You are on page 1of 2

XIX SIMPÓSIO REFORMADO OS PURITANOS

A ESPERANÇA DO CRISTÃO
Dia 06 de Julho de 2010
Palestra: Vida Santa e um Mundo Hostil (I Pe 2.1-12)
Palestrante: Dr. Nelson Kloosterman
Resumo: Marcel Mattos Tavares

Três identidades de cristãos peregrinos

I. Peregrinos bebês I Pe 2.1-3
O capítulo começa com uma metáfora sobre o leite e o bebê. Pessoas que nasceram novamente.

Como bebes recém-nascidos se comportam
Desejam ardentemente pelo leite. Estão com fome e sede.

A sede de um recém-nascido tem três características:

a) Ela é Inocente “Despojando-vos”(v.1)
Fala sobre limpar nossos corpos, nosso coração.“Despojando-vos”(v.1). Se vamos ter sede por Deus
precisamos refletir o caráter de Deus. Então devem ficar de fora:
• Hipocrisia
• Inveja
• Maledicências

b) É intensa “Desejai ardentemente o genuíno leite espiritual”(v.2a)
Devemos desejar ardentemente o leite espiritual. Devemos ser como novos convertidos, ter aquela
sede intensa de conhecer. Porém o que acontece com muitas pessoas é um esfriamento gradual. Eles
acham que podem amadurecer sem se alimentarem.

c) É natural (v.2b-v.3)
Crescimento em fé, amor e conhecimento. Uma vez provado que o Senhor é bondoso devemos
voltar a provar isto novamente em sua Palavra. Desta maneira o crescimento torna-se algo natural.
A experiencia espiritual é importante, necessária e essencial. Devemos estar provando da bondade
de Deus. Na Bíblia somos convidados a provar do Senhor (Sl 119.3; Sl 119.103). Que coisa
maravilhosa é provar das coisas do Senhor!

II. Peregrinos sacerdotes I Pe 2.9-10
Quem é você
• Raça eleita (Povo de propriedade exclusiva de Deus) – Ser a possessão de Deus, envolve
invocação e ação.
• Reino de Sacerdote (Ex 19.4-6;Is 43). Estas qualidades foram dadas em um contexto de
novo nascimento, recomeço.
Agora Pedro usa estas mesmas palavra no novo testamento. Jesus nos libertou do cativeiro do
pecado. Somos escolhidos. Somos possessão, santificados por Deus e ordenados por Deus.
Deus nos chamou para sermos sacerdócio santo. Deus não nos chamou para sermos sacerdotes, mas
para estarmos dentro de um novo sacerdócio. A igreja existe no mundo como sacerdócio para levar
ao mundo a reconciliação que há em Cristo Jesus. Não devemos parecer com o mundo, mas também
não devemos desprezá-lo. Cristianismo não tem lugar para pessoas isoladas, para pessoas que
querem construir seus próprios impérios, para pessoas que querem descansar. Cristianismo é uma
religião comunitária e ativa.
Para que você está aqui
Quem nos somos faz-nos ter responsabilidades. Começa em casa, continua no trabalho e em todos
os relacionamentos. A raça eleita irradia luz ao mundo. Proclama as notícias positivas e gloriosas de
Deus. Estamos aqui para mostrarmos ao mundo quem Deus é. Deus deu estes títulos(Raça eleita;
Sacerdócio Real) a nação de Israel, mas ele perderam isso por causa da obstinada rebelião contra
Deus. Eles não viveram esta identidades só tiveram prazer nela. Quando a igreja se recusa a viver
em obediência a sua identidade ela poderá perder esta identidade pactual.

III. Peregrinos evangelistas I Pe 2.11-12
Todos devem ter um estilo de vida evangelístico. Isto consiste em duas coisas:

• Abster-se de paixões carnais (v.11)
Nosso compromisso como Cristãos não está limitado ao trabalho ou amigos. Nós temos um
compromisso muito mais abrangente porque Deus nos ama. Isto envolve abandonarmos o antigo
estilo de vida, mantermos distancia das práticas pecaminosas: Ansiedades, prostituição, glutonaria,
adultério, avareza, etc.

• Perseverar em boas obras (v.12)
Devemos fugir da tentação de agirmos como o mundo. Devemos fazer surgir a Glória de Deus no
meio dos pagãos. Isso Deve ser um estilo de vida. Para que o mundo perceba isto e glorifique ao
nosso Pai Celestial