Blocos Economicos

Com a economia mundial globalizada, a tendência comercial é a formação de
blocos econômicos.

Estes são criados com a finalidade de facilitar o comércio entre os países
membros. Adotam redução ou isenção de impostos ou de tarifas alfandegárias e
buscam soluções em comum para problemas comerciais.

Em tese, o comércio entre os países constituintes de um bloco econômico
aumenta e gera crescimento econômico para os países. Geralmente estes
blocos são formados por países vizinhos ou que possuam afinidades culturais
ou comerciais. Esta é a nova tendência mundial, pois cada vez mais o comércio
entre blocos econômicos cresce. Economistas afirmam que ficar de fora de um
bloco econômico é viver isolado do mundo comercial.

Blocos Econômicos são reuniões de países que têm como objetivo a integração
econômica e/ou social. Podem ser classificados em cinco categorias distintas:

Áreas ou Zonas de Livre Comércio
Uniões Aduaneiras
Mercados Comuns
Áreas de tarifa preferencial
União Monetária

Os Principais Blocos Economicos são:

Mercosul

União Europeia

Nafta

Comunidade Andina de nacoes-Pacto Andino

Apec

Mercosul é um bloco econômico criado com a junção dos Países pertencentes
da América do Sul.

Os Membro são: Argentina (1991), Brasil (1991), Paraguai (1991), Uruguai (1991)
e Venezuela (2007),
Associados: Bolívia (1996), Chile (1996), Peru (2003), Colômbia (2004) e Equador
(2004)

O Mercado Comum do Sul ( Mercosul ) foi criado em 26/03/1991 com a assinatura
do Tratado de Assunção no Paraguai. Os membros deste importante bloco
econômico da América do Sul são os seguintes países: Argentina, Brasil,
Uruguai e Paraguai (suspenso temporariamente do bloco e função da deposição
do ex-presidente Fernando Lugo em junho de 2012) e Venezuela. A suspensão
do Paraguai irá até abril de 2013, quando ocorrerão eleições no país.

Embora tenha sido criado apenas em 1991, os esboços deste acordo datam da

" . b) adoção de uma Tarifa Externa Comum (TEC). No ano de 1995. e) livre circulação de mão-de-obra. Equador. Atualmente. os países do Mercosul juntos concentram uma população estimada em 311 milhões de habitantes e um PIB (Produto Interno Bruto) de aproximadamente 2 trilhões de dólares. foi instalada a zona de livre comércio entre os países membros. índice de déficit e taxas de inflação. Blocos Economicos década de 1980. Futuramente. Participam até o momento como países associados ao Mercosul. a exemplo do fez o Mercado Comum Europeu. quando Brasil e Argentina assinaram vários acordos comerciais com o objetivo de integração. Em julho de 1999. Colômbia. um importante passo foi dado no sentido de integração econômica entre os países membros. Chile. deve concretizar seus objetivos: "a) eliminação de barreiras tarifárias e não-tarifárias no comércio entre os países membros. c) coordenação de políticas macroeconômicas. Para que o Mercosul atinja a construção de um Mercado Comum. Peru e Bolívia poderão entrar neste bloco econômico. Estabelece-se um plano de uniformização de taxas de juros. f) livre circulação de capitais. pois assinaram tratados comerciais e já estão organizando suas economias para tanto. cerca de 90% das mercadorias produzidas nos países membros podem ser comercializadas sem tarifas comerciais. A partir deste ano. há planos para a adoção de uma moeda única. d) livre comércio de serviços. Alguns produtos não entraram neste acordo e possuem tarifação especial por serem considerados estratégicos ou por aguardarem legislação comercial específica.