You are on page 1of 3
PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO TOCANTINS COMARCA DE COLINAS DO TOCANTINS 1ª VARA CÍVEL PROCESSO N.

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO TOCANTINS COMARCA DE COLINAS DO TOCANTINS 1ª VARA CÍVEL

PROCESSO N. 0000103-33.2016.827.2713 AÇÃO : PROCEDIMENTO COMUM

CHAVE DO PROCESSO: 678879357816

AUTOR

: FRIBON TRANSPORTES LTDA

RÉUS

: SERGIO RESINI JAMIL AIRTO ROCKENBACH ELENOR JOSE RESINI

DECISÃO

Decisão interlocutória.

Pedido Liminar: Tutela antecipada para que este Juízo determine à parte ré que efetue a imediata descarga das mercadorias para cujo transporte foi contratada (grãos de soja) no local de destino, qual seja, FERROVIA NORTE SUL S/A, localizada na 501 Sul, Avenida Joaquim Teotônio Segurado, s/n, CEP: 77.016-002, Palmas/TO.

Causa de pedir: Afirmações de que:

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO TOCANTINS COMARCA DE COLINAS DO TOCANTINS 1ª VARA CÍVEL PROCESSO N.
PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO TOCANTINS COMARCA DE COLINAS DO TOCANTINS 1ª VARA CÍVEL PROCESSO N.
PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO TOCANTINS COMARCA DE COLINAS DO TOCANTINS 1ª VARA CÍVEL PROCESSO N.

DECIDO.

Caracterizados os requisitos para o DEFERIMENTO do pedido de tute- la provisória de urgência, quais sejam, fumus boni juris e perigo de dano ou o risco ao

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO TOCANTINS COMARCA DE COLINAS DO TOCANTINS 1ª VARA CÍVEL Processo n. 0000103-33.2016.827.2713

resultado útil do processo (art. 300, CPC/2015).

Fumus boni juris. Os documentos que instruem os autos comprovam a existência da subcontratação dos réus para o transporte dos grãos de soja e indicam que plausível a existência da alegada interrupção do transporte, bem como que a parte ré esteja retendo as mercadorias que deveria entregar em Palmas-TO.

A retenção da carga transportada como meio coercitivo para obter o pagamento de valores que ultrapassam o frete convencionado, parece-me medida desproporcional e desarrazoada, notadamente se levarmos em consideração a natu- reza PERECÍVEL da carga e os valores estabelecidos no DACTE:

Valor da carga 1: R$ 37.310,27 reais, respectivo frete: R$ 4.314,96 reais Valor da carga 2: R$ 17.050,00 reais, respectivo frete: R$ 3.410,00 reais.

O perigo de demora contemporâneo à propositura desta ação. É evi- dente, tendo em vista que se trata de carga PERECÍVEL (grãos de soja) e de valor expressivo conforme já anotado alhures, de modo que efetivo o risco de a parte auto- ra sofrer dano de difícil ou incerta reparação antes do julgamento final desta ação em prejuízo ao resultado útil do processo.

CONCLUSÃO

  • 1. Diante do exposto:

  • 2. Por presentes o fumus boni juris e o periculum in mora, com fulcro no

arts. 300, 301, parte final, do CPC/2015, DEFIRO a TUTELA PROVISÓRIA DE UR-

GÊNCIA para DETERMINAR à parte ré que PROSSIGA A VIAGEM contratada e efetue o DESCARREGAMENTO na FERROVIA NORTE SUL S/A, localizada na 501 Sul, Avenida Joaquim Teotônio Segurado, s/n, CEP: 77.016-002, Palmas/TO.

  • 3. DESIGNO a AUDIÊNCIA DE CONCILIAÇÃO prevista pelo art. 334,

§§ 3º, 4º, I e 8º, CPC/2015, que será realizada pelo CEJUSC. INCLUA-SE, pois,

este processo na pauta do CEJUSC, observando-se os prazos mínimos estabeleci- dos pelo art. 334, caput, CPC/2015.

  • 4. Com supedâneo nos arts. 536, § 1º, e 537 do CPC/2015, IMPONHO

à parte ré MULTA no valor de R$ 1.000,00 reais por dia de atraso no cumprimento des- ta decisão, até o limite de R$ 40.000,00 reais, sem prejuízo reavaliar o valor e perio- dicidade das astreintes, conforme prevê o § 1º do art. 537 do CPC/2015, e sem preju-

ízo, ainda, de expedição de mandado de busca e apreensão dos grãos.

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO TOCANTINS COMARCA DE COLINAS DO TOCANTINS 1ª VARA CÍVEL Processo n. 0000103-33.2016.827.2713

  • 5. CITE-SE e INTIME-SE a parte ré para que compareça à audiência ora

designada, acompanhada de advogado ou de defensor público (art. 334, § 9º, CPC/2015), podendo fazer-se representar nesta audiência por procurador com poderes para transigir (art. 334, §10, CPC/2015), esclarecendo-lhe que o prazo de 15 dias fixado

pelo art. 335 do CPC/2015 para apresentação da CONTESTAÇÃO contar-se-á da data:

I - da audiência de conciliação ou de mediação, ou da última sessão de conciliação, quando qualquer parte não comparecer ou, comparecendo, não houver autocomposição;

II - do protocolo do pedido de cancelamento da audiência de conciliação ou de mediação apresentado pelo réu, quando ocorrer a hipótese do art. 334, § 4º, inciso I;

III - prevista no art. 231, de acordo com o modo como foi feita a citação, nos demais casos.

  • 6. Quando do cumprimento do mandado de NOTIFICAÇÃO/CITA-

ÇÃO/INTIMAÇÃO, ADVIRTA-SE expressamente a parte ré de que a ausência de contestação importará em revelia e confissão, acarretando a presunção de que ver- dadeiros os fatos alegados pela parte autora (art. 344 do CPC/2015). Se necessária citação por hora certa com base nos arts. 252 a 254, CPC/2015, ADVIRTA-SE tam- bém a parte ré de que lhe será nomeado CURADOR ESPECIAL se houver revelia (art. 253, §4º, CPC/2015).

  • 7. ADVIRTAM-SE, por fim, ambas as partes de que a AUSÊNCIA IN-

JUSTIFICADA de qualquer delas à AUDIÊNCIA DE CONCILIAÇÃO é considerado ato atentatório à dignidade da Justiça, que será punido com MULTA que ora FIXO em 2% sobre o valor da causa, revertida em favor do Estado (art. 334, §8º, CPC/2015).

  • 8. INTIMEM-SE.

  • 9. Cópia deste despacho VALE como MANDADO de NOTIFICA-

ÇÃO/CITAÇÃO/INTIMAÇÃO, para tanto segue em anexo cópia da inicial. 10. CUMPRA-SE pelo PLANTÃO, dada à URGÊNCIA que o caso requer.

 

Colinas do Tocantins-TO, 06 de maio de 2016.

GRACE KELLY SAMPAIO

 
   

Juíza de Direito