You are on page 1of 2

XIX SIMPÓSIO REFORMADO OS PURITANOS

A ESPERANÇA DO CRISTÃO
Dia 07 de Julho de 2010
Palestra: A Esperança do Vencedor (Apocalipse 2; 3)
Palestrante: Pr. Josafá Vasconcelos
Resumo: Marcel Mattos Tavares

Introdução
Pr. Josafá faz uma introdução comentando um trecho de “O Peregrino”. Neste comentário
ele fala sobre a porta da cidade santa que encontra-se na montanha das delícias. A porta, ele diz, é
Cristo. Estar no céu é estar com Cristo.

O que podemos aprender a respeito das cartas as igrejas em apocalipse.

Éfeso
• Maior centro religioso e cultural da época.
• A igreja lá era privilegiada, passaram por lá Apóstolos e grandes pastores.
• Deixou o primeiro amor.
• Ortodoxia morta.(defendem as doutrinas, mas não exercitavam a piedade).

Isto é muito comum hoje. É necessário voltar ao primeiro amor, comer da árvore da vida que
é Cristo nos céus.

Esmirna
• Centro da idolatria ao imperador.
• Cidade difícil para uma cristão.
• Igreja fiel e perseguida.

Hoje não vemos uma perseguição física, mas somos tentados a morrermos espiritualmente.
Somos tentados a indolência, ficarmos amigos do mundo e sofrermos suas influencias. O culto hoje
se transformou em algo para agradar o homem. A igreja precisa reagir e suportar a dor para que não
experimente a dor eterna. Ao vencedor o Senhor promete livrar da segunda morte.

Pérgamo
• Muito ativismo e pouco zelo pela doutrina.
• Fazem concessão com o mundo.
• Ensinavam um tipo de graça que não é a graça bíblica.
• Evangelho mais social, liberalismo.
• Caracterizados como discípulos de Balaão.

Os Eleitos devem lutar contra um tipo de evangelho que faz concessão com o mundo. O
Senhor promete dar o maná escondido que é Cristo. Também a pedra branca que representa o
perdão da culpa e do pecado, a justificação. Nossa justificação é em Cristo.

Tiatira
• Muito amor, mas perderam a sensibilidade ao erro.
• Faziam concessões e desprezaram a doutrina.
• Dizia-se ter muito zelo, porém aceitou Jezabel como profetiza.

Isto acontece com igrejas fieis que abraçam doutrinas perigosas como o pentecostalismo. A
promessa para estes que vencerem é Cristo, a Estrela da Manhã
Sardes
• Não teve perseguição talvez por causa da sua inofensibilidade.
• Eram como zumbis espirituais.
• Nenhuma reação como igreja.

Toda igreja que ataca os costumes pecaminosos sofre perseguição. Deus dá a promessa de
não riscar o nome do livro da vida ao vencedor. A palavra “riscar” aqui confirma que ao eleito não
é possível ter seu nome retirado do livro, pois a santificação acompanha a eleição. Aplicando esta
igreja a nossa vida, devemos refletir se não estamos de tal maneira amigos do mundo que não temos
problema algum com o mundo e suas práticas.

Filadélfia
• Promessa de ser santuário do Deus vivente.
• Esta igreja era um exemplo.

Apesar das dificuldades que todas as igrejas enfrentam, esta igreja se preocupava com a
pureza da sã doutrina. Promessa também do vencedor ser coluna e de ter um novo nome

Laodiceia
• Cidade mais rica da Frígia.
• Doutrinariamente eram mornos, estéreis.
• Não davam frutos.
• Eram ricos, soberbos e materialistas.

Talvez por isso não tinham aquele calor espiritual. Precisavam ser mais santos e ter uma
visão espiritual aguçada. Ao vencedor, crente arrependido, se assentará no trono com Cristo. Que
coisa grandiosa para pecadores tão desprezíveis como nós entrar pelos portões celestiais na monta
das delícias e habitar com Cristo salvador das nossas almas!