MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS
PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL E RECURSOS HUMANOS
CENTRO DE SELEÇÃO
CONCURSO PÚBLICO TAE - 2013
ARQUITETO E URBANISTA
26/05/2013
PROVAS QUESTÕES

Língua Portuguesa 01 a 10
Matemática 11 a 15
Informática 16 a 20
Conhecimentos Específicos 21 a 60

SÓ ABRA ESTE CADERNO QUANDO AUTORIZADO
LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES

1. Quando for permitido abrir o caderno, verifique se ele está completo ou se apresenta
imperfeições gráficas que possam gerar dúvidas. Se houver algum defeito dessa
natureza, peça ao aplicador de prova para entregar-lhe outro exemplar.

2. Este caderno consta de 60 questões objetivas. Cada questão apresenta quatro
alternativas de resposta, das quais apenas uma é a correta. Preencha no cartão-
resposta a letra correspondente à resposta assinalada na prova.

3. O cartão-resposta é personalizado e não será substituído, em caso de erro, durante o
seu preenchimento. Ao recebê-lo, verifique se seus dados estão impressos
corretamente; se for constatado algum erro, notifique ao aplicador de prova.

4. No cartão-resposta, as respostas devem ser marcadas com caneta esferográfica de
tinta PRETA, preenchendo-se integralmente o alvéolo, rigorosamente dentro dos seus
limites e sem rasuras.

5. Esta prova tem a duração de quatro horas, incluindo o tempo destinado à coleta de
impressão digital, às instruções e à transcrição para o cartão-resposta.

6. Você só poderá retirar-se definitivamente da sala e do prédio após terem decorridas
duas horas de prova, e somente será permitido levar o caderno de prova a partir das
16h30min, desde que permaneça na sala até esse horário.

7. AO TERMINAR, DEVOLVA O CARTÃO-RESPOSTA AO APLICADOR DE PROVA.

www.pciconcursos.com.br

Houve até um palestrante – o mítico Steward Brand. Será uma mistura dos dois. Real. parando o mundo. perançosa.UFG/CS CONCURSO PÚBLICO TAE/2013 Leia o texto a seguir para responder às questões de 01 a ▬ QUESTÃO 01 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ 05. em seu lugar. velmente sente essas duas coisas simultaneamente [. câncer e burocracia. da internet. (B) confiável. Nos trechos “vamos todos nos afogar numa maçaroca de mente.. que a pobreza está aca- bando. O ponto de partida para o desenvolvimento do tema do Texto 1 texto é uma pergunta feita pelo Times. Estamos no olho do furacão. sem nenhuma condição de dar um passinho para trás para ▬ QUESTÃO 04 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ entender o quadro geral. (D) objetivo. grande inspiração de Steve Jobs – dizendo que estamos a um passo de desextinguir espécies extintas. trânsito e SPAM. da economia. nos dias de hoje temos mesmo que conviver com duas nar. do trabalho. ções. maioria de nós provavelmente sente essas duas coisas si. a esquizofrenia da nossa era fica óbvia. língua_portuguesa_superior www. da colaboração e da conexão vão criar a época mais iguali- tária. Segundo uma delas. vamos todos nos (C) exposição de conflitos de ideias decorrentes das afogar numa maçaroca de lixo. do Brasil. era uma ▬ QUESTÃO 02 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ análise sobre o TED. daqui a uma dé- cada ou duas. Al- guns palestrantes contam histórias de terror.]” BURGIERMAN. (C) discriminatório. Mas aí os profetas da desgraça descem do palco e. (A) informal. (D) veiculação em suporte virtual. a conferência californiana à qual tam- bém tive a alegria de assistir. mas faz sentido: do da vida. trânsito e SPAM. cado sustentável. quando pensa no futuro da democracia. O texto do Times. se baseia na (A) busca de respostas a questões levantadas pelos tec- Na semana passada. (D) da relação entre causa. destacando o público-alvo. Não é surpresa que um tempo de mudanças tão profundas provoque ao mesmo tempo euforia e pânico. 20 mar. vive- o homem tecnológico. Em grande parte isso se deve a uma dissonância en. as espécies estão todas se extinguindo. as cidades pararam. por sua vez. Mas. Parece uma pergunta besta. Superinteres. Fico pensando que não é coincidência que essas duas retó. a maioria de nós prova- nem uma redenção. mos o apocalipse. que revelam (A) da conciliação entre o universo conservador e o mer- que somos vítimas indefesas de hackers.pciconcursos. no TED.br . Abril: São Paulo. políticos. Já a outra transformações tecnológicas e culturais da sociedade história diz que nunca progredimos tão rápido. assegurando as informações. (Adaptado).” e “Na real. empregada. duas semanas atrás. Na real. multaneamente. Considerando-se a estrutura argumentativa e a linguagem tórico. consequência e negação da que nos anos 1960 criou a revista Whole Earth Catalogue. contemporânea. (A) caracterização do estilo acadêmico. que os (D) tentativa de minimizar os sofrimentos humanos que avanços da genética e da neurociência somados ao poder cercam a humanidade. o New York Times perguntou-se num artigo se estamos vivendo o fim dos tempos ou a aurora de nólogos da conferência estadunidense sobre o senti- uma nova era. aproximando-o do leitor. O projeto argumentativo do texto é desenvolvido a partir mente. democrática e produtiva da história da humanidade. o mundo vai ter mesmo mudado profunda. constata-se que o texto é projetado para a tre possibilidade e realidade. as mudanças não serão nem um apocalipse lixo. são empregados itens lexicais que tornam o texto sante. o clima vai nos matar. do colunista Anand Giridharadas.com. no meio das transformações. a (B) divulgação científica. ▬ QUESTÃO 03 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ ricas – a do apocalipse e a do amanhecer de um novo tem- po – estejam fazendo tanto sucesso no mesmo período his. (B) compreensão dos múltiplos sentimentos que envolvem rativas aparentemente opostas. mando que a generosidade tem o poder de salvar todas as (C) da construção de uma nova ordem para suprir as de- indústrias. putador de mesa de hoje é mais potente que um supercom- putador militar que ocupava uma sala em 1996. resolvendo problemas cabeludos. Meu palpite é que. devastação. ocultando marcas de autoria. Um até disse que a (B) da síntese entre uma tese fatalista e uma antítese es- internet vai pifar. das florestas. A argumentação do Apocalipse ou redenção texto. (C) expressão de autoridade. vêm outros afir. 2013. que um com. que talvez nunca tenha sido tão grande na história. que o planeta está cheio de gênios de 13 anos mandas mercadológicas. causa. Apocalipse ou redenção. corpora. Denis Russo..

