FEA – FUMEC Concreto Armado – Solicitações Normais

FACULDADE DE ENGENHARIA E ARQUITETURA

CONCRETO ARMADO

SOLICITAÇÕES NORMAIS

Antônio Carlos Nogueira Rabelo
Josiane Andrade Rodrigues
Luiz de Lacerda Júnior
Marcelo dos Santos Silva
Márcio Dario da Silva
Maria de Lourdes Silva Viana

2009

1

5‰ b) Estado limite último de deformação plástica excessiva É alcançado quando a armadura tracionada atinge o valor último convencional  s. quanto pela deformação excessiva da armadura tracionada. 2) Solidariedade dos materiais A deformação em cada barra é a mesma do concreto adjacente. máx = 10‰. na fibra mais comprimida de concreto. máx. permanecem planas até a ruptura (as deformações são proporcionais à sua distância à L.).FEA – FUMEC Concreto Armado – Solicitações Normais Solicitações Normais “Designam-se por solicitações normais os esforços solicitantes que produzem Tensões Normais nas seções transversais das peças estruturais.N. Estado limite último convencional a) Estado limite último de ruptura É alcançado quando. o encurtamento for igual a um valor último convencional  cc. 2 . = 3.” Estados últimos de ruptura A verificação da segurança é feita admitindo-se que o esgotamento da capacidade resistente tanto possa ocorrer pela ruptura do concreto comprimido. Hipóteses Básicas 1) Manutenção da seção plana As seções transversais planas antes do carregamento. (Perfeita aderência entre o concreto e o aço).

conforme mostra a figura acima. 3 .5‰ para peças totalmente comprimidas com compressão excêntrica. 4) Alongamentos últimos das armaduras  s = 10‰ 5) Diagrama de tensões parábola – retângulo.5‰ na flexão pura  c = 2‰ na compressão centrada 2‰   c  3. A NBR 6118:2003 permite trabalhar com um diagrama retangular no lugar do diagrama parábola – retângulo. Admite-se que no estado último. as tensões de compressão na seção transversal tenham uma distribuição de acordo com o diagrama parábola – retângulo da figura abaixo. uma vez que as resultantes de cada diagrama são praticamente iguais. A simplificação é perfeitamente viável.FEA – FUMEC Concreto Armado – Solicitações Normais 3) Encurtamentos últimos do concreto:  c = 3.

FEA – FUMEC Concreto Armado – Solicitações Normais Diagramas de deformação 1º Caso A ruína ocorre por ruptura do concreto comprido Seção parcialmente comprimida 2º Caso Seção totalmente comprimida por compressão excêntrica ou centrada. 3º Caso Alongamento excessivo da armadura. A ruína também ocorre por ruptura do concreto. εs = 10‰ corresponde à fissura de 1mm para cada 10cm de peça. 4 . Seção parcialmente comprimida ou totalmente tracionada. A NBR 6118:2003 determina que a (3/7h) da face superior o encurtamento seja 2‰ . A ruptura ocorre por alongamento excessivo da armadura.

5 . B e C (ver 2ºcaso) indicados. Para que um diagrama de deformação corresponda a um limite último.FEA – FUMEC Concreto Armado – Solicitações Normais 4º Caso Não há ruína pois não foi atingido nenhum limite último. ele necessariamente deverá passar por um dos três pontos A.