de Fiscalização e Transparência instaurar _____________________________________ ou determinar a instauração de procedimento administrativo a fim de apurar a Assinatura da Autoridade responsável por Reclassificação responsabilidade de quem deu causa. com o intuito de serem facilitadores locais da Lei de Acesso à Informação. CAPÍTULO XI _____________________________________ DISPOSIÇÕES FINAIS E TRANSITÓRIAS Assinatura da Autoridade Ratificadora (quando aplicável) Art. no FUNDAMENTO LEGAL PARA CLASSIFICAÇÃO: caso de pessoa natural. Art. autoridade de monitoramento na forma da lei. que deverão ser apenadas. PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE Secretaria Municipal de Administração CLASSIFICAÇÃO III - rescisão do vínculo com o Poder Público. 40. no prazo de 10 (dez) dias contados da abertura de vista. PRAZO DA RESTRIÇÃO DE ACESSO: § 3º A reabilitação referida no inciso V do caput deste artigo será autorizada DATA DE CLASSIFICAÇÃO: somente quando o interessado efetivar o ressarcimento ao Poder Público dos prejuízos resultantes e após decorrido o prazo da sanção aplicada com base no inciso IV. de 24 de maio de 2012. Art.

520/2017-02. foi Ratificada por Pessoal Outras Correspondência Eletrônica inexigibilidade de licitação. 161. DE 20 DE JULHO DE 2010. PREFEITO Conforme os parâmetros legais pertinentes._________. Buscar/Consultar Pessoalmente MARCOS MARCELLO TRAD DESCREVER O PEDIDO Prefeito Municipal DESPACHO DO EXMO. FUNDAMENTO LEGAL: ARTIGO 24. 6 de julho de 2017 DIOGRANDE n. PPS n. SR. 125 e 126/2017 – SECTUR. inscrito (a) no Cargo: CPF/CNPJ n. 25. interpor recurso contra a decisão do Órgão:_____________________________. a despesa do processo n. CELEBRADO EM 30 DE JUNHO DE 2017.2017. com fundamento no artigo 26 e legislação complementar.07. consubstanciada pelo art. inciso II. com fundamento no artigo 26 e legislação complementar. do pedido de acesso à informação n. 50. venho por meio deste.2017. 46. em favor de DÉBORA CRISTINA TEIXEIRA COSME FRANCO. PPS n. 40. em 04.087/2017-65. PREFEITO Conforme os parâmetros legais pertinentes. conforme fundamentação Endereço: Nº abaixo: CEP: Cidade: Estado: Telefone Fixo: Celular: _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ DADOS DO REQUERENTE .07. da Lei Federal n. MARCOS MARCELLO TRAD Prefeito Municipal DESPACHO DO EXMO. Data de Nascimento / / / E-mail Sexo Masculino Feminino Escolaridade Profissão/Ocupação Principal ________________________________ Assinatura do Requerente *Os dados serão utilizados apenas de forma agregada e para fins estatísticos DESPACHOS ESPECIFICAÇÃO DO REQUERIMENTO DE ACESSO A INFORMAÇÃO DESPACHO DO EXMO. inciso III. em favor de VICTOR DO PRADO GREGÓRIO. foi Ratificada por inexigibilidade de licitação.PÁGINA 6 . PPS n. 8.quinta-feira. 8666/93 e. em favor de JACQUES MIRANDA & CIA LTDA ME. 131/2017 – SECTUR.OBRIGATÓRIO AO SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO . da Lei Federal n. SR. A PARTIR DA DATA DE SUA ASSINATURA. PODENDO SER . 8666/93 e. MARCOS MARCELLO TRAD Prefeito Municipal ADMINISTRAÇÃO INDIRETA AGÊNCIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE E PLANEJAMENTO URBANO EXTRATO DO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS N. E DEMAIS ELEMENTOS ENCARTADOS NO PROCESSO ADMINISTRATIVO N. em 08. PRAZO: O PRESENTE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TERÁ VIGÊNCIA DE 180 (CENTO E OITENTA) DIAS. PREFEITO TIPO DE INFORMAÇÃO FORMA PRESENCIAL DE RECEBIMENTO DA RESPOSTA Conforme os parâmetros legais pertinentes. 8666/93 e.138/2017-16. ___________________.SIC PESSOA JURÍDICA PESSOA FÍSICA Referente: negativa de acesso à informação Razão Social/Nome: Representante: Eu. consubstanciada pelo art. a despesa do Correspondência Física (correios) processo n. inciso III. 25.06. SR. DA LEI FEDERAL N. a despesa do processo n._____de__________de 20__.932 ANEXO II ANEXO III FORMULÁRIO PARA REQUERER ACESSO À INFORMAÇÃO FORMULÁRIO PARA RECURSO DADOS DO REQUERENTE . com fundamento no artigo 26 e legislação complementar. 37877/2017-87. 60/2017 – SEDESC. PARTES: AGÊNCIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE E PLANEJAMENTO URBANO (PLANURB) E A FUNDAÇÃO DE APOIO À PESQUISA. 4.2017.MS. consubstanciada pelo art. INCISO XXIII. AO ENSINO E À CULTURA (FAPEC). foi Ratificada por dispensa de licitação. da Lei Federal n.*NÃO OBRIGATÓRIO _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ PESSOA JURÍDICA _____________________________________________________________ E-mail: _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ Tipo de Instituição _____________________________________________________________ ( )Empresa PME ( )Sindicato/Conselho Profissional _____________________________________________________________ ( )Empresa Grande Porte ( )Instituição de Ensino _____________________________________________________________ ( )Empresa Pública/estatal ( )Órgão Público _____________________________________________________________ ( )Escritório de Advocacia( )Outros _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ ( )Organização não governamental _____________________________________________________________ ( )Partido Político _____________________________________________________________ ( )Veículo de comunicação _____________________________________________________________ PESSOA FÍSICA Campo Grande .666/93 – ESTATUTO JURÍDICO DAS LICITAÇÕES E DOS CONTRATOS PÚBLICOS E SUAS ALTERAÇÕES. OBJETO: A REALIZAÇÃO DE LEVANTAMENTOS E ESTUDOS VISANDO A MODERNIZAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DO PLANEJAMENTO URBANO E LEVANTAMENTOS PARA SUBSIDIAR A REVISÃO DA LEI COMPLEMENTAR N. 2/2017. em 04. 24.______________________________________.