(C) política de integração econômica das nações.]”. O efeito de sentido produzido e a estra- tégia utilizada para sua efetivação são.br/2013/02/14/>. O jogo opositivo gerado pelo trocadilho entre “ambiente in. No texto verbal do cartum. a esquizofrenia da nossa era fica óbvia”. associam-se no Da relação entre os textos verbal e não verbal. (D) fragmentação das zonas ambientais demarcadas. (C) formação de vocábulo composto.com.UFG/CS CONCURSO PÚBLICO TAE/2013 ▬ QUESTÃO 05 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ Leia o cartum a seguir para responder às questões 08 e 09. no cartum. _______________________________________________ Leia o cartum a seguir para responder às questões 06 e Disponível em: <http://gilbertoleda. (C) “Realmente. produzem um efeito de sentido. (C) subjetividade. na percepção da tartaruga filha. principalmente. Texto 2 ▬ QUESTÃO 08 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ Os textos verbal e não verbal. (C) irritação – exaltação dos danos sofridos pelos carros.. Acesso em: 30 abr. do texto 2. Acesso em: 2 maio 2013. (D) ênfase – focalização no preço abusivo dos combustí- veis. língua_portuguesa_superior www. no cartum. (B) divisão do espaço terrestre em duas partes iguais. e “no Centro”. teiro” e “meio ambiente” é garantido. (D) emprego do tempo verbal no pretérito. no TED. ‘meio’ refere-se à (B) estruturação semântica.blogspot. sem nenhuma condição de dar um passi- nho para trás para entender o quadro geral” contraria o projeto argumentativo do texto. (B) humor – construção literal dos sentidos dos textos. pela (D) polarização. recurso linguístico que produz (A) ambiguidade. do texto 3. Leia os Textos 2 e 3 para responder à questão 10.. (B) “um computador de mesa de hoje é mais potente que um supercomputador militar [. ▬ QUESTÃO 06 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ (B) confusão. plano enunciativo pela infere-se que.com. os termos “meio ambien- te”. O enunciado “Estamos no olho do furacão. (C) equivalência dos sentidos lexicais. no meio das Texto 3 transformações.com/>. a expressão “no Centro” é um 2013. 07.pciconcursos. _______________________________________________ (B) marcação de gênero do substantivo. (D) composição morfológica. ▬ QUESTÃO 10 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ ▬ QUESTÃO 07 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ Comparando-se os dois cartuns. associação com (A) uso de sintagma nominal no singular. ▬ QUESTÃO 09 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ Disponível em: <http://www. se oposto à (A) “nunca progredimos tão rápido”. (D) “o planeta está cheio de gênios de 13 anos resolven- do problemas cabeludos”.bp. o termo (A) cadência do ritmo fonológico.br . respectivamente: (A) objetividade – apresentação imparcial das informa- ções. (A) degradação do ambiente pela ação do homem.

