You are on page 1of 34

A u t o T O P O – Software para Automatização Topográfica e Georreferenciamento

COMPATÍVEL COM AUTOCAD 2000 até AUTOCAD 2009, INCLUSIVE AUTOCAD MAP

Segue, abaixo, uma suscinta descrição AutoTOPO:

Menu , dentro do AutoCAD:

A u t o T O P O – Software para Automatização Topográfica e Georreferenciamento COMPATÍVEL

Conversão de Coordenadas:

  • - UTM > GEODÉSICAS

  • - GEODÉSICAS > UTM

  • - Datum WGS84 > SAD69 e vice-versa

  • - Datum Córrego Alegre > SAD69 e vice-versa

  • - Datum SIRGAS > SAD69 e vice-versa

  • - UTM > TOPOGRÁFICAS LOCAIS e vice-versa

  • - Criação de Planilha Excel com pontos em coord. UTM,

GEODÉSICAS E TOPOGRÁFICAS LOCAIS, a partir do

desenho, automaticamente

Barras de Ferramentas do programa:

A u t o T O P O – Software para Automatização Topográfica e Georreferenciamento COMPATÍVEL

Plataforma de Trabalho: AutoCAD a partir da versão 2000 até 2009 Linguagens utilizadas na sua confecção: Visual Lisp, ACTIVEX, VBA, C Tipo de proteção contra pirataria: Hardlock USB e PARALELO, mono e multiusuário

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 1 /34

Módulo DESENHO TRADICIONAL:

- Menu do Módulo Desenho Tradicional:

Módulo DESENHO TRADICIONAL: - Menu do Módulo Desenho Tradicional: O módulo Desenho Tradicional contém todas as

O módulo Desenho Tradicional contém todas as rotinas referentes à forma antiga de trabalho, como :

Digitar Pontos (X,Y,Z) e inserí-los no desenho;

Carregar Pontos de Planilha EXCEL (formato ponto,X,Y,Z);

Carregar Pontos de Planilha EXCEL (formato ponto,latitude,longitude);

Carregar Pontos de GPS de navegação (todos), através de arquivos TXT;

Carregar Pontos de GPS Geodésicos (todos) , através de arquivos TXT;

Desenhar a partir de Azimute e Distância (qdo. se tem uma escritura ou memorial ou ainda um desenho em papel) ;

Desenhar a partir de Rumo e Distância (qdo. se tem uma escritura ou memorial ou ainda um desenho em papel) ;

Inserir Marco ;

Cotar linhas, escrevendo azimute e distância ou rumo e distância, de forma inteligente, sendo que onde não couber o textos de azimute e distância, o AutoTOPO permite o usuário definir um ponto para que ele faça automaticamente a linha de chamada da cotagem;

Cotar áreas, calcular e escrever uma área em (m² / ha / alq): basta clicar dentro da área a ser cotada, e pronto. Inserir um carimbo (formatos A4/A3/A2/A1/A0) Criar uma grade UTM automaticamente, bastando o usuário clicar nos cantos definindo uma diagonal, as linhas e textos são criados automaticamente em layers separadas, para controle de visualização e plotagem posteriores; Inserir Planta de Situação (de todo Brasil = fonte DNIT), automaticamente, bastando o usuário definir, com dois cliques, onde vai ficar a planta de situação (obs: o desenho precisa estar em coordenadas UTM verdadeiras) EXCLUSIVO NO BRASIL. Quadros com variadas informações, como : MARCO, AZIMUTE, DISTÂNCIA, COORD. UTM (E,N), RUMO, etc. _______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 2 /34

Memorial descritivo automático, criado no Microsoft Word, com todas as informações numéricas (azimute e distância ou rumo e distância), e opcionalmente a critério do usuário as coordenadas UTM de cada ponto.

 Memorial descritivo automático , criado no Microsoft Word, com todas as informações numéricas (azimute e

Figura – exemplo planta de um Desenho Tradicional com Quadro de Marcos/Rumo/Distância, Grade UTM, Carimbo criados com o Programa

Todos os itens que aparecem no menu do AutoTOPO tem seu correspondente botão. Este módulo permite que você faça seus desenhos tradicionais tranquilamente, de maneira simples e eficiente!

