Programa Direito do Ambiente

1. 1. UNIVERSIDADE AGOSTINHO NETO FACULDADE DE DIREITO PROGRAMA DE DIREITO DO
AMBIENE (apresentado no curso de agregação pedagógica)O DOCENTE – EDUARDO MENDES
SIMBAProblema social – relação do homem com o ambienteObjectivo geral instrutivo – Criar,
interpretar e aplicar adequadamente normas eprincípios jurídicos que regulam a relação do homem
com o ambienteObjectivo geral educativo – Criar consciência de respeito do ambiente, dos direitos
dasfuturas gerações e de proceder à uma gestão racional dos recursos naturais em benefícioda
humanidade e de todos os cidadãos em especial.Objectivos específicos – Compreender de forma
integrada a idéia geral de ambiente e as características dos elementos que o integram, bem como a
sua importância para regime jurídico de protecção do ambiente - Compreender de forma integrada a
noção de direito do ambiente; - Compreender de forma integrada a importância da tutela constitucional
do ambiente e a forma como ela se operacionaliza; - Compreender de forma integrada os princípios do
direito do ambiente, suas características e formas de concretização; - Compreender de forma
integrada o papel do Direito Internacional do Ambiente na formulação do direito e política ambientais
em Angola; - Compreender de forma integrada os instrumentos de gestão ambiental e o seu papel e
funcionamento no âmbito da protecção do ambiente; - Compreender de forma integrada as formas de
responsabilidade ambiental, sua regulamentação e efetivação; - Compreender de forma integrada as
normas que asseguram a protecção das águas, dos solos, da biodiversidade e do clima; -
Compreender de forma integrada as normas sobre controlo da poluição e gestão de resíduos
sólidos.Objecto da disciplina - normas e princípios jurídicos que regulam a relação do homem com o
ambienteCarga horária – 1 Semestre (60 horas)Aulas teóricas – 30 horasAulas práticas – 30
horasCarga horária semanal – 5 horasAvaliação – Avaliação diagnóstica, avaliação contínua incluindo
a assiduidade, provasescritas de frequência e exame final (época normal e recurso) 1
2. 2. CONTEÚDO PROGRAMÁTICOCapitulo I – O Ambiente1.1 – O conceito de ambiente1.2 – As
funções dos recursos naturais e do ambiente1.2.1 – O ecossistema1.2.2 – A terra1.2.3 – A
biodiversidade1.2.4 – O mineraisCapitulo II – O Direito do ambiente2.1 – O ambiente como novo bem
jurídico e o problema da pré-compreensão do direitodo ambiente2.2 – O conceito de direito do
ambiente2.6 – Características do direito do ambiente2.7 – Origens do Direito do AmbienteCapitulo III –
A constituição ambiental3.1 – A constitucionalização das questões ambientais3.2 – O ambiente nas
constituições de alguns países da SADC3.3 – O ambiente na LC de 19923.4 – O ambiente na
CRA3.4.1 – Inovações da CRA3.4.2- Conteúdo do artigo 39.º da CRA3.5 – Outros direitos
fundamentais conexos aos direitos ambientaisCapitulo IV – Princípios do Direito do Ambiente4.1 –
Introdução4.2 – Princípio da prevenção4.3 – Princípio da precaução4.4 – Princípio do acesso
equitativo aos recursos ambientais4.5 – Princípio da correcção na fonte4.6 – Princípio do poluidor
pagador, da responsabilidade e do utilizador pagador4.7 – Princípio do desenvolvimento
sustentável4.7.1 - Princípio da equidade4.7.2 – Princípio da integração4.8 – Princípio da
cooperação3.9 – Princípio da Justiça ambientalCapitulo V – O direito Internacional do Ambiente5.1 –
