2/7/2014 Portal Minas Livre - Brasil

Digite sua Busca

Mundo do Política e
Home Movimentos Brasil Cultura Mídia Opinião Internacional Entrevistas
Trabalho Economia

Brasil

14/09/2013

Fim da Webjet é reflexo de problema maior
Curtir 0 Tw eetar 0 2

por Thaíne Belissa - Portal Minas Livre

A e xti n çã o d a co mp a n h i a a é re a We b j e t a i n d a d e i xa ra stro s co mo o d e se mp re g o d e 8 5 0
fu n ci o n á ri o s. Ma s o ca so re fl e te u m p ro b l e ma a i n d a ma i o r n a a vi a çã o ci vi l : a fa l ta d e

i n fra e stru tu ra d o s a e ro p o rto s b ra si l e i ro s

Às vésperas de completar um ano de extinção, a companhia aérea Webjet continua bem presente na memória
dos brasileiros. E não é por um bom motivo: a fusão com a Gol deixou rastros como o desemprego de 850
funcionários e o medo do aumento dos preços das passagens aéreas. Mas, apesar de ter ganhado a mídia de

forma mais expressiva, o caso da Webjet é apenas um reflexo de um problema ainda maior: a falta de
infraestrutura adequada dos aeroportos brasileiros que leva à limitação de concorrência e provoca a
concentração de mercado.

A conclusão é do advogado e mestre em Direito Econômico pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Pablo Leurquin. Ele destaca que existe uma série de fatores
macroeconômicos que influenciam na concorrência do transporte aéreo e, consequentemente, nos preços das passagens, como o aumento do dólar e renda da população. Mas,
ele destaca que um ponto crucial é a capacidade dos aeroportos no país. “Empresas e pessoas cada vez mais querem voar, mas não tem espaço físico. Nos aeroportos é visível o
número de pessoas desproporcional ao serviço”, afirma.

De acordo com o advogado, essa situação levou o governo a regular o slot, que é o direito de pouso ou decolagem em determinado aeroporto. “Isso é necessário porque existem
mais empresas querendo slots do que a quantidade existente”, explica. Entretanto, o que acontece na prática é que o governo cria regras de distribuição desses slots, valorizando
as empresas maiores. “O resultado disso é que empresas novas têm dificuldade de se estabelecer no mercado. Esse gargalo impede potenciais concorrentes para as grandes
companhias”, conclui.

Para o advogado, esse é o principal ponto onde o governo precisa se debruçar para encontrar uma solução. “A infraestrutura dos aeroportos é o verdadeiro problema da aviação

civil no país. Se ela fosse adequada, a competitividade seria garantida, os preços das passagens seriam menores e mais municípios do país seriam contemplados com o

transporte”, conclui. Ele lembra que, há alguns meses, o governo federal anunciou um pacote de concessões para aumentar a capacidade de aeroportos no país, o que ele
considera uma “primeira medida nesse sentido”.

We b j e t: u ma b o a i d e i a q u e n ã o so b re vi ve u

Diante desse cenário fica fácil a conclusão de que o fim da Webjet – assim como todas as lamentáveis consequências dessa extinção - poderia ter sido evitado se o país tivesse
aeroportos melhores. O advogado lembra que, enquanto esteve atuante, a Webjet trouxe um modelo interessante para a aviação brasileira, pois abriu as portas dos aviões para a

população de baixa renda.

“Antigamente viajar de avião tinha um ar de nobreza: as pessoas se arrumavam, os talheres eram de ferro. A Webjet combateu essa a ideia de transporte de luxo, pois era uma

empresa de baixo custo”, frisa. Ele destaca, ainda, que a companhia também foi uma das primeiras a bombardear a venda de passagens pela internet. “Até então só se comprava
com agentes, mas a Webjet usou a venda na internet para diminuir os gastos e baratear o preço da passagem”, afirma.

Qu e stã o tra b a l h i sta p e rma n e ce se m so l u çã o

O anúncio do fim da Webjet aconteceu em novembro no ano passado e, pouco depois disso, o Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (TRT-RJ) determinou que a Gol
reintegrasse os 850 funcionários demitidos. Mas, a companhia aérea não cumpriu a sentença. De acordo com o TRT-RJ, a Gol chegou a pagar salários para os trabalhadores, mas

http://minaslivre.com.br/plus/modulos/noticias/ler.php?cdnoticia=51#.U7N5yvldXUU 1/3