190. para desempenhar SECRETÁRIO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E DE CIENCIA E . Classe “E”. com efeito a contar de 1º de junho de 2017. junho de 2017 (Ofício n. resolve: Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e de Ciência e Tecnologia REVOGAR o Decreto “PE” n. na Secretaria ASSINATURAS: BERENICE MARIA JACOB DOMINGUES E HERBERT ASSUNÇÃO DE Municipal de Finanças e Planejamento.411. alínea “a”.072. a pedido. com ônus para a origem. 208. observado o art. Prefeito de Campo Grande. DE 5 DE JULHO DE 2017. MARIA DAS GRAÇAS MACEDO MARCOS MARCELLO TRAD. DECRETO “PE” n. DIOGRANDE n. 5 DE JULHO DE 2017.452. em vaga decorrente da revogação da designação de calculados com base na média aritmética simples.450. resolve: Prefeito Municipal AUTORIZAR a cedência do servidor ELIO APARECIDO DE SOUZA SILVA. de 22 de dezembro de 2011 e Decreto n. 70 e 72. 8º e 17. no uso de suas atribuições legais. publicado no RESOLUÇÃO “PE” SEDESC n. 28 DE JUNHO DE 2017.453. usando da competência que lhe foi atribuída pelo art. de 22 de MARCOS MARCELLO TRAD dezembro de 2011 (Processo n. ocupante do cargo de Professor. no uso de suas atribuições legais. 381938.050/GGP/SEFIN/2017). 1. MARCO ANTONIO DE ANDRADE MONTEIRO. na Secretaria Municipal de Finanças e Planejamento. Prefeito de Campo Grande.CAIRA. DE 3 DE JULHO DE 2017 O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E DE CIÊNCIA MARCOS MARCELLO TRAD E TECNOLOGIA. Mato Grosso do Sul. lotada na Secretaria Municipal de Educação. Capital do Estado de Secretária Municipal de Gestão Mato Grosso do Sul. em conformidade com o Decreto n. 3 DE JULHO DE 2017. com fulcro no art. 40. símbolo FC-5. Prefeito de Campo Grande.146. 4º. 10. da Lei Complementar n. a Função de Confiança de Encarregado Governamental. com fulcro no art. DIOGRANDE n. com proventos integrais. 405022. DE 29 DE JUNHO DE 2017. de 19 de dezembro de 2003. MARCOS MARCELLO TRAD. Prefeito de Campo Grande. alínea “d”. ocupante do cargo de Professor. conforme atestado médico. CAMPO GRANDE-MS.247. Prefeito de Campo Grande. DECRETO “PE” n. 5 DE JULHO DE 2017. 15130/2017-78).quinta-feira. MARCOS MARCELLO TRAD. da Lei Complementar n. Classe “D”. 172. 40 da Constituição Federal de 5 de outubro de 1988 e os artigos 32. 5 DE JULHO DE 2017. do Decreto n. 397183.055/GGP/ SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO SEFIN/2017). com efeito a contar de 19 de junho de 2017 MARIA DAS GRAÇAS MACEDO (Ofício n. 190. da Secretaria Municipal de Finanças e Planejamento. 2. em conformidade com o art. 405022. de 22 de dezembro de 2011 (Processo n. 5 DE JULHO DE 2017. 12460/2017- 66).PÁGINA 7 . 5 DE JULHO DE 2017. no uso de suas atribuições legais. com efeito a contar de 19 de junho de 2017 (Ofício n. Prefeito de Campo Grande. para Mato Grosso do Sul. n. (Ofício n. da Constituição Federal. 4. § 2º. à servidora KATIA REGINA QUEIROZ Juliana de Matos Ostorari Gonzales. §§ 3º. MARCOS MARCELLO TRAD. DE 28 DE JUNHO DE 2017. resolve: DESIGNAR MÁRCIA MEIRA MACHADO. MARCOS MARCELLO TRAD. inciso X. 1. CAMPO GRANDE. para o Centro Arco-Íris de Reabilitação Alternativa MARIA DAS GRAÇAS MACEDO de Desenvolvimento Humano Sustentável . Capital do Estado de DECRETO “PE” N. no uso de suas atribuições legais. de 3 de fevereiro de 2017. em vaga decorrente da exoneração de Marco Antonio de Andrade Monteiro. resolve: MARCOS MARCELLO TRAD Prefeito Municipal EXONERAR. resolve: MARCOS MARCELLO TRAD. resolve: Prefeito Municipal AUTORIZAR a licença gestante de GEICIKA REIS DE OLIVEIRA. 191. 1.887. em conformidade com o Decreto n. 397712/02. 11. de 28 de abril de 2017. matrícula n. DIRETORA-PRESIDENTE DA PLANURB MARCOS MARCELLO TRAD Prefeito Municipal ATOS DE PESSOAL MARIA DAS GRAÇAS MACEDO ATOS DO PREFEITO Secretária Municipal de Gestão REPUBLICA-SE POR CONSTAR INCORREÇÃO NO ORIGINAL. matrícula n. matrícula n. resolve: desempenhar a Função de Confiança de Encarregado Governamental.055/GGP/SEFIN/2017). §1º. 1º.923. 1.932 PRORROGADO A PEDIDO DAS PARTES CONVENCIONADAS. 5 DE JULHO DE 2017.449.448. resolve: Prefeito Municipal NOMEAR BARBARA RODRIGUES DA SILVA. 405022/01. na Secretaria Municipal de SECRETARIA MUNICIPAL DE GESTÃO Saúde. 2. de 22 de dezembro de 2011. no uso de suas atribuições legais. 3 DE JULHO DE 2017 MARCOS MARCELLO TRAD. DE 5 DE JULHO DE 2017. 2. matrícula n.321. do cargo em comissão de Gestor de Processo. Prefeito de Campo Grande. inciso III. CONCEDER aposentadoria voluntária. matrícula n. 13. para exercer MARIA DAS GRAÇAS MACEDO o cargo em comissão de Gestor de Processo. por idade. de 18 de junho de 2004. CAMPO GRANDE-MS. com fulcro no art. 381938. com efeito a contar de 21 de junho de 2017 FREITAS. Prefeito Municipal CAMPO GRANDE-MS. 6 de julho de 2017 DIOGRANDE n. matrícula n. símbolo DCA-8. na parte referente à designação de JULIANA DE MATOS OSTORARI GONZALES. BERENICE MARIA JACOB DOMINGUES CAMPO GRANDE-MS. de 24 de junho de 2010. 95. da Lei Complementar n. Nível PH-3. símbolo DCA-8. do art. DE 5 DE JULHO DE 2017. DE 5 DE JULHO DE 2017. 10.451. 234680/05. de 6 de fevereiro de 2017. Símbolo DCA-8. 2. 2. Capital do Estado de Mato Grosso do Sul. no uso de suas atribuições legais. 2. 10.795. MARIA DAS GRAÇAS MACEDO Secretária Municipal de Gestão MARCOS MARCELLO TRAD Prefeito Municipal DECRETO “PE” n. Secretária Municipal de Gestão por 120 dias correspondente ao período de 21 de junho a 18 de outubro de 2017. no uso de suas atribuições legais. Capital do Estado de MARCOS MARCELLO TRAD Mato Grosso do Sul. matrícula n. com redação dada pela Emenda Constitucional CAMPO GRANDE-MS. no Secretária Municipal de Gestão período de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2017. Nível PH-3. ocupante do cargo em comissão de GESTOR DE PROCESSO. 374600/01. Capital do Estado de DESIGNAR MARCO ANTONIO DE ANDRADE MONTEIRO. com efeito a contar de 21 de TERENCIO. 190. ECONÔMICO E DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPO GRANDE-MS. para desempenhar a Função de Atividades de Assistência e Assessoramento Superior.050/GGP/SEFIN/2017). CAMPO GRANDE-MS. Capital do Estado de MARCOS MARCELLO TRAD Mato Grosso do Sul. combinado com o § 5º. 41. 153. DE 5 DE JULHO DE 2017. Capital do Estado de LUIZ FERNANDO BUAINAIN Mato Grosso do Sul. matrícula n. da Lei Federal n. símbolo FC-5. DECRETO “PE” n. lotado na Secretaria Municipal de Educação. da Lei Complementar n. DE 5 DE JULHO DE 2017. DECRETO “PE” n. 13. 4. MARIA DAS GRAÇAS MACEDO lotada na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e de Ciência e Tecnologia. PUBLICADO NO DECRETO “PE” n. Secretária Municipal de Gestão CAMPO GRANDE-MS. na Secretaria Municipal Secretária Municipal de Gestão de Finanças e Planejamento. Símbolo FAS-01. 11 de 3 de Julho de 2017. de 7 de janeiro de 2008 e alteração. matrícula n. 4. 2. de 30 de janeiro de 2017. RESOLUÇÃO “PE” SEDESC n.