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 3 /34

Módulo GEORREFERENCIAMENTO:

- Menu do Módulo Georreferenciamento: (Tem suporte para os Datum: SAD69, SIRGAS, CÓRREGO ALEGRE, WGS84.)

Obedecendo a sequência, descrita abaixo, você obterá os resultados conforme rege a Lei 10267/2001 - INCRA, que pode ser executada acessando o menu:

Módulo GEORREFERENCIAMENTO: - Menu do Módulo Georreferenciamento: (Tem suporte para os Datum: SAD69, SIRGAS, CÓRREGO ALEGRE,

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 4 /34

1 - Definir os Dados do Imóvel

1 - Definir os Dados do Imóvel _______________________________________________________________________________________________________ Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 5 /34

2

– Dados das Áreas do Imóvel

Deve ser informado pelo menos o valor da Área da Matrícula, porque o AutoTOPO quando insere o carimbo, já preenche automaticamente o quadro das áreas, calculando as diferenças em (há) e (%). Não se deve usar vírgula nestes valores das áreas, apenas ponto. Exemplo:

2 – Dados das Áreas do Imóvel Deve ser informado pelo menos o valor da Área
  • 3 - Definir os Dados do Profissional

2 – Dados das Áreas do Imóvel Deve ser informado pelo menos o valor da Área
  • 4 - Definir Datum

O AutoTOPO permite você escolher qual datum usar, pois vai gerar todos os quadros, memoriais, relatórios, monografias, etc, tendo como base o datum que você informar. É utilizado em todos os cálculos.

2 – Dados das Áreas do Imóvel Deve ser informado pelo menos o valor da Área

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 6 /34

5 - Definir Dados das RBMCs

Você escolhe quais serão as RBMCs que aparecerão no Memorial Descritivo e Monografia da Base, todos os dados já estão cadastrados, com as coordenadas UTM e GEOGRÁFICAS, tanto para o datum SAD69 quanto para o SIRGAS2000. Assim que houver atualizações do IBGE, é fornecida nova tabela para ser usada no AutoTOPO.

5 - Definir Dados das RBMCs Você escolhe quais serão as RBMCs que aparecerão no Memorial
5 - Definir Dados das RBMCs Você escolhe quais serão as RBMCs que aparecerão no Memorial

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 7 /34

6 - Carregar Pontos GPS

Faz a leitura de arquivo de pontos (formato TXT), de qualquer aparelho GPS (navegação ou geodésico). Só será necessário se os pontos ainda não estiverem aí no seu desenho.

7- Definir Contorno da Área

Consiste em criar uma POLILINHA, com a LAYER "AREA_GLEBA", clicando no vértice que será considerado o vértice inicial, para efeito de Quadro de Área, Planilha Técnica, Memorial Descritivo. A sequência desses cliques é que determinará a sequência de vértices nos documentos acima citados. Muito fácil!

ROTINA ESPECIAL EXCLUSIVA DO AutoTOPO:

HIDROGRAFIA

Com esta rotina é possível mostrar a hidrografia (cursos dágua) dentro da fazenda, bastando clicar no contorno da mesma. Atualmente estão disponíveis para os estados do Pará, Mato Grosso e Goiás. Em breve teremos também o restante dos estados do Brasil.

ROTINA ESPECIAL EXCLUSIVA DO AutoTOPO:

GOOGLE EARTH ( recursos avançados

...

)

Este recurso possibilita você visualizar no GOOGLE EARTH, automaticamente, a poligonal desenhada no AutoCAD, com um simples clic do mouse.

 Exemplo de desenho visto no AutoCAD:  
Exemplo de desenho visto no AutoCAD:

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 8 /34



  





8 - Inserir Vértice

Consiste em colocar (onde já tem os pontos denominados pelo GPS) o "bloco" que representa o vértice característico padrão INCRA, constituído pelo código de credenciamento no INCRA do profissional mais uma das letras :

"M" – Marco

"V" - Vértice

"P" – Ponto

e, por fim, a sequência de numeração dos vértices. Exemplo:

        8 - Inserir Vértice Consiste em colocar (onde

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 9 /34

AKY-M-0001

O AutoTOPO é inteligente na numeração dos vértices, entendendo quando já se tem LETRAS na numeração seqüencial. Exemplo:

AKY-M-A001

AKY-M-A002

e assim por diante

  • - INSERIR VÉRTICE INDIVIDUAL

  • - INSERIR VÉRTICE AUTOMÁTICAMENTE : permite a inserção de vários vértices automaticamente, bastando clicar nos extremos do intervalo e informar o nome do vértice inicial.

