You are on page 1of 5

O Determinante como uma Forma Multilinear

Alternada
Reginaldo J. Santos
Departamento de Matemática-ICEx
Universidade Federal de Minas Gerais
http://www.mat.ufmg.br/~regi
21 de maio de 2004

Uma função f do conjunto das matrizes n × n em R é chamada forma multilinear
ou n-linear se para qualquer matriz A, n × n, e escalares α e β,
A1 A1 A1
     
..  ..   .. 
.  .   . 
 
 
A A  Ak−1 
     
 k−1   k−1 
f  αX + βY  = αf  X  + βf  Y  ,
     
 Ak+1   Ak+1   Ak+1 
     
 ..   . 
 .. 
 . 
 .. 
 . 
An An An
onde X = [ x1 . . . xn ] e Y = [ y1 . . . yn ].

Teorema 1. Se f é uma forma multilinear, então para qualquer matriz A, n × n,
   
t
A1 n n n E k1
f  ...  = a1k1 a2k2 . . . ankn f  ... 
 XX X
...
  
An k1 =1 k2 =1 kn =1 Ekt n

Demonstração. Cada linha i pode ser escrita como
n
X
Ai = aiki Ekt i .
ki =1

1

 = −f  . .  f .. ela é anti- simétrica.  An kn =1 ankn Ekn k 1 Pn t k =1 ankn Ekn  n n X n n Ekt 1 a1k1 a2k2 . kn = 1.  = f  .. .   .  f .. para k1 = 1. =  Pn t =1  . .  .  lores f  ..   .  = 0.     A1 A1  .  .  An Proposição 2.. .   .   ..2 Assim. xn ] e Y = [ y1 . Uma forma multilinear é alternada se.  . . . . n. .  .   A   l   . .   . n × n...   . para qualquer matriz A. ..  .   . . aplicando-se a multilinearidade segue que      Pn t  Ekt 1 A1 k1 =1 a 1k E k n P n t k2 =1 a2k2 Ek2 =1 1 1  . isto é.  An An O Determinante como uma Forma Multilinear Alternada 21 de maio de 2004 .. .     Y   X       . . =  a1k1 f   . yn ]. . n.  X X = . e somente se.   Ak     .... . X   f .. .   k1 =1 k2 =1 kn =1 Ekt n  umaforma multilinear fica inteiramente determinada se conhecemos os nn va- Assim Ekt 1  . para X = [ x1 . sempre que Ak = Al . .  . ankn f  .   X   Y       . . Ekt n Dizemos que uma forma multilinear é alternada se   A1  ..

  .  . Assim.  . toda forma multilinear alternada é determinada pelo seu valor na matriz iden- tidade In . .    = f  ..  ..           X +Y   X   Y    X    Y           .   . .  = 0+f  .  + 0.. .   .  .   .   ..  Aσ(n) An onde εσ é o sinal da permutação σ..   .  ..   .   . Corolário 3.   .  . . f  . Deixamos para o leitor como exercı́cio mostrar que se f é anti-simétrica. então           A1 A1 A1 A1 A1 . 21 de maio de 2004 Reginaldo J.  .  = εσ f  . Como conseqüencia imédiata desta proposição temos o seguinte resultado. +f ...... então f é alternada.   . 3 Demonstração.     Aσ(1) A1  . Se f é uma forma multilinear alternada.   .. εσ é igual a +1 se σ é o resultado de um número par de transposições e é igual a −1 se é o resultado de um número ı́mpar de transposições. n e toda matriz A.   . ou seja.  .  An An de onde segue que f é anti-simétrica... como mostra o próximo resultado. ..  .  .   X   Y       ..  + f  .  + f  .  .   .. . ..  . n × n.  An An An An An     A1 A1  . +f .   .   . então para toda permutação σ dos inteiros 1.  .     Y   X       .             X +Y   X  X  Y  Y               0 = f  .   .   .   . Se f é alternada. Santos . .  ..

então para qualquer matriz A. .. . . toda forma multilinear alternada é determinada pelo seu valor na matriz iden- tidade In .. n × n. Assim.  t Eσ(n) Ent Portanto. . .  = a1k1 a2k2 . . ankn = a1σ(1) a2σ(2) . ..4 Teorema 4..  .. Se f é uma forma multilinear alternada. . . . . anσ(n) f (In )  An σ Demonstração. .    . . ..  An σ o somatório é extendido a todas as permutações σ dos inteiros 1. anσ(n) f (In ). . . . O Determinante como uma Forma Multilinear Alternada 21 de maio de 2004 . . k2 .   A1 f  . anσ(n) f  .   XX X . . anσ(n) f  . anσ(n) e a parcela correspondente t     Eσ(1) E1t a1σ(1) a2σ(2) .  =  X εσ a1σ(1) a2σ(2) . . . .  = εσ a1σ(1) a2σ(2) . .. temos a seguinte caracterização do determinante. . .    An k1 =1 k2 =1 kn =1 Ekt n Neste somatório são nulas todas as parcelas em que há repetições dos ı́ndices k1 . Como já mostramos que o determinante é uma forma multilinear alternada que vale 1 na matriz identidade.. ...  =  X εσ a1σ(1) a2σ(2) . kn ) = (σ(1). restando apenas aquelas em que (k1 .   A1 f  . Neste caso. ... ankn f  . . Sendo f multilinear temos que     t A1 n n n E k 1 f  . n. a1k1 a2k2 . kn . σ(n)) é uma permutação dos inteiros. . ..

Um Curso de Geometria Analı́tica e Álgebra Linear. 1994. S. Linear Algebra. edition. [5] Reginaldo J. 3a. 1979. n × n. σ Referências [1] Kenneth Hoffman and Ray Kunze. Springer Verlag. [2] Serge Lang. Álgebra Linear. McGraw-Hill. 1987. Belo Horizonte.A. [4] Seymour Lipschutz. X det(A) = εσ a1σ(1) a2σ(2) . edition. São Paulo. 1996. New York. Rio de Janeiro. 21 de maio de 2004 Reginaldo J. . O determinante é a única forma multilinear alternada que vale 1 na matriz identidade e além disso para qualquer matriz A. edition. 2a. Livros Técnicos e Cientı́ficos Ed. . Rio de Janeiro.. [3] Elon L. Lima. 2003. Imprensa Universitária da UFMG. 3a. Santos .REFERÊNCIAS 5 Corolário 5. 3a. edition. IMPA. anσ(n) . Álgebra Linear. Santos. Álgebra Linear.