por 30 dias.PSF. 389403/01 Barcelos de Enfermeiro 60 Sim 27/8/2016 resolve: Pádua Paz Agente de Saúde 27 a DESIGNAR a servidora BRUNA DOS SANTOS DE SOUZA. matrícula n. 30. para desempenhar suas funções no Programa de matrícula n. (Ci n. da art. Ciência e Tecnologia. 9. de 22 de dezembro de 2011. resolve: O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE. a contar de 1° de junho de 2017. ocupante do cargo de Odontólogo.796. Secretaria Municipal de Saúde. para desempenhar suas Saúde da Família . resolve: O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE. de 27 de setembro de 2016. 11.CSR). 30.506. 11. 11. do Decreto n.115. de 22 de dezembro de 2011. 5 DE JULHO DE 2017. de abril de 2012. 4º. Equipe n.CSR). 4º. Equipe n. 382186/01. Secretaria Municipal de Saúde. Equipe n. 252530/02. com fulcro no inciso III. em conformidade com o Saúde da Família .356/2017 – CSR). com fulcro no inciso V. 4º. da Lei Complementar n.CSR). 4°. da REVOGAR a Resolução “PE” SESAU n. matrícula n. ficando revogada a Resolução “PE” 9.quinta-feira. do Decreto n. DE 5 DE JULHO DE 2017. de 21 de dezembro de 2011. a contar de 22 de maio de 2017. de 22 de outubro de 2015.110. DESIGNAR a servidora ANDREA OVANDO MORAES. de 28 de agosto de 2013.CSR). O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE. DE 5 DE JULHO DE 2017. do Decreto n. 144. ficando revogada a Resolução “PE” Matrícula Servidor Cargo Dias Período Prorrogação SESAU n.589. XIII. DE 5 DE JULHO DE 2017.CSR).506. 11. O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE. com fulcro no art.700. 1. 4º.576. (Ci n. no uso de suas atribuições legais.356/2017 . 9. para desempenhar suas com o art.849. Distrito 293377/01 Motorista 30 Sim Lourenço Neto 24/7/2016 Sanitário Oeste. 30. 11. DE 5 DE JULHO DE 2017. (Ci n. inciso X. do Decreto n. no uso de suas atribuições legais. 11. 5 DE JULHO DE 2017. do Decreto n. da UBSF Sírio Libanês. 11. 30. 9. com a redação que lhe foi dada pelo Decreto Família .PÁGINA 8 . da UBSF Sírio Libanês. da UBSF Sírio Libanês. DE 5 DE JULHO DE 2017. 4. de 16 de maio de 2011. da Secretaria Municipal de Saúde. ocupante do cargo de Chefe de Assessoria III. matrícula n.356/2017 2011. CAMPO GRANDE-MS. DE 5 DE JULHO DE 2017.932 TECNOLOGIA. 297534/09. para desempenhar a função de Gerente da UBSF Sírio Libanês. 30. no período de 24/5 a 22/06/2017. 1. DE 5 DE JULHO DE 2017. alínea RESOLUÇÃO “PE” SESAU n. (Ci n. 11. ocupante do cargo de Assistente Social. no uso de suas atribuições legais.PSF.113.506. Distrito Sanitário Oeste. de 24 de junho de 2010. Tipologia I. 30. Distrito Sanitário Oeste.PSF. resolve: resolve: DESIGNAR o servidor ARLINDO BOGADO. DE 5 DE JULHO DE 2017.796. 1. 4º.356/2017 . 5 DE JULHO DE 2017. Saúde Ana Paula Assistente de MARCELO LUIZ BRANDÃO VILELA 29/6 a 400212/01 Cristina de Serviços de 30 Sim Secretário Municipal de Saúde 28/7/2016 Almeida Saúde 285978/01 Cristiane 28/6 a Médico 30 Sim 285978/02 Bonamigo 27/7/2016 RESOLUÇÃO “PE” SESAU n. 5 DE JULHO DE 2017.106. de 10 de agosto de 2016. do art. Equipe n. de 4 de abril de 2012. Aquino Eliane Medina Técnico de 27/6 a 380062/01 30 Sim MARCELO LUIZ BRANDÃO VILELA Lopes Enfermagem 26/7/2016 Secretário Municipal de Saúde . a contar de 22 de maio de 2017. 192503/02. de 16 de dezembro de 2014. 1.PSF. usando da competência que lhe foi O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE. com a redação que lhe foi dada abril de 2012. (Ci n.298. da Lei Complementar n.796. 190. .114. do ocupante do cargo de Médico.394. 1. Distrito Sanitário Oeste. Sanitário Oeste. 5 DE JULHO DE 2017. matrícula n. a contar de 22 de maio de 2017.574. em conformidade 400728/01. de 16 de maio de 2011. 1. 396369/01. resolve: O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE. Equipe n. da Secretaria n.506. 3 de Julho de 2017 do art.109. 398913/02. 9. para desempenhar suas funções no Dionísio 25/6 a Programa de Saúde da Família . do art. a contar de 22 de maio de 2017.111.247. Equipe n. 5 DE JULHO DE 2017.185. com a redação que lhe foi dada pelo Decreto n.506. 9. 4º.112.367.CSR). resolve: DESIGNAR a servidora ELIZANDRA FARIAS ROSPIDE. matrícula n. 1. usando da competência que lhe foi atribuída pelo art. 1. no uso de suas atribuições legais. Secretário Municipal de Saúde MARCELO LUIZ BRANDÃO VILELA Secretário Municipal de Saúde RESOLUÇÃO “PE” SESAU n. no uso de suas atribuições legais. do art. 1. de 4 de abril de 2012. com fulcro no inciso II. de 16 de maio de 2011.506. para desempenhar suas funções no Programa de Saúde da Família – PSF. com a redação que lhe foi dada pelo Decreto Duarte Vieira 30/6 a 220841/02 Enfermeiro 60 Sim n. 11. “f”.PSF. do de 16 de maio de 2011. com a redação que lhe foi dada pelo Decreto n. no uso de suas atribuições legais.040. O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE. com fulcro no inciso VII. matrícula n. (Ci n. RESOLUÇÃO “PE” SESAU n. para desempenhar suas funções no Programa de abaixo relacionados. LUIZ FERNANDO BUAINAIN ficando revogada a Resolução “PE” SESAU n. no DIOGRANDE n.506. com a redação que lhe foi dada pelo Decreto n. 381811/01 Derci Bispo 4 Não Pública 30/6/2016 ocupante do cargo de Auxiliar em Saúde Bucal. publicada Secretaria Municipal de Saúde.356/2017 . de 16 de maio de 2011. de 16 de maio de revogada a Resolução “PE” SESAU n. para desempenhar suas funções no Programa de Saúde da Decreto n. com a redação que lhe foi dada pelo Decreto n.796. de 16 de maio de 2011. de 28 de fevereiro de 2014. de 24 de junho de 2015. 5 DE JULHO DE 2017. referente à servidora MAYARA DE de 16 de maio de 2011.247.356/2017 . Distrito Sanitário Oeste.369. de 24 de junho de 2010. 4º. 144.107. Distrito Sanitário Oeste. 4º. de 10 de agosto de 2016. da UBSF Sírio Libanês. 393448/01. ficando Municipal de Saúde. de 4 SOUSA DOS SANTOS. 11. com a redação que lhe foi dada pelo Decreto n. DESIGNAR a servidora VANESSA CORREA FAUSTINO NASSER DE MELLO. no uso de suas atribuições legais. a contar de 22 de maio de 2017.796. “a”. da Secretaria Municipal de Saúde. RESOLUÇÃO “PE” SESAU n. ocupante do cargo de Técnico de Enfermagem. CAMPO GRANDE-MS. no uso de suas atribuições legais. 11. lotados na Secretaria Municipal de Saúde. matrícula n. 4.CSR). 11. 11. 11. da UBSF Sírio Libanês. 