CONTRATO DE LOCAÇÃO

QUADRO RESUMO

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
1 - L O C A D O R (A)
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
NOME.............................:
NACIONALIDADE...........:
ESTADO CIVIL...............:
PROFISSÃO...................:
CÉD.IDENTIDADE..........:
CPF/CGC/MF.................:

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
2 - L O C A T Á R I O (A)
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
NOME.............................. :
NACIONALIDADE ...........:
ESTADO CIVIL................:
PROFISSÃO....................:
CÉD. IDENTIDADE..........:
CPF/CGC/MF..................:

NOME.............................. :
NACIONALIDADE ...........:
ESTADO CIVIL................:
PROFISSÃO....................:
CÉD. IDENTIDADE..........:
CPF/CGC/MF..................:

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
3 – DESCRIÇÃO DO IMÓVEL
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
ENDEREÇO.....................:
BAIRRO/SETOR..............:
CIDADE...........................:
ESPÉCIE.........................:
DESCRIÇÃO...................:

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
4 - V A L O R D O A L U G U E L M E N S A L E DATA DE VENCIMENTO
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
R$ ,00 ( REAIS )

VENCIMENTO: (0)......

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
5- P R A Z O
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
NUMERO DE MESES.....: 30 (TRINTA) MESES

1

........00 PAGAMENTO : LOCATÁRIO -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- DAS PARTES Os signatários ao final assinados............INÍCIO......: CÉD...... IDENTIDADE............: CPF/CGC/MF.......................: NACIONALIDADE ..................: -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- 9 .: NOME....: -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- 7-DESTINO DA LOCAÇÃO -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- A PRESENTE LOCAÇÃO DESTINA-SE EXCLUSIVAMENTE AO USO: PARA AS ATIVIDADES DE: -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- 8-FIADORES -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- NOME...... certo......... no campo (3) do 2 ..................: NACIONALIDADE .........................: CÉD....................................................... qualificados como LOCADOR(A) e LOCATÁRIO(A).....................OUTRAS GARANTIAS LOCATÍCIAS -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- 10 – SEGURO CONTRA INCÊNDIO INÍCIO: 00/00/2002 TÉRMINO : 00/00/2003 VALOR : R$ 000...: PROFISSÃO..: CPF/CGC/MF.......... IDENTIDADE.. justo e contratado na melhor forma de direito................: ESTADO CIVIL............ nos campos (1) e (2) do Quadro Resumo transcrito anteriormente...........: ENDEREÇO.: ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------ 6-REAJUSTE DO ALUGUEL -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- PERÍODO DE VARIAÇÃO EM MESES: 12 (DOZE) MESES DATA BASE PARA REAJUSTE........ a locação do imóvel descrito..............: ESTADO CIVIL...: ENDEREÇO.........: PROFISSÃO....: TÉRMINO. têm entre si.

