PODER JUDICIÁRIO

JUSTIÇA DO TRABALHO
TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO -
6ª VARA DO TRABALHO DO RECIFE
ATA DE JULGAMENTO DO PROCESSO Nº 0000563-66.2012.5.06.0006

Aos 26 dias do mês de agosto de dois mil e treze, às 12h25min, estando
aberta a audiência da 6ª Vara do Trabalho desta Cidade, na sala respectiva, com a presença da
Sra. Juíza do Trabalho, Dra. VANÊSSA ZACCHÊ DE SÁ, foram apregoados os litigantes:
JOSÉ MENEZES DA SILVA, reclamante e CONTAX S/A, BANCO ITAUCARD S/A e
ITAÚ UNIBANCO S/A, reclamados.

Ausentes as partes.
Segue a decisão.

Vistos etc.

JOSÉ MENEZES DA SILVA ajuizou Ação Trabalhista contra
CONTAX S/A, BANCO ITAUCARD S/A e ITAÚ UNIBANCO S/A alegando o contido na
petição de fls. 02/18. Postula o contido nos itens de “1” à 23” da exordial. Juntou procuração
e documentos.

Na audiência designada, recusada a 1ª proposta de acordo, os
reclamados apresentaram defesas. Fixada a alçada e concedido prazo para juntada e
manifestação de documentos.

As partes juntaram documentos e se manifestou sobre a documentação
acostada pela parte adversa.

Na assentada seguinte, após dispensados os depoimentos pessoais,
requereram os litigantes a juntada de atas de instrução para ser utilizadas como prova
emprestada, o que foi deferido pelo Juízo. Nada mais sendo requerido foi encerrada a
instrução. Razões finais remissivas pelas partes. Rejeitada a segunda proposta de acordo.

Findo o relatório passa-se a decidir.

PRELIMINARMENTE:

Da preliminar de inépcia da petição inicial.
Os reclamados suscitaram preliminar de inépcia da petição inicial com
relação ao pedido de pagamento dos domingos e feriados laborados, aduzindo que o autor não
especificou na peça de ingresso os dias que laborou em domingos e feriados.

Razão assiste à demandada.

Proc. 0000563-66.2012.5.06.0006
Fls.1

450). devendo a Secretaria da Vara providenciar a retificação nos assentamentos dos autos e no sistema SIAJ. realizou o reclamante pedido genérico. Diante disso. Ante o exposto. indicando o advogado Antônio Braz da Silva (OAB-PE 12. Do pedido de concessão dos benefícios da justiça gratuita. Requereu o reclamante que as notificações e intimações referentes ao presente feito sejam dirigidas ao advogado João Fernando Carneiro Leão de Amorim (OAB- PE 26. Da notificação única. parte ou não. Aduz que é fato publico e notório que o Banco Itaucard é empresa pertencente ao conglomerado Itaú Unibanco S/A integrando o mesmo grupo econômico.5. a teor do o art. Rejeita-se a prescrição qüinqüenal suscitada pelo réu. os benefícios assistência gratuita. contudo teve sua CTPS anotada pela primeira reclamada.268).06. 790 da CLT. dá ao Juiz a possibilidade de conferir a todos. defere-se o requerimento. Da preliminar de carência de ação suscitada pela litisconsorte. A atenção da Secretaria da Vara. impedindo o exercício do amplo direito de defesa da ré e o pronunciamento objetivo do Juízo. Determina o Juízo a retificação do pólo passivo da demanda para fazer constar como nome da primeira reclamada CONTAX S/A.08. que faz parte do mesmo grupo econômico do terceiro demandado permite a identificação positiva da legitimidade da demandada para figurar no pólo passivo da presente demanda. MÉRITO: Da retificação do pólo passivo da demanda. tendo o segundo e terceiros reclamados realizado o mesmo requerimento.2012. A simples aferição em abstrato da afirmação do autor de ter mantido vínculo empregatício com a segunda reclamada. 0000563-66. Afirma que foi inserido na categoria dos trabalhadores de empresas de Telecomunicações do Estado de Proc. 5º da lei 1060/50.0006 Fls. cuja redação foi dada pela lei 10. tendo em vista que o contrato de trabalho mantido entre as partes se desenvolveu dentro do prazo de cinco anos contados retroativamente da data do ajuizamento da presente reclamatória.537/03. tendo o postulante sempre laborado para o Banco Itaucard S/A. com relação ao pedido de pagamento dos domingos e feriados em dobro. é matéria que necessita incursão meritória. Assim. Quanto a veracidade das afirmativas do autor. Da alegada terceirização ilícita. O parágrafo 3º. Defere o Juízo ambos os requerimentos. não indicou o autor de forma especifica os dias que laborou em domingos e feriados. Alega o reclamante que iniciou suas atividades para a segunda reclamada em 02. bem como aquele que sua situação econômica não lhe permita demandar. Preliminar que se rejeita. Da prescrição qüinqüenal. Na Justiça do Trabalho a assistência judiciária é devida a todo aquele que perceber salário igual ou inferior ao dobro do mínimo legal.2 . do art. Com efeito. I ITAUCARD. sem julgamento do mérito.2010 na função de atendente de Sac. sem prejuízo do sustento próprio ou de sua família. acolho a preliminar suscitada para extinguir o feito.

