Administração Geral – Teoria e Exercícios

Aula 00 - Aula Demonstrativa
Prof. Flávio Pompêo

Aula 00
Administração Geral – TCE-PA – Tópicos 1 a 6
2.2.7 Balanced Scorecard.
Professor: Flávio Sposto Pompêo

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Flávio Pompêo 1

Administração Geral – Teoria e Exercícios
Aula 00 - Aula Demonstrativa
Prof. Flávio Pompêo

Aula 00 – Aula Demonstrativa

Aula Conteúdo Programático Data

00 2.2.7 Balanced scorecard. 03/03

1 Evolução da administração. 1.1 principais abordagens da
administração (clássica até contingencial). 1.2 Evolução da
01 11/03
administração pública no Brasil (após 1930); reformas
administrativas; a nova gestão pública.
2 Processo administrativo. 2.1 Funções de administração:
planejamento, organização, direção e controle. 2.2 Processo de
planejamento. 2.2.1 Planejamento estratégico: visão, missão e
02 18/03
análise SWOT. 2.2.2 Análise competitiva e estratégias genéricas.
2.2.3 Redes e alianças. 2.2.4 Planejamento tático. 2.2.5
Planejamento operacional. 2.2.6 Administração por objetivos.
2.2.8 Processo decisório. 2.3 Organização. 2.3.1 Estrutura
organizacional. 2.3.2 Tipos de departamentalização:
03 25/03
características, vantagens e desvantagens de cada tipo. 2.3.3
Organização informal.

04 2.3.4 Cultura organizacional. 2.4 Direção. 2.4.1 Motivação. 01/04

2.4.1. Liderança. 2.4.2 Comunicação. 2.4.3 Descentralização e
05 08/04
delegação.
2.5 Controle. 2.5.1 Características. 2.5.2 Tipos, vantagens e
desvantagens. 2.5.3 Sistema de medição de desempenho
organizacional. 3 Gestão de pessoas. 3.1 Equilíbrio
organizacional. 3.2 Objetivos, desafios e características da gestão
06 15/04
de pessoas. 3.3 Recrutamento e seleção de pessoas. 3.3.1
Objetivos e características. 3.3.2 Principais tipos, características,
vantagens e desvantagens. 3.3.3 Principais técnicas de seleção
de pessoas: características, vantagens e desvantagens.
3.4 Análise e descrição de cargos. 3.5 Capacitação de pessoas.
3.6 Gestão de desempenho. 4 Gestão da qualidade e modelo de
excelência gerencial. 4.1 Principais teóricos e suas contribuições
07 22/04
para a gestão da qualidade. 4.2 Ferramentas de gestão da
qualidade. 4.3 Modelo da fundação nacional da qualidade. 4.4
Modelo de gespublica.
5 Gestão de projetos. 5.1 Elaboração, análise e avaliação de
08 projetos. 5.2 Principais características dos modelos de gestão de 29/04
projetos. 5.3 Projetos e suas etapas.
6 Gestão de processos. 6.1 Conceitos da abordagem por
processos. 6.2 Técnicas de mapeamento, análise e melhoria de
09 processos. 6.3 Processos e certificação ISO 9000:2000. 6.4 06/05
Noções de estatística aplicada ao controle e à melhoria de
processos.

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Flávio Pompêo 2

..... 4 II.................................. Exemplo de Mapa Estratégico do Setor Público – TCE-PA 2016-2021 ................................................. 5 1............................................................................... Apresentação do professor........................................................ 16 3........................ 7 1..................... 18 4..................... 22 www....................... Administração Geral – Teoria e Exercícios Aula 00 .....................Aula Demonstrativa Prof......... Lista de Exercícios ........................... Perspectivas .......................................................... 14 2............................................ Questões comentadas .................... 13 1...............................................................................................1 Mapa Estratégico ......................br | Prof........Introdução .................................................................................................... Flávio Pompêo 3 .............. Balanced Scorecard (BSC) – Origem e principais conceitos ............... 11 1.......... Flávio Pompêo Sumário I ......................pontodosconcursos..........2............................................................................. Gabarito ...com........................................3....

