You are on page 1of 2

WWW.ADINOEL.

COM
CONTABILIDADE – RESUMOS
021 – AÇÕES EM TESOURARIA
AUTOR: ADINOÉL SEBASTIÃO (DYNO)
ARQUIVO: CONTABILIDADE-021.DOC

21 – AÇÕES EM TESOURARIA
As ações em tesouraria são ações da própria companhia que foram
adquiridas pela própria companhia.
Exemplificando: A companhia Delta S/A possui um capital social dividido
em 1.000 ações de R$ 1,00 lançadas no mercado de ações. A companhia
Delta S/A vai até o mercado de ações e compra 50 ações por R$ 50,00
em dinheiro. Como fica o lançamento de aquisição?
Ações em Tesouraria
a Caixa
Pela compra de ações ...............................50,00

Quando pode comprar suas próprias ações


Como regra a companhia não pode comprar suas próprias ações. Mas é
permitida essa compra nas seguintes ocasiões:
-operações de resgate, reembolso ou amortizações de ações;
-aquisição para permanência em tesouraria ou cancelamento (desde que
até o valor do saldo de lucros ou reservas de lucros – exceto a legal – em
sem diminuição do capital social);
-recebimento dessas ações por doação;
-aquisição para diminuição do capital social (limitado pela legislação).

Para as companhias aberta a CVM veda a aquisição das próprias ações


quando:
-diminuir o capital social;
-utilizar recursos superiores ao saldo de lucros ou reservas disponíveis,
constante do último balanço;
-criar, por ação ou omissão, direta ou indiretamente, condições artificiais
de demanda, oferta ou preço de ações ou envolver prática não
eqüitativas;
-tiver por objeto ações não integralizadas ou pertencentes a acionista
controlador;
-estiver em curso oferta pública de aquisição de suas ações.

A Instrução CVM veda ainda para as companhias abertas:


-manter ações em tesouraria da própria empresa em quantidade
superior a 10% de cada classe de ações em circulação no mercado,
incluindo aquelas mantidas na tesouraria de coligadas e controladas.

Preço de aquisição
Não pode ser superior ao valor de mercado.

Direito das ações em tesouraria

Pág. 1
WWW.ADINOEL.COM
CONTABILIDADE – RESUMOS
021 – AÇÕES EM TESOURARIA
AUTOR: ADINOÉL SEBASTIÃO (DYNO)
ARQUIVO: CONTABILIDADE-021.DOC

Não terão direitos patrimoniais ou políticos.

Classificação Contábil
A lei 6404/76 diz: “as ações em tesouraria deverão ser destacadas no
balanço como dedução da conta do patrimônio líquido que registrar a
origem dos recursos aplicados na sua aquisição”.
Então, no balanço as ações em tesouraria deverão aparecer deduzidas
de Capital ou Reserva, cujo saldo tiver sido utilizado para tal operação,
durante o período em que tais ações aparecem em tesouraria.

Resultados com as ações em tesouraria


Conforme a sociedade vende as ações em tesouraria pode obter lucro ou
prejuízo com essa venda. Esse lucro ou prejuízo não é receita ou
despesa da companhia, pois não faz parte das operações normas ou
acessórias da companhia. Esse resultado não integra a DRE.

O lucro deverá ser registrado a crédito de uma reserva de capital. O


prejuízo deverá ser debitado a débito da mesma reserva de capital
utilizado para o lucro. Aqui o procedimento é parecido ao ágio na
emissão de ações.

Legislação para consulta


-Lei 6404/76 artigos 30 e 182
-Instrução CVM 10/80
-Instrução CVM 268/97
-Instrução CVM 290/98

Resumindo
Quando a companhia compra suas próprias ações deverá criar uma
conta chamada Ações em Tesouraria e essa conta deverá vir diminuindo
o Patrimônio Líquido.

Pág. 2