You are on page 1of 2

Física 1 Aula 10 5.

a) (F) A temperatura de um gás é o resultado da ener-


gia cinética média das moléculas do mesmo.
b) (F) Quanto maior o número de partículas, maior a
pressão.
c) (C) Pois pV = nRT.
COMENTÁRIOS – ATIVIDADES PARA SALA d) (F) Da equação de Clapeyron, temos que:
nRT
p=
1. No início temos n1 mol de gás no interior da bomba e n2 V
mol no interior do pneu. Quando o êmbolo desce no in- e) (F)
terior do pneu, passamos a ter (n1 + n2) mol de gás.
Resposta correta: C
np = n1 + n2 c
Usando a equação de Clapeyron:
pV = nPRT ⇒ np =
pV COMENTÁRIOS – ATIVIDADES PROPOSTAS
RT
pV p V
Analogamente: n1 = 1 1 e n2 = 2 2 1. Um gás real rarefeito (baixa pressão) em elevada tempe-
RT1 RT2 ratura (molécula com alto grau de agitação) tem um
pV p1V1 p2 V2 comportamento próximo ao do gás ideal.
Substituindo em c, vem: = +
RT RT1 RT2
Resposta correta: D
Como o processo é isotérmico (T = T1 = T2), temos:
pV = p1V1 + p2V2
2. O fato de as moléculas viajarem caoticamente, colidindo
As pressões p1 e p2 valem: p1 = 1atm e p2 = 3atm
umas com as outras, faz com que o aroma do perfume
O volume V1 (do interior da bomba) é dado por:
só seja percebido após um intervalo de tempo maior
V1 = A .h = 24cm2 . 30cm ⇒ V1 = 720cm3 ⇒ V1 = 0,72l que o correspondente a um percurso direto em linha re-
Assim: ta do frasco até o observador.
p . 2,4 = 1 . 0,72 + 3 . 2,4 ⇒ p . 2,4 = 0,72 + 7,2 ⇒
Resposta correta: A
7,92
⇒p= atm ⇒ p = 3, 3atm
2, 4 3. A energia cinética média por molécula é dada por:
3nRT
Resposta correta: C ec =
2N
2. Dados: p1 = 0,50atm; n1 = 1 mol; n2 = 3mols 3pV
Situação inicial: p1V = n1RT c Mas nRT = pV. Então: ec =
2N
Situação final: p2V = n2RT d
Dividindo c por d, temos: Resposta correta: E
p1 n1 0,50 1
= ⇒ = ⇒ p2 = 1,50atm
p2 n2 p2 3 3
4. Tem-se que Ec = nRT
2
Resposta correta: A
1a exp eriência
 V2 = 2V1 ⇒ T2 = 2T1 ⇒ Ec(2) = 2Ec(1) c
(p constante 
3 1 
3. Dados: p1 = 2,00atm; n2 = n1  da massa gasosa sai 
4 4  2a exp eriência
 p2 = 2p1 ⇒ T2 = 2T1 ⇒ Ec(2) = 2Ec(1) d
Como no exercício anterior: (V constante 
p1 n1 2,00 n 3 A energia cinética do gás duplicou nas duas experiên-
= ⇒ = 1 ⇒ p2 = 2,00 . ⇒ p2 = 1,50atm
p2 n2 p2 3 4 cias.
n1
4
Resposta correta: A
Resposta correta: D
5. mH2 = 3, 3 . 10 −27 kg
4. Dados: p1 = 10 . 106 N/m2; p2 = 2,5 . 106 N/m2; m1 = 10kg mO2 = 53 . 10−27kg
m
Situação inicial: p1V = 1 RT c Sendo mH2 < mO2 , para as massa molares, temos:
M
m2 MH2 < MO2
Situação final: p2 V = RT d
M A energia cinética das moléculas não depende da massa
Dividindo c por d, temos:  3 
molar  Ec = nRT  .
p1 m1 10 . 106 10  2 
= ⇒ = ⇒ m2 = 2,5kg
p2 m2 2,5 . 106 m2 Portanto: Ec(H2 ) = Ec(O2 )
A massa m de gás que sai vale:
A velocidade média das moléculas depende da massa
m = m1 − m2 ⇒ m = 10 − 2,5 ⇒ m = 7,5kg
3RT
molar, de acordo com a fórmula: v 2 =
Resposta correta: C M

3ª SÉRIE E EXTENSIVO | VOLUME 2 | FÍSICA 1 1


Portanto: vH2 > v O2 10. Da equação de Clapeyron, temos que:

V n.T
Quanto à influência da temperatura, de acordo com as pV = nRT ⇒ =
fórmulas, no zero absoluto (T = 0), a energia cinética e a R p
velocidade das moléculas se anulam: Ec = 0
Como os dois gases ocupam o mesmo volume:
2
Resposta correta: E n1 . T1 n2 . T2 10 . 273 x . 546
= ⇒ = ⇒ x = 10mols
p1 p2 2 42
6. a) (F) O volume depende do recipiente no qual o gás
está contido.
b) (V) Resposta correta: E
c) (F) Na maioria das transformações, a pressão aumen-
ta ocasionando uma redução de volume. 11. Considerando que não há variação significativa na pres-
d) (F) As variáveis de estado de um gás são: pressão, são e no volume, pois o recipiente está aberto, temos:
volume, temperatura, energia interna e entropia. ni . Ti = nf . Tf
12 . 300 = 9 . Tf
Resposta correta: B
Tf = 400K
7. Nas CNTP, temos:
T = 0oC = 273K Resposta correta: 400K
p = 1atm
n = 1mol 12. Como as pressões e os volumes são iguais, temos:
atm. l ni . Ti = nf . Tf
R = 0,082
mol.K ni . 283 = nf . 373
Logo:
ni 373 ÷ 373
=
nRT 1 . 0,082 . 273 nf 283 ÷373
pV = nRT ⇒ v = = ⇒ v ≅ 22, 4l
p 1 ni 1
=
nf 0,76
Resposta correta: C
Resposta correta: B
8. Dados:
v = 111l
T = 0o C = 273K
p = 1atm
atm . l
R = 0,082
mol . K

Logo, temos que:

pV 1 . 112
pV = nRT ⇒ n = ⇒n= ⇒ n = 5mols
RT 0,082 . 273

Resposta correta: D

9. Dados:
n = 5mol
M = 40g/mol
Logo, temos que:
m
n = ⇒ m = n . M ⇒ m = 5 . 40 ⇒ m = 200g
M

Resposta correta: D

2 3ª SÉRIE E EXTENSIVO | VOLUME 2 | FÍSICA 1