PARÁGRAFO TERCEIRO – A ocupação do imóvel por pessoa que não esteja figurando neste contrato ou que não detenha autorização prévia da administradora/locador. desde já autorizada pelo LOCATÁRIO. deverá comunicar-se imediatamente com a administradora. mediante as cláusulas e condições.. ficando terminantemente proibida a substituição do locatário sem autorização expressa.O(A) LOCADOR(A). estando as partes e fiadores obrigados durante a vigência do presente contrato a cumprirem com as cláusulas previamente acordadas. o cede em locação ao(a) LOCATÁRIO(A). e havendo custo para a sua realização. DO ALUGUEL CLÁUSULA SEGUNDA . diretamente ao LOCADOR em sua sede ou. incidirá na imediata rescisão do contrato de locação a qualquer tempo de sua vigência e na cobrança dos encargos e multas previstas no presente instrumento.. uma vez que firmaram ciência no Termo/Laudo de Vistoria de Entrada anexo do presente instrumento. seja por força de alteração do contrato social ou transferência do estabelecimento pertencente ao locatário. para o período lá consignado. e vence a cada trinta dias a contar da data de início constante no Campo (05). consignados nos campos (4) e (5) do Quadro Resumo. PARÁGRAFO SEGUNDO – Caso o locatário seja pessoa jurídica e o respectivo imóvel esteja sendo ocupado por uso de seus diretores. a locação será considerada NÃO RESIDENCIAL (art. pelo preço e prazo certos e ajustados. estando ciente o LOCATÁRIO que para sua maior comodidade serão encaminhados no endereço do imóvel com antecedência mínima de 10 (dez) dias do vencimento. Será agregado ao valor do aluguel a importância de R$. executivos ou empregados.. 3 . para o fim a que se destina. dado em locação. gerentes. tais custos serão efetivamente arcados pelo LOCATÁRIO.245/91) . na qualidade de proprietário(a) do imóvel descrito no campo (3) do Quadro Resumo.Quadro Resumo. 55 da Lei n.(. o qual também segue assinado pelo(s) fiador(es).) referente à tarifa do boleto. PARÁGRAFO QUARTO – Optando as partes pela vistoria terceirizada. o qual fora encontrado em perfeito estado de conservação. impreterivelmente. PARÁGRAGO PRIMEIRO – Se o locatário não receber a boleta bancária até 05 (cinco) dias antes do vencimento do aluguel. não cabendo justificativa de não pagamento em decorrência do não encaminhamento da boleta.. tanto a inicial quanto a final. 8. PARÁGRAFO PRIMEIRO – As partes contratante atestam ter conhecimento do atual estado do imóvel. ficando o(a) LOCATÁRIO(A) obrigado(a) a pagá-lo ao(à) LOCADOR(A) em moeda corrente. titulares. requerendo outra via do documento. a saber: DO OBJETO DA LOCAÇÃO E OCUPAÇÃO CLÁUSULA PRIMEIRA .O valor do aluguel mensal é a importância constante no campo (4) do Quadro Resumo. mutuamente aceitas e outorgadas. sócios. ainda por intermédio de boleto bancário emitido pelo banco contratado pela administradora. descrito no campo 3 do Quadro de Resumo.

caso a dívida for paga amigavelmente. água e esgoto. 4 . juros de mora de 1% (um por cento) ao mês. juro e multa. a quitação dos aluguéis. campo (4). mediante recibo padrão da administradora. tornará o locatário e seus fiadores obrigados a pagar o valor principal. PARÁGRAFO SEXTO – O aluguel correrá por conta do LOCATÁRIO (A) no período de reforma que anteceda a entrega e rescisão do contrato. PARÁGRAFO QUARTO . a guia do último imposto recolhido na fonte. Decorrido o prazo de 10 (dez) dias do vencimento do aluguel sem que tenha ocorrido o pagamento. seguro contra incêndio e IPTU/ITU. PARÁGRAFO SEGUNDO . o aluguel correspondente aos dias porventura excedentes do último vencimento é contado até o dia em que o imóvel locado for real e efetivamente devolvido ao(à) LOCADOR(A). a quitação se dará mediante integral cumprimento quanto ao pagamento da dívida e todos os acessórios incidentes. com os devidos acréscimos constantes no parágrafo primeiro e ainda. após a sua compensação e o crédito respectivo na conta do(a) LOCADOR(A). Energia Elétrica. ficará o(a) LOCATÁRIO(A) obrigado(a) a reembolsá-lo(a) assim que para tanto for solicitado.Sempre que as despesas constantes do caput desta cláusula forem cobradas. inclusive juros. fica o(a) LOCATÁRIO(A) obrigada a apresentar mensalmente ao(à) LOCADOR(A). em caso de rescisão da multa contratual. encaminhado ao Departamento Jurídico da Administradora para a devida cobrança. Devendo o(a) LOCATÁRIO(A) apresentar ao(à) LOCADOR(A) os respectivos comprovantes. o locatário inadimplente pagará honorário advocatício equivalente a 10% (dez por cento) do total apurado. em caso de cobrança via judicial e/ou perante a Corte de Conciliação. 9º do Decreto 22.PARÁGRAFO SEGUNDO – O não pagamento dos aluguéis e encargos no dia do vencimento. multas. multa de 10% (dez por cento) sob o valor devido (art.Os valores constantes desta cláusula ficam sujeitos as alterações que ocorrerem. o percentual devido será de 20%(vinte por cento) sobre o débito integralmente apurado.Para efeito de liquidação do contrato. encargos ou quaisquer outros débitos oriundos deste contrato só se operará de pleno direito. CLÁUSULA TERCEIRA – São encargos obrigatórios do(a) LOCATÁRIO(A): Taxa de condomínio.Nos casos de pagamentos em cheques. contas telefônicas. correção monetária e ainda honorários advocatícios. PARÁGRAFO SÉTIMO – No caso de inadimplência de qualquer obrigação assumida pelo(s) LOCATÁRIO(S) e seus FIADOR (ES) em decorrência deste contrato poderá a Procuradora do Locador registrar a ocorrência junto a qualquer órgão de Proteção ao Crédito a que a mesma esteja filiada e o cancelamento far-se-á somente após a quitação total das obrigações em atraso. Fica determinado que além da correção monetária. incluindo-se taxas e emolumentos.626/33). PARÁGRAFO PRIMEIRO . Em se tratando de encargos decorrentes do Poder Público ou de suas Concessionárias. acrescidos de correção monetária.Nos casos que incidir retenção de imposto de renda. PARÁGRAFO QUINTO . será o débito AUTOMATICAMENTE e sem aviso prévio. por qualquer motivo. PARÁGRAFO TERCEIRO . diretamente do(a) LOCADOR(A).