9 - Inserir Carimbo Padrão INCRA

O Carimbo padrão Incra é inserido automaticamente para todos os Estados do Brasil, porém o Estado de São Paulo sofreu uma personalização em função das exigências dos certificadores daquele estado.

Consiste em inserir o carimbo padronizado do INCRA. Para isso, você deve ter preenchido os dados relevantes em:

  • - Dados do Processo e

  • - Dados do Profissional

  • - Além de ter colocado os vértices corretamente nos cantos da área, e ter construído a polilinha contornando a área.

Bom, feito isso, você terá como presente o CARIMBO PADRÃO DO INCRA. Para obtê-lo em seu desenho, basta clicar na POLILINHA que define a área,

criada de acordo com o PASSO 7) e pronto: o Programa calcula automaticamente:

  • - Declinação Magnética

  • - Convergência Meridiana

  • - Variação Anual

  • - Fator de Escala K

E insere o carimbo, mas antes apresenta a opção de escala que deseja usar, de acordo com o formato de papel:

A0 (1189x841mm), A1 (841x594mm) ou A2 (594x420mm).

AKY-M-0001 O AutoTOPO é inteligente na numeração dos vértices, entendendo quando já se tem LETRAS na

Figura - Carimbo criado exclusivamente para o Estado de São Paulo – por exigência da regional

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 10 /34

Figura – exemplo de Planta Georreferenciamento Incra Lei 10267/2001 – Carimbo, Grade UTM, Cálculos de Conv.

Figura – exemplo de Planta Georreferenciamento Incra Lei 10267/2001 – Carimbo, Grade UTM, Cálculos de Conv. Meridiana, Dec. Magnética, Escala Gráfica do Desenho e da Planta de Situação, Planta de Situação, tudo criado automaticamente pelo Programa.

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 11 /34

8 - Planta de Situação = EXCLUSIVO NO BRASIL = SÓ O AUTOTOPO FAZ Atualmente, o Programa desenha a planta de situação automaticamente para os todos os Estados brasileiros.

Fonte: DNIT - ano 2002. As plantas contêm divisões municipais, rios, ferrovias, rodovias estaduais e federais, aeroportos, acidentes geográficos, etc.

8 - Planta de Situação = EXCLUSIVO NO BRASIL = SÓ O AUTOTOPO FAZ Atualmente, o

Figura – detalhe da Planta de Situação, criada automaticamente pelo Programa, para todos os Estados Brasileiros, Fonte: DNIT

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 12 /34

11

- Quadro de Área

Bom, você obterá, também, o QUADRO DE ÁREA clicando na POLILINHA que define a área. O Programa obedecerá a sequência de cliques quando você criou a POLILINHA. É automático!

11 - Quadro de Área Bom, você obterá, também, o QUADRO DE ÁREA clicando na POLILINHA

Figura – exemplo Quadro de Área, criado automaticamente pelo Programa

  • 12 - Definição de Confrontantes

Os confrontantes são definidos muito simplesmente clicando sobre a polilinha que define a área e logo depois informando o intervalo a que o confrontante pertence (vértices) e outros dados, como Nome Imovel, Nome Proprietario, Matricula, Cod. Incra, etc.

11 - Quadro de Área Bom, você obterá, também, o QUADRO DE ÁREA clicando na POLILINHA

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 13 /34

13 - Memorial Descritivo - com Confrontantes Automáticos

O MEMORIAL DESCRITIVO também é obtido clicando na POLILINHA que define a área. O Programa obedecerá a sequência de cliques quando você criou a POLILINHA. Todas as RBMCs ativas no Brasil estão cadastradas, bastando escolher quais o seu trabalho está utilizando, que elas aparecem automaticamente no Memorial Descritivo. É automático e é criado no Microsoft WORD!