Área Fiscalização.pontodosconcursos. Eu também sou Auditor de Controle Externo (no TCU) e espero usar minha experiência como professor de concursos para ajudá-los nesta meta de aprovação! Conquistar uma nota alta nessa disciplina fará a diferença entre aprovação e reprovação. Servidores que dominem as ferramentas da Administração serão capazes de. no Cargo 20 (Auditor de Controle Externo.Introdução Olá a todos e a todas! Sejam bem-vind@s à aula 0 (aula demonstrativa) do curso de “Administração Geral: Teoria e Exercícios – Tópicos 1 a 6”. como servidor concursado. vamos estudar os tópicos 1 a 6 do edital. Neste curso. professor. de que esses conhecimentos são centrais na atuação do profissional contemporâneo. com experiência profissional e mestrado nos temas da prova. na ordem em que aparecem. por exemplo. tarefas e processos de trabalho. ao longo de NOVE aulas (mais esta aula 0). gerenciar projetos. por meio do estudo dos tópicos de administração geral. Flávio Pompêo 4 . bem como da resolução de uma grande quantidade de itens do método Cespe.br | Prof. preparatório para o concurso de 2016 de Auditor de Controle Externo do Tribunal de Contas do Estado do Pará.Aula Demonstrativa Prof. planejar ações complexas. A meta é acertar a maior quantidade possível de itens de Administração Geral. Administração Geral – Teoria e Exercícios Aula 00 . preparará os candidatos para este concurso. por parte de importantes organizações públicas. Especialidade Administração). Flávio Pompêo I . então vou utilizar toda minha experiência. Área Administrativa. Especialidade Administração) e no Cargo 37 (Auditor de Controle Externo. trabalhar em equipe. disseminar conhecimentos importantes e promover aperfeiçoamento de rotinas. Este curso abrange os tópicos 1 a 6 da disciplina de Conhecimentos Específicos cobrada no Cargo 3 (Auditor de Controle Externo. A emergência da “Administração Geral” como disciplina central de concursos públicos recentes é um reconhecimento. Área Planejamento. Especialidade Administração). e vocês vão entender www.com. para tentar ajudar vocês neste desafio! Este curso.

de 2005 a 2007. todos do método Cespe! Vamos dar preferência a itens de concursos recentes (2016. com aprendizagem. de administração Geral.  Professor de Concursos . minha esposa também passou em muitos concursos. Administração Geral – Teoria e Exercícios Aula 00 . Flávio Pompêo 5 . de 2008 até hoje. e agora coloco esta experiência à disposição dos candidatos que querem passar no TCE-PA. onde tive atuação profissional vinculada a muitos dos temas do edital. comentados. Gestão de Pessoas e Gestão Pública e Governamental em turmas de concursos como Receita Federal. do Trabalho e das Organizações (2009-2010).2. avaliação de cursos.com. Trabalho no Instituto Serzedello Corrêa. Segundo colocado no concurso. 2015 e 2014).  UnB – Mestrado em Psicologia Social. e ministrei aulas de Administração Geral. sempre exemplificadas por questões do método Cespe. mas podemos também usar itens clássicos que podem cair novamente na prova. Aliás. Passei em bons concursos. Minha dissertação tratou da aprendizagem individual por meio da Educação a Distância.Aula Demonstrativa Prof.7 do edital).No Ponto dos Concursos estou desde 2008. Este será também o diferencial deste curso: veremos várias centenas de itens. tenho 34 anos.br | Prof. II.pontodosconcursos. Primeiro colocado do curso no vestibular. Apresentação do professor Sou o Flávio Pompêo. Flávio Pompêo todas as expressões colocadas no edital. Ressalto que é uma aula demonstrativa e as demais aulas serão maiores e terão quantidade maior de itens de concursos anteriores. Neste período trabalhei na Secretaria de Planejamento e Gestão. Nesta aula 0.  TCU – Auditor Federal de Controle Externo.  UnB – Bacharelado em Ciência Política (2000-2005). Primeiro colocado no processo seletivo do mestrado. www. No mestrado estudei a Psicologia Organizacional e muitos dos temas de Administração Geral que caem no concurso do MP-RJ. destaco a resolução de exercícios de provas anteriores é o principal diferencial para a aprovação em concursos. e resolvendo exercícios do Cespe sobre esse tema. formação de auditores e servidores públicos etc. vamos colocar a mão na massa. estudando o tema Balanced Scorecard (item 2. educação a distância.Técnico Federal de Controle Externo. Abaixo meu currículo resumido:  TCU .

a ferramenta fundamental que vai ajudá-los a alcançar o tão almejado cargo público. TCU.com. INSS. pois minha filha nasceu e parei com as aulas para concursos para focar na família. no Ponto dos Concursos. Flávio Pompêo 6 . focando sempre em apresentar todo o conteúdo do edital. Não podemos perder mais tempo. vamos começar? Está preparado para conhecer esta ferramenta e aprender como pode ser cobrada na prova? Quer conhecer como o TCE-PA adaptou o Balanced Scorecard para sua realidade?? www.  Presidente da Federação Brasiliense de Xadrez (2013-2015).pontodosconcursos. Flávio Pompêo STF. Espero este ano mais uma vez poder ajudar centenas de alunos a terem. Minha proposta está feita. iremos estudar o Balanced Scorecard. Polícia Federal.br | Prof. pessoal. Aproveito este espaço para dizer que é uma honra colaborar com o Ponto. Agências Reguladoras etc. TSE. TJDFT. uma moderna ferramenta do Planejamento Estratégico. Fiquei alguns anos afastado do Ponto dos Concursos. Agora ela está maiorzinha e volto às aulas com força total. É isso aí. Ministérios. STJ. Nesta aula 0. da forma como é cobrada pela banca. Espero que estejam todos de acordo e ansiosos para começarmos o curso. Abin. Administração Geral – Teoria e Exercícios Aula 00 . MPU.Aula Demonstrativa Prof. e em resolver uma quantidade muito grande de exercícios do Cespe.

