You are on page 1of 9

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

ALUNA: ISABELLA OLIVEIRA CUNHA

ITABAIANA – SE
03/10/2014

daqueles de 20 anos atrás. Sem o sistema operacional. Recentemente os sistemas operacionais também são utilizados em telefones celulares. O objetivo de um sistema operacional é organizar e controlar o hardware e o software para que o dispositivo funcione de maneira flexível e previsível. como processadores. ou seja. contendo a maioria das funcionalidades que são encontradas nos sistemas operacionais dos computadores. eventos que podem ocorrer a qualquer momento. . gerenciando a utilização e o compartilhamento dos seus diversos recursos. um usuário para interagir com o computador deveria conhecer profundamente diversos detalhes sobre o hardware do equipamento. tornando sua utilização mais simples. O sistema operacional desta forma tem por objetivo funcionar como uma interface entre o usuário e o computador. o que tornaria seu trabalho lento e com grandes possibilidades de erros. Um celular moderno é mais poderoso que um computador de mesa. de forma semelhante aos programas dos usuários. A grande diferença entre um sistema operacional e aplicações convencionais é a maneira como suas rotinas são executadas em função do tempo. O Sistema Operacional é o primeiro programa que um computador irá executar. Um sistema operacional não é executado de forma linear como na maioria das aplicações. SISTEMAS OPERACIONAIS INTRODUÇÃO: Um Sistema Operacional. Sem o Sistema Operacional. rápida e segura. Suas rotinas são executadas concorrentemente em função de eventos assíncronos. memórias e dispositivos de entrada e saída. é apenas um conjunto de rotinas executado pelo processador. meio e fim. os computadores atuais seriam inutilizáveis. com início. Sua principal função é controlar o funcionamento de um computador.

Monousuário: o sistema operacional só é capaz de suportar um único usuário acessando seus recursos. dispositivos periféricos. FUNCIONAMENTO: Um sistema operacional possui as seguintes funções: .Gestão de programas. .CLASSIFICAÇÕES DE SISTEMAS OPERACIONAIS: Os sistemas operacionais podem ser classificados em: .Multitarefa: permite que mais de uma tarefa seja processada simultaneamente no sistema computacional. . . suporte ao sistema de arquivos. .Controle da rede.Provê e executa serviços para softwares aplicativos.Configuração de dispositivos. .Multiusuário: vários usuários dividem os mesmos recursos do sistema computacional. para que possa facilitar o uso dos recursos do computador.Multiprocessados: vários processadores podem ser gerenciados simultaneamente. .Inicialização do computador.Estabelecer uma interface com o usuário.Segurança do sistema.Gerenciar os recursos do computador como: CPU. . Pode ser compilado para se adequar melhor a um determinado tipo de máquina. ESTRUTURA DE UM SISTEMA OPERACIONAL: KERNEL: O Kernel é o núcleo do sistema. . . gerenciamento de processos. periféricos e dispositivos.Monotarefa: permite a execução de um único programa por vez. . .Monoprocessados: somente um processador pode ser gerenciado pelo sistema operacional. . É responsável pelas operações de baixo nível tais como: gerenciamento de memória. .

