UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE

CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA NATUREZA
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA
CURSO DE MESTRADO EM PRODUÇÃO VEGETAL

Plano de Disciplina
Curso: Mestrado em Produção Vegetal
Disciplina: Agroecologia Código: CAM 010
Carga Horária: 60 h.a. Semestre: 2 Caráter: Optativa Créditos: 4
Professor Coordenador: Sebastião Elviro de Araújo Neto
Horário e datas prevista para início e término da disciplina:
Horário: Data de início: 05/12/2012 Data de término: 03/04/2012
Quarta-feira, das 8:00 as 12:30h.

Ementa:
Evolução dos sistemas agrícolas e da utilização dos recursos naturais. Dimensão socioeconômica e
ambiental da agricultura sustentável. Energia na Agricultura. Manejo ecológico dos solos. Manejo de
plantas espontâneas. Teoria da trofobiose. Manejo de pragas e doenças. Manejo ecológico de
culturas agrícolas. Gestão e planejamento de estabelecimentos agrícolas familiares. Agroecologia e a
nova extensão rural brasileira. Legislação para produção e comercialização de produtos orgânicos.
Mercado para produtos orgânicos.
Objetivos:
Que ao final da disciplina os alunos sejam capazes de:
- Analisar o processo de produção, certificação e comercialização de produtos orgânicos;
- Compreender o sistema de produção orgânico dentro da complexidade ambiental;
- Relacionar a produção de alimentos com a melhoria na qualidade de vida da humanidade;
- Propor alternativas para resolver problemas em sistemas de produção vegetal.

Conteúdo Programático:
Unidade I – Contexto da agricultura ecológica
- Evolução dos sistemas agrícolas e os recursos naturais.
- Dimensão socioeconômica e ambiental da agricultura sustentável.
- Balanço energético em sistemas de produção convencional e agroecológico.
- Economia ecológica.
- Perspectivas, entraves e potencial da agricultura ecológica.

Unidade II – O solo
- O solo em agroecossistemas.
- A matéria orgânica.
- O manejo do solo (Preparo).
- Plantio direto orgânico.

Unidade III – Fertilidade do sistema
- A fertilidade do sistema.
- Manejo da fertilidade do sistema.
- Ciclagem de nutrientes.
- Adubos orgânicos (Estercos, Adubo verde, Resíduos orgânicos, Compostagem e Biofertilizantes).
- Cultivos de cobertura morta e rotação de culturas.

Unidade IV – Vegetação espontânea
- Importância da vegetação espontânea (efeito na biodiversidade).
- Manejo da vegetação espontânea.

Unidade V - Fitossanidade
- Ecologia e manejo de pragas.
- Ecologia e manejo de doenças vegetais.
- Teoria da trofobiose.
- Utilização de defensivos alternativos na agricultura.
- Controle biológico.

Debate. ASSIS. G. HOUSE. Teoria da trofobiose.. 20/02/2012 Manejo de plantas espontâneas.O estabelecimento agrícola como sistema.Planejamento de agroecossistemas sustentáveis. 328p. P.Legislação e certificação de produtos orgânicos.0 Seminário – Obrigatório 2. Legislação para produção e comercialização de produtos orgânicos. L.Pesquisas individuais e em grupo.. de. Embrapa Informação Tecnológica. Tertiary. P.0 Artigo científico – Optativo 3. J. . . S. elaboração de artigo científico. Energia na Agricultura. 2002. Manejo de pragas e doenças. .0 Média final 0 . 3. 2012. 2.. Dimensão socioeconômica e ambiental da agricultura sustentável. PATRICK J. Mercado para produtos orgânicos. CRC Press. BHULLAR.Agroecologia: um novo caminho para extensão rural.10 Avaliações: 09/01/2012 Evolução dos sistemas agrícolas e da utilização dos recursos naturais.Aulas práticas. .Revisão bibliográfica. . BOHLEN. and Society. Unidade VII – Legislação e mercado de produtos orgânicos . . University or College. K. 17/04/2012 Gestão e planejamento de estabelecimentos agrícolas familiares. Avaliação: AVALIAÇÕES Pontuação Síntese das aulas práticas e teóricas – Obrigatório 2. Agroecologia: princípios e técnicas para uma agricultura orgânica sustentável. N. 2005. . Bibliografia básica: 1. A. Manejo ecológico dos solos. 517p. . UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA NATUREZA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA CURSO DE MESTRADO EM PRODUÇÃO VEGETAL Plano de Disciplina Unidade VI – Gestão e planejamento . . G. Economics. BHULLAR. 310p. ALTIERE. BOHLEN.0 Avaliação tradicional (prova) (Optativa para substituir os trabalhos) 6. R. Guaíba:Agropecuária.Aulas teóricas expositivas. . Metodologia: . Agroecologia: bases científicas para uma agricultura sustentável.Custo de produção de produtos orgânicos.Comercialização de produtos orgânicos. Sustainable Agroecosystem Management: Integrating Ecology.Problematização. AQUINO. de.0 Revisão bibliográfica – Obrigatório 3. 4.. Agroecologia e a nova extensão rural brasileira. Brasília – DF. seminários. M. 2012. M. 592p. Agricultural Sustainability: Progress and Prospects in Crop Research. J.