O Memorial pode ser em :

  • - COORDENADAS UTM

  • - COORDENADAS GEOGRÁFICAS

Veja o exemplo:

ANEXO II

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO – MDA INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA – INCRA SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO MATO GROSSO (SR-13)

MEMORIAL DESCRITIVO

IMÓVEL

:

FAZENDA CEOLATTO

Comarca:

SORRISO - MT

PROPRIETÁRIO :

LADI CEOLATTO

MUNICÍPIO

:

SORRISO

U.F.: MT

MATRÍCULA

:

1.593 e 9.465

Código INCRA: 901.270.000.353-2

ÁREA (ha)

:

1000,8854

PERÍMETRO (m): 16.327,50

"Inicia-se a descrição deste perímetro no vértice DPA-M-0069, de coordenadas N=8.581.119,557m e E=633.447,608m, situado no limite da FAZENDA DA ADELINA (Proprietário: ROQUE JOSÉ GRAPIGLIA - Matrícula: 904); deste, segue confrontando, com o(s) seguinte(s) azimute(s) e distância(s): 112°05'36" - 509,81m, até o vértice DPA-M-0068 de coordenadas N 8.580.927,808m e E 633.919,987m; situado no limite da FAZENDA PRIMAVERA (Proprietário: SÉRGIO PALMA DE LIMA - Matrícula: 9.466, 9.467 e 21.515), código INCRA 950.033.128.554-0; deste, segue confrontando com FAZENDA PRIMAVERA, com o(s) seguinte(s) azimute(s) e distância(s): 185°04'17" - 176,35m, até o vértice

continuação

continuação

 

com FAZENDA

RONDINHA

I,

com

o(s)

seguinte(s)

azimute(s) e distância(s): 79°13'47"6030,21m, até o vértice DPA-M-0069, ponto

inicial da descrição deste perímetro. Todas as coordenadas aqui descritas estão georreferenciadas ao Sistema Geodésico Brasileiro, a partir da estação ativa IBGE-BRAZ-91200 (Brasília-DF), de coordenadas N=8.234.791,575m E=191.946,760m,

Meridiano

Central

45°

WGr, IBGE-CUIB-92583

(Cuiabá-MT), de coordenadas

N=8.280.082,107m E=599.791,609m,

Meridiano

coordenadas

do

perímetro

encontram-se

Central

57°

representadas

WGr,

no

sendo

que

as

Sistema

UTM,

referenciadas ao Meridiano Central nr. 57° WGr , tendo como datum o SAD69 .

Todos os azimutes e distâncias, área e perímetro foram calculados no plano de projeção UTM.”

SORRISO - MT, 24 de abril de 2008

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 14 /34

Proprietário:

Responsável Técnico:

-----------------------------------

LADI CEOLATTO

-----------------------------------

ALDECYR VARGAS DE AGUIAR

ENGENHEIRO AGRIMENSOR – CREA 1303716283

A.R.T.: 33M 353521

Código Credenciamento ADI

Reservado para o INCRA

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO

INSTITO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFÓRMA AGRÁRIA

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO MATO GROSSO (SR-13)

CERTIFICAÇÃO Nº

.............................................................................

/2008

Certificamos que a poligonal objeto deste memorial descritivo/planta não se sobrepõe, nesta data, a nenhuma outra poligonal constante de nosso cadastro georreferenciado e que a sua execução foi efetuada em atendimento às especificações técnicas estabelecidas na Norma Técnica para Georreferenciamento de Imóveis Rurais aprovada pelo INCRA através da Portaria INCRA/P/Nº 1.101/03.

SORRISO - MT, 24 de abril de 2008

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 15 /34

14 - Planilha Técnica Resumida

A PLANILHA TÉCNICA RESUMIDA, onde consta:

14 - Planilha Técnica Resumida A PLANILHA TÉCNICA RESUMIDA, onde consta: Figura – exemplo de Planilha

Figura – exemplo de Planilha Técnica Resumida (CÁLCULO DE ÁREA) criada automaticamente com o Programa, a partir do desenho AutoCAD.

Também é criada depois que você dá UM CLIQUE na POLILINHA que define a área. Calcula automaticamente a CONVERGÊNCIA MERIDIANA. O Programa obedecerá a sequência de cliques quando você criou a POLILINHA. É automático e é criado no Microsoft EXCEL, pronta, e é só IMPRIMIR!