que A ocupa a metade da área do terreno.5% a.560 (B) 1000×7. Tendo em vista essa lei. A3.481 (A) 1000×70%S + TR (C) 3. seria de: G (A) 18 4 H I (B) 24 E 3 3 F (C) 54 12 (D) 72 ▬ QUESTÃO 12 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ 3 D C B 10 4 Um terreno retangular plano tem uma plantação que é irri- gada por um pivô central. das editoras brasileiras em 2010 foi. lhares de reais. Caso S seja maior que 8. Se todos os ingressos do que as medidas são dadas em metros. aproxi- a. O rendimento mensal da nova caderneta de poupança de. Paulo.. no máximo. PANSA. é deter- minado pela seguinte sequência: (A) ACDEG (B) ACHFG O perímetro P do terreno em função do raio R do cír. O preço do livro. de: que aplicou na nova poupança R$ 1. para calcular o rendimento (A) 4. a R$ 36. (D) P  R=4 R4  R Em 2011. dentre as quatro opções {ACDEG. a renda seria de pontos intermediários indicados na figura. conforme figura a se- guir. Alguém madamente. sen- 50% dos ingressos em eventos.UFG/CS CONCURSO PÚBLICO TAE/2013 ▬ QUESTÃO 11 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ ▬ QUESTÃO 14 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ Uma lei em vigor limita a meia-entrada a. ADEG. p. conforme exposto.000.. as editoras brasileiras tiveram um faturamento de ▬ QUESTÃO 13 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ R$ 4.5% a.pciconcursos.505 que obterá. a taxa de correção será De acordo com estas informações. 5 maio 2013. passando por lugares lotados em três dias seguidos.000. deve realizar o seguinte cálculo: (B) 4. +TR. a renda. a taxa de correção será igual a 70%S +TR. com crescimento de 7. pende do valor da taxa SELIC (S).837 bilhões.00.5% lhões de reais. A figura a seguir representa uma planta de um terreno. e TR > 0. com formato de um disco. Karine. o faturamento. é igual a: (D) ABIG (A) P  R=2 R2  R P  R=4 R2  R ▬ QUESTÃO 15 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ (B) (C) P  R=2 R4  R Leia o fragmento a seguir. ACHFG. O proprietário vendidos fossem de meia-entrada.a. em um teatro com 400 pretende ligar os pontos A e G por um cabo. em bi- igual a 0. fixada pelo Copom. Por exemplo. ABIG}.277 (C) 1000×(70 %S + TR) (D) 1000×(7.5% a. Considerando-se os dados desta planta. Caso S seja menor ou igual a 8.5 %S + TR) matemática_superior www.com. passando por B. (C) ADEG culo. Folha de S.5%S + TR (D) 1.36% em relação ao faturamento de 2010.a. e que tem o menor comprimento. (Adaptado). sequência ABC liga os pontos A e C. em mi. o cabo que liga os pontos A e G.m.00.a. em um mês em que S = 7.br .

(B) Extranet. capacidade de armazenamento do pen drive. capacidade de armazena- mento de memória acesso randômico. (D) modelos. capacidade de armaze. capaci- dade de armazenamento do buffer da impressora. impressora e DVD. informática_superior www. capacidade de armazenamento de memória somente de leitura. (A) velocidade de rotação do cooler. (D) velocidade de processamento da placa de vídeo. (C) pincel. Esses valores correspondem respectivamente dos em um computador incluem à (A) mouse. clicar nesse recurso contido na barra de ferramentas padrão e depois arrastá-lo sobre o novo texto para que este receba a for- matação copiada. teclado e microfone. (C) CRTL +. Os diversos tipos de dispositivos de entrada de dados usa- 500GB e 4Gb. capa- cidade de armazenamento do disco rígido. projetor de vídeo e mouse. (B) autocorreção. (C) Internet. ▬ QUESTÃO 17 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ Qual a combinação de teclas no Windows Internet Explo- rer que aumenta e o nível de zoom da tela? (A) CRTL 0. bastando para isso selecionar a formatação que se deseja copiar.com. ▬ QUESTÃO 19 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ Um determinado departamento de uma universidade quer criar uma rede local de computadores com acesso restrito. por meio da qual seus colaboradores possam acessar infor- mações restritas. (B) velocidade do processador. utilizando um nome de login e senha. (D) CRTL >.UFG/CS CONCURSO PÚBLICO TAE/2013 ▬ QUESTÃO 16 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ ▬ QUESTÃO 20 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ Um computador possui as seguintes configurações 500MHz. (D) SecutyNet. ▬ RASCUNHO ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ (C) velocidade de transmissão da placa de rede. namento do disco rígido. é conhecido como: (A) estilos. ca- pacidade de armazenamento da memoria cache. (C) CD-Rom.br . (B) CRTL A. (D) mouse. A tecnologia a ser utilizada para a criação desse ambiente é: (A) Intranet. mouse e plotter. ▬ QUESTÃO 18 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ O recurso ou a ferramenta do Microsoft Word 2003. zenamento do DVD.pciconcursos. que possibilita a cópia de uma formatação. capacidade de arma- (B) monitor.