verifica o Juízo. dentre outras.06. Inicialmente.2012. dentre outros. remuneração e principalmente. Disse ainda que só é possível atender logada no sistema. solicitações de segunda via de cartões. subordinação entre o prestador e o tomador de serviço. Afirmou que não possuia acesso à contas bancárias dos clientes. A primeira reclamada aduz que firmou contrato de prestação de serviços com o banco réu. Afirmou que não tinha acesso a conta corrente. habitualidade. a autora daquele processo. por seu turno. Informou que quando o cliente ligava e estava sem débito e queria fazer um acordo transferia para o setor de cobrança.2012. não havendo relação de pessoalidade. Informou que não trabalhava com dinheiro em espécie e que não fazia atendimento presencial. restringido à prestação de serviços de tele-atendimento para cobranças de créditos. Sustenta que o postulantes não concedia crédito. lançava no sistema os valores pretendidos pelos clientes. sob o fundamento de que as atividades do autor não era atividade fim do réu.2011. através da ata de instrução do processo 0001054-56.3 . inclusão de dependentes. quando interrogada. desbloqueio de cartões. 0000563-66.5. não analisava crédito e não disponibilizava numerário. Conforme prova emprestada acostada pela parte autora. as quais não tinha acesso.Pernambuco.06. vencidos e não pagos. Aduzem que os prestadores de serviço da CONTAX não eram empregados do HIPERCARD. as afirmações acima narradas. Impende registrar que a caracterização de tal atividade é justamente o risco do empregado (bancário) quando da realização de atividades financeiras. com equipamentos desta e subordinado a seus supervisores. não sendo este o caso Proc. não abria contas bancárias. Disse que a alteração de limite seguia uma margem estabelecida no sistema e que se o cliente quisesse um limite acima do estabelecido no sistema abriria uma ocorrência e algum setor que não sabia qual avalia o requerimento.5.90. quando deveria estar vinculado à categoria dos bancários.06.0006 Fls. que esta tem como objeto social o tele-atendimento em geral. Já a testemunha do autor do processos 0000018. Alega que o autor sempre exerceu suas atividades nas dependências da Contax. apesar de ter afirmado que efetuada cobranças. informou que dependia de um sistema o qual estipulava limite. oriundos de operações financeiras formalizadas entre o banco e seus clientes. Já a testemunha da autora ouvida no processo supra mencionado informou ao Juízo que quando faltou entregou atestado à Contax e que seu chefe imediato era o supervisor da Contax. sustentam a licitude da terceirização havida. O ponto pivotal da questão reside em saber se efetivamente o postulante exercia ou não atividades diretamente ligadas à atividade fim dos demandados. a teor do contrato social da primeira reclamada.0007 informou que trabalhava com atendimento receptivo e não efetuava ligações. Informou que em relação a alteração de limite dos cartões de crédito. análise de reativação de clientes. sendo que quem autorizava ou não a liberação era o sistema. como conta corrente e poupança. A testemunha da autora nada esclareceu acerca do horário de trabalho. que não fazia transferências bancárias e que trabalhava dentro de um programa que já vinha determinado o numero de vezes que poderia parcelar o debito. No que pertine aos serviços realizados pelo autor. demonstram que efetivamente o postulante não exercia atividade bancária. desempenhando serviços de vendas de cartão de crédito. mas exclusivamente voltadas para o telemarketing. alterações de limites.0023. Os segundo e terceiros reclamados.5. Aduz que esteve lotado na Contax.