Fontes do Direito Internacional5.2 – A força do “soft law” no Direito Internacional do Ambiente5.3 –
Histórias do Direito Internacional do Ambiente5.4 – Princípios gerais do Direito Internacional do
Ambiente5.5 – O Ambiente e o Comércio5.6 – O Aquecimento Global5.7 - A poluição
transfronteiriça5.8 – A protecção da qualidade da água5.9 – Protecção dos mares e dos oceanos 2
3. 3. 5.10 – Conservação dos recursos vivos do mar5.11 – Tratados internacionais relevantes5-12 – As
áreas de conservação transfronteiriças na SADCCapitulo VI - Os instrumentos de gestão ambiental6.1
– A avaliação de impacte ambiental6.2 - Licenciamento ambiental6.3 – A auditoria ambientalCapitulo
VII – A responsabilidade ambiental.7.1 – O conceito de dano ambiental7.2 – Tipos de
responsabilidade7.2.1 – A responsabilidade civil7.2.2 – A responsabilidade ambiental7.2.3 – A
responsabilidade administrativa7.3 – A acção popularCapitulo VIII – Direito de águas e ambiente8.1 –
Resenha histórica8.2 – Regras de gestão dos recursos hídricos8.3 – Direitos de uso de águas e o
direito fundamental de acesso à águas8.4 – A protecção das águas8.8 – Regras de controlo de
qualidade dos recursos hídricosCapitulo IX – A conservação da biodiversidade9.1 – Protecção da
diversidade biológica aquática9.2 – A conservação da biodiversidade nos regulamentos florestais e de
caça. Necessidade de um novo regime jurídico9.3 – Espécies protegidas9.4 – Espécies alienigenas e
invasivas9.5 – Organismos geneticamente modificados. Perspectivas9.6 – A bioprospecção e a
partilha de benefícios. Prespectivas9.6 - Áreas de conservaçãoCapitulo X – Controlo da poluição e
gestão de resíduos sólidos10.1 – Princípios gerais10.2 – A poluição do ar10.3 – A poluição das águas
continentais10.4 – A poluição marinha10.5 – A poluição do solo10.6 – A poluição sonora10.7 – A
gestão de resíduos10.8 – As radiaçõesBIBLIOGRAFIA RECOMENDADA 1. Introdução ao Direito do
Ambiente, sob coordenação de José Gomes Canotilho, Universidade Aberta; 2. Rocha, Júlio César de
Sá; Direito Democracia e Meio Ambiente: Mediação de interesses pela acção estatal, , Textos Água e
Ambiente I, 2007; 3. KIDD, M. 2008: Environmental Law. Juta; 4. GLAZEWSKI, J. 2005. Environmental
Law in South Africa. Second Edition. Lexis Nexis; 5. Silva, Vasco Pereira; Verde Cor do Direito, Lições
de Direito Ambiental, Almedina, 2001; 3
4. 4. 6. Condesso, Fernando dos Reis; Direito do Ambiente, Almedina, 2001; 7. Coelho, Antonieta; Lei de
Base do Ambiente, Anotada, Colecção da FD-UAN, Luanda, 2001; 8. Freitas do Amaral; Direito do
Ambiente, INA, 2001; 9. Trenmpohl, Terense Dorenelles; Fundamento do Direito do Ambiente, 2ª
edição, 2007; 10. Sendim, José Sousa Cunha; Responsabilidade Civil por Danos Ambientais, Coimbra
Editora, 1996; 11. Seminário sobre Legislação Ambiental, Faculdade de Direito da Universidade
Agostinho Neto e Ministério do Urbanismo e Ambiente, Imprensa Nacional UEE, 1999; 12. Machado,
Paulo Afonso Leme; Direito Ambiental Brasileiro; 13. Antunes, Luís Filipe Colaço, o Procedimento da