configuração de dispositivos. Muitas vezes o driver é construído pelo próprio fabricante do hardware e fornecido em forma compilada (em linguagem de máquina) para ser acoplado ao restante do sistema operacional. PROGRAMAS UTILITÁRIOS: São programas que facilitam o uso do sistema computacional. fornecendo funcionalidades complementares ao núcleo. interface gráfica. copiar. Tal estrutura tem uma vantagem maior do ponto de vista tanto do projeto quanto da implementação. testá-los e configurá-los adequadamente para seu uso posterior. como formatação de discos e mídias. apagar). A construção do programa final é dada com base nos módulos compilados separadamente. pois a impossibilidade de comunicação direta das aplicações de cima com as de baixo. para percorrer dentre as várias camadas. que utilizou o algoritmo de busca de menor caminho. porém o sistema pode parar devido a algum erro ocasionado por uma dessas rotinas. etc.DRIVERS: Módulos de código específicos para acessar os dispositivos físicos. também de sua própria autoria. terminal. leva a um controle maior do SO sobre o hw. as que atenderão as solicitações de “cima”. A principal vantagem . SCSI. placas de vídeo. portas USB. SISTEMAS EM CAMADAS: Foi originado na Holanda por Edsger Dijkstra. de maneira mais eficiente. como reconhecer os dispositivos instalados. manipulação de arquivos (mover. na estrutura monolítica é permitido a qualquer uma dessas sub- rotinas em qualquer parte do programa chamar outra(s) sub-rotina(s). etc. A boa definição de parâmetros de ligação entre as diferentes rotinas existentes aumenta e muito o desempenho. Existe um driver para cada tipo de dispositivo. o FreeBSD. como discos rígidos IDE. ESTRUTURAS DE SISTEMAS OPERACIONAIS: SISTEMAS MONOLÍTICOS: É a estrutura dos primeiros SO’s. dentre outros. CÓDIGO DE INICIALIZAÇÃO: A inicialização do hardware requer uma série de tarefas complexas. Consistida. o MS DOS. basicamente. Outra tarefa importante é carregar o núcleo do sistema operacional em memória e iniciar sua execução. A exemplo temos o próprio UNIX. interpretador de comandos. por um programa dividido em sub-rotinas. unidos através de um linker. gerência de janelas.

Nessa época os fabricantes de computadores tinham duas linhas distintas de produtos. processador e outros recursos são virtualizados. o programador produzia um conjunto de cartões perfurados e o entregava ao operador de máquina que dava entrada do programa no computador. Para rodar um programa nessas máquinas. os quais digitavam o que seria realizado através do próprio hardware. HISTÓRIA DOS SISTEMAS OPERACIONAIS: Na década de 50. A virtualização é a interposição do software (máquina virtual) em várias camadas do sistema. Toda programação era feita absolutamente em linguagem de máquina. A exemplo temos o Windows NT. Sua memória. Os computadores científicos que eram usados para cálculos na ciência e engenharia e os computadores comerciais que executava tarefas como ordenação de . esses PCs necessitavam sempre da intervenção humana e não podiam usar rotinas.dessa estrutura é justamente a modularização. geralmente os servidores agregam as funções mais importantes do sistema. É uma forma de dividir os recursos de um computador em múltiplos ambientes de execução. SISTEMAS CLIENTE-SERVIDOR: Sistemas Cliente-Servidor são modelos de computação que distinguem dois tipos básicos de equipamentos computacionais: servidores e clientes. Neste modelo. facilitando sua alteração e depuração de cada camada. as tarefas eram realizadas por técnicos. A IBM define uma máquina virtual como uma cópia isolada de um sistema físico. os computadores eram girantes e ocupavam salas inteiras. Nessas primeiras máquinas. o THE e o MULTICS MÁQUINA VIRTUAL: Uma máquina virtual é uma cópia via software que busca simular uma máquina real. A partir da década de 60 com a introdução dos transistores. sendo interligados entre si geralmente utilizando-se uma rede de computadores. as máquinas evoluíram e com a chegada dos cartões perfurados aumentou a facilidade de programação. deixando aos clientes apenas o processamento de aplicações mais básicas. e esta cópia está totalmente protegida. além de criar uma hierarquia de níveis de acesso que permite proteger as camadas mais internas. Uma máquina virtual é um computador fictício criado por um programa de simulação. Uma máquina virtual pode ser definida como “uma duplicata eficiente e isolada de uma máquina real”. E apesar de funcionar para as tarefas necessárias. Quando o computador completava o trabalho. muitas vezes interligando plugs para controlar funções básicas da máquina. o operador devolvia os cartões com a impressão dos resultados ao programador.