pciconcursos. criar barreiras que bloqueiem o som indesejado. impedin- cativa da temperatura noturna. valendo-se de dados regis- trários. sem comprome- ter o atendimento às necessidades das gerações futuras. O comando do Programa AutoCad. exploração do subsolo. Fundamentando-se nesse conceito. visando à inserção do país no cenário mouse como se fosse caneta. Figura 1 Figura 2 Figura 3 (B) a associação da arquitetura com condições ambien- tais. (A) a alvenaria de tijolos. ▬ QUESTÃO 23 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ (D) a implantação de um plano de rentabilidade agrícola visando à maior produtividade das culturas extensi- A área de Goiânia.com. (B) o gesso acartonado. arquiteto_urbanista_superior www. ocorrem as maiores temperaturas do ano. que tem por objetivo (A) a implantação e o monitoramento técnico de obras. Ao analisar os dados cli- máticos da região. localizada na região Centro-Oeste bra.br . ambiental propícia à vida. demandas imobiliárias atuais. que permite o desenho como hidrelétricas. constata-se que (D) a adoção de acessórios sustentáveis que atendam às (A) as três figuras possuem a mesma área. (B) a Figura 1 possui a menor área. cria linhas encadeadas e possibilita o uso do entre outros. A altitude da ▬ QUESTÃO 26 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ cidade oscila na casa dos 700 m. sileira. (C) a variação anual da direção dos ventos é responsável pelo regime de dupla estação. Na identificação de um imóvel. O mais recomendado é (B) no verão. à mão livre. No caso de (C) um estilo arquitetônico próprio. como o desenvolvimento que atende às necessidades do presente. do-o de entrar ou sair do ambiente. (D) a Figura 3 possui a menor área. ▬ QUESTÃO 25 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ (C) a Figura 2 possui a menor área. vas com aporte de energias suplementares. setembro e outubro há uma caída signifi. Essas barreiras devem ser de material pesado e denso. no relatório de Brundtland. (C) o aporte técnico e financeiro para o mapeamento e a recuperação de 80% dos biossistemas devastados (D) donut. a Política Nacional ▬ QUESTÃO 22 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ do Meio Ambiente. verdes. nas ins- tâncias federal. a arquitetura bioclimá- tica busca (A) a produção de uma arquitetura internacional globali- zada. em um período de 50 anos. (D) o bloco de concreto celular. Fernandes (2007) afirmou o seguinte: Segundo Vieira (2011). estadual e municipal. (C) mline. o isolamento acústico consiste em (A) em agosto. O conceito de desenvolvimento sustentável foi definido em 1987. rodovias. (D) o clima da cidade enquadra-se no padrão quente e (C) a madeira dupla com ar no meio. úmido.UFG/CS CONCURSO PÚBLICO TAE/2013 ▬ QUESTÃO 21 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ ▬ QUESTÃO 24 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ Considere as figuras a seguir. melhoria e recuperação da qualidade (B) pline. denomina-se econômico mundial. voltado para soluções análise dos paralelogramos regulares mostrados nas figu. (B) a preservação. No início da década de 1980. ras acima. adotou-se no Brasil. chega-se ao seu formato geométrico. (A) sketch. está em um planalto de altitudes médias entre 600 e 1000 m e muito distante do litoral oceânico.