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 16 /34

15 - MONOGRAFIA DO MARCO BASE

15 - MONOGRAFIA DO MARCO BASE MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMA

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO

INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE GOIÁS (SR-04)

DIVISÃO TÉCNICA SR-04

MONOGRAFIA DO MARCO : ABC-M-1000 Contratante(s): Imóvel: Município: JOAO FONSECA FAZENDA MACAMBIRA FLORES UF: GO Código
MONOGRAFIA DO MARCO : ABC-M-1000
Contratante(s):
Imóvel:
Município:
JOAO FONSECA
FAZENDA MACAMBIRA
FLORES
UF:
GO
Código
Aparelho
HIPER L1/L2
Matrícula:
LV.1345/FLS.3485
0394857
Imóvel:
Utilizado:
   

BRASÍLIA-DF - IBGE-BRAZ-91200 (SAD69)

   
 

Geodésicas

 

UTM

 

Helip.

MC

φ =

15°56’49,2964” S

N=

 

8.234.791,575 m

 

1.118,65 m

45° WGr

λ =

47°52’38,7376” W

E=

 

191.946,760 m

 
 
   

CUIABÁ-MT - IBGE-CUIB-92583 (SAD69)

   
 

Geodésicas

 

UTM

 

Helip.

MC

φ =

15°33’17,4029” S

N=

 

8.280.082,107 m

 

243,52 m

57° WGr

λ =

56°04’09,7174” W

E=

 

599.791,609 m

 
   

Marco ABC-M-1000 (SAD69)

   
 

UTM

 

Geodésicas

Data Ocupação: 15/09/2007

N =

8.150.261,241 m

φ =

16°40’36.134500” S

MC =

45° WGr

E =

100.278,.06 m

λ =

40°17’20.304900” W

C =

-1°21’17.217539”

Helip. =

700,00

Helip. =

 

700,00

K =

1.0027274341

 

Croqui de localização:

   

FOTO

   

MATERIALIZAÇÃO / ITINERÁRIO:

 

O marco de Base foi materializado em concreto, localizado proprietário.

 

,

e é de conhecimeno do

 

Legenda: φ = Latitude; λ = Longitude; Helip. = Altura Elipsoidal; C = convergência meridiana; K = fator de escala; MC = Meridiano Central

RESPONSÁVEL TÉCNICO:

_________________________________

CESAR CORREIA TAVARES

GAMELA – CREA 677/TD-GO

Código Credenciamento A62

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 17 /34

16 - DECLARAÇÃO DE RECONHECIMENTO DE LIMITES

Criação automática de todas as cartas de confrontação, com todos os dados preenchidos a partir das informações contidas no desenho, geradas individualmente e salvas automaticamente em uma pasta criada também automaticamente. Gera as cartas no Word, prontas pra impressão, com Quadro de Área mostrando quais são os vértices confrontantes. Exemplo:

16 - DECLARAÇÃO DE RECONHECIMENTO DE LIMITES Criação automática de todas as cartas de confrontação, com

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 18 /34

17 - RELATÓRIO TÉCNICO

Confecciona o Relatório Técnico com semi-pronto, permitindo personalização como membros da equipe, dados do equipamento GPS utilizado, etc. A maioria dos dados são preenchidos com dados do projeto, informados ou calculados anteriormente. Pode ser feito para SAD69 ou SIRGAS2000.

EXEMPLO:

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE GOIÁS (SR-04)

GEORREFERENCIAMENTO DE IMÓVEL RURAL LEI 10.267 - CNIR

IMÓVEL: FAZENDA ALEGRES - CÓRREGO DO POTREIRO CÓDIGO INCRA 950.025.707.287-3

PROPRIETÁRIOS: JOSÉ CORREA FILHO CONTATO: Procurador VALDECI GOMES DE MELO FONES: (61) 9964-7788

MUNICÍPIO: QUIRINÓPOLIS - GO

TÉCNICO CREDENCIADO:

TÉCNICO DE GRAU MÉDIO VALDECI GOMES DE MELO CREA 5448/TD-DF ART 4085 2008 106889 10

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 19 /34

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE GOIÁS (SR-04)