O DOS originalmente dava a cada programa o controle total do computador e de sua memória. seguindo os mais simples conceitos do uso da computação e era natural que fosse feito desta forma. Ele é considerado um dos primeiros sistemas operacionais modernos. A partir dele foram criados conceitos importantes no mundo da computação. o UNIX foi criado por desenvolvedores da AT&T. e foi bastante complicado fazer com que as versões mais avançadas do DOS impusessem as limitações que são necessárias para que seja possível obter 2 programas rodando ao mesmo tempo no computador. além de tornar mais fácil adaptá-lo aos programas já existentes para o CP/M em 8 bits. O UNIX poderia ser portado para o novo hardware em meses pois as mudanças eram fáceis. e a razão principal era para fazer com que os usuários de computador acostumados com o CP/M pudessem aprender o DOS rapidamente. Em 1965. O DOS foi feito tendo o pressuposto de que apenas uma pessoa estaria usando o computador e que um único usuário estaria pedindo que o computador só executasse uma tarefa de cada vez (não se poderia por exemplo. o multiprocessamento. O DOS é considerado o produto que decidiu o destino da iniciante Microsoft. O MS-DOS foi sucedido por duas linhas de produtos: o OS/2 e o Windows 95. assim como o número de mecanismos adaptativos de otimização de performance.dados e impressão de relatórios. Ele era modular. O projeto do DOS foi baseado intimamente nas facilidades oferecidas pelo CP/M e as ideias por trás dele. etc. espaço de disco. Tinha listas de controle de acesso separadas em cada arquivo provinham o compartilhamento das informações de forma flexível. O DOS foi feito para ser usado em um ambiente monousuário e monoprocessamento. o primeiro a ter uma interface gráfica totalmente incorporada ao sistema. devido as suas novas e valiosas ideias. Ele teve um poderoso impacto no ramo da computação. . sua estrutura programacional e o sistema poderia crescer simplesmente adicionando mais recursos da fonte apropriada – memória principal. Já em 1970. Em 1980 a IBM seleciona PC-DOS da Microsoft como o sistema operacional para o IBM-PC. Mesmo sendo criticado na sua época.0. imprimir um documento e executar um outro comando ao mesmo tempo). pois suas raízes vieram de um sistema operacional e de máquinas de 8 bits. a história provou que as críticas não tinham fundamento. Continha também uma quantidade de mecanismos padrão que permitiam que engenheiros analisassem a performance do sistema. E a Apple resolveu simplificar as coisas para o consumidor. sendo distribuído em linguagem ‘C’ (a linguagem C foi projetada para esse sistema operacional). mas também provinham privacidade quando esta era necessária. o Project MAC desenvolve o sistema operacional Multics. Este era o começo da era dos computadores “amigáveis”. sendo usados principalmente por instituições financeiras. Muitos dos comandos que amedrontavam os usuários foram removidos e substituídos por gestos do mouse. Em 1984 a Apple lança o sistema operacional Macintosh OS 1.

Ele foi um sistema muito popular no Brasil na década de 1990. O principal destaque desse software é que ele somente evoluiu e não precisou se preocupar com interface gráfica e outros adicionais. e a companhia The FreeBSD Project disponibilizou o FreeBSD. A forma como o desktop é organizado. Desde o começo. mas ele era bem diferente em diversos aspectos. a versão 3. que foi tão importante que acabou definindo alguns padrões.11. o sistema está na versão 3. Ele foi o primeiro sistema da Apple a ser disponibilizado em CD. O software da MS copiou algumas coisas do Macintosh. Em 1993. O curioso desse sistema é que ele não se popularizou como uma plataforma única. Em 1987 surge o MINIX. Graças à evolução também dos componentes de hardware e periféricos. mas já trazia alguns drivers avançados para melhorar a usabilidade. a Apple lança o System 7. garantindo que diversos outros sistemas pudessem ser desenvolvidos e oferecer novas experiências para os usuários. Em apenas dois meses. E em 1991 chega no mercado o Linux. Ainda em 1991.1 vendeu 3 milhões de cópias. O Linux continua em desenvolvimento constante. Torvalds distribuiu o Kernel do sistema de forma gratuita.1 com uma interface de rede mais bem desenvolvida. apesar de não ser o sistema preferido de muitos. a qual ainda é utilizada no . visto que trazia código livre e aberto. Tanenbaum lançou um software simplificado para fins educacionais. sendo que seu núcleo principal é atualizado para englobar novas tecnologias e melhorias. Em 1995. Os dois sistemas ainda existem e são gratuitos. o sistema de Linus Torvalds aproveitou bibliotecas e aplicações do GNU. a Berkeley Software Distribution lançou o NetBSD. depois de tantas versões do Unix voltadas a grandes empresas e sistemas domésticos. Esse sistema já veio consolidado e agregou uma série de novos recursos para o utilizador. Este sistema rodava sobre o MS-DOS. O MINIX foi uma das inspirações para o lançamento do aclamado Linux. chega o Windows 3. esse software agradou aos consumidores. Atualmente. foi um dos mais importantes da história. através do MS-Windows 1. Em 1985 surge a primeira tentativa da Microsoft no campo dos sistemas operacionais com interface gráfica. com melhor suporte para a execução de arquivos multimídia e fontes TrueType. chega o Windows 95. No ano seguinte. um homem chamado Andrew S. De início.0.