(C) verde. considerando-se. para que uma avaliação de custos de uma edificação seja feita de modo correto. este deve conter (A) o veículo está circulando na contramão.com. o edifício é considerado “forma”. o custo total atualizado (CTA). como adultos. encontram-se no mercado Graeff (2006) afirma que as exigências artísticas manifes- placas de gessos diferenciadas por cores conforme o seu tam-se perante o edifício nos seus aspectos formais. (B) responsável maior pelas qualidades da obra de arqui- (C) 7. (C) organismo. (D) azul. De acordo com Mascaró (1985). observa-se que ela apresenta um descumprimento às normas. (B) 6 m². de (A) coordenadora e orientadora do processo de realiza. as- desempenho. diante do arquiteto. As reforçadas com fibras de vidro e com adi- sim.br . mento assistencial de saúde (EAS). Hoje. de 2002. 50. (B) branca. ou seja. (D) 10 m². em regime de interna- ra como usuária e proprietária da obra de arquitetura. (D) a representação de faixa de pedestres não está pinta- (D) consultório. em um estabeleci- implica a necessidade de reconhecer a comunidade intei. porque De acordo com a RDC n. (B) construção. (D) construção e avaliação no mercado imobiliário. por paciente. com suas necessidades e aspirações. no entan- to. como imprescindível o seguinte ambiente: (B) a largura da calçada apresenta-se com descontinui- (A) área externa para desembarque de ambulâncias. (D) estilo. (C) interprete das necessidades e aspirações concernen- tes ao edifício. 50.5 m². arquiteto_urbanista_superior www. (B) enfermaria. é importante que a análise econômica e as consequentes decisões de projeto sejam realizadas. tetura. portanto. estas terão área mínima.UFG/CS CONCURSO PÚBLICO TAE/2013 ▬ QUESTÃO 27 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ ▬ QUESTÃO 31 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ Segundo Graeff (1986). de 2002. ▬ QUESTÃO 32 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ (D) cliente interessada na obra.pciconcursos.5 m². que disponha de enfermarias para quatro pacientes sociedade aparece. em uma unidade funcional com atendimento ambulatorial. Figura 4 (NBR 9050) ▬ QUESTÃO 30 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ Pela análise da figura 4. (A) estética. canteiro de obras e compactador de lixo. (C) sala de ultrassom. o caráter impositivo dos edifícios De acordo com a RDC n. A ção. (C) o espaço de estacionamento não está totalmente dentro do imóvel. para todos os itens variáveis. da. ção da obra. (C) construção e custos voltados para a sustentabilidade. ▬ QUESTÃO 33 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ ▬ QUESTÃO 29 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ Analise a figura a seguir. (A) 5. Essa realidade ▬ QUESTÃO 28 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ vem se modificando com a adoção de vedações em pla- cas de gesso acartonado. dade. (A) construção. O Brasil é o maior produtor de gesso do mundo. As que são exigên- tivos hidrorrepelentes são de cor cias de natureza utilitária revelam-se como (A) rosa. este material muito utilizado na Europa e nos Estados Unidos ainda tem pouco uso nacional. (B) atividade. manutenção e uso para a vida útil do edi- fício. como a reutilização dos entulhos da obra.

do Rio de Janeiro. (D) detecta-se um exemplo de gentrificação. 6) da proposta para o Museu de Arte Moderna (MAR).br . arquiteto_urbanista_superior www.com. mostram a proposta para dois edifí- cios existentes.skycrapercity. Fig. recém-inaugurado na zona portuária.pciconcursos. Acesso em: 11 maio 2013. O corte esquemático (fig. (C) nota-se que o edifício modernista possui oito lajes e o térreo tem pé-direito duplo.UFG/CS CONCURSO PÚBLICO TAE/2013 ▬ QUESTÃO 34 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ Observe as representações gráficas que se seguem. (A) constata-se entre os edifícios quatro vãos livres. Acesso em: 11 maio 2013.com>. Nessa proposta.skycrapercity.6 – Disponível em: <www. Fig.5 – Disponível em: <www. projetado por Bernardes Jacobsen. 5) e a imagem tridimensional (fig. (B) foram destacadas as diferenças de tempo entre as edificações antagônicas.com>.

8). a partir do final dos anos de 1950 e na década seguinte.pciconcursos. como os representados nas figuras a seguir. que trouxeram de sua formação universitária a influência do pensamento moderno. 10). Figura 9 – Faculdade de Engenharia. Foram responsáveis pela concepção e materialização dessas residências arquitetos graduados no Rio de Janeiro. encontram-se Eurico Godoy. (C) a Escola de Engenharias da UFG (fig. <www. fizeram. Entre eles. Entre essas edificações.ufg. Analise-as.Figura 8 – Área Básica do Câmpus Samambaia. Figura 7 – Faculdade de Direito. Luiz Osório Leão e Silas Varizo. Ariel Costa Campos. br>. arquiteto_urbanista_superior www. (D) o Museu Antropológico da UFG (fig.UFG/CS CONCURSO PÚBLICO TAE/2013 ▬ QUESTÃO 35 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ Segundo Vaz e Zárate (2005). tam- bém. Acesso em: 10 maio 2013. Acesso em: 10 maio 2013. (B) o prédio da Área Básica do Câmpus Samambaia da UFG (fig. em São Paulo e em Belo Horizonte. Disponível em: Fig 10 – Museu Antropológico da UFG. Acesso em: 10 maio 2013. 7). 9).ufg. Raul Filó.. Além de atuarem em residências. Domingos Roriz.br . projetos de edifícios públicos considerados marcos na história da arquitetura da cidade. é de autoria de Luiz Osório Leão: (A) a Faculdade de Direito da UFG (fig.br>. o número de casas edificadas nos “moldes” modernistas ampliou-se muito em Goiânia.ufg.br>. Disponível em: <www.com. Elder Rocha Lima. Disponível em: <www.