Atenção:

SUPERINTENDENTE REGIONAL

VALDECI GOMES DE MELO, TÉCNICO DE GRAU MÉDIO, credenciado no INCRA sob a sigla C2Z, submete para análise e aprovação a essa superintendência regional, os trabalhos de Georreferenciamento do imóvel FAZENDA ALEGRES - CÓRREGO DO POTREIRO, situada no município de QUIRINÓPOLIS - GO, propriedade de JOSÉ CORREA FILHO. O material entregue é composto de:

  • 1 REQUERIMENTO PARA CERTIFICAÇÃO

  • 2 RELATÓRIO TÉCNICO

  • 3 CADASTRO DE PROPRIEDADE

  • 4 DOCUMENTOS DOS IMÓVEIS (MATRÍCULAS, CCIR)

  • 5 DOCUMENTOS DO PROPRIETÁRIO

  • 6 PLANTAS E MEMORIAIS DESCRITIVOS (três vias) CD COM OS ARQUIVOS DIGITAIS:

Planta dos imóveis em DWG Arquivos Dados Brutos e Rinex GPS

  • 7 Processamento dos arquivos GPS e respectivos relatórios Memoriais descritivos Listagens das coordenadas Cálculo de Poligonais UTM Cálculo analítico das áreas.

  • 8 DECLARAÇÕES DOS CONFRONTANTES

  • 9 ART - Anotação de Responsabilidade Técnica

    • 10 CADERNETAS DE CAMPO

Atenciosamente,

QUIRINÓPOLIS - GO, 24 de julho de 2008

__________________________

VALDECI GOMES DE MELO CREA 5448/TD-DF - SIGLA : C2Z

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 20 /34

2 - RELATÓRIO TÉCNICO

IMÓVEL: FAZENDA ALEGRES - CÓRREGO DO POTREIRO MUNICÍPIO: QUIRINÓPOLIS - GO PROPRIETÁRIOS: JOSÉ CORREA FILHO MATRÍCULAS: 15.575

COMARCA: QUIRINÓPOIS - GO CÓDIGO INCRA 950.025.707.287-3 ÁREA DA MATRÍCULA: 2222ha ÁREA MEDIDA: 278,8180ha

.

  • 2.1 Metodologia

  • 2.2 Objetivo

  • 2.3 Finalidade

I

T

E N S

  • 2.4 Período de Execução

  • 2.5 Localização

  • 2.6 Datum

  • 2.7 Marcos geodésicos utilizados no transporte / monografias

  • 2.8 Descrição dos serviços executados

  • 2.9 Precisões obtidas

    • 2.10 Quantidades realizadas

    • 2.11 Relação de equipamentos

    • 2.12 Equipe Técnica Relatórios de processamento arquivos GPS Processamento vetores

    • 2.13 Ajustamento Fechamento da rede Listagem das coordenadas e altitudes Planilhas Cálculo de poligonais UTM

    • 2.14 Cálculo de irradiações UTM Cálculo analítico de áreas

    • 2.15 Listagem de coordenadas.

2.1- METODOLOGIA:

2.1.1 - EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS DE CAMPO:

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 21 /34

2.1.1 – Planejamento:

Após contratação para executar os trabalhos, foi realizado um estudo minucioso através de documentos (escrituras, mapas) e também in-loco, mediante reconhecimento dos limites dos imóveis. Em seguida foi traçado um plano para execução dos trabalhos.

Este plano detalhava implantação dos marcos de concreto nos vértices do imóvel, abertura de picadas com largura mínima nos locais onde foi utilizado estação total, planejamento e definição dos horários propícios aos rastreamentos, evitando período inconveniente a esta atividade, principalmente aqueles com Pdop com valores altos (acima de 6), etc.

2.1.1.2 - Mobilização:

Definido a melhor forma de realizar os trabalhos de campo, foi mobilizado o pessoal e equipamentos necessários para execução dos serviços.

  • 2.1.1.3 – Início dos trabalhos:

No dia 24/05/2008, iniciou-se a execução dos trabalhos de campo com a implantação do marco Base_JC (base), que serviu de apoio ou origem aos demais marcos implantados e rastreados nos perímetros dos imóveis.