190. DE 5 DE JULHO DE 2017. 9. 1. 11. 2. 5 DE JULHO DE 2017. 4º. O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE. Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e de Ciência e Tecnologia 9. CAMPO GRANDE-MS. ficando revogada Fernandes 28/8/2016 a Resolução “PE” SESAU n. da funções no Programa de Saúde da Família – PSF. ficando revogada a Resolução “PE” SESAU n. 1. da UBSF Sírio Libanês. 9. RESOLUÇÃO “PE” SESAU n. SESAU n. O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE. pelo Decreto n. com fulcro no art. (Ci n. (Ci n. DE 5 DE JULHO DE 2017. de 23 de outubro de 2015. ocupante AUTORIZAR o registro da licença para tratamento de saúde dos servidores do cargo de Técnico de Enfermagem. Denise 29/6 a O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE. do Decreto n.356/2017 CAMPO GRANDE-MS. CAMPO GRANDE-MS. Distrito Sanitário Oeste. de 4 de abril de 2012. do Decreto n. lotado na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e de DESIGNAR a servidora CRISLAINE CARDOSO CARVALHO. matrícula n.CSR). 11. a contar de 22 de maio de 2017. MARCELO LUIZ BRANDÃO VILELA MARCELO LUIZ BRANDÃO VILELA Secretário Municipal de Saúde Secretário Municipal de Saúde RESOLUÇÃO “PE” SESAU n. no uso de suas atribuições legais. Distrito DESIGNAR o servidor RAUL OSWALDO MEJIA MOREIRA. de 16 de dezembro de 2014. matrícula n. SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE MARCELO LUIZ BRANDÃO VILELA Secretário Municipal de Saúde RESOLUÇÃO “PE” SESAU n. a contar de 22 de maio de 2017. MARCELO LUIZ BRADÃO VILELA CAMPO GRANDE-MS. 396262/01.108. funções no Programa de Saúde da Família . da Secretaria Municipal de Saúde. Equipe n. resolve: resolve: DESIGNAR a servidora SELMA SOUZA DA SILVA FREITAS. I. do Decreto n. atribuída pelo art. alínea “a”. AUTORIZAR o registro da licença para tratamento de saúde do servidor PEDRINHO resolve: FEITOSA DE OLIVEIRA. MARCELO LUIZ BRANDÃO VILELA MARCELO LUIZ BRANDÃO VILELA Secretário Municipal de Saúde Secretário Municipal de Saúde RESOLUÇÃO “PE” SESAU n.506. 30. da UBSF Sírio Libanês.356/2017 . de 4 de art. 1. 1. Edivana Agente de Saúde 26/6 a 377510/02 Morales 31 Sim Pública 26/7/2016 CAMPO GRANDE-MS. CAMPO GRANDE-MS. 5 DE JULHO DE 2017. da Secretaria Municipal de Saúde. com fulcro no inciso VII. 377576/01. CAMPO GRANDE-MS. do art. 6 de julho de 2017 DIOGRANDE n. a contar de 22 de maio de 2017. 1. do Decreto n. inciso X. 12. 1. RESOLUÇÃO “PE” SESAU n. Assistente de Aline Raulino 23/6 a 393955/01 Serviços de 30 Não Anastácio 22/7/2016 CAMPO GRANDE-MS. (Ci n. 2.356/2017 . 12. resolve: ocupante do cargo de Enfermeiro. . com fulcro no inciso X. “a”.

11. de 22 de dezembro de 2011. da Lei Complementar n. inciso X. usando da competência que lhe foi 393031/01 60 Não dos Santos Enfermagem 27/8/2016 atribuída pelo art.116. lotados na Secretaria Municipal de Saúde.quinta-feira. 1° a 377062/01 10 Não Silvio José 28/6 a Harasaki Bioquímico 10/7/2016 388475/01 Motorista 60 Sim Silva Maciel 26/8/2016 Luiz Antonio 1°/7 a Solange 360147/03 Moreira da Médico 90 Não Farmacêutico. 4º. 27/6 a 393521/01 7 2 a 8/7/2016 Não 399605/03 Santana de 7 Não Honorato Enfermagem Coordenador 3/7/2016 Britto Angélica Leiner Mara Cristiane Técnico de 1°/7 a 30/6 a 386465/01 60 Não 340286/01 Oliveira Enfermeiro 90 Sim Soares Enfermagem 29/8/2016 27/9/2016 Monteiro Proença Assistente de Ari Vieira Técnico de 29/6 a Lino de Arruda 30/6 a 308188/03 30 Sim 392833/01 Serviços de 60 Sim Carvalho Enfermagem 28/7/2016 Viegas Neto 28/8/2016 Saúde Cristiane 27/6 a 392000/01 Psicólogo 15 Não Lucilene da Maachar 11/7/2016 28/6 a 310409/01 Conceição Auxiliar Social II 10 Sim Cristiane 7/7/2016 Auxiliar em 4/7 a Belintano 371842/03 Martins 60 Sim Saúde Bucal 1°/9/2016 Marciano José 28/6 a Nascimento 252255/01 Eletricista 90 Sim de Oliveira 25/9/2016 Débora Técnico de 1° a Marcos Venicio Assistente 23/6 a Andrade 15 Não 387061/01 10 Não 399954/01 Enfermagem 15/7/2016 Vieira de Lima Administrativo II 2/7/2016 Teixeira Maria de Delma Técnico de 29/6 a Agente de Saúde 1° a 378198/01 Fátima de 6 Não 366803/02 Rodrigues da 14 Não Enfermagem 4/7/2016 Pública 14/7/2016 Oliveira Silva Maria de Técnico de 28/6 a 280763/01 Elizeu Xavier 60 Sim Fátima Auxiliar em 28/6 a Enfermagem 26/8/2016 382518/01 6 Não Francisco da Saúde Bucal 3/7/2016 Eloíza Gomes Técnico de 24/6 a Costa 378271/01 15 Não de Lima Enfermagem 8/7/2016 Maria Eduvirge Auxiliar em 11/7 a Eny Regina Técnico de 1° a 263290/02 60 Sim 391039/01 30 Não Porto Sandre Saúde Bucal 8/9/2016 Zys Enfermagem 30/7/2016 Maria Gomes Auxiliar em 28/6 a Eurides 194336/02 10 Não Técnico de 1° a da Silva Saúde Bucal 7/7/2016 249815/03 Neris Ramos 30 Sim Enfermagem 30/7/2016 Micheli Luize 26/6 a Espindola 389865/01 Enfermeiro 30 Sim Grenzel 25/7/2016 Flavia Regina Assistente de 1°/7 a Milca 386614/02 de Almeida Serviços de 60 Não Auxiliar em 24/6 a 29/8/2016 396270/01 Gonçalves da 30 Não Vasques Saúde Saúde Bucal 23/7/2016 Silva Gustavo 5/7 a Técnico de 27/6 a 385309/08 Mendes Médico 40 Não 389469/01 Odineia Veiga 5 Não 13/8/2016 Enfermagem 1°/7/2016 Medeiros Otilia Jusciane Técnico de 28/6 a Domingues Técnico de 27/6 a 389046/01 Rodrigues da 60 Sim 398374/03 10 Sim Enfermagem 26/8/2016 Maidana de Enfermagem 6/7/2016 Silva Pinho Agente de Saúde 30/6 a 388239/01 Laide Magro 14 Não Rafael Pública 13/7/2016 27/6 a 396354/01 Menezes Odontólogo 30 Sim Leda Inez Técnico de 1° a 26/7/2016 131407/02 30 Sim Palhares Cunha Enfermagem 30/7/2016 Rita Costa 28/6 a Assistente de 391068/01 Enfermeiro 60 Sim Leonardo 1° a Milhomem 26/8/2016 398648/01 Serviços de 15 Não Senna da Cruz 15/7/2016 Silvana Pereira 27/6 a Saúde 299049/04 Enfermeiro 30 Sim Alves Machado 26/7/2016 Lillyan Leiko Farmacêutico. 