Além disso.php?cdnoticia=51#. Em março deste ano.com. “É um constrangimento a que foram submetidos. a Gol voltou a dispensar os empregados. destacou a desembargadora Maria Aparecida Magalhães. acredita que a fusão tenha acontecido como forma de resgatar a Webjet. pois a concorrência é maior”. “Isso não foi uma fusão: a Gol claramente eliminou um concorrente.Brasil eles não exerceram nenhuma atividade desde então. A Gol informou que vai recorrer da decisão.capazes inclusive de oferecer novos serviços e ampliar suas ofertas para contrabalancear eventuais restrições de oferta por parte da Gol”. “Muitos dos colaboradores dispensados se recolocaram no mercado. Guilherme Hamdan Gontijo. em caso de descumprimento da decisão.2/7/2014 Portal Minas Livre . mas na Webjet. ou porque a companhia foi adquirida por outra ou porque ela quebraria”. que só formalmente continuou a existir. Com entár ios Comentar. e bom para o usuário. Em resposta ao Mi n a s L i vre . é a pior prática possível. No início deste mês. afirma. mas ele lembra que esse processo demorou tanto que muitos já tomaram outros caminhos. o TRT-RJ determinou. Também confirmou a sentença de 1º grau em relação aos pagamento de danos morais coletivos. tanto para o trabalhador. A Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) também foi procurada pela reportagem. o Cade afirmou que a fusão foi aprovada tendo em vista que a concorrência entre as companhias aéreas não ficaria prejudicada. afirma que a categoria espera há quase um ano um posicionamento definitivo da Justiça. a reintegração imediata dos empregados. novamente. Publicar também no Facebook Publicando como Pablo Leurquin (Não é você?) Comentar Plug-in social do Facebook Histórico 0 1 /0 7 /2 0 1 4 Produção média diária do pré-sal chega a 500 mil barris em oito anos 0 1 /0 7 /2 0 1 4 Cidades enfrentam desafio de aproveitar estádios após Copa 0 1 /0 7 /2 0 1 4 Mestrado e doutorado no Brasil também terão benefício do Fies 3 0 /0 6 /2 0 1 4 Estoque de sangue do Inca baixou desde o início da Copa do Mundo 2 8 /0 6 /2 0 1 4 Copa dos Refugiados reúne estrangeiros acolhidos no Brasil 2 7 /0 6 /2 0 1 4 Há 50 anos. Já o professor de economia do Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (Ibmec). pois retornaram ao trabalho não na Gol. Mas. critica. que tem emprego.. A reivindicação é pela reintegração de todos os trabalhadores demitidos. quanto para o consumidor.. Celso Klafke. que perdeu o emprego. tanto no Brasil quanto no exterior. que tinha mais de R$200 milhões em dívidas. afirma que a fusão da Gol e da Webjet só trouxe prejuízo. As empresas desconsideraram a sucessão trabalhista”. mas a instituição informou que não se manifestará sobre a fusão da Gol e da Webjet. “A concentração de mercado aconteceria de qualquer forma. Existe um mercado muito carente desses profissionais na China e em outros países da Ásia.br/plus/modulos/noticias/ler. em termos comerciais. a primeira mulher negra era coroada miss no Brasil 2 6 /0 6 /2 0 1 4 Brasil recebe primeira edição do Mundial Futebol de Rua 2 6 /0 6 /2 0 1 4 Manifestação em Brasília defende direitos de mulheres e homossexuais 2 6 /0 6 /2 0 1 4 Justiça derruba liminar que limitava atuação da PM durante protestos em Minas 2 6 /0 6 /2 0 1 4 Documentário mostra vida de meninas exploradas sexualmente e serve de alerta http://minaslivre. que perdeu uma companhia para comprar passagem”. frisa. afirmou o conselho por meio de nota. Fu sã o é q u e sti o n a d a O presidente da Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil (Fentac). como determinado. fixados em R$ 1 milhão.U7N5yvldXUU 2/3 . por trabalhador. “Ter mais empresas no mercado é bom para o trabalhador. e para o consumidor. Foi ruim para o trabalhador. é claro que sair do país desempregado é diferente de optar por isso”. o que. “O Cade entendeu que existem outras empresas capazes de concorrer com a empresa fusionada . Adriano Castanho. Ele destaca que a Fentac lamenta que essa aquisição tenha sido autorizada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). analisa. a nova decisão elevou de R$ 100 para R$ 1 mil a multa diária. O secretário geral do SNA.

150-190 Minas Livre é um portal de notícias do Fórum Sindical e Social de Minas Gerais - FSS Prestação de Contas (31) 3238-5018 FSS. Pede-se que seja citada a jornalismo@minaslivre.com. Receba Nossa Newsletter Seu Nome Seu E-mail Enviar Gerenciar http://minaslivre.php?cdnoticia=51#.br fonte.Brasil Navegação Encontre-nos Mensagem ao Usuário Sobre o Portal Colunistas e Colaboradores Rua Mucuri.com. É permitida a reprodução dos Vídeos Fale Conosco conteúdos. 271. Floresta – Belo Horizonte/MG 30.br/plus/modulos/noticias/ler.2/7/2014 Portal Minas Livre .U7N5yvldXUU 3/3 .