hoje. Hoje. é o mais popular com a cara do Pinguim. suporte para OpenGL e outros tantos recursos. não havia nada semelhante ao smartphone e sistema da Maçã.Windows 7 e 8. o navegador Internet Explorer (que jamais saiu do sistema da Microsoft) e outras funções. O Ubuntu recebe duas atualizações anuais e conta com suporte avançado para os mais variados tipos de hardware (incluindo placas NVIDIA e AMD). novos recursos de segurança e muito mais. E a grande revolução no mercado de celular ocorre quando a Apple lança o famoso iPhone. um cliente de e-mail. Na época. Depois de algumas atualizações. esse sistema deixou as coisas mais amigáveis para o usuário. chega o Android. o Android foi adquirido pela Google ainda em 2005. sendo que ele vem ganhando destaque por ser pioneiro . a barra de tarefas e o Windows Explorer foram novidades que facilitaram a utilização do sistema. De lá para cá. chega o iOS. o Android é o sistema portátil mais usado do mundo. que veio para revolucionar a história da companhia. o terminal. a gigante das buscas veio trabalhando para conquistar o mercado móvel. o sistema passou por uma reformulação em seu visual e continua dando passos largos na introdução de novos recursos. o Windows XP. trouxe uma série de novos recursos para redes. a Apple vem apenas realizando melhorias e não lançou uma versão totalmente nova O Mac OS X. Ele teve sua interface completamente remodelada. O iOS foi criado com base no OS X e introduziu ao mundo recursos de fácil uso.. Recentemente. No ano seguinte. Em 2007. suporte avançado para múltiplos usuários. nasce o sistema que. trazia memória protegida. Desde o lançamento desse sistema. o Menu Iniciar (que só foi removido na última versão do Windows). Baseado no Debian. o dock (semelhante ao que é usado até hoje). Anteriormente desenvolvido pela Android Inc. como também era chamado. Nesse mesmo ano a Apple lança o OS X. Em 2004. Este sistema foi o responsável por tornar o Windows o sistema mais usado do mundo. Esse sistema ganhou muitas atualizações. depois de 13 anos da invenção do Linux. Em 2001 chega um dos sistemas mas usados no mundo. DirectX 8. o Windows 95 passou a suportar a leitura de dispositivos USB.1.

o novo Windows 8 trouxe um novo Menu Iniciar. Já em 2012. 7). a Microsoft apostou em uma reformulação de seu sistema. . Pensando em migrar para o setor dos tablets e revolucionar a forma como as pessoas usam os PCs. O Windows Phone conta com ícones grandes. a Microsoft remodelou seu sistema para portáteis. A versão mais recente é a 4.3.0. E em 2010. Aproveitando elementos do Windows Phone. que já traz suporte para o Open GL ES 3. um design muito limpo e compatibilidade com APIs modernas para a execução de jogos tridimensionais.no lançamento de diversos recursos. ele mantém a compatibilidade com os antigos programas e traz suporte para novos apps. Além disso. tiles. chega no mercado o Windows 8. depois de insistir longos anos no Windows Mobile (que era apenas uma versão mal adaptada do sistema para desktop). depois de várias versões do Windows (Vista.