27/6 a 28/9/2016 334863/01 Cavalheiro 30 Não Costa Bioquímico 26/7/2016 Araujo Maria de 1° a Solange Vieira 28/6 a 293520/03 Fátima Assistente Social 30 Sim 293563/01 Auxiliar Social II 60 Sim 30/7/2016 de Moraes 26/8/2016 Bressan Talcido Messias Maria de 29/6 a Técnico de 248789/02 Joaquim de Auxiliar Social I 15 Não 378198/01 Fátima de 7 5 a 11/7/2016 Sim 13/7/2016 Enfermagem Carvalho Oliveira Tony Warlley 27/6 a Maria dos Técnico de 29/6 a 380155/02 Motorista 60 Sim 296350/02 90 Sim Paluan Bordini 25/8/2016 Santos Borges Enfermagem 26/9/2016 Vanessa Vasco Técnico de 19/6 a Monica dos Técnico de 3/7 a 388689/01 30 Sim 00702/01 30 Sim Freire Enfermagem 18/7/2016 Reis Origuela Enfermagem 1°/8/2016 Wellington de 30/6 a Nadiellen 393069/01 Enfermeiro 10 Não Técnico de 29/6 a Moura Leite 9/7/2016 396495/01 Rodrigues 7 Não Enfermagem 5/7/2016 Técnico Brito Zenobia Vaz Enfermagem. do Decreto n. 5 DE JULHO DE 2017. Silvio Marques Técnico de 29/6 a O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE. 190. alínea “a”. 30/6 a Olga Candido 403619/01 15 Não Peres Seleção 14/7/2016 294934/01 de Almeida Auxiliar Social II 30 2 a 31/7/2016 Sim Simplificada Marques Pedro Lopes Assistente 3/7 a CAMPO GRANDE-MS. 6 de julho de 2017 DIOGRANDE n. CAMPO GRANDE-MS.932 Elida dos Adyene Técnico de 28/6 a 395236/01 Santos 5 Não Ferreira Assistente 1° a Enfermagem 2/7/2016 384516/01 15 Não Guedes Pessoa de Administrativo II 15/7/2016 Helen Souza Técnico em 28/6 a 376484/01 Machado 6 Não Alcione Fialho 1° a Laboratório 3/7/2016 384509/01 Enfermeiro 15 Não Simões Araujo 15/7/2016 Julia Lopes da Agente de Saúde 30/6 a Algacir Assistente de 380941/01 60 Sim 12/6 a Silva Batista Pública 28/8/2016 400154/01 Rodrigues Serviços de 60 Sim 10/8/2016 Kátia Cristina Técnico de 29/6 a Junior Saúde 276049/03 30 Sim Rodrigues Enfermagem 28/7/2016 Amarílis 4/7 a 241598/01 Enfermeiro 60 Sim Kátia Pereira Amaral 1°/9/2016 Ravagnani 29/6 a Ana Luciene 377893/01 Odontólogo 30 Sim Agente de Saúde 30/6 a Ribeiro de 28/7/2016 317675/03 Colman de 15 Não Pública 14/7/2016 Campos Oliveira Kenya Falcão Angela Ramos Técnico de Sub. 288098/01 90 Sim Tomicha Administrativo I 30/9/2016 Rondinei Técnico em MARCELO LUIZ BRANDÃO VILELA 331155/03 15 6 a 20/7/2016 Sim Moreira Pereira Radiologia Secretário Municipal de Saúde 189979/06 Silvia Nogueira 29/6 a Médico 7 Não Emboava 5/7/2016 189979/11 RESOLUÇÃO “PE” SESAU n. 5 DE JULHO DE 2017.PÁGINA 9 . DE 5 DE JULHO DE 2017. 144.247. Terezinha Técnico de 2/7 a resolve: 372137/02 60 Sim Consoli Enfermagem 30/8/2016 AUTORIZAR o registro da licença para tratamento de saúde dos servidores Thelma de 3/7 a 258008/02 Auxiliar Social II 30 Sim abaixo relacionados. de 24 de junho de 2010. 1. Matrícula Servidor Cargo Dias Período Prorrogação Adriane Silvia Agente de Saúde 30/6 a 381765/01 Rosa de 5 Não MARCELO LUIZ BRANDÃO VILELA Pública 4/7/2016 Freitas Gomes Secretário Municipal de Saúde . em conformidade com o Oliveira Santos 1°/8/2016 art. 4.

9. sendo adjudicado pelo Pregoeiro e o procedimento homologado pelo Exmo. Caberá ao Fiscal e Gestor designados exercerem suas funções em rigorosa obediência às AVISO DE LICITAÇÃO disposições formais e legais que regem a matéria. 558/2017/CMDCA. da Lei Federal nº 8666. Valmira Garcia de Oliveira Consª. DE 04 DE JULHO DE 2017. 12/2013 . 8.Processo Administrativo n.07. anexo ao Processo Administrativo 19978/2017-11.SISEP. conforme Edital Consª. TRÂNSITO. a suplente ADRIANA RODRIGUES DE OLIVEIRA PONCIO. resolve: LOCAL: www. O MUNICÍPIO DE CAMPO GRANDE. AGÊNCIA MUNICIPAL DE TRANSPORTE E TRÂNSITO ORGÃO: Secretaria Municipal de Finanças e Planejamento . 05 de julho de 2017. 05 de Julho de 2017. ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL. 9.687/DDB/SESAU/2017). junho de 1993 que se encontra aberta a licitação acima referida.AGETRAN. DE JESUS.ME. 04 DE JULHO DE 2017. 405207/01. tendo por objeto: AQUISIÇÃO DE 02 VEÍCULOS 0 KM. de 17 de julho CAMPO GRANDE-MS. Lei Complementar nº 123/2006e legislação correlata. de 21 MARCELO LUIZ BRANDÃO VILELA de junho de 1993 que se encontra aberta a licitação acima referida. de 21 de junho de 1. composta por 45 (quarenta e cinco) viaturas. e a servidora RAQUEL CRISTINA MORTARI Campo Grande/MS. DESIGNAR os servidores Ivanise Maria Rotta. PREGÃO ELETRÔNICO Nº 79/2017 Com efeito.433. matrícula n.MS. do tipo “MENOR PREÇO POR LOTE”. ATRAVÉS DA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E FINANÇAS – SEFIN.licitacoes-e. ALTERA MEMBROS PARA A COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO DE ACOMPANHAMENTO PORTARIA “PE” AGETRAN n. conforme parecer.EPP E MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL – MEI E LOTE profissionalismo e a forma humanitária que trata os pacientes. Consª. PREGÃO ELETRÔNICO N. 5 DE JULHO DE 2017.A. de 15 de setembro de 1994. Eliane aparecida Bittencour JANINE DE LIMA BRUNO Consª. O DIRETOR-PRESIDENTE DA AGÊNCIA MUNICIPAL DE TRANSPORTE E ABERTURA DAS PROPOSTAS: a partir de 08h45min do dia 18 de julho de 2017. servindo de exemplo na conduta Geral de Compras e Licitação. através CAMPO GRANDE-MS. subsidiariamente. torna público que no evento supracitado resultaram de atendimento aos seus semelhantes. na Unidade Básica de Saúde “Dr. Estado de Mato Grosso do Sul.licitacoes-e. matrícula 388655/01. TRÂNSITO. 224278/03. 380842/03 pertencentes ao quadro de pessoal da AGETRAN. matrícula 384627/01. PARA ATENDER O SEGUNDO E TERCEIRO SORTEIO DO “IPTU DA PRÊMIOS 2017”.º 10. em favor da empresa RAMAL PROPAGANDA LTDA. matrícula n. revogadas as disposições em contrário PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 43. Nicolau Fragelli” – Conjunto Lar do Trabalhador. 053/2017 tendo em vista a valiosa atuação e eficiência. a Lei n.br.quinta-feira. no valor de R$ 64. matrícula n.678/DDB/SESAU/2017). Diretor-Geral de Compras e Licitação Pregoeira layout e arte final da frota da AGETRAN. 02 de 28/04/2017. membros da comissão de fiscalização e recebimento dos serviços constantes na Nota de Empenho 2017 NE00137 0246F . como Campo Grande/MS. LICITAÇÃO COM LOTE EXCLUSIVO PARA MICROEMPRESAS. Mauro Fonseca A íntegra do Edital poderá ser obtida através do site acima. matrícula DELIBERA: n. Não Governamental: Consª. Acesso Identificado no link – “licitações”. servindo de exemplo na conduta de atendimento aos seus semelhantes.67. matrícula 389774/02 para exercerem a função de Gestor do Contrato. 