9. SILVA. 2001. 353p. Agroecology: researching the ecological basis for sustainable agriculture (Ecological Studies). CHABOUSSOU.. K. Informe Agropecuário. 256p. H. CARPENTER. MYERS. Francisco Beltrão: Grafit. 2013. PIMENTEL. Y. 2009. Crop protection: from agrochemistry to agroecology. S. O papel da biodiversidade no manejo de pragas. 4. 3.153p. Principais periódicos: Agriculture. M. UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA NATUREZA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA CURSO DE MESTRADO EM PRODUÇÃO VEGETAL Plano de Disciplina 5. 10. THEO COLBORN. 2002. DAROLT. 2001. trofobiose e biofertilizantes. ALTIERE. I. BURG.212. Ribeirão Preto: Holos. A reconstrução ecológica da agricultura. Tradução de Cláudia Buchweitz. J. 2001. KHATOUNIAN. A. Ilhéus. Botucatu: Agroecologia.348p. 196p.. D. M. M. FERRON. R. I. 9. p. M. 2002. MAYER. 6. A alimentação no século XXI. 1987.. LOCKIE. Biodiversity and Markets: Livelihoods and Agroecology in Comparative Perspective. ed. PRIMAVESI. 2. 2ª Ed. D. 2013. 2012. NASR.. Springer. EPAMIG..273. 2004. 13. Londrina:IAPAR. 355p. 394p. Science Publishers. PRIMAVESI. NICHOLLS. Porto Alegre: Edições dos Autores. 2012.22. Botucatu: Agroecologia. (Org. GLIESSMAN. . Routledge.. 8.13-32. J. 1996. BA: Editus. 5. 250p. S. PINHEIRO. C. GLIESSMAN. 2001. Nobel. Agroecologia: processos ecológicos em agricultura sustentável. P. (org. 653. S. São Paulo. Agroecology. D. Global economic and environmental aspects of biofuels (Advances in Agroecology). tradução de Maria José Guazzelli. n. D. In: ENCONTRO DE PROCESSOS DE PROTEÇÃO DE PLANTAS: CONTROLE ECOLÓGICO DE PRAGAS E DOENÇAS. C. O futuro roubado. il. B. N. Belo horizonte.Porto Alegre: Editora da UFRGS. Agricultura Orgânica: inventando o futuro. DEGUINE. Francis. Agriculture. R. 3. 2003.. CANUTO. S. Ecosystems & Environment Nutrient Cycling in Agroecosystems Tropical and Subtropical Agroecosystems Revista Brasileira de Agroecologia Environment. D. RUSSELL. C. 6. Plantas doentes pelo uso de agrotóxicos: a teoria da trofobiose. Alternativas ecológicas para prevenção e controle de pragas e doenças. In: UZÊDA. J. 2001.7-12. 216p. 10. PINHEIRO. P. 12. R. Fundação Junquira Candiru/MIBASA. p. 1997. Botucatu: Agroecologia. v. A. C. 1. E. MARTIN. Agroecology: The ecology of sustainable food systems. 1993. 1999. 2012. S. 8. O manejo ecológico do solo: agricultura em regiões tropicais. / Francis Chaboussou... Dimensão sócio-ambiental da agricultura sustentável.. LUZ. – Porto Alegre: L&PM. BARRETO. GLISSMAN. 11. A. Development and Sustainability Soil & Tillage Research Weed Research Plant Ecology & Diversity Agronomy for Sustainable Development Bibliografia Complementar 1. 340 p. I&PM. C. P. D. R. 2005. J.) Resumos do 1º Encontro de processos de proteção de plantas: controle ecológico de pragas e doenças. 541p. Agricultura Alternativa. S. SAUERBORN.) O desafio da agricultura sustentável: alternativas viáveis para o Sul da Bahia. A agricultura ecológica e a máfia dos agrotóxicos no Brasil. CRC Press. N. 453p. Springer. 7. S.. HEIN. 7. “MB-4”: agricultura sustentável.

de. Ilhéus. 16. J. HARVESKORT. Agroecologia: um novo caminho para extensão rural sustentável.revistaagriculturaurbana. 12.autosuficiencia..agroecologia. São Paulo. J. C.agrisus. 2006. Rio de Janeiro: Garamond. Sítios úteis: www.aspta. 131p. REINJNTZES. 176p.br www. J.ar http://www.periodicos.com.org. V.com. 17.com.embrapa. (Org. 2004.1.ufrgs.2. Fertilizantes orgânicos.br www.org/organicag/ www. S. 14. 1994. L. KIEL.br/agroecologia .planetaorganico.br www. A. G.org.br www.fao. L. V. Manual de horticultura orgânica. 2009.com. UZÊDA. 15. VIANA. RESENDE. 2005. 823p. B. P. Ba:Editus. C. SOUZA.br www. Agricultura orgânica: tecnologias para a produção de alimentos saudáveis. SOUZA. 492p. Agricultura orgânica: tecnologias para a produção de alimentos saudáveis. Vitória: EMCAPA. WATERS-BAYER..br www. J. Agricultura para o futuro. THEODORO. L.) O desafio da agricultura sustentável: alternativas viáveis para o sul da Bahia. N. L. DUARTE. Rio de Janeiro: ASPTA/ILEA.br www.. E. M. 13. de.com.br www. 1985.gov.capes. H. Viçosa: Aprenda Fácil Editora. 257p. UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA NATUREZA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA CURSO DE MESTRADO EM PRODUÇÃO VEGETAL Plano de Disciplina 11. de. J. Agronômica Ceres. SOUZA.revistanossopara. Vitória: Incaper. 1998.