You are on page 1of 2

PROGRAMA DE DISCIPLINA

DOUTORADO

LINHA DE PESQUISA: LITERATURA, TEORIA E CRÍTICA LITERÁRIA
DISCIPLINA: Seminário de Teoria da Literatura e Estética
TÍTULO DO CURSO: LITERATURA COMPARADA: UM DIÁLOGO DE CULTURAS

DOCENTE RESPONSÁVEL: EDUARDO F. COUTINHO

DIA/HORÁRIO: TERÇA-FEIRA, DE 14:00 ÀS 18:00 HS.

EMENTA
Discussão do campo da Literatura Comparada em suas múltiplas vertentes teóricas e metodológicas e das
transformações por que a disciplina vem passando nas últimas décadas em função do diálogo que tem estabelecido
com correntes do pensamento como a Desconstrução, a Nova História e os Estudos Culturais e Pós-Coloniais. Será
dada especial atenção ao caráter multidisciplinar do comparatismo, bem como ao seu cunho transcultural,
sobretudo naqueles locais antes à margem dos estudos comparados e hoje focos fundamentais de reflexões sobre a
área, como a América Latina.

PROGRAMA

1.A tradição comparatista: as Escolas Francesa, Americana e Soviética. O corte epistemológico dos anos de 1970.
Eurocentrismo e descentralização.
2.A visão de mundo pós-moderna e a ruptura das dicotomias.
3.Nação, idioma, cultura. Revisão de conceitos.
4.A invenção de culturas: pós e neocolonialismo.
5.Identidades, Multiculturalismo e Estudos Culturais.
6.A Nova História e os Estudos Literários.
7.Respostas latino-americanas.
8.O contexto brasileiro: dialética do local e do universal.
9.A dialética entre o público e o privado na América Latina.

Patrick. Eduardo F. Leela. Paris: PUF. BHABHA. org. 2ª ed. Edward. Literatura Comparada: textos fundadores. N. Daniel-Henri. Zulma. La recherche en Littérature Générale et Comparée en France en 2007: bilan et perspectives. Mabel. orgs. 2003. Frederico Westphalen. 2003. Histórias locais/ projetos globais: colonialidade. Saõ Paulo: Annablume. Pensamiento crítico y políticas culturales en América Latina. Rio de Janeiro: EdUERJ. CHILDS. Córdoba: Alción Editora. Literatura Comparada: reflexões. saberes subalternos e pensamento linear. PAGEAUX. A Critical Introduction. 1990. Marcelo Marinho et al. 2007. São Paulo: Ática. The Cultural Studies Reader. 2011. SAID. Exotisme et lettres francophones. An Introduction to Post-Colonial Theory. Post-Colonial Theory. org. 1994. PALERMO. 2011. org. orgs. 1994. Oxford: Blackwell. Le Mont-Houy: Presses Universitaires Valenciennes. CARVALHAL. Anne & ZIEGER. Oxford: Blackwell. Trad. Questions of Cultural Identity. York: Routledge. David Theo. Culture and Imperialism. 2ª ed. BIBLIOGRAFIA BASSNETT. Literatura Comparada na América Latina: ensaios. Eduardo F. Susan./ IILI. Belo Horizonte: UFMG. Tania. Stuart & DU GAY. . MIGNOLO. GANDHI. 1996. 2003. Jean-Marc. COUTINHO. HALL. Literatura Comparada. 1997. TOMICHE. Solange Ribeiro de Oliveira. 1993. DURING. 1986. Pittsbourgh: Mabel Moraña Ed. Nuevas persectivas desde/ sobre América Latina. Eduardo F. Peter & Williams. Oxford: Blackwell. COUTINHO. Comparative Literature: a Critical Introduction. 2013. Multiculturalism: a Critical Reader. Paul. 2005. Londres/ N. GOLDBERG. Tania. COUTINHO. 2002. & CARVALHAL. Desde la otra orilla. Musas na encruzilhada: ensaios de Literatura Comparada. Homi.. Karl. Londres: Prentice Hall. RS. Simon. 1993. Londres: Sage Publ. MOURA. Walter D. org. York: Columbia UP. Nation and Narration. Rio de Janeiro: Rocco. MORAÑA. N. URI. orgs. York: Vintage Books. 1998.