A velha chaleira

Uma chaleira velha e enferrujada, jogada no fundo do
quintal. Chorava porque se sentia inútil e só com um grande
buraco já não podia carregar água como fazia antes.
Um dia passava por aí um coelho. Ele olhou pelo
buraco da chaleira e perguntou:
- Chaleira, eu posso morar aí? Eu não tenho casa para morar.
- É claro. Respondeu a chaleira. E ela ficou muito feliz com a
companhia do coelho.
Num outro dia passava por aí um rato, que também
não tinha casa para morar. Parou olhou pelo buraco e
perguntou:
- Eu posso morar com vocês: - É lógico responderam o coelho
e a chaleira. Assim o coelho e o rato passaram a morar com a
velha chaleira enferrujada que estava cada dia mais feliz.
Certo dia passou para descansar aí perto um canário
que também não tinha lar. Vendo o coelho e o rato morando
com a chaleira aproximou-se e perguntou: Eu posso morar
com vocês?
É claro. Responderam eles. Ainda temos lugar para você e
até para mais um amiguinho que não seja muito grande.
E não demorou muito, passou por aí um besouro. Um
besouro que não tinha mais família e andava só. Quando viu
aquele lar em festa não pensou duas vezes e ai aproximou-se
perguntando: eu posso ficar com vocês? É claro. É somente
para alguém pequeno como você que temos lugar. – venha!
Entre.
E assim estavam os quatro animais muito felizes
porque tinham um lar e uma boa companhia.
Mas, mais feliz ainda estava à velha chaleira porque não se
sentia mais sozinha e inútil.