  • 2.1.1.4 – Realização dos trabalhos:

Os trabalhos de campo foram realizados normalmente, sendo cumpridas todas as etapas planejadas anteriormente. Os mesmos foram realizados utilizando equipamentos em

ótimo estado de conservação, empregando um TÉCNICO DE GRAU MÉDIO, vários trabalhadores braçais, um auxiliar de topografia.

Foram desenvolvidas as seguintes atividades:

  • 2.1.1.4.1 – Implantação do Marco Base Base_JC,

  • 2.1.1.4.2 – Transporte de coordenadas,

2.1.1.4.3– Identificação dos limites do imóvel e implantação de marcos de

concreto, modelo e padrão INCRA,

  • 2.1.1.4.4 – Rastreamento dos marcos implantados

  • 2.1.1.4.5 – Rastreamento de piquetes de amarração das poligonais UTM.

2.1.1.5 – Término dos trabalhos:

Em 24/07/2008, com cumprimento de todas as etapas planejadas, foi encerrado os trabalhos de campo, com a desmobilização do pessoal e equipamento.

2.1.2 - EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS DE ESCRITÓRIO:

2.1.2.1- Descrição geral dos trabalhos:

Os trabalhos de gabinete, foram executados utilizando-se todos recursos de informática (computadores, software, scanner, plotter). As principais atividades desenvolvidas, foram:

.

2.1.2.1.1 –transporte de coordenadas – Processamento e ajustamento:

O Processamento e ajustamento das coordenadas do marco base – Base_JC, foi

realizado pelo software _____________________________

com vantajosa exposição de

, gráficos e relatórios preliminares, permitindo análise detalhada de cada vetor. Em seguida,

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 22 /34

foram realizados o processamento e ajustamento definitivo dos vetores, conforme relatórios em anexo, obtendo assim as coordenadas do marco Base_JC, com precisões sempre melhores que estabelecidas nas “Normas Técnicas Para Georreferenciamento de Imóveis Rurais”, elaboradas pelo INCRA. As listagens completas de todos os cálculos realizados (processamento de vetores, ajustamento de rede, erro de fechamento da poligonal GPS), estão anexas – item 13 – do presente relatório. Para obtenção das coordenadas do marco base foram realizadas as seguintes

etapas:

a)-Transferência automática dos arquivos brutos dos receptores GPS para computador através de cabo de comunicação (USB). Os programas utilizados para realizar esta

atividade foram o

_______

e ________.

b)-Exportação dos arquivos brutos para formato rinex utilizando-se o programa ____________.

c)-Utilizando o software

:

_______

c.1) Importação dos arquivos Rinex do marco base.

c.2) Importação dos arquivos Rinex dos marcos: IBGE-UBER-91909

(Uberlândia-MG).

c.3) Introdução das coordenadas

(WGS-84) dos

pontos de controle

(marcos do IBGE) pelo software ______. c.4) Processamento e seleção dos melhores vetores.

c.5) Ajustamento da rede. Processado e definidos os melhores vetores, foi realizado o ajuste, adotando o estilo:

foram realizados o processamento e ajustamento definitivo dos vetores, conforme relatórios em anexo, obtendo assim as

O estilo de ajuste usado foi “UM SIGMA, com 68% de confiabilidade

c.6) Listagem de relatórios.

2.1.2.1.2 - Processamento dos pontos definidores do perímetro e piquetes de amarração de poligonais:

O Processamento dos arquivos GPS dos marcos definidores dos perímetros dos imóveis, pontos ocupados nas margens dos cursos d’água, pontos de amarração das poligonais, foi

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 23 /34

realizado a partir das coordenadas do marco Base_JC, utilizando-se o software

As

______. precisões alcançadas foram sempre melhores que as estabelecidas nas “Normas Técnicas Para

Georreferenciamento de Imóveis Rurais”, elaboradas pelo INCRA. As listagens completas de todos os cálculos realizados em meio analógico, encontra-se no item 2.13.2. Segue em anexo, CD com arquivo digital deste processamento. Este processamento foi realizado pelas seguintes etapas:

a)-Transferência automática dos arquivos brutos dos receptores GPS para computador através de cabo de comunicação (USB). O programa utilizado para realizar esta atividade foi o ______.

b)-Exportação dos arquivos brutos para formato rinex utilizando-se os programas ________.

c)-Utilizando o

:

_____

c.1)-Importação dos arquivos brutos c.2)-Introdução das coordenadas do marco Base_JC c.3)-Processamento / ajustamento c.4)-Exportação de coordenadas. c.5)-Listagem de relatórios.