4. ÓRGÃOS COLEGIADOS CAMPO GRANDE-MS.520. elogiando o bom atendimento. EMPRESAS DE tendo em vista a valiosa atuação e eficiência.006. Jucieli de Carvalho Costa Diretor-Presidente da Agência Municipal de Transporte e Trânsito . de 27/6/2017. uso de suas atribuições legais. VEÍCULOS LTDA– EPP no lote 01 e C A PADILHA & CIA LTDA – EPP no lote 02. ocupante do cargo de Técnica de PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº37. na Unidade de Pronto Atendimento “Walfrido Arruda” – Coronel Antonino. as empresas RENTAL LOCADORA DE BENS E n. tendo por objeto: AQUISIÇÃO DE VEÍCULOS TIPO PICK-UP E TIPO HATCH. marketing e propaganda. do tipo “MENOR Secretário Municipal de Saúde PREÇO POR LOTE”. celebram o RALPHE DA CUNHA NOGUEIRA FÁBIO DE ALMEIDA SERRA SOUTO Municipal de Campo Grande-MS. DESIGNAR os servidores Carlos Gomes Guarini Leite da Silva. ocupante do cargo de Agente Comunitário de AVISO DE RESULTADO Saúde. aplicando-se. pois é bastante atencioso e vem fazendo um O Município de Campo Grande.400.784/2017-06 Enfermagem. Maria Valdelice Roque de Andrade CAMPO GRANDE-MS. Éder Vera Cruz da Silva.PÁGINA 10 . com efeito a contar de 02 de maio de 2017. ocorrido em 06/04/2017 PARA AMPLA CONCORRÊNCIA. MARCELO LUIZ BRANDÃO VILELA Secretário Municipal de Saúde RALPHE DA CUNHA NOGUEIRA FÁBIO DE ALMEIDA SERRA SOUTO Diretor-Geral de Compras e Licitação Pregoeiro MOÇÃO DE ELOGIO SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE AVISODE LICITAÇÃO O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE tem a honra de registrar Moção de PREGÃO ELETRÔNICO Nº 78/2017 Elogio à servidora CLEIDE RODRIGUES DE MELO. 72.com.993. no INÍCIO DA SESSÃO DE DISPUTA DE PREÇOS: às 09h do dia 18 de julho de 2017. da Diretoria-Geral de Compras e Licitação-DICOM. e a suplente KELE REGINA DE SOUZA FEIJO. a composição dos membros da Comissão de Acompanhamento 2017 NE00132 0246F . no valor de R$ 260. Sr. ORGÃO:SECRETARIA MUNICIPAL DE INFRAESTRUTURA E SERVIÇOS PÚBLICOS . torna pública a realização de licitação na modalidade PREGÃO ELETRÔNICO nos termos da Lei n.932 MOÇÃO DE ELOGIO SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE ATOS DE LICITAÇÃO O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE tem a honra de registrar Moção de Elogio ao servidor MÁRCIO OJEDA VILALBA. 83431/2013-64 para atender a Consª. AGÊNCIA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO Poderão participar deste Pregão Eletrônico as empresas que apresentarem toda a documentação por ela exigida para o respectivo cadastramento junto ao Banco do Brasil S. matrícula 389201/01 para A íntegra do Edital poderá ser obtida através do site acima. conforme espelho de demanda n. com interveniência da Agência Municipal de Habitação Diretor-Geral de Compras e Licitação Pregoeiro e o Consórcio Guaicurus.2017. RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS: até 08h45min do dia 18 de julho de 2017. 402759/02. resolve: no uso das atribuições legais e com base nos artigos 11 e 13 da Lei Municipal n. 6 de julho de 2017 DIOGRANDE n. 5 DE JULHO DE 2017. exercerem a função de Fiscal do Contrato.A. 6. resolve: INÍCIO DA SESSÃO DE DISPUTA DE PREÇOS: às 09h do dia 18 de julho de 2017.080/2017-18 O MUNICÍPIO DE CAMPO GRANDE. subsidiariamente. de 21 de Habitação. o PEQUENO PORTE . conforme Edital de Concorrência n. DE 04 DE JULHO DE 2017. 04 DE JULHO DE 2017. parabéns pelo ótimo serviço prestado. Campo Grande .00 (duzentos e sessenta mil. torna pública a realização de licitação na modalidade PREGÃO ELETRÔNICO nos termos da Lei n. às 00h30min. 2160350. S. (Ci n. 058432/04 e Nédio Mendes dos Santos Junior. através da Diretoria- ótimo trabalho.SEFIN Poderão participar deste Pregão Eletrônico as empresas que apresentarem toda a documentação por ela exigida para o respectivo cadastramento junto ao Banco do Brasil PORTARIA “PE” AGETRAN n. 2162592. em 04. ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL. 05de julho de 2017.Processo Administrativo n.17. a Lei n. no uso de suas atribuições legais.006. no uso de suas atribuições legais. Acesso Identificado no link – “licitações”. com efeito a contar de 29 de junho de 2017. 243019/05. aplicando-se. e Para todas as referências de tempo será observado o horário de Brasília (DF).CMDCA. matrícula n. a contar de 28/04/2017. 3089. através conforme espelho de demanda n. Adriana Rodrigues de Oliveira Pôncio de Concorrência n. Rolon. referente ao Contrato n. Alexandre Kazuo Leandro Nishimura. de 2002. que tem por objeto o serviço de adesivagem. O DIRETOR-PRESIDENTE DA AGÊNCIA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO. CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA JANINE DE LIMA BRUNO E DO ADOLESCENTE Diretor-Presidente da Agência Municipal de Transporte e Trânsito DELIBERAÇÃO N. matrícula n. como membros da comissão de fiscalização e recebimento dos serviços constantes na Nota de Empenho Art.666. LOCAL: www.666. DOS CONSELHOS TUTELARES DO MUNICÍPIO DE CAMPO GRANDE – MS. 6. pelo Decreto Municipal n. 71. RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS: até 08h45min do dia 18de julho de 2017. pertencentes ao quadro de pessoal da AGETRAN. Para todas as referências de tempo será observado o horário de Brasília (DF). Governamental: que tem por objeto o serviço de publicidade. compreendendo a criação.520. conforme o disposto no art. 1º. pelo Decreto Municipal n. 8.00 (setenta e quatro mil e quatrocentos reais). quatrocentos e trinta e três reais). e conforme decisão na 424ª Sessão Ordinária. 05 DE JULHO DE 2017 da Diretoria-Geral de Compras e Licitação-DICOM. DE 05 DE JULHO DE 2017.EPP.623 de 18 de maio de 2. O DIRETOR-PRESIDENTE DA AGÊNCIA MUNICIPAL DE TRANSPORTE E A Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente . Fica instituída. PORTARIA “PE” EMHA n. 83431/2013- 64 para atender a Agência Municipal de Transporte e Trânsito. Prefeito CAMPO GRANDE-MS.623 de 18 de maio de 2.com. dos Conselhos Tutelares do município de Campo Grande/MS. 12/2013 . (Ci vencedoras para atender ao objeto. Designar a servidor MARCELLO THIAGO BEZERRA DA SILVA.AGETRAN.br. Lei Complementar nº Diretor-Presidente da Agência Municipal de 123/2006 e legislação correlata. de 17 de julho ENEAS JOSE DE CARVALHO NETTO de 2002. em favor da empresa COMPET MARKETING E COMUNICAÇÃO RALPHE DA CUNHA NOGUEIRA FRANCISLÉIA CARDOSO DE SOUSA LTDA .º 10. Telma Regina de Oliveira Azevedo Agência Municipal de Transporte e Trânsito. ABERTURA DAS PROPOSTAS: a partir de 08h45min do dia 18 de julho de 2017.