1994) (B) a adoção dos princípios internacionais no que se re. principalmente das Burle Marx ao paisagismo está mais antigas. (D) no seu reducionismo. fundo diálogo. A partir de então. Figura 11 – Torres da Cidade Satélite (FRANCO. desde que trabalhe de acordo com pa- drões de sustentabilidade. a maior contribuição de “No parque edificado das cidades. entre um desmonte de parede ou pavi- mento. (A) as três torres de 30 a 60 metros marcam a paisagem. tetura e o meio ambiente. serem encontradas algumas surpresas. em 1970. reabilitação. ordem racionalista da topiária. Na leitura destas representações. (D) a existência de um grande espelho d’água onde as torres são implantadas. não é necessária a paralisação. (C) os marcos verticais parecem navegar sobre a praça. arquiteto_urbanista_superior www. há logo com a vegetação. paisagistas e os arquitetos. 1994). valorizando o projeto dentro do seu tempo de imagens mostram planta (à esquerda) e vista da praça (à concepção. (A) um projetista experiente em empreendimentos "no- (C) no dramatismo dos parques devido ao trabalho da to- vos" ou convencionais terá sucesso em um projeto de pografia e à monumentalidade conferida à vegetação. os projetos e a execução das obras são realizados concomitante. destaca-se o seguinte: turais. (B) na valorização da flora nativa e na criação de pa- 2009). foi elaborado o “Compromisso de Brasília”. (D) a elaboração de recomendações destinadas à preser. MELHADO. (C) a responsabilidade de proteção do patrimônio nacio. em um momento de mudanças decisivas na concepção das políticas para proteção do pa- trimônio nacional. no México.br . a (A) na maestria em lidar com os contrastes entre a arqui- edificação existente é um elemento em que a falta de pa. (D) é comum durante a etapa de execução das obras de reabilitação. um estreitamento no relacionamento das equipes de projeto e de execução. submetendo a vegetação à dronização das medidas da edificação existente pode in. encontram-se empreendimentos passíveis de um processo de reabilitação. desde que a equipe trabalhe com índices próprios. Em virtude de questões dessa natureza. nas rochas colocadas com delicada precisão em diá- (B) em determinados momentos do empreendimento. no entanto. Na etapa de projetos. “Luis Barragán situa-se numa posição indefinível entre os mente. As nais. constata-se: fere ao reconhecimento dos bens imateriais. vação das culturas latino-americanas. ▬ QUESTÃO 37 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ Segundo Coelho e Valva (2001). (B) a integração entre o artificial e o natural está em pro- nal tornar-se também dos estados. históricos e cul- turais da edificação. e as informações são compar- ▬ QUESTÃO 39 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ tilhadas de modo que. nos jardins de areia rastelada. sem absorver materiais novos que des- direita) das Torres da Cidade Satélite. Sua obra é um constante coló- quio entre formas arquitetônicas puras e as complexas for- (C) o projetista deve buscar sempre os materiais origi- mas da vegetação e da paisagem” (FRANCO. registrou-se um gran- de avanço com (A) a criação do IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). para a rea- drões de desenho que incorporam as formações na- bilitação dessas edificações.pciconcursos. não raramente. qualifiquem a edificação no seu contexto histórico.UFG/CS CONCURSO PÚBLICO TAE/2013 ▬ QUESTÃO 36 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ ▬ QUESTÃO 38 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ De acordo com Franco (1994). terferir na execução dos serviços” (CROITOR.com.

