As Quatro Causas

Aristóteles oferece uma classificação dos primeiros filósofos gregos de acordo com a
estrutura de seu sistema das quatro causas. Para ele, a investigação filosófica é acima
de tudo uma investigação sobre as causas das coisas, das quais há quatro diferentes
tipos:

1. A causa material
2. A causa eficiente
3. A causa formal
4. A causa final

Vejamos, a partir de um exemplo grosseiro, o que ele tinha em mente: quando Alfredo
prepara um risoto, as causas materiais do risoto são os ingredientes que ele utiliza para
prepará-lo, a causa eficiente é ele mesmo, o cozinheiro, a causa formal é a receita e a
satisfação dos clientes do restaurante é a causa final. Aristóteles acreditava que um
entendimento científico do universo exigia uma investigação sobre a operação no
mundo das causas de cada um desses tipos (Met. A 3, 983a24-b17)

 Causa material: de que a coisa é feita? No exemplo da casa, de tijolos.
 Causa eficiente: o que fez a coisa? A construção.
 Causa formal: o que lhe dá a forma? A própria casa.
 Causa final: o que lhe deu a forma? A intenção do construtor.