fazendo os comprovantes chegarem em seguida. passará ao(a) LOCATÁRIO(A) a pagar o aluguel mensal com majoração dos índices de lei. anexo ao presente.Se por qualquer motivo. acordam as partes contratantes. sem que as partes tenham convencionado. PARÁGRAFO SEGUNDO . PARÁGRAFO PRIMEIRO . o mesmo não seja renovado ou não seja o imóvel devolvido ao(à) LOCADOR(A) nas mesmas condições em que o recebeu. junto aos órgãos respectivos. diligenciando para que os recolhimentos possam ser feitos.O valor do aluguel será reajustado anualmente por acordo entre as partes. sem que isto importe em prorrogação e sem prejuízo das penalidades previstas. permanecendo o LOCATÁRIO (A) na ocupação do imóvel após o término do contrato. sujeitando ao(a) LOCATÁRIO(A) ao pagamento da multa referida na Cláusula Vigésima Segunda. de seu desejo pelo que será nesse específico caso será dispensado a multa prevista na Clausula Vigésima Quarta e seus parágrafos. Caso haja alteração na legislação locatícia o aluguel passará a ser reajustado pela menor periodicidade permitida em lei. a variação anual do IGPM(FGV).O prazo da presente locação é o estabelecido no campo (5) do Quadro Resumo. permanecendo o mesmo indexador já previsto. independentemente de aviso ou notificação judicial ou extrajudicial.Qualquer atraso no pagamento das taxas e despesas constantes no Caput desta Cláusula. DO PRAZO CLÁUSULA QUARTA . Não havendo acordo com relação ao novo preço fica garantido ao(à) LOCADOR(A). o(a) LOCATÁRIO(A) obriga-se a obter. O(A) LOCATÁRIO(A) será responsável também pelas multas e majorações de impostos e taxas a que der causa. no 12 º (décimo segundo) mês de sua vigência. DO REAJUSTE DO ALUGUEL CLÁUSULA QUINTA . conforme declinado no Laudo de Vistoria. por ela serão pagas. objeto deste contrato. prorrogação do mesmo ou renovação contratual. no vencimento deste contrato. desde já. nos trinta dias que anteceder o referido período.Todas as multas a que a LOCATÁRIO(A) der causa. ao LOCADOR/ADMINISTRADOR(A). PARÁGRAFO QUARTO . o benefício de promover a rescisão do presente contrato. devendo para tanto. promover o prévio comunicado por escrito. avisos e talões. as contas. por parte do(a) LOCATÁRIO(A). e em caráter irrevogável que. Com relação a tais impostos e taxas. dará direito ao(à) LOCADOR(A) de considerar rescindido o presente contrato. com a devida antecedência. de conformidade com o preço de mercado. sem prejuízo das demais obrigações. completamente desocupado e no estado em que recebeu. o contrato passará AUTOMATICAMENTE a ser reajustado pela menor periodicidade permitida em lei. pela retenção de aviso dos lançamentos respectivos.Findo o prazo estipulado no caput desta cláusula.PARÁGRAFO TERCEIRO . PARÁGRAFO ÚNICO – Sem prejuízo do disposto no caput. obriga-se ao(a) LOCATÁRIO(A) a restituir o imóvel. PARÁGRAFO TERCEIRO – É concedido ao LOCATÁRIO. no mínimo. 5 . as mãos do(a) LOCADOR(A) do imóvel.