devem ser observadas as definições ▬ QUESTÃO 45 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ expressas pela NBR 6492/1994-ABNT. equilíbrio. 15. que institui o Código Estadual de Pro. tituição. sutileza. De acordo com Mascaró (1994). (D) 16% a 30%. para- ca de projetos de arquitetura. pelas densidades de ocupação populacio- considerados de uso comercial os edifícios voltados para a nal e pelas exigências de natureza de proteção ambiental. que tem como ob- jetivo Além de estar apto a realizar as tarefas referentes ao car- go. são determinados os instru- mentos normativos que devem ser observados na elabora- (A) prática de ginástica. (A) Especificação de material.com. se: (C) laboratório de análises clínicas. Considera-se como faixa porcentual de declivi- duzam conceitos estéticos básicos que permitirão a leitura dade de terreno ideal para qualquer uso: visual e a avaliação da qualidade formal da edificação pro- (A) 2% ou menos. quando se habilita ao trabalho (A) definir critérios para elaboração de projeto de arquite- em uma instituição pública de ensino. inscri. ruído visual. destaca- (B) boates. coerência. a declividade de um terre- ▬ QUESTÃO 46 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ no expressa-se com um porcentual (%). qual é a informação mais relevante como para a concepção formal da edificação? (A) área de transferência. (A) clareza. procurando (B) relacionar os documentos gráficos e de textos neces- (A) traduzir. ção de um projeto de parcelamento. Entre eles.UFG/CS CONCURSO PÚBLICO TAE/2013 ▬ QUESTÃO 40 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ ▬ QUESTÃO 44 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ De acordo com a classificação por locais/ocupação. como uma razão entre a distância e a variação de altitude que há entre es- Um projeto de arquitetura deve conter elementos que tra- ses pontos. as necessidades sários à aprovação de um projeto de arquitetura. São alguns desses conceitos: (B) 2% a 7%. destinada a manter em segurança pes. (B) o coeficiente de área verde. deve estar conscien- tura. formações que irão subsidiar a definição do partido arqui- to aguardam socorro em situação de sinistro. seguinte atividade: Com base nestes parâmetros.802. contraste. No processo de elaboração de um projeto de arquitetura. e as aspirações da comunidade. (B) harmonia. (C) Preferência do usuário. Explosão. é definida tetônico.br . semelhança. te de seu papel junto a essa comunidade. são zações viárias. (C) 8% a 15%. (B) Instalação geral. a área com acesso direto para uma saída. (C) proporção. (D) Processo construtivo. restaurantes e clubes em geral. dentro de sua competência. ▬ QUESTÃO 41 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ (D) a previsão de coleta seletiva de lixo. Pânico e Desastres. unidade. (C) área de faixa livre. (D) definir os atributos que definem a autoria de um pro- (C) atender à demanda quantitativa de área física da ins- jeto de arquitetura. bordinam aos limites definidos pelas sub-bacias. ▬ QUESTÃO 43 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ ▬ QUESTÃO 47 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ De acordo com a NBR-9050. (D) lojas de departamento. o arquiteto e urbanista. dentre outros fatores. (C) o coeficiente de aproveitamento básico. Os parâmetros urbanísticos adotados para Goiânia se su- ta na Lei n. hierarqui- teção contra Incêndio. (B) área de aproximação. o arquiteto deve analisar dados e in- soas com deficiência ou com mobilidade reduzida enquan. (D) ritmo.pciconcursos. jetada e construída. arquiteto_urbanista_superior www. (C) fixar as condições exigíveis para representação gráfi- (B) executar os projetos sob sua responsabilidade. Ao iniciar um projeto. (D) área de resgate. lelamente à execução da obra. redundância. (A) o uso direto dos recursos ambientais. Nessa etapa. ▬ QUESTÃO 42 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ (D) cumprir rigorosamente as orientações dos usuários.

fontes e diagramação. como organogramas. (C) o Palácio Conde dos Arcos. No ca. a quantidade e qualidade dos materiais. (C) ao dimensionamento. (A) 30% (B) manter a unidade e a qualidade necessárias a um (B) 35% projeto de edificação e a completa integração das (C) 40% partes no canteiro de obras. ▬ QUESTÃO 53 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ ▬ QUESTÃO 49 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ Ao se integrar a uma equipe de profissionais responsáveis Segundo o Plano Diretor de Goiânia. os parâmetros urba- pela estrutura física de uma universidade do porte da nísticos para as Unidades de Uso Sustentável. (A) ergometria. (A) a Casa de Câmara e Cadeia. estudos so- cluem desde os elementos arquitetônicos e urbanísticos bre postura e ajuste do ambiente ao indivíduo. (D) 50% (C) proceder a alterações que julgar convenientes. o primeiro plano da arquitetura en- trutivo. (B) ergonomia. O programa de necessidades de uma edificação com in- formações importantes à caracterização de seus ambien- ▬ QUESTÃO 54 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ tes. (D) à funcionalidade. 2001). gráficos e ilustrações. caso da arquitetura desenvolvida na Capitania de Goiás. definidas UFG. (C) fisiatria. juntamente com a (B) distribuir os espaços de acordo com o sistema cons- construção religiosa. um projeto de sinalização deve O interesse pelo estudo do homem como escala de medi- ser visto como parte de um conjunto amplo. são os elementos mais expressi. (B) à plasticidade. logotipos e imagens. com índice de ocupação máximo do terreno igual a: (A) controlar o cronograma físico-financeiro estabelecido. da surge na Antiguidade. (B) tabelas. durante os primeiros séculos de ocupação. (D) logomarcas.pciconcursos. houve um edifício oficial que representou. nos projetos de arquitetura e design. inclusive até as rotinas preestabelecidas para o fluxo de pessoas e como forma de prevenção de diversos males. ▬ QUESTÃO 50 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ (D) contratar e acompanhar o desempenho da mão de obra responsável pela execução da obra. contrada em praticamente todos os núcleos implantados (C) organizar os espaços e assegurar sua eficiência práti. são consi- renciamento de projetos com a finalidade de deradas especiais e de baixa densidade. Esse campo de estu- vos para a sinalização: do tem o nome de (A) pictogramas. repercutem veículos. fisiogramas e flu- xogramas. em que se in. do projeto de uma edificação de médio e grande porte e propiciam sua avaliação quanto (A) à manutenção. o arquiteto deve estar preparado para assumir o ge- como Áreas de Restrição à Ocupação Urbana. esse edifício foi (D) definir a forma arquitetônica de cada ambiente. (C) tipologias.br . Mais recentemente. vincula- edifício. VALVA. arquiteto_urbanista_superior www. servem para auxiliar o arquiteto na concepção (D) o Mercado Municipal. tem como finalidade permitir ao arquiteto (A) estabelecer os elementos estéticos e estruturais do Segundo Barreto (apud COELHO.com.UFG/CS CONCURSO PÚBLICO TAE/2013 ▬ QUESTÃO 48 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ ▬ QUESTÃO 52 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ Segundo Ribeiro (2007). no país. (D) fisiologia. inclu- sive nos projetos complementares. do a praticamente toda a história colonial brasileira. Recursos gráficos. textos e suportes físicos. Nesse projeto. ▬ QUESTÃO 51 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ (B) o Quartel do Vinte.