e.Aula Demonstrativa Prof. Balanced Scorecard (BSC) – Origem e principais conceitos O pessoal da Administração adora siglas. Segundo os autores: “O Balanced Scorecard preserva as medidas financeiras tradicionais. os sistemas anteriormente existentes concentravam-se apenas em aspectos financeiros/econômicos. Trata-se de sistema de medição de desempenho criado por Robert Kaplan e David Norton. significam Balanced Scorecard. www. e o BSC propõe-se a utilizar uma abordagem mais abrangente. na Harvard Business Review. a proposta original do BSC. Flávio Pompêo Então concentração máxima! Estudar poucas horas concentrado. Administração Geral – Teoria e Exercícios Aula 00 . publicaram. O BSC complementa estes indicadores com os orientadores/direcionadores do desempenho. BSC. fornecedores.br | Prof. O Balanced Scorecard contempla as medidas financeiras do desempenho passado com medidas dos vetores que impulsionam o desempenho futuro. Elas são inadequadas para orientar e avaliar a trajetória que as empresas da era da informação devem seguir na geração de valor futuro investindo em clientes.pontodosconcursos.” Diz-se que os indicadores financeiros são de retardo (lag indicators). São o resultado das ações anteriormente praticadas. Flávio Pompêo 7 . Kaplan e Norton passaram um ano realizando pesquisas em doze empresas de vanguarda. Mas as medidas financeiras contam a história de acontecimentos passados. pessoal? Estas três letrinhas mágicas. que são indicadores imediatamente mensuráveis. né. tecnologia e inovação.com. processos. além dos financeiros. no mesmo estado mental de resolução de provas. Robert Kaplan e David Norton criaram esta ferramenta de acompanhamento do desempenho que se utiliza de indicadores operacionais. ou indicadores de comando (lead indicators). ao final da pesquisa. Até então. rende mais do que estudar muitas horas sem concentração! Vamos lá! 1. funcionários. em 1992.

p. esses indicadores são chamados também de direcionadores de desempenho. O BSC pode.pontodosconcursos. Basicamente. desde já. Imagine que uma grande empresa possui centenas de indicadores relevantes. sendo adotado também por empresas de menor porte que buscavam crescer no mercado. (Cespe / DPU 2016) Na administração pública. comunicar a estratégia da organização de maneira lógica e estruturada. Administração Geral – Teoria e Exercícios Aula 00 . (Cespe / MP-Enap 2015) Os lead indicators são indicadores de desempenho que determinam quão bem os negócios estejam sendo executados para permitir que os objetivos sejam atingidos. Tem sido muito usado pelas organizações públicas brasileiras. Na parte de itens comentados da aula vamos aprofundar o conhecimento sobre este item. o BSC se tornou muito popular nas empresas de ponta. Ele é um sistema de medição de desempenho. www. Além disso. que o BSC também pode ser utilizado por organizações públicas. Item Certo. Seria praticamente inviável que os dirigentes acompanhassem todos estes indicadores para saber como anda a implementação da estratégia. Mas mesmo sem a letra d. A única ressalva ao item: “balance” não. Ressalta-se. desde que devidamente adaptado. Veja só este item deste ano: Item 2. de forma que seu acompanhamento possa ser simples. O BSC é um modelo de gestão que organiza todos estes indicadores. Item Certo. razão pela qual cai tanto em concursos recentes. no balanced scorecard. ser usado pela administração pública. né. mas tem também. 1 Kaplan e Norton.com. o gabarito é correto. com adaptações. o BSC é um “referencial abrangente para traduzir os objetivos estratégicos da empresa num conjunto coerente de indicadores”1. 31-32. uma das ferramentas utilizadas para a realização do planejamento estratégico é o BSC (balance scorecard).br | Prof. Flávio Pompêo Veja como esses conceitos foram cobrados no ano passado: Item 1. Flávio Pompêo 8 . como objetivo. Logo após a publicação do artigo.Aula Demonstrativa Prof. amigos? O certo é “balanced”.

dos clientes. formando. que pode ser traduzido como Indicadores Balanceados de Desempenho. Estas quatro perspectivas buscam dar uma visão equilibrada. 14. p. Administração Geral – Teoria e Exercícios Aula 00 . Flávio Pompêo Em relação a suas aplicações. 2 Guia de Referência do Sistema de Planejamento e Gestão do TCU. dessa maneira. ou balanceada. e não só a perspectiva financeira. uma hipótese estratégica. financeira. metas e iniciativas são traçadas para cada uma dessas perspectivas. no qual cada objetivo é conectado por uma cadeia de causa-e-efeito. do desempenho da empresa. já que o objetivo é fornecer uma visão equilibrada da organização sob diversos aspectos. Essa lógica é explicitada pela ferramenta denominada mapa estratégico. Os autores colocaram no BSC quatro perspectivas: financeira. o BSC facilita o processo de comunicação da estratégia para todos os colaboradores. (Cespe / Funpresp 2016) As quatro perspectivas do BSC (balanced scorecard) — de aprendizado e de conhecimento. aos quais são associados indicadores que relacionam os resultados planejados na estratégia aos meios que devem levar a esse resultado. Como consequência desses diferenciais. além de facilitar o processo de estabelecimento de metas anuais setoriais. pois cada unidade de negócio percebe.com. Quer ver um item do Cespe que resume os conceitos que vimos até agora? Item 3. www. de modo que medidas. “os maiores diferenciais apresentados pelo BSC em relação a outras metodologias de gerenciamento são a estruturação de objetivos estratégicos e seus respectivos indicadores em perspectivas ou dimensões e a construção do relacionamento entre esses objetivos por intermédio de relações de causa-e-efeito.pontodosconcursos.Aula Demonstrativa Prof.br | Prof. ou ainda Cenário Balanceado. sua contribuição para a consecução da estratégia”2. Por isso que o nome é Balanced Scorecard. na medida em que o mapa estratégico é a sua representação gráfica. processos internos e aprendizado e crescimento. da forma mais fácil. e de processos internos — estabelecem relações de causa e efeito. Flávio Pompêo 9 . clientes.