são exclusivamente comerciais. imposto pela municipalidade. alterar a destinação da locação sem autorização por escrito da LOCADOR(A). bem como para clubes.FIANÇA CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA – Como fiadores e principais pagadores de todas as obrigações que incumbem ao locatário. por prazo indeterminado ou não. associações ou sociedades de caráter recreativos. DA DESTINAÇÃO DA LOCAÇÃO CLÁUSULA SEXTA . arcar com as custas decorrente da referida infração. destina-se exclusivamente para os fins constantes no campo (7) do Quadro Resumo. a locatária se obriga a observá-lo integralmente como mais uma cláusula deste contrato. alteração feita na firma ou contrato social do(a) LOCATÁRIO(A). o compromisso de bem fiel cumprirem o presente contrato de locação até a desocupação do imóvel. dadas em locação onde a montagem dessa ficará por conta do(a) LOCATÁRIO(A). poderá o(a) LOCATÁRIO(A) adaptar o Imóvel ao seu ramo de negócio. até final de liquidação de quaisquer ações 6 .Havendo regulamento especial para o imóvel. DA GARANTIA LOCATÍCIA . em todas as suas cláusulas e condições. promova a retirada e/ou a danificação das instalações promovidas no objeto da locação. incorporando-se tais benfeitorias ao imóvel para todo os efeitos legais. devendo o(a) LOCATÁRIO(A). com ou sem o consentimento do locador. explosivos de qualquer forma perigosos. ficando desde logo estabelecido que todas as despesas bem. As modificações previstas nesta cláusula devem obedecer ao disposto nas cláusulas vigésima e vigésima primeira. Incorrerá em infração contratual. sob qualquer pretexto e por igual forma. em todos os assuntos que digam respeito a segurança.O(A) LOCATÁRIO(A) não poderá transferir o presente contrato. nem sublocar no todo ou em parte. custas processuais e demais cominações. ceder ou emprestar. mesmo durante a prorrogação da locação. religioso e político. não podendo o(a) LOCATÁRIO(A) alterar o seu destino. limpeza e manutenção do imóvel locado. até a efetiva e comprovada entrega do imóvel mediante TERMO ESCRITO. passível de indenização e mais aplicabilidade de multa contratual caso o(a) LOCATÁRIO(A). serão do(a) LOCATÁRIO(A). conservação.O imóvel ora locado. CLÁUSULA DÉCIMA . do qual passará a fazer parte integrante.Os imóveis de que trata o parágrafo anterior. PARÁGRAFO ÚNICO . empréstimo ou transferência não autorizados pela LOCADOR(A). assumindo solidariamente entre si e juntamente com o afiançado. prejudiciais ou incômodos. sob pena de infração contratual e respectiva rescisão da relação locatícia. que se reserva o direito de negar. como quaisquer responsabilidades perante terceiros e órgãos públicos. o que autoriza a rescisão deste contrato. sem justificação de motivos. CLÁUSULA OITAVA . De qualquer forma não poderá o(a) LOCATÁRIO(A) infringir as normas referentes ao direito de vizinhança no que se refere ao sossego e a tranqüilidade de seus vizinhos. Fica expressamente proibido o uso do imóvel para depósito de materiais inflamáveis.O(A) LOCADOR(A) dá ao(a) LOCATÁRIO(A) os poderes necessários para reclamar junto a terceiros. se for o caso. esportivo. CLÁUSULA NONA . CLÁUSULA SÉTIMA . notadamente as lojas e salas. Entender-se-á como sublocação.Em caso de uso comercial.