Isso está demonstrado no plano de Attilio Cor- (A) Universidade Federal da Bahia (UFBA).UFG/CS CONCURSO PÚBLICO TAE/2013 ▬ QUESTÃO 55 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ ▬ QUESTÃO 58 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ Segundo a RDC n. posto de enfer- magem e prescrição médica. sala de biopsia e conge. uso e ocupação do Por se tratar de estruturas dinâmicas que necessitam se solo contidas no Plano Diretor de Goiânia. versidade a construir seu câmpus foi a de-parque. não foi o traçado barroco com a construção dos campi universitários. (A) liberar a altura dos edifícios de acordo com as di- mensões do lote. dentre os ambientes programados Segundo Ribeiro (2004). precursora de Brasília. passam por processos de retor Físico. nas décadas de 1960 e 1970. sala de rei. demanda de veículos. as áreas diretrizes gerais de desenvolvimento físico dos campi da edificadas e as áreas livres de uma cidade e. cala menor. (B) sala de ressonância magnética. o espaço físico das universidades brasileiras. A primeira uni- em asterisco ou de cidade-jardim.pciconcursos. ▬ QUESTÃO 60 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ ▬ QUESTÃO 57 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ Segundo Segawa (1999). (B) prever uma generosa malha verde. (D) destinar áreas verdes de preservação à prática de es- dratação. o que fez de Goiânia uma cidade cidas da reunião de unidades isoladas. 50. sala de inalação. incorporando novas dos desnecessários. tecnologias. (C) sala de gesso e redução de fratura. (C) 14% (D) 17% arquiteto_urbanista_superior www. (B) 8% (D) Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). (B) transformar suas características. labo- ratório de hematologia. contidas em seu Plano Di. sala de triagem médica. (B) restringir a construção de equipamentos considera. (D) substituir as áreas livres por espaços de uso múltiplo. ▬ QUESTÃO 56 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ ▬ QUESTÃO 59 ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ As normas gerais de parcelamento.br . sociais e culturais. rêa Lima. têm como finalidade reabilitação. (C) definir a estrutura viária. bólicos tradicionais. ao definir o porcentual da área total da cidade para os seus parques: (B) Universidade de Brasília (UnB). realçando seus valores sim- forma harmoniosa e equilibrada. usuários. portes e lazer. sala de exame de raio X. objetivando (A) possibilitar o crescimento da cidade ou dos campi de (A) revigorar suas funções. resgatar o traçado original de para atendimento imediato em um EAS (Estabelecimento Goiânia não representa saudosismo estéril ou retrocesso. a de um câmpus. (D) propiciar a captação de recursos para investimentos em obras. foi-se consolidando moderna. bem como as adequar a novos usos e novas necessidades. (C) elaborar o parcelamento do solo de forma a atender à lação. Assistencial de Saúde) estão: mas a busca do que os arquitetos modernos brasileiros empreenderam nos anos 1930 e 1950. (D) sala de serviço social. até então nas- Segundo Graeff (1983). em um sistema bem articulado com a vida urbana. (A) 5% (C) Universidade Federal de Goiás (UFG). em uma es- Universidade Federal de Goiás. conforme a preferência dos (C) demolir os edifícios considerados obsoletos.com. como (A) consultório odontológico. mas a sua alma de cida. sala de higienização.