Flávio Pompêo 10 . Ele traz a ideia das 4 perspectivas do Mapa Estratégico do BSC como portadoras de relações de causa e efeito. pois. o examinador pode colocar um nome ligeiramente diferente para designar a mesma coisa. no item 1 do Cespe que vimos acima. metas e iniciativas) estejam alinhados e vinculados. Na hora da prova. Márcio. se o sentido for o mesmo.  Formar a base de um processo de gestão estratégica eficaz e integrado”3. Balanced Scorecard – definições básicas www. Por exemplo. quando.  Analisar o foco de atuação. sabermos o que são as perspectivas e para que elas servem. isso não altera o gabarito! Destacam-se. aqui. Preste atenção. entre os objetivos do BSC.  Garantir que os componentes da estratégia (objetivos. os seguintes:  “Traduzir a estratégia em termos operacionais. fala-se em “aprendizado e conhecimento”. Administração Geral – Teoria e Exercícios Aula 00 .br | Prof. indicadores. temos “aprendizado e inovação”. nas definições clássicas. como se referir à “Perspectiva de Processos Internos” como “Perspectiva Visão Interna”.  Comunicar a estratégia de forma clara a toda organização.Aula Demonstrativa Prof.pontodosconcursos. ou “aprendizado e crescimento”. O importante.com. metas e iniciativas. é prestamos atenção às idéias. 3 Said. associadas a medidas. Flávio Pompêo Item Certo.

Aula Demonstrativa Prof. impulsionando o desempenho da organização”5. 5 Kaplan e Norton. Flávio Pompêo A figura abaixo representa os cinco princípios da organização orientada à estratégia4: Estratégia Os cinco princípios da organização orientada à estratégia. www. 15. p. 4 Guia de Referência.br | Prof. 100. 1.pontodosconcursos. Administração Geral – Teoria e Exercícios Aula 00 . p.1 Mapa Estratégico Os mapas estratégicos são “uma representação visual dos objetivos críticos da empresa e das relações cruciais entre eles.com. Flávio Pompêo 11 .

6. 6 Said. há a representação de vários conceitos relevantes do BSC. que evidencia os desafios que a instituição terá que superar para concretizar sua missão e visão. 16. Flávio Pompêo 12 .br | Prof. 7 Guia de Referência. Administração Geral – Teoria e Exercícios Aula 00 .” Muito complicado? Vamos ver um exemplo7 para ficar mais claro. Flávio Pompêo Em outras palavras.pontodosconcursos. p. “o mapa estratégico traduz a missão. vamos ver como o Plano Estratégico 2016-2021 do TCE-PA conceitua Mapa Estratégico: “O mapa estratégico é uma representação visual da história da estratégia. Antes de continuarmos. M a p a E s tr a té g ic o R e n ta b ilid a d e F in a n c e ir a M a is c lie n te s Onível de Oque é desempenho M e n o s a v iõ e s críticopara ou a taxa de alcance da Com o será melhoria Planos e V ô o p o n tu a l P r e ç o s m a is estratégia? m edido ? necessários projetos b a ix o s C lie n t e Objetivos Indicadores Meta Iniciativa In t e r n o R á p id a p r e p a r a ç ã o • Rápida • Tempo emsolo • 30 Minutos • Programade e m s o lo preparação • Partidapontual • 90% otimização da emsolo duração do ciclo A lin h a m e n to A p r e n d iz a d o do pessoal d e te r r a Exemplo de painel de desempenho do Setor Privado . a visão e a estratégia da organização em conjunto abrangente de objetivos que direcionam o comportamento e o desempenho organizacionais”6. p.com.Aula Demonstrativa Prof. www. O mapa é estruturado por meio de objetivos estratégicos que direcionam o desempenho institucional. Veja que neste exemplo de painel de desempenho do setor privado.