autorizando que elas sejam processadas. e por força da cláusula em epígrafe. os fiadores e seus cônjuges. art. assinam o presente contrato os fiadores descritos no quadro de resumo (8). desobrigam expressamente o locador de notifica-los. constituí como seus procuradores. representa-lo em quaisquer ações judiciais relacionadas ao contrato locatício. firmar compromisso e devolver o imóvel. PARÁGRAFO OITAVO – Os fiadores desde já renunciam os benefícios descritos no artigo 12 e seus parágrafos. também de fiadores da locação. 7 . O consentimento conjugal. também. qualificados no quadro de resumo (8).112/09. que desistem da faculdade de pedir exoneração da fiança. notificações e intimações. ao final assinado. independente da ordem de nomeação. mandato recíproco. alterada pela Lei 12. PARÁGRAFO PRIMEIRO – Na hipótese de serem os fiadores casados. PARÁGRAFO TERCEIRO – Os fiadores. responderá pelo descumprimento de sua obrigação neste contrato previsto. para o fim específico de. PARÁGRAFO SEXTO – Se o locatário não for encontrado nos endereços constantes do cadastro que serviu para elaboração do presente instrumento. das faculdades previstas nos arts. portanto. aí incluídas as ações revisionais. renunciar ao direito sobre o qual se funda a ação. 835 do Código Civil e desistem. reconhecer a procedência do pedido. transigir. PARÁGRAFO SÉTIMO – Da mesma forma. 40 inc. 837 à 839 do Código Civil. PARÁGRAFO QUINTO – Os fiadores declaram-se também solidariamente responsáveis pelo pagamento das obrigações assumidas pelo locatário. convenções compulsórias exigidas por lei. judicial ou extra-judicialmente. ainda que superiores ao estabelecido ou por lei. receberem citações. da Lei 8245/91. se este vier a celebrar acordos de reajuste espontâneos de aluguéis e acessórios. independentemente da ordem de nomeação. desde já.491 da mesma lei. que é assegurado pelo art. conferindo- lhes poderes amplos e especiais para receber citações. igualmente assinam o presente contrato. PARÁGRAFO QUARTO – Declaram. inclusive inicial. aceita expressamente o mandato. X. para o fim especial de. bem como que lhes assiste em execução. em conjunto ou separadamente. bem como para confessar. os fiadores da locação. inclusive de inicial. com a metade de seus bens constante da sociedade conjugal. em qualquer ação relacionada com o imóvel objeto do presente contrato. Restando convalidado os princípios do artigo 39 do mesmo diploma legal. seus respectivos cônjuges. por força da solidariedade que assumiu o benefício de ordem do art. pelos meios legais cabíveis. 1. PARÁGRAFO SEGUNDO – Se a fiança do cônjuge for obtida por meio de qualquer vício ou se o fiador ocultar o seu verdadeiro estado civil com o objetivo de burlar a lei. ainda que seja necessário retirar os móveis que o ocupam.movidas contra o locatário. notificações e intimações. em conjunto ou separadamente. no caso de abandono. outorgam entre si. os fiadores. outrossim. de quaisquer procedimentos judiciais ou extra-judiciais contra o locatário. obriga o cônjuge na solidariedade da garantia de seus bens constante da sociedade conjugal. assim como os oriundos de sentença judicial ou arbitral. na qualidade. que.