Diploma Legislativo n. Decreto n.Eduardo Mendes SimbaLLM (UFS). Lei n. de 06 de Fevereiro. Lei n. Decreto Presidencial n.º 41/89 – aprova o Estatuto do IDF 18. Resolução n.º 1/10 – aprova o Regulamento sobre Auditorias AmbientaisO Docente. sobre as bases do ambiente.º 59/07. 7. Constituição da República 2. sobre o ordenamento do território e do urbanismo 5.Eduardo Mendes SimbaLLM (UFS). sobre a avaliação de impacte ambiental.º 41/05 – aprova o Regulamento Geral de Pesca 20. de 8 de Outubro. de 25 de Junho. Colecção Teses.º 10/11 . Estatutos orgânicos dos Ministérios do Ambiente e do Urbanismo e Construção. Decreto Presidencial n. 12. Decreto Presidencial n. Regulamento geral das edificações urbanas. de 30 de Outubro.º 39/00 – aprova o Regulamento da Protecção do Ambiente no Decurso das Actividades Petrolíferas 38. Pósgrad (UAN).º 6/02. aprovado pelo Decreto n. de 21 de Junho.º 12/12 – aprova o Regulamento sobre a Radioprotecção 32.º 12/11 – sobre as Transgressões Administrativas 27. Dir (UAN) 5 .cria o Instituto da Biodiversidade 24.º 13/11 – aprova o Regulamento da Comissão Multissectorial do Ambiente 39. Despacho n. de 19 de Junho. Lei n. 30. Decreto n.º 39/00 – aprova o Regulamento da Protecção do Ambiente no Decurso das Actividades Petrolíferas 38. Dir (UAN) 5 6. Decreto n. Código Mineiro 37.º 41/89 – cria o Fundo Ambiental 19. 1998.º 4/07 – sobre a Energia Atómica 26. 17. Decreto Presidencial n. sobre as actividades petrolíferas.º 5/98. Lei n. Despacho n.º 3/06.º 12/12 – aprova o Regulamento sobre a Radioprotecção 32.º 51/04. Código Mineiro 37.º 2/10 – aprova o Plano do Perímetro de Futungo de Belas 31.º 11/11 Instituto de Gestão Ambiental 4 5. de 26 de Fevereiro. Decreto n. Coimbra. 4.º 6-A/04.º 261/11– aprova Regulamento sobre a Qualidade da Água 33. 30. Decreto 43/05 . 6.º 1/10 – aprova o Regulamento sobre Auditorias AmbientaisO Docente. 6. Regulamento geral dos planos territoriais. aprovado pelo Decreto n.º 10/04. Lei n. Decreto n. Decreto n. sobre os recursos biológicos e aquáticos 9.º 40040 .º 194/11– aprova o Regulamento sobre a Responsabilidade por Danos Ambientais 36. Lei n. 16. de 23 de Julho.º 2873 – aprova o Regulamento de Caça 25. Lei n. Decreto Presidencial n.º 17/11 – cria o município de Belas 29.Aprova o Regulamento de Fiscalização das Pescas 21.º 232/11– aprova a Transferência da Orla Costeira aos Governos Provinciais 35. Lic. urbanísticos e rurais 14. sobre águas. de 23 de Julho. Lei n. Decreto Presidencial n.º 9/04. Lei n. Almedina.º 2/10 – aprova o Plano do Perímetro de Futungo de Belas 31. Pósgrad (UAN). Decreto n. sobre o licenciamento ambiental 11. Regulamento de licenciamento das operações de loteamento.º 141/12 – aprova o Regulamento para Controlo e Prevenção da Poluição nas Águas Nacionais 23. Decreto Presidencial n. Decreto Presidencial n.º 13/11 – aprova o Regulamento da Comissão Multissectorial do Ambiente 39. de 13 de Julho. 13.LEGISLAÇÃO 1.º 3/04.º 13/07.º 6/07. Decreto n. 80/06.º 60/11– aprova Plano de Urbanização da Cidade do Kilamba 34.º 261/11– aprova Regulamento sobre a Qualidade da Água 33. Lei n. Lei de bases de fomento habitacional. Decreto n. Estatuto Orgânico do Instituto do Planeamento e Gestão Urbana. obras de urbanização e obras de construção. Avaliação do Impacto Ambiental.º 32/11 - cria o municípios da Katumbela e Cacula 28. Decreto Presidencial n. Decreto n. Decreto Presidencial n.º 60/11– aprova Plano de Urbanização da Cidade do Kilamba 34. 10.aprova o Regulamento de Protecção do Solo Fauna e Flora 22.º 194/11– aprova o Regulamento sobre a Responsabilidade por Danos Ambientais 36. 8. de 18 de Janeiro. aprovado pelo Decreto n. Resolução n. Lic. Decreto Presidencial n. 5. Lei n. Decreto Presidencial n. sobre as associações de defesa do ambiente. de 12 de Novembro. 3.º 232/11– aprova a Transferência da Orla Costeira aos Governos Provinciais 35. 15. Decreto Presidencial n. sobre terras.