Perspectiva do Cliente. vemos as quatro perspectivas do BSC: Perspectiva Financeira. Perspectiva do Cliente. Nele. Perspectiva Processos Internos e Perspectiva Aprendizado e Inovação. Perspectiva Processos Internos e Perspectiva Aprendizado e Inovação. Preços mais baixos etc).  O mapa deve contar a história da estratégia por meio de uma seqüência lógica de causa-e-efeito. Perspectivas O BSC é balanceado porque busca analisar o desempenho da empresa sob diversos ângulos. ainda.com. Esse exemplo foi da iniciativa privada.pontodosconcursos.br | Prof. o mapa estratégico é o quadrado vermelho. Flávio Pompêo No exemplo apresentado. que se centravam excessivamente em 8 Said. Vôo pontual. à direita.  Os objetivos devem ser expressos de forma clara e compreensível para toda a organização”8. Rápida preparação em solo. e elas também estão representadas no mapa estratégico.Aula Demonstrativa Prof. temos um exemplo de decomposição de um objetivo estratégico. Veja que estão associados a ele indicadores. O mapa estratégico. Administração Geral – Teoria e Exercícios Aula 00 . Márcio. você quer ver um da administração pública? Não se preocupe. divide-se em quatro perspectivas: Perspectiva Financeira. Pensando nisso. em sua versão original. a essência e o negócio da organização. Norton e Kaplan organizaram o BSC com base em quatro perspectivas diferentes. vemos objetivos estratégicos (Alinhamento do pessoal de terra. www. 7. vamos em breve ver o exemplo do Mapa Estratégico do TCE-PA!! Podem ser apontados. Flávio Pompêo 13 . 1.2. p. os seguintes requisitos para se construir um mapa estratégico:  “O mapa deve apontar o foco. Cada Objetivo Estratégico está vinculado a outro por relações de causa-e-efeito. Em cada perspectiva.  O mapa deve ter objetivos balanceados entre todas as perspectivas que o compõem. Ainda no exemplo deste painel de desempenho do setor privado. metas para cada indicador e uma iniciativa estratégica. Este foi um ganho às abordagens tradicionais de medição do desempenho.

mas elas devem ser consideradas um modelo.pontodosconcursos. a estratégia da organização e o contexto. mas. Elas podem (e devem) ser adaptadas.3. Não existe teorema matemático segundo o qual as quatro perspectivas sejam necessárias e suficientes.Aula Demonstrativa Prof. Por exemplo.br | Prof. geralmente as perspectivas são diferentes destas. elas podem ser adaptadas. Flávio Pompêo questões econômico-financeiras e deixavam de lado outros indicadores importantes para o negócio. conforme veremos no exemplo do TCE-PA. 9 Kaplan. em situações concretas. Veremos isso novamente mais para frente. por exemplo. funcionários e a comunidade. p. como fornecedores. de acordo com a metodologia. Exemplo de Mapa Estratégico do Setor Público – TCE-PA 2016-2021 Lembro a vocês que estas perspectivas que estudamos são as originais. puro. Segundo Kaplan e Norton9. Flávio Pompêo 14 . as quatro perspectivas respondem a quatro perguntas importantes para a empresa: Como os clientes nos vêem? – Perspectiva do Cliente Em que devemos ser excelentes? – Perspectiva Processos Internos Seremos capazes de continuar melhorando e criando valor? – Perspectiva Aprendizado e Inovação Como pareceremos para os acionistas? – Perspectiva Financeira Veja este é o modelo original. no caso do BSC aplicado no setor público. e que o nome destas perspectivas não é estanque. não uma camisa-de-força. Segundo os autores. as quatro perspectivas têm-se revelado adequadas em diversas empresas e setores de mercado. 9 www. Administração Geral – Teoria e Exercícios Aula 00 . 1. o BSC não incorpora explicitamente os interesses de outras partes interessadas. Em organizações públicas. embora reconhecendo explicitamente os interesses de acionistas e clientes.com. há quem expresse preocupação com o fato de que.

www. foram adotadas apenas três.com.tce. vamos ver como o TCE-PA elaborou seu mapa estratégico: Se tiver dificuldades em visualizar a figura. Neste mapa estratégico.pdf “O mapa do TCE-PA encontra-se estruturado em três perspectivas: Resultados. o mapa estratégico originalmente previa quatro perspectivas. acesse diretamente o mapa na página 25 do PET-TCE-PA 2016-2021: http://www. Administração Geral – Teoria e Exercícios Aula 00 . tecnologia da informação.pa. Processos Internos e Recursos (pessoas.br | Prof.Aula Demonstrativa Prof.gov.br/images/pdf/planejamento_gestao/plano_estrategico_2016 _2021. mas cada organização pode (e deve) adaptar o mapa para sua realidade concreta.” (Plano Estratégico 2016-2021 do TCE-PA).pontodosconcursos. Como falei antes. orçamento e logística). Cada perspectiva tem um conjunto de objetivos estratégicos que retratam os desafios a serem alcançados pelo Tribunal no período de seis anos. Flávio Pompêo A título de exemplo. Flávio Pompêo 15 .