haja vista que trata-se de obrigação acessória da locação. sob pena de incorrer em infração contratual. seja ela a caução(art. se obriga a pagar no ato da assinatura do Contrato de Locação e em cada período de doze (12) meses. comprovando o recolhimento por meio do Recibo ou Apólice da Seguradora. PARÁGRAFO PRIMEIRO – Sendo obrigatório o pagamento pelo locatário do seguro contra incêndio. PARÁGRAFO SEGUNDO – É vedado ao LOCATÁRIO depositar ou manusear no imóvel materiais inflamáveis. um termo de vistoria. prorrogações ou renovações contratuais. entretanto. 01/1992 da SUSEP. encaminhar obrigatoriamente uma cópia da apólice efetivada ao LOCADOR(A). DAS DEMAIS GARANTIAS LOCATÍCIAS CLÁUSULA DÉCIMA TERCEIRA – Optando as partes contratantes em que a garantia locatícia será outra adversa da fiança.37 inciso I. explosivos ou corrosivos. não sendo acolhidas reclamações verbais. 23. nem escritas. DO INGRESSO E DA RESTITUIÇÃO CLÁUSULA DÉCIMA QUINTA . ou seja. o Bilhete do Seguro Contra Incêndio do Imóvel locado. do recebimento das chaves. pelo Seguro Fiança Locatícia (art. onde fique expressamente figurado o estado do imóvel. dentro de 10 (dez) primeiros dias do início da locação. inciso I da Lei do Inquilinato. CLÁUSULA DÉCIMA SEXTA . para se resguardar de eventuais prejuízos. será processada diante dos ditames prescritos no artigo 38 e seus parágrafos do mesmo Diploma Legal CLÁUSULA DÉCIMA QUARTA – Optando. o locatário. real ou fidejussória. abrangendo a totalidade das obrigações do locatário. apresentadas após o referido prazo. 8 . com referência ao imóvel aqui locado deverá ser encaminhada ao(à) LOCADOR(A). 41 da Lei 8245/91). que ofereçam riscos de incêndio e explosões. As reclamações aqui aludidas referem-se exclusivamente as irregularidades e defeitos que conflitarem com o estado do imóvel descrito no TERMO/LAUDO DE VISTORIA. da Lei 8245/91). Devendo obrigatoriamente ser renovado à cada 12(doze) meses sob pena de infração contratual e rescisão do presente instrumento. DO SEGURO CLÁUSULA DÉCIMA SEGUNDA – Por força do art. com imputação das sanções pertinentes.Ao ingressar no imóvel ao(à) LOCADOR(A) deverá entregar ao(a) LOCATÁRIO(A). devendo o(a) LOCATÁRIO(A). independente de aditivos. as disposições pertinentes serão descritas pela Circular n.Qualquer reclamação do(a) LOCATÁRIO(A). por escrito. pois as demais ocorrências serão consideradas como emergentes no decurso da vigência da locação. não haverá qualquer responsabilidade do locador ou administradora em caso de ocorrências ou sinistros de incêndio no período contratual se o locatário deixar ou recusar de pagar o valor do seguro a qualquer pretexto.

vidraças. CLÁUSULA DÉCIMA OITAVA . sem direito a indenização alguma ao desocupar o imóvel. sem prejuízo das medidas criminais cabíveis (art. goteiras. serão feitas pelo(a) LOCATÁRIO(A). conservação de jardins e árvores. de iluminação. diligências.O(A) LOCATÁRIO(A) fica obrigado(a). caixas de gorduras. o qual fica fazendo parte integrante do presente. 9 . correndo por sua conta todas as obras que fizer. apresentado posteriormente os comprovantes das despesas a LOCATÁRIA ou seus co-obrigados (fiadores). taxas de serviços. pinturas. serão executadas pelo(a) LOCADOR(A). PARÁGRAFO ÚNICO. filmagem e similares..Obriga-se o(a) LOCATÁRIO(A) a bem conservar o imóvel locado. trincos. no curso da locação a satisfazer a sua própria custa. custas judiciais. 8. fechaduras. CLÁUSULA DÉCIMA NONA . utilizando-se do profissional e/ou empresa que lhe aprouver. fica o(a) LOCADOR(A). desobrigada a promovê-la mediante 03(três) orçamentos prévios. ficando caracterizado os danos ao imóvel. PARÁGRAFO ÚNICO – É assegurado ao locador o direito de vistoriar o imóvel sempre que julgar necessário. nesta data. inciso IX. para melhor demonstrar o estado do imóvel quando do início da locação. incluindo-se nestas. CLÁUSULA VIGÉSIMA . conforme TERMO/LAUDO DE VISTORIA. foto digital. fica o(a) LOCADOR(A) no direito de fazê-la.s CP). etc. gás. fazendo esse parte integrando do presente instrumento. deixando o objeto da locação no mesmo estado do ingresso. Todas as demais. torneiras. que declara ter recebido conforme Termo/Laudo de Vistoria lavrado e assinado pelas partes. desde que atendido os preceitos do art. DAS BENFEITORIAS E/OU MODIFICAÇÕES CLÁUSULA VIGÉSIMA SEGUNDA . esgotos. quer seja ela geral e/ou parcial. tanto para sua conservação e funcionamento como para qualquer outro fim. ficando esta responsável pelo pagamento dos aluguéis até que os referidos reparos sejam concluídos. que fica obrigada a restituir tudo em perfeito estado. arcarem com tais custos indistintamente. CLÁUSULA VIGÉSIMA PRIMEIRA – Caso o imóvel seja entregue em desacordo com a vistoria de entrada e.O(A) LOCATÁRIO(A) se compromete a devolver o imóvel nas mesmas condições em que o recebeu. Diante da recusa em efetuar a reforma do imóvel. Intimações sanitárias não motivarão a rescisão do presente contrato. honorários advocatícios e outros. podendo o(a) LOCADOR(A).CLÁUSULA DÉCIMA SÉTIMA . lançar mão de todos os recurso técnico de filmagem (áudio visual). mesmo que expedidas em nome do(a) LOCADOR(A). fogão. 23. reparos e desentupimento de encanamentos de água. bem como os respectivos ônus. bem como as referentes a conservação de aparelhos sanitários. multas e encargos fiscais. a todas e quaisquer intimações dos poderes competentes a que der causa. da Lei n. estará o LOCADOR (A) obrigado a reparar os danos ou indeniza-los.245/91. devendo o(a) LOCATÁRIO(A) e o(s) FIADOR(ES). para reembolso imediato. não há forma pré determinada para o conteúdo do referido instrumento. 163 e s. limpeza. Todos os estragos a que der causa deverão ser reparados pelo(a) LOCATÁRIO(A).As obras que importarem na segurança do imóvel.Caso o(a) LOCATÁRIO(A) se recuse a efetuar a reforma geral do imóvel.