Portanto. 130 do CPC – Caberá ao juiz. as quais não eram ultrapassadas. horas extras após a sexta trabalhada e reflexos. Todas compareceram no dia 28.4 . que assim estabelecem: Art. contudo os assuntos de trabalho são tratados com supervisores da CONTAX. Considerando que não restou reconhecido pagamento de verbas rescisórias a destempo ou a menor. auxilio cesta alimentação.06. os reclamados juntaram aos autos diligência realizada pelas Juízas Katharina vila Nova de C. bem assim que este cumpria jornada de trabalho de seis horas diárias.do autor. Necy Lapenda Pessoa de Albuquerque Azevedo. que não há contato entre os atendentes e os empregados Itaú/Hipercard. precisamente os estabelecidos nos artigos 765 da CLT e 130 do CPC. Apesar do autor ter impugnado a diligencia realizada. Oliveira e Silva. pagamento dos sábados laborados. Cássia Barata de Morais Santos Arteiro.2012. deve prevalecer a tese patronal no que diz respeito ao não exercício de atividade fim do segundo reclamado pelo reclamante. reajustes salariais conforme categoria dos bancários. Dra. Ana Catarina Magalhães de Andrade Sá Leitão. Art. que os treinamentos são realizados no prédio da CONTAX e ministrados por instrutores desta empresa. improcedem os pedidos de declaração de nulidade do contrato de trabalho com a Contax S/a e reconhecimento do vinculo de emprego com o Banco Itaúcard S/A. improcede o pedindo quanto ao pagamento das multas previstas nos art. Assim. entendo que o procedimento do Juízo está em estreita observância aos preceitos legais. Dra. duas fiscais do Ministério do Trabalho e da Procuradora do Trabalho Vanessa Patriota da Fonseca.2012 perante o prédio da CONTAX e constataram que os empregados laboravam jornada diária de seis horas. 0000563-66. os quais ajudam os supervisores da CONTAX esclarecendo dúvidas.0006 Fls. que cada atendente tem ponto fixo de trabalho. condenação solidária do Itaú Unibanco S/A. retificação da CTPS. 467 e 477 da CLT. 765 da CLT – Os Juízos e Tribunais do Trabalho terão ampla liberdade na direção do processo e velarão pelo andamento rápido das causas. indeferindo as diligências inúteis ou meramente protelatórias. multas convencionais da categoria dos bancários.5. PLR. com uma pausa de vinte minutos de duas pausas de dez minutos. adicional por tempo de serviço. de ofício ou a requerimento da parte. que há empregados Itaú/Hipercard no prédio diariamente. Honorários advocatícios.11. Quanto ao horário de trabalho. Proc. determinar as provas necessárias à instrução do processo. pagamento de remuneração variável e diferenças salariais. além de duas oficialas de justiça. uma hora extra em razão da não concessão de uma hora de intervalo intrajornada. podendo determinar qualquer diligência necessária ao esclarecimento delas. nenhuma prova produziu o autor a fim de corroborar as alegações deduzidas na peça de ingresso. Dra. auxilio refeição. Por outro lado.

conforme permissivo legal. que segue devidamente assinada na forma da lei. com relação ao pedido de pagamento dos domingos e feriados em dobro. 0000563-66. VANÊSSA ZACCHÊ DE SÁ Juíza do Trabalho Proc. reguladora da matéria no âmbito do Processo do Trabalho.00. Custas processuais pelo reclamante no valor de R$ 1. DECIDE A 6ª VARA DO TRABALHO DO RECIFE: Extinguir o feito. foi lavrada a presente ata.0006 Fls.06. face a total sucumbência do autor e não preenchidos os requisitos elencados na Lei 5. Por fim. Intimem as partes.5 . BANCO ITAUCARD S/A e ITAÚ NIBANCO S/A.584/70.5. porém dispensadas. para constar. sem julgamento do mérito. improcede o pleito quanto a honorários advocatícios.000. JULGAR IMPROCEDENTES os pedidos formulados através da Ação Trabalhista movida por JOSÉ MENEZES DA SILVA em face da CONTAX S/A.2012. E. DIANTE DO EXPOSTO.