1621 – BAIRRO GUANABARA no município de Campo Grande –MS. 06 de julho de 2017. (vinte e nove) do mês de agosto de 2017.596.CMDCA. MS. da Lei Municipal n. em Rose. para atividade de Comércio Varejista de torna público que requereua Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana- Combustíveis. e às 18h. 4.quinta-feira. em primeira convocação. 488. atividade de FABRICAÇÃO DE PRODUTOS PARA LIMPEZA. Localizada na rua Anhanguera. no município de Campo Grande –MS. Localizada à RUA LUIZ FREIRE Lima município de Campo Grande –MS. em segunda e última convocação. RECORRENTE: Queila Fernanda Pereira Alves/Cleudson Pereira Alves RECURSO: Voluntário nº.927 de 033/07/2017. à partir das 08:00 hs. Art. CEP 79040-140. torna público que 2ª Convocação. 6 de julho de 2017 DIOGRANDE n. com base na Deliberação nº 436/CMDCA. sito Modalidade Licença de Instalação e a Licença Ambiental Modalidade Licença de Operação à Rua Otaviano de Souza nº. no para atividade de Condomínio Multirresidencial .ME torna público que requereu à Secretaria Municipal para atividade de SERVIÇOS DE MANUTEÇÃO E REPARAÇÃO MECÂNICA DE de Meio Ambiente e Gestão Urbana – SEMADUR a Licença Ambiental Modalidade VEÍCULOS AUTOMOTORES. usando das atribuições do cargo CONDOMÍNIO RESIDENCIAL VILLAGIO DO PARQUE torna público que requereu à estabelecidas no Estatuto Social. para atividade imobiliária (condomínio funcionará. DEFERIR o pedido de Renovação de Registro e Renovação de Inscrição RELATOR: Arleon Carlos Stelini do Programa destinado ao atendimento de crianças e adolescentes às entidades ASSUNTO: Código de Posturas – Multa constantes no anexo único desta Deliberação. Nova Licença Prévia para atividade de BAR COM MÚSICA.PÁGINA 11 . sos Fiscais do Município de Campo Grande em Sessão Extraordinária.. CONCESSÃO ADRIANO CESAR MAIA 01946114189 torna público que recebeu da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana – SEMADUR a Licença Ambiental REQUERIMENTO Modalidade Licença de Operação com validade de 48 MESES a contar de 21/07/2017. REQUERIMENTO AUTO POSTO FÊNIX LTDA – CNPJ MF 24. 0596/2012 DISPÕE SOBRE RENOVAÇÃO DE REGISTRO E RENOVAÇÃO DE INSCRIÇÃO DE PROCESSO: 71338/2011-08 PROGRAMA. 05 de julho de 2017. 559 DE 05 DE JULHO DE 2017. nº. 012 PARECER: Márcio de Barros RELATOR: Marcelino Pereira dos Santos ASSUNTO: Código de Posturas – Multa Renovação de Registro: n. Campo Grande/MS. A presente Assembléia Geral Extraordinária poderá ser encaminhada requereu á Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana – SEMADUR a e deliberada observando o quórum estatutário. Localizada à Rua Francisco Martins de Modalidade Licença de Instalação e Licença de Operação para atividade de COMERCIO Souza município de Campo Grande –MS. fim de deliberarem sobre a ordem do dia: 1. município de Campo Grande. no uso das ASSUNTO: Código de Posturas – Multa atribuições que lhe confere o inciso III do artigo 5º. a Junta de Recur- Campo Grande/MS. localizada à RUA ARAÇA. de 09 de junho de 1992. 2º. 58 – Bairro Monte Líbano. município de Campo Grande –MS. Presidente do Sindicato dos Funcionários REQUERIMENTO e Servidores Municipais de Campo Grande – MS. 0072/2017 Jorge Takeshi Otubo Em atendimento ao disposto no parágrafo único do artigo 81 da Lei Complementar nº. para Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana – SEMADUR a Licença Ambiental uma Assembleia Geral Extraordinária que será realizada na sede do SISEM. 0615/2012 DELIBERA: PROCESSO: 71340/2011-41 PARECER: Márcio de Barros Art.Jardim Veraneio. RECORRENTE: Olay Alves Dias RECURSO: Voluntário nº. 1224/2012 Entidade Concessão Validade PROCESSO: 91744/2011-33 PARECER: Márcio de Barros RELATOR: Gianni Yara Costa Lessa dos Santos Renovação de Registro: n. RECURSO: Voluntário nº. de 27/6/2017. Esta deliberação entra em vigor na data de sua publicação.187 RECURSO: Voluntário nº. MILANESI & AGUENA LTDA . 0886/2012 Campo Grande. Localizada à Rua Guilherme de Almeida. ATACADISTA DE CERVEJA. ou seja. 4. a II.371/0001-46 torna público que requereu REQUERIMENTO à Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana – SEMADUR a Licença PROLIMPO INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE PRODUTOS QUÍMICOS LTDA-EPP Ambiental Modalidade Licença de Operação. PROCESSO: 91099/2011-11 PARECER: Márcio de Barros Ana Paula Queiroz dos Santos RELATOR: Denir de Souza Nantes Conselheira Presidente/CMDCA ASSUNTO: Código de Posturas – Multa ANEXO ÚNICO À DELIBERAÇÃO CMDCA N. em Campo Grande/MS. CONVOCA todos os servidores filiados. 04 de julho de 2017. Presidente 02 de 15 de Dezembro de 1992. CHOPE E REFRIGERANTE. Esta deliberação entra em vigor na data de sua publicação. às 17h30min em 1ª Convocação. com a presença de 2/3 (dois terços) dos associados residencial). . serviços de troca-de-óleo e lavagem de veículos localizado na Rua dos SEMADUR a Licença Ambiental-Modalidade Renovação de Licença de Operação para Andradas.32 unidades localizado à Rua Lise próximo dia 19. Carandá Bosque e. julgará na Rua Cândido Mariano. 1309/2012 PROCESSO: 44398/2012-30 PARECER: Márcio de Barros RELATOR: Maria Helade Longo de Oliveira ASSUNTO: Tributário – IPTU  Republica-se a seguinte pauta por constar incorreções nos originais publicados no DIOGRANDE nº. a quem interessar possa. 