You are on page 1of 2

UNIVERSIDADE EDUARDOMONDLANE

Faculdade de Direito
Teoria Geral do Direito Civil I
Exerccios/03.04.17

Responda com clareza e objectividade as questes que se seguem,


fundamentando sempre com base na Lei:

1. Prejuzo, maior de 80 anos, saiu da sua residncia no dia 20 de Junho


de 2010, juntamente com Rita, sua filha de 20 anos de idade. Desde
esta data no houve quaisquer notcias de Prejuzo, nem da sua filha.
Cinco anos aps do desaparecimento de Prejuzo e da Rita, foi
declarada a morte presumida de ambos, tendo ocorrido o fenmeno
sucessrio. Mais do que isso, Belmira esposa de Prejuzo contraiu
casamento com Betino. Hoje Dionsio, vizinho de Prejuzo e Rita, viu a
estes algures em Cabo Verde. Dionsio informou este facto a Belmira e
Fonseca, esposa e filho de Prejuzo, respectivamente. Estes alegaram
que j sabiam desta notcia h 3 anos, mas no lhes interessava a sua
presena. Quid iuris.

2. Mimy que estava numa praia de nudismo foi fotografada e exposto o seu retrato no jornal
Sensual. Ela se encontrava completamente nua. Aps ter visto o jornal, Mimy pretende
processar o mesmo, no entanto devido repercusso da notcia e atendendo a sua sade
frgil acabou apanhando AVC e perdeu a vida.

a) Quid iuris.

b) Imagine que Mimy tivesse autorizado a publicao da sua imagem, mas dois dias
antes da publicao se arrepende e probe. Quid iuris.

3. Melania, de 23 anos de idade, estava grvida de gmeos. No dia 1 de


Janeiro de 2010 deu a luz, atravs de um parto normal, tendo um dos
gmeos perecido volvidos cinco minutos e outro, com enormes
deformaes, sobrevivido. Os mdicos, dadas as deformaes graves
do gmeo sobrevivo que no tinha sequer aparncia humana, estavam
indecisos relativamente a sua possibilidade de sobrevivncia e, por
estes motivos, propuseram a Melania que sacrificasse o referido nado,
aceitando que fosse morto. Acrescentaram ainda que as deformaes
de que o nado sobrevivo padecia no faziam dele uma pessoa. Quid
juris?