2.1.2.1.3 – Elaboração das Peças Técnicas:

Conhecido as coordenadas tridimencionais de todos os vértices, iniciou-se a elaboração das peças técnicas.

Através dos software’s AutoTopo (www.autotopo.net), AutoCad e Word e Excel, foi elaborado a planta do imóvel, cálculo analítico da área e memorial descritivo. Estas atividades foram desenvolvidas de forma semi-automática, com a introdução mínima de informações via teclado.

2.2- OBJETO:

Medição, demarcação e georreferenciamento da FAZENDA ALEGRES - CÓRREGO DO POTREIRO, visando a caracterização pela materialização de seus limites legais, feições, atributos associados e garantir ao proprietário confiabilidade na geometria descritiva do imóvel, de forma a dirimir quaisquer possibilidade de conflitos ou dúvidas decorrentes de sobreposição de limites dos Imóveis lindeiros. Os trabalhos foram executados de acordo com as “Normas Técnica Técnicas Para Georreferenciamento de Imóveis Rurais”.

2.3 – FINALIDADE:

O presente trabalho tem a finalidade de efetuar o Georreferênciamento do aludido imóvel, visando a retificação e atualização do Certificado de Cadastro de Imóveis Rurais – CCIR e Retificação de Registro de Imóvel em cumprimento a lei nº 10.267 de 28 de agosto de 2001, Regulamentada pelo Decreto nº 4.449 de 30 de outubro de 2002, que estabelece a obrigatoriedade de georreferênciamento de Imóveis Rurais.

2.4 – PERÍODO DE EXECUÇÃO:

Os trabalhos tiveram início em 24/05/2008 e encerraram no dia 24/07/2008.

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 24 /34

2.5

– LOCALIZAÇÃO:

Localização: O imóvel

está localizado no município de QUIRINÓPOLIS - GO,

aproximadamente

____

km (linha reta) da capital do estado e

____

km da sede do município.

  • 2.6 – DATUM:

O IBGE – Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, em sua Resolução do Presidente R.PR – 1/2005, datada de 25/02/2005, que altera a caracterização do Sistema Geodésico Brasileiro (Competência: Artigo 24 do Estatuto aprovado pelo Decreto nr. 4.740, de 13 de junho de 2003), revoga as disposições em contrário, em especial a Seção 2.1 do Capítulo I da R.PR nr. 22, de 21/07/1983. Com o advento dos sistemas globais de navegação (i.e. posicionamento) por satélites (GNSS – Global Navigation Satellite Systems), tornou-se mandatória a adoção de um novo sistema de referência, geocêntrico, compatível com a precisão dos métodos de posicionamento correspondentes e também com os sistemas adotados no restante do globo terrestre. Com esta finalidade, fica estabelecido como novo sistema de referência geodésico para o SGB e para o Sistema Cartográfico Nacional (SCN) o Sistema de Referência Geocêntrico pra as Américas (SIRGAS), em sua realização do ano de 2000 (SIRGAS2000). Para o SGB, o SIRGAS2000 poderá ser utilizado em concomitância com o sistema SAD 69. A coexistência entre estes sistemas tem por finalidade oferecer à sociedade um período de transição antes da adoção do SIRGAS2000 em caráter exclusivo, sendo que dentro deste prazo, os usuários deverão adequar e ajustar suas bases de dados, métodos e procedimentos ao novo sistema.

CARACTERIZAÇÃO DO SIRGAS2000

Sistema Geodésico de Referência : Sistema de Referência Terrestre Internacional – ITRS (International Terrestrial Reference System).

Figura geométrica para a Terra :

Elipsóide do Sistema Geodésico de Referência de 1980 (Geodetic Reference System 1980 – GRS80)

Semi-eixo maior :

Achatamento :

a = 6.378.137 metros f = 1/298,257222101

Origem : Centro de massa da Terra.

Orientação: Pólos e meridiano de