187 3 (três) anos PATRONO: Andreia Juliana Andreuzza Vicentini Duarte OAB/MS 15241 ASSOCIAÇÃO CRIANÇAS DO BRASIL EM CAMPO 3 (três) anos Programa de Proteção em Regime RECORRENTE: Associação dos Moradores da Coophavila/ Maria Bernadete de GRANDE-MS Acolhimento Institucional – Casa Carvalho Gauto Lar – Unidade II: n.Casa VOVÓ TULIA PROCESSO: 91537/2011-89 Lar: n. 0910/2012 HANSENIANOS – CASA Acolhimento Institucional . PARECER: Márcio de Barros RELATOR: Arleon Carlos Stelini O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente . 2. EDITAL DE CONVOCAÇÃO MARCOS CESAR MALAQUIAS TABOSA. os Ana Paula Queiroz dos Santos seguintes Recursos: Conselheira Presidente/CMDCA RECORRENTE: David Amancio de Medeiros/ Maria Terezinha Garcia de Medeiros DELIBERAÇÃO N. 1549 Bairro: Vila Ipiranga CEP:79080-740 Município de Campo Grande-MS. 2655 – 4º andar .Sala 05. 301 – Vila duque de Caxias no Município de Campo Grande-MS.2017 (quarta-feira). Campo Grande . 746 .MS. 012 3 (três) anos ASSUNTO: Código de Posturas – Multa ASSOCIAÇÃO DE AUXILIO E RECUPERAÇÃO DOS RECORRENTE: Eduardo Lino Duarte Programa de Proteção em Regime 3 (três) anos RECURSO: Voluntário nº.932 Art. REQUERIMENTO ELAINE CRIATINA SANTOS OLIVEIRA torna público que requereu à Secretaria REQUERIMENTO Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana – SEMADUR a Licença Ambiental Modalidade ROTELE DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS LTDA torna público que requereu à Secretaria Licença Prévia para atividade de Bares e outros estabelecimentos especializados em Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana – SEMADUR as Licenças Ambientais servir bebidas. que no dia 29 PARTE IV P U B L I C A Ç Õ E S A P E D I D O A MORUMBI CONSTRUÇÕES E INCORPORAÇÕES LTDA. Localizado à Rua Pedro Martins – Lote 2DX da Quadra 27. RECORRENTE: David Amancio de Medeiros/ Maria Terezinha Garcia de Medeiros RECURSO: Voluntário nº. BENCHETRIT N° 282 BAIRRO MIGUEL COUTO. Discussão e deliberação sobre a alienação de 4 (quatro) veículos de passeio pertencentes ao Sisem.07. e Casas de festas e eventos. Central de Atendimento ao Cidadão.892. 29 de junho de 2017 Pauta de Julgamento Nº. faço saber. de 17 de dezembro de 2014 e considerando a decisão na 424ª Sessão Ordinária. a Assembléia instalar-se-á e Licença Ambiental – Modalidade Licença Prévia. 2º. com qualquer número de associados presentes. 1º. 559/CMDCA/2017.

55.PLANURB. R. TARUMÃ 05/07/2017 quarta-feira 18:30 às 20:30 ITAOCA. 350. BAIRRO NOVA CAMPO GRANDE NÚCLEO CEINF ANTONIO BRAGA. 4. BAIRRO UNIÃO CEINF MENINO JESUS DE PRAGA. JÚLIO DE SOBRINHO 06/07/2017 quinta-feira 18:30 às 20:30 CASTILHO. SÃO CONRADO 05/07/2017 quarta-feira 18:30 às 20:30 CORONEL ADAUTO BARBOSA. R. 222. S/N. R. AV. BAIRRO DR. 1360. R. ALBUQUERQUE BANDEIRANTES 03/07/2017 segunda-feira 18:30 às 20:30 ESCOLA MUNICIPAL DR.JI PARANÁ. BAIRRO SANTO ANTÔNIO 06/07/2017 quinta-feira 18:30 às 20:30 SANTO ANTONIO ESCOLA MUNICIPAL JOÃO EVANGELISTA VIEIRA DE ALMEIDA.558. R. 279. JOÃO TOMÁS. CIBELE. R. BAIRRO TIJUCA ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR ANTONIO LOPES LINS. 2. BAIRRO SÃO CONRADO ESCOLA ESTADUAL JOSÉ ANTONIO PEREIRA. BAIRRO POPULAR NOVA CAMPO ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR FAUZE SCAFF GATTAS FILHO. 260. BAIRRO BATISTÃO 04/07/2017 terça-feira 18:30 às 20:30 BATISTÃO ESCOLA ESTADUAL MANOEL BONIFÁCIO NUNES DA CUNHA. BAIRRO CAIÇARA ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA BRASILINA FERRAZ MANTERO. R. TIJUCA 05/07/2017 quarta-feira 18:30 às 20:30 PANAMBIVERÁ. BAIRRO NÚCLEO 07/07/2017 sexta -feira 18:30 às 20:30 INDÚSTRIAL INDUSTRIAL . R. BAIRRO TAVEIRÓPOLIS ESCOLA ESTADUAL ARLINDO ANDRADE GOMES. CAIOBÁ 05/07/2017 quarta-feira 18:30 às 20:30 S/N. S/N. LEBLON 04/07/2017 terça-feira 18:30 às 20:30 TAMOIO. ANICETO DA CAIÇARA 03/07/2017 segunda-feira 18:30 às 20:30 COSTA RONDON. BAIRRO JARDIM PAULISTA BANDEIRA ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA FLORA GUIMARÃES ROSA PIRES. RIO DOURADO. BAIRRO COOPHAVILA II 04/07/2017 terça-feira 18:30 às 20:30 COOHAVILA II LAGOA CEINF LAURA DE VINCUÑA. DAS UNIÃO 04/07/2017 terça-feira 18:30 às 20:30 CAMÉLIAS. R. 196. 340.quinta-feira. RUA HÉLIO DE CASTRO MAIA. 861.PÁGINA 12 . DOS RECIFES. BAIRRO JARDIM LEBLON ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR JOSÉ DE SOUZA. BAIRRO PANAMÁ ESCOLA MUNICIPAL CARLOS VILHALBA CRISTALDO. R. ANTONIO PINTO. DR.CRONOGRAMA . R. IMBIRUSSU PANAMÁ 07/07/2017 sexta-feira 18:30 às 20:30 CONSTANTINOPLA. TERTULIANO MEIRELLES. R.932 REVISÃO DO PLANO DIRETOR CAMPO GRANDE LEITURA COMUNITÁRIA . ALBUQUERQUE 03/07/2017 segunda-feira 18:30 às 20:30 RUA RAMALHO ORTIGÃO.REUNIÕES BAIRROS E DISTRITOS Região Urbana Bairros Data Dia da semana Horário Local AGÊNCIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE E PLANEJAMENTO JARDIM PAULISTA 03/07/2017 segunda-feira 18:30 às 20:30 URBANO . BAIRRO CAIOBÁ ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA TEREZA RODRIGUES. BAIRRO TARUMÃ ESCOLA MUNICIPAL NAGESCOLA MUNICIPAL JORGE SAAD. R. 07/07/2017 sexta-feira 18:30 às 20:30 GRANDE AV. SN. R. 199. 6 de julho de 2017 DIOGRANDE n. BAIRRO SANTO AMARO ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA ALICE NUNES ZAMPIERE. 13. PÁDUA POPULAR 07/07/2017 sexta-feira 18:30 às 20:30 GAZAL. SANTO AMARO 06/07/2017 quinta-feira 18:30 às 20:30 PONTA PORÃ. AV. TAVEIRÓPOLIS 06/07/2017 quinta-feira 18:30 às 20:30 257. 686. BAIRRO SOBRINHO ESCOLA ESTADUAL RUI BARBOSA. 56.