CIDADANIA, VOCÊ FAZ A SUA PARTE?

Cidadania não deve ser apenas uma palavra amplamente utilizada pelas
pessoas e pouco exercida no nosso dia a dia. É preciso reafirmá-la como um
processo de conquista que se realiza a partir da conscientização dos cidadãos
acerca dos direitos e deveres que regem a vida e o modo de atuação dos
indivíduos na sociedade. É por meio da cidadania que as pessoas exercem seu
papel fundamental no desenvolvimento social, lutando por melhores condições
individuais e coletivas e por direitos essenciais como: o direito à vida, à
liberdade, à propriedade, à igualdade e a todos os valores civis, políticos e
sociais que equilibram a vida em sociedade. No entanto, é necessário que o
sujeito também seja consciente de seus deveres enquanto parte integrante de
uma coletividade que, para se desenvolver bem, requer uma parcela de
contribuição de cada um, a fim de alcançar uma das metas mais esperadas: o
Bem Comum.

OBJETIVO GERAL

Contribuir para que os indivíduos se reconheçam como cidadãos de direitos e
deveres e possam se conduzir na sociedade de forma crítica e autônoma.

OBJETIVO ESPECÍFICO

1. Refletir sobre a importância de exercer a cidadania, contribuindo para o
desenvolvimento social.

2. Tomar consciência de que, como cidadão responsável, cada um pode e deve
“fazer a sua parte” em diversas situações cotidianas.

respeitosas e comprometidas com o Bem Comum. A elaboração que se busca na oficina não se restringe a uma reflexão racional. sentir e agir. Medrado (2005).3. Durante as oficinas é especulado o conhecimento prévio dos adolescentes acerca do tema abordado. Em seguido o psicólogo convida os alunos a se sentar em roda para ouvir a história “Fiz o que pude” de Lucília Junqueira de Almeida Prado. Segundo Carvalho. Essa dinâmica de trabalho permite que os alunos se comuniquem e interajam de maneira expressiva entre si. que será lida por ele . formas de pensar. Rodrigues. Analisar se as atitudes tomadas em situações coletivas retratam ações solidárias. DURAÇÃO DAS ATIVIDADES Duas oficinas de 50 minutos METODOLOGIA Para desenvolver este projeto serão formados 01 grupos com 40 (quarenta) adolescentes e as atividades serão realizadas por meio de oficinas. sendo focalizado em torno de uma questão central que o grupo de propõe a elaborar. e também são observados os seus comportamentos e interações nas tarefas propostas. para cada oficina é selecionada uma dinâmica relacionada à temática a ser trabalhada. As oficinas aconteceram da seguinte forma: 1º Oficina: Primeiro Momento: Realização da apresentação do projeto e do grupo. entende-se por oficina como sendo um trabalho estruturado com grupos. Destaque-se que. independentemente do número de encontros. em um contexto social. mas envolve os sujeitos de maneira integral.

canetas hidrocor. naquele momento de desespero. em que fizeram a sua parte. mas. o psicólogo solicitará aos alunos que comentem sobre o que acharam da história. Sinopse do livro: Com a história do valente passarinho que não deixa de fazer a sua parte. Em seguida. quando o fogo se apagar e o chão estiver coberto de cinzas. pedirá ao grupo que desenhe uma situação vivida por eles. Era preciso fugir depressa! E. se me perguntarem o que fiz para evitar a destruição. o grupo deverá resolver qual situação representar... posso responder: Fiz o que pude!”. a mata pegou fogo. o que ela nos leva a pensar. No centro do círculo.“Sei disso. o pequeno leitor pode ir tomando consciência de que ele também pode fazer a sua parte.em voz alta. Para isto. De um modo gostoso e descomplicado. Todos lhe falam que ele não conseguirá apagar o fogo com aquela água e ele diz: . o psicólogo deverá colocar um pedaço grande de papel pardo. para ampliar o debate. agindo como cidadãos solidários e responsáveis pela coletividade. se todos vão desenhar ao mesmo tempo ou um de . pincéis atômicos. seu som para a beleza da paisagem. Após a leitura da história. luz e cada animal emprestava seu colorido. lápis de cera. Na floresta tudo era cor. Esta não é meramente uma história sobre a preservação do meio ambiente. Um dia. a autora nos apresenta a floresta como a generosa mãe que tudo dá. só o passarinho mostrou que todos eram responsáveis pela floresta. Segundo Momento: Em seguida. mais do que isso. em que todos os animais começam a fugir e somente o pequeno pássaro resolve apagar o fogo carregando água no seu pequeno bico. e os animais como os filhos cheios de gratidão e reconhecimento pelas dádivas recebidas. Na sequência. uma lição de cidadania. alegria. para ser um cidadão solidário e respeitoso? Em que situações isto tem acontecido? 2º Oficina: Manter os alunos organizados em roda. o psicólogo pergunta: Cada um de vocês tem feito o que pode para preservar o ambiente. É. o professor deverá retomar a parte da história que mostra a situação de incêndio na floresta.

Além disso. RECURSOS COMPLEMENTARES http://www. deverão dar um título para ele. Respeito aos momentos de fala e escuta e às opiniões dos colegas. enquanto os outros observam. de A. . Ao terminá-lo. trocar e aceitar as ideias uns dos outros. Fiz o que pude. criar um só quadro. analisando se as atitudes tomadas retratam ações solidárias. como forma de instigar as pessoas a refletirem sobre o tema. deverão comentar sobre a situação escolhida e desenhada.com/watch?v=SOdA44T0Pkk&feature=related REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA: PRADO. o desenho do outro. J. todos precisam desenhar. no qual será verificado: Envolvimento e participação dos alunos nos diferentes momentos da aula. Verificar em relação aos alunos a capacidade de: refletir sobre a importância de exercer a cidadania no dia a dia. ed. como se estivessem compondo um quadro. 2002. negociar ideias e trabalhar de forma cooperativa.cada vez. São Paulo: Moderna. respeitosas e de cidadãos comprometidos com o Bem Comum. continuar ou não o desenho de alguém. L.com/watch?v=wYnT52v7TGg&feature=related http://www. lançar a questão: “Cidadania: Você faz a sua parte”. Prosseguindo. Mas. o psicólogo deverá abrir espaço para que os alunos expressem como se sentiram ao compor o quadro. Os alunos poderão afixar o “quadro” produzido por eles no mural da escola e.. continuando ou não.youtube. como foi a experiência de trabalhar junto. 2. ao lado do quadro.youtube. ter consciência de que cada um pode fazer a sua parte em diversas situações cotidianas e analisar suas atitudes nestes diferentes contextos. Ao final do projeto o psicólogo irá realizar uma avaliação do grupo.