tal como foi entregue ao(a) LOCATÁRIO(A). em caso de incêndio. mesmo necessárias. finda a locação. DA RESCISÃO E PENALIDADE CLÁUSULA VIGÉSIMA QUARTA .PARÁGRAFO ÚNICO .Em se tratando de imóvel comercial. exigir que as benfeitorias ou modificações introduzidas com ou sem o seu consentimento sejam retiradas a custa da locatária. entretanto.Poderá o(a) LOCADOR(A). b) No caso de infração por parte da LOCATÁRIA de qualquer das cláusulas e obrigações aqui estipuladas. bem como mostrá-lo a pretensos compradores. se obriga a permitir na sua presença ou de pessoa de sua confiança a visita no imóvel de possíveis interessados acompanhados de Corretores Autorizados pela Procuradora nos dias úteis em horário comercial. CLÁUSULA VIGÉSIMA TERCEIRA . não podendo ser pleiteado pelo(a) LOCATÁRIO(A) qualquer tipo de retenção. a qualquer tempo. mesmo que originado por curto circuito ou estragos nas instalações elétricas. CLÁUSULA VIGÉSIMA SEXTA .112/09.245 de 18/10/91. em caso de venda.As partes contratantes declaram estar este contrato subordinado à Lei nº 8. o(a) LOCADOR(A). vistoriar o imóvel locado. Poderá. a fim de serem utilizadas no desenvolvimento da atividade comercial. bem como a Lei 12. com autorização.Fica estipulada a pena convencional de 10% (dez por cento) sobre o valor do contrato vigorativo para qualquer das partes contratantes que faltar ao cumprimento das obrigações que lhes competem quer seja ela de cunho contratual e/ou legal. enquanto perdurar a venda.Para toda e qualquer benfeitoria ou modificação a ser introduzida no imóvel locado ou em suas instalações. O (A) LOCATÁRIO comunicado de sua pretensão e não tendo interesse na aquisição do imóvel. compensação e/ou indenização por essas.O(A) LOCADOR(A) não terá qualquer responsabilidade perante ao(a) LOCATÁRIO(A). as benfeitorias úteis e necessárias realizadas no imóvel. forem feitas. independentemente de qualquer aviso ou notificação : a) No término do respectivo prazo. PARÁGRAFO PRIMEIRO . e as que.Considerar-se-á rescindido de pleno direito o presente contrato. PARÁGRAFO SEGUNDO . a qual fica obrigada a pagar aluguéis devidos até que o imóvel seja restituído sem as mesmas benfeitorias ou modificações. e demais 10 . c) No caso de incêndio que impeça a ocupação do imóvel locado ou desapropriado por necessidade ou utilidade pública. semi-acabado ou semi pronto. serão ao imóvel incorporados para todos os efeitos legais. DISPOSIÇÕES GERAIS CLÁUSULA VIGÉSIMA QUINTA . PARAGRAFO ÚNICO – Se durante a vigência desta locação O (A) LOCADOR vier a optar pela venda do imóvel objeto deste contrato. passarão a pertencer ao(à) LOCADOR(A) independentemente de indenização ou retenção do imóvel locado. objeto do presente contrato. é necessário prévia autorização escrita do(a) LOCADOR(A). incorrendo o(a) LOCATÁRIO(A) em infração contratual à negativa de tal procedimento.

