You are on page 1of 1

P.G. – 29.07.

2010 Líder: Cebolex

Estudo: “Conformes a Imagem de Cristo”
Texto Base: Romanos 8.28-29 / Texto Paralelo: 2 Ts 2.13-14

28.. oi;damen de. o[ti toi/j avgapw/si 28 Sabemos que todas as coisas a. Sabemos (é certo)
to.n Qeo.n pa,nta sunergei/ eivj cooperam para o bem daqueles que b. aos que amam a Deus
avgaqo,n( toi/j kata. pro,qesin amam a Deus, daqueles que são c. tudo coopera para bem,
klhtoi/j ou=sinÅ chamados segundo o seu propósito. d. segundo o propósito do
chamado
29 Porquanto aos que de antemão (Gn 50.20/4.24-31)
29 o[ti ou]j proe,gnw( kai. conheceu, também os predestinou para
prow,rise summo,rfouj th/j serem conformes à imagem de seu Filho, a. conhecidos/ “amados de
eivko,noj tou/ ui`ou/ auvtou/( eivj to. a fim de que ele seja o primogênito entre antemão”? (Mt 1.25; Rm 11.2)
ei=nai auvto.n prwto,tokon evn muitos irmãos. b. predestinou (At 4.28; Rm
polloi/j avdelfoi/j\ 8.28,29; I Co 2.7; Ef 1.5,11)
ARA - The Brazilian Portuguese João c. conforme (Fp 3.21/ I Jo 3.2)
WHO - Westcott and Hort GNT, 1881 Ferreira de Almeida, Revista e d. a imagem do Filho de Deus (Lc
(WHO). Westcott-Hort Greek Text Atualizada, 2nd edition (ARA), 20.24; 2Co3.18; 2Co4.4; Cl
prepared by Maurice A. Robinson, Ph.D. Copyright © 1993 Sociedade Bíblica do 1.15, 3.10)
Department of Biblical Studies and Brasil (Bible Society of Brazil). e. entre muitos irmãos (Hb 2.10ss)
Languages, Southeastern Baptist
Theological Seminary

Deus é soberano

I. A Soberania Divina nos faz olhar para o foco correto, mesmo que seja algo além de nossa
compreensão.
II. A Soberania de Deus nos faz olhar para nós mesmos com o foco correto, mesmo que seja algo
possa, inicialmente, ir contra a nossa vontade.

“Quando somos filhos de Deus, nos libertamos da compulsão de auto-exaltação, auto-
justificação e auto-preservação, então vivemos pelo eterno bem de outras pessoas, nos
tornamos a luz do mundo e o sal da terra, e as pessoas percebem em nós a existência de Deus
e dão glórias a Ele (Mateus 5.14-16). Assim, se o propósito de Deus para nós é cumprido no
mundo – fazer conhecida a sua glória através de vidas de amor – então devemos encontrar
uma arma para vencer o orgulho e insegurança que alimenta nossa necessidade de exaltarmos,
justificarmos e preservarmos a nós mesmos com posturas, poses, performances e
prosperidade.” John Piper

Chamado

I. É uma ação de Deus
II. É uma mudança em nossos desejos e pensamentos (Ef. 2.1-3) A fé e o arrependimento são o
resultado dessa mudança
III. É uma mudança de lugar! (Cl 1.13; Ef 2.6; 2Co 13.5 - 1 Co 13.2)

“O chamado é eficaz. Cria o que ordena. Não é como “Aqui, Rex! Aqui!”. É como “Lázaro,
vem para fora!” ou “Haja luz!”. O chamado acontece na pregação da Palavra de Deus pelo
poder do Espírito do Senhor. Sobrepuja toda resistência e produz a fé que justifica.” John
Piper

Propósito e Finalidade:

I. Ser como Cristo (Fp 2.5-8; At.9.5; Gl 2.20, 4.19; Jo 1.12,13)
II. Para glória de Deus (Fp. 2.11; 1Co 1.31) – cf. At 12.21-23