Item 2. Além disso. (Cespe / TCE-PR 2015) O BSC deve ser usado para criar organizações focadas no controle sobre os ambientes interno e externo. julgue os itens abaixo (questão adaptada). Por exemplo. Item 5. esses indicadores são chamados também de direcionadores de desempenho. Estes são temas que estudaremos na aula 2. seja na produção de resultados esperados quanto a lucratividade. respectivamente. Qualidade. a do cliente e a dos processos internos.com. Vejam que o Mapa Estratégico do TCE-PA traz a missão. dos clientes.Aula Demonstrativa Prof. Item 4. verde e amarelo representam os objetivos estratégicos. a visão e os valores. (Cespe / DPU 2016) Na administração pública. Acerca do método de administração BSC(balanced scorecard). (Cespe / TCU 2015) Um dos aspectos evidenciados pela perspectiva financeira da técnica de planejamento organizacional do BSC (balanced scorecard) é a proposição de valor da empresa para os clientes. retenção e satisfação são.br | Prof. metas e iniciativas são traçadas para cada uma dessas perspectivas. rentabilidade. Item 7. objetivos estratégicos do tipo lagging indicators dessas perspectivas. a financeira. no balanced scorecard. incluem-se o de mobilizar a mudança por meio de liderança executiva e o de converter a estratégia em processo contínuo. uma das ferramentas utilizadas para a realização do planejamento estratégico é o BSC (balance scorecard). 2. Flávio Pompêo Neste exemplo. Flávio Pompêo 16 . seja em relação à participação da organização no mercado. Administração Geral – Teoria e Exercícios Aula 00 . e de processos internos — estabelecem relações de causa e efeito. Lista de Exercícios Item 1. (Cespe / MP-Enap 2015) O BSC é fundamentado em quatros perspectivas: a do aprendizado e crescimento. “Fomentar a transparência e o Controle Social” é um objetivo estratégico da Perspectiva de Resultados. as caixas em rosa. www. Item 3. (Cespe / MP-Enap 2015) Entre os objetivos do BSC. (Cespe / Funpresp 2016) As quatro perspectivas do BSC (balanced scorecard) — de aprendizado e de conhecimento. Item 6. de modo que medidas. (Cespe / MP-Enap 2015) Os lead indicators são indicadores de desempenho que determinam quão bem os negócios estejam sendo executados para permitir que os objetivos sejam atingidos. financeira.pontodosconcursos.

julgue os itens que se seguem. (Cespe / TCE-PR 2015) O objetivo do BSC é fazer que as operações de uma organização estejam em consonância com a visão estratégica. Item 15. Flávio Pompêo 17 . (Cespe / CGE-PI 2015) O BSC (balanced scorecard). (Cespe / TCE-PR 2015) A ênfase excessiva do BSC em indicadores de desempenho prejudica o espírito de equipe e a motivação.br | Prof. dos processos internos e. adaptado ao setor público. Item 14.pontodosconcursos. e clientes. Item 17. aprendizado e crescimento. mas um sistema de medição de desempenho organizacional. Item 10. Item 18. (Cespe / TCE-PR 2015) Os comportamentos detectados pelos indicadores são determinantes para a política a ser adotada pela administração. Administração Geral – Teoria e Exercícios Aula 00 . permite o monitoramento de metas. uma ferramenta de gestão estratégica alternativa aos métodos tradicionais de medida de desempenho. mas é incompleta. operacionais e financeiras e seu objetivo é o estabelecimento de um processo organizacional alinhado para as entidades. Acerca do balanced scorecard. (Cespe / TC-RN 2015) O BSC (balanced scorecard) é uma ferramenta que orienta o processo decisório de uma organização. mede-se o desempenho organizacional como um todo. www.Aula Demonstrativa Prof. constitui uma ferramenta de planejamento estratégico de curto prazo. Item 12. estratégias e objetivos organizacionais com base na missão e na visão da organização. Item 16.com. processos internos do negócio. dos clientes. Item 9. (Cespe / Anatel 2014) Por meio do balanced scorecard. por fim. de acordo com as seguintes perspectivas: financeiras. (Cespe / TCU 2015) O balanced scorecard (BSC) é composto pelo alinhamento das ações estratégicas. Item 11. (Cespe / MEC 2015) BSC é uma ferramenta que visa traduzir a missão e a estratégia da empresa em objetivos e medidas organizadas em perspectivas financeiras. por não fornecer um sistema de medidas para acompanhamento e avaliação da organização. Flávio Pompêo Item 8. do aprendizado e do desenvolvimento. (Cespe / TCE-PR 2015) Os indicadores utilizados pelo BSC devem restringir-se às medidas financeiras e contábeis geradas pela empresa. Item 13. (Cespe / Anatel 2014) O balanced scorecard. (Cespe / Inmetro 2009) O BSC (Balance Score Card) ou Indicadores Balanceados de Desempenho não é um sistema de gestão estratégica.

associadas a medidas. o gabarito é correto. O BSC pode. (Cespe / TCU 2015) Um dos aspectos evidenciados pela perspectiva financeira da técnica de planejamento organizacional do BSC (balanced scorecard) é a proposição de valor da empresa para os clientes. 3. você ganha um ponto. não deixe em branco! Quando você acerta o item. A única ressalva ao item: “balance” não.pontodosconcursos. dos clientes. metas e iniciativas. esses indicadores são chamados também de direcionadores de desempenho. Item Certo. Administração Geral – Teoria e Exercícios Aula 00 . seja em relação à participação da organização no mercado. enquanto quando erra o item perde apenas meio ponto. Os orientadores/direcionadores do desempenho. razão pela qual cai tanto em concursos recentes. são indicadores imediatamente mensuráveis. www. 1. Flávio Pompêo 18 . amigos? O certo é “balanced”. Flávio Pompêo 3. (Cespe / MP-Enap 2015) Os lead indicators são indicadores de desempenho que determinam quão bem os negócios estejam sendo executados para permitir que os objetivos sejam atingidos. (Cespe / Funpresp 2016) As quatro perspectivas do BSC (balanced scorecard) — de aprendizado e de conhecimento. Item Certo. e não da Perspectiva Financeira. e de processos internos — estabelecem relações de causa e efeito. Item 2. né. siga por sua conta e risco: marque todos os itens da prova. (Cespe / DPU 2016) Na administração pública. Mas mesmo sem a letra d. ou seja. Além disso. por uma questão estatística cujo debate podemos aprofundar em aulas futuras. O item cita objetivos de percepção dos clientes. Item 1. 4. Item 4. com adaptações. o chute vale a pena. Ele traz a ideia das 4 perspectivas do Mapa Estratégico do BSC como portadoras de relações de causa e efeito. metas e iniciativas são traçadas para cada uma dessas perspectivas. Item Certo. de modo que medidas. Tem sido muito usado pelas organizações públicas brasileiras.com. Item Errado. no balanced scorecard. ou indicadores de comando (lead indicators). financeira. uma das ferramentas utilizadas para a realização do planejamento estratégico é o BSC (balance scorecard). Assim.br | Prof. 2. Os indicadores financeiros são de retardo (lag indicators). Questões comentadas Em primeiro lugar.Aula Demonstrativa Prof. seja na produção de resultados esperados quanto a lucratividade. Item 3. porque são o resultado das ações anteriormente praticadas. Isso é parte da Perspectiva Clientes. como os clientes vêem a empresa. ser usado pela administração pública. quero dar uma dica bem pessoal.

Flávio Pompêo 19 . R. Administração Geral – Teoria e Exercícios Aula 00 . objetivos estratégicos do tipo lagging indicators dessas perspectivas.com. 5. (Cespe / MP-Enap 2015) O BSC é fundamentado em quatros perspectivas: a do aprendizado e crescimento. California Management Review.Aula Demonstrativa Prof. Vol 39. Vamos aproveitar este item para complementar o tema e estudar uma tabela elaborada por Kaplan. a do cliente e a dos processos internos. Item Errado. rentabilidade.  Entender os  Recompensa Perspectiva clientes sobre novos  Ciclo de Interna  Criar produtos produtos desenvolvimento inovadores  Percentual de dos produtos  Venda cruzada de venda  Horas com os produtos cruzada clientes  Disponibilidade  Informação de informações estratégica estratégicas construída  Cobertura Perspectiva de  Desenvolvimento  Recompensa estratégica dos Aprendizado de habilidades por cargos estratégicas empregado  Alinhamento de  Recursos de foco  Satisfação objetivos  Efetividade dos dos individuais e empregados empregados organizacionais www. Flávio Pompêo Item 5.S. Qualidade. respectivamente. a financeira.br | Prof.pontodosconcursos. Linking the Balanced Scorecard to Strategy. No 1 1996?? Indicadores de Indicadores de Objetivos Como obter o Retardo (lag Comando (lead Estratégicos indicador? indicators) indicators)  Retorno  Retorno sobre o sobre o investimento investimento Perspectiva  Retornos genéricos  Retornos Financeira resultantes de sobre o ações crescimento implementadas  Satisfação dos  Retenção de Clientes clientes  Pesquisa de Perspectiva do  Conhecimento dos  Profundidade satisfação com os Cliente clientes da relação clientes  Acesso conveniente  Serviço Superior  Percentual do segmento de mercado. retenção e satisfação são.

O BSC resume a estratégia e a missão da organização em objetivos e medidas. 12. Item 12. Flávio Pompêo 20 . a política é adotada antes dos indicadores. dos processos internos e. 8. Acerca do método de administração BSC(balanced scorecard). O BSC inclui outras perspectivas. incluem-se o de mobilizar a mudança por meio de liderança executiva e o de converter a estratégia em processo contínuo. 10. 9. (Cespe / TCE-PR 2015) O objetivo do BSC é fazer que as operações de uma organização estejam em consonância com a visão estratégica. Item 10. (Cespe / TCE-PR 2015) Os indicadores utilizados pelo BSC devem restringir-se às medidas financeiras e contábeis geradas pela empresa. Item Errado. de causa e efeito.Aula Demonstrativa Prof. Item Errado. (Cespe / TCE-PR 2015) O BSC deve ser usado para criar organizações focadas no controle sobre os ambientes interno e externo. Item Certo. Conhecer os indicadores de desempenho pode ser um fator que promove. que mobiliza os níveis gerenciais mais altos (liderança executiva) e transforma a estratégia num processo contínuo de ações e mensuração de indicadores. O BSC busca alinhar as operações e ações de curto e médio prazo com a visão estratégica de longo prazo. e não prejudica. Item Errado. (Cespe / TCE-PR 2015) Os comportamentos detectados pelos indicadores são determinantes para a política a ser adotada pela administração. Houve uma inversão temporal. julgue os itens abaixo (questão adaptada). Administração Geral – Teoria e Exercícios Aula 00 . adaptado ao setor público. ou seja. dos clientes.pontodosconcursos. O BSC é uma ferramenta estratégica. (Cespe / CGE-PI 2015) O BSC (balanced scorecard). como a dos clientes.com. Item Errado. a interna e a do aprendizado. Item Certo. por fim. (Cespe / MP-Enap 2015) Entre os objetivos do BSC. Item 13. Item Certo. constitui uma ferramenta de planejamento estratégico de curto www. O BSC não foca em controlar os ambientes. Item 9. 6. Item 11. (Cespe / MEC 2015) BSC é uma ferramenta que visa traduzir a missão e a estratégia da empresa em objetivos e medidas organizadas em perspectivas financeiras. do aprendizado e do desenvolvimento. 11. a motivação. Item 8. 7. (Cespe / TCE-PR 2015) A ênfase excessiva do BSC em indicadores de desempenho prejudica o espírito de equipe e a motivação. Item 7. e sim em usar indicadores e ações estratégicos para alcançar a missão e o objetivo organizacional. Flávio Pompêo Item 6. organizadas nas quatro perspectivas citadas pelo item.br | Prof.

tático e operacional da organização. o Cespe gostar de comer a letra "d" da palavra "balanced". objetivos organizacionais e indicadores. Item Certo. Trata-se de um sistema de gestão estratégica que oferece um sistema de medição do desempenho.br | Prof. vinculando-os a metas. Administração Geral – Teoria e Exercícios Aula 00 . mas é incompleta. e clientes. aprendizado e crescimento. mede-se o desempenho organizacional como um todo. Mas isso não tem implicações para o gabarito dos itens! www. (Cespe / Anatel 2014) O balanced scorecard. 16. não fica muito claro o que seriam as entidades nem o que seria esse processo organizacional alinhado. (Cespe / TC-RN 2015) O BSC (balanced scorecard) é uma ferramenta que orienta o processo decisório de uma organização. Nesse sentido se configura como não apenas um sistema de medição. 18.S. Flávio Pompêo prazo. Vocês lembram que o Mapa Estratégico do TCE-PA trazia a explicitação da missão e visão? O BSC tenta alinhar esses componentes da estratégia. mas de gestão estratégica. de acordo com as seguintes perspectivas: financeiras. O objetivo do BSC citado no item está errado. não sei o porquê de.com. O item é confuso. como comunicação da estratégia. Em aula futura veremos em detalhes que a estratégia se refere a algo de longo prazo. organização da estratégia. uma ferramenta de gestão estratégica alternativa aos métodos tradicionais de medida de desempenho. Item 16. por não fornecer um sistema de medidas para acompanhamento e avaliação da organização. São as 4 perspectivas que estudamos na aula de hoje. Os componentes do BSC orientam diversas decisões tomadas nos níveis estratégico. 14. 15. mas possui outras funções. Item Errado.: Amigos. Item 17. (Cespe / Anatel 2014) Por meio do balanced scorecard. O BSC é uma ferramenta de planejamento estratégico. Item 14. Item Errado. (Cespe / Inmetro 2009) O BSC (Balance Score Card) ou Indicadores Balanceados de Desempenho não é um sistema de gestão estratégica. de longo prazo. P.pontodosconcursos. 13. O BSC é instrumento de planejamento estratégico. Item Certo. Flávio Pompêo 21 . operacionais e financeiras e seu objetivo é o estabelecimento de um processo organizacional alinhado para as entidades.Aula Demonstrativa Prof. Item 15. Acerca do balanced scorecard. controle dos resultados. (Cespe / TCU 2015) O balanced scorecard (BSC) é composto pelo alinhamento das ações estratégicas. Item errado. e não de curto como citado pelo item. escrevendo apenas "balance scorecard". mas um sistema de medição de desempenho organizacional. 17. Item 18. permite o monitoramento de metas. Item Certo. processos internos do negócio. estratégias e objetivos organizacionais com base na missão e na visão da organização. muito de vez em quando. julgue os itens que se seguem. ou seja.

C 12. C 9. E 14. Administração Geral – Teoria e Exercícios Aula 00 . E 8. C 4. E www. C 2. E 16. Flávio Pompêo 4. Flávio Pompêo 22 . E 6. E 17. E 13. C 7. C 3.pontodosconcursos. E 11. E 10.com. C 15.br | Prof.Aula Demonstrativa Prof. C 5. Gabarito 1. C 18.