manifestará a sua intenção à 8ª. sob pena infração contratual. O idioma oficial será o português. Sendo que. conta telefônica devidamente quitados. e anexando cópia do contrato/convenção. registrado no Cartório de Título e Documentos. de 23 de setembro de 1. IPTU/ITU. indicando a matéria que será objeto da arbitragem. A arbitragem será administrada pela OITAVA CORTE DE CONCILIAÇÃO E ARBITRAGEM DE GOIÂNIA – GO (8ª. direitos e obrigações.disposições legais aplicáveis as locações.O(A) LOCATÁRIO(A) se compromete a apresentar. concordar e integrar este instrumento. multa. e honorários advocatícios a base de 20% (vinte por cento) do valor total cobrado. a data de publicação da sentença arbitral. Em caso de locação comercial. A arbitragem processar-se-á na sede da 8ª. à LOCADOR(A). aceitando todos os seus termos. Havendo desentendimento quanto a constituição do compromisso arbitral o mesmo será resolvido pelo Conciliador-Arbitro da 8ª. mensalmente. CLÁUSULA VIGÉSIMA OITAVA – Correrão por conta do devedor. CCA-GO e nos moldes preconizados na Lei 9307. os comprovantes de luz. fica o(a) LOCATÁRIO(A) obrigada a dar baixa no registro de sua firma. correção monetária e juros. O Termo de Compromisso Arbitral conterá o árbitro que julgará a controvérsia. será dirimida por arbitro preferencialmente único. CCA-GO). condomínio. cujo estatuto e regimento interno. CLÁUSULA VIGÉSIMA SÉTIMA . sob pretexto algum desde que esteja inadimplente com o principal ou acessórios. A controvérsia. Qualquer das partes que desejar instaurar o procedimento arbitral. CLÁUSULA COMPROMISSÓRIA CLÁUSULA VIGÉSIMA NONA – DA CLAUSULA COMPROMISSÓRIA . CCA-GO e o arbitro decidirá com base nas regras de direito e regras da corte. o valor e a data do pagamento dos honorários arbitrais. conforme prescrição das legislações mencionadas. o nome e qualificação completa da parte contrária. extrajudiciais. o seu valor. uma vez desocupado o prédio. com relação ao endereço do imóvel. LOCADOR: LOCATÁRIO(S) LOCATÁRIO(A) FIADOR CONJUGE FIADOR CONJUGE 11 . esta porcentagem será reduzida para 10% (dez por cento) se a responsabilidade for liquidada amigavelmente. dentre a lista dos nomeados pela 8ª. não podendo o DEVEDOR se opor ao pagamento de tal percentual. independente de qualquer procedimento judicial. todas as despesas judiciais. CCA-GO. eleita pelas partes e indicada nesta clausula.Todo o litígio ou controvérsia originário ou decorrente deste instrumento será definitivamente decidido por arbitragem . as partes adotam e declaram conhecer.996. além do principal. CCA-GO. PARÁGRAFO ÚNICO: As partes contratantes declaram estar bem cientes do teor do presente instrumento. água.

.. para um só efeito... Goiânia.. na presença de duas testemunhas a que este também subscreve.. de de . LOCADOR LOCATÁRIO CÔNJUGE FIADOR CÔNJUGE FIADOR CÔNJUGE TESTEMUNHAS: 1)_________________________________________________ 2)_________________________________________________ 12 . correndo as despesas de legalização por conta do(a) LOCATÁRIO(A). assinam o presente em duas vias de igual teor e forma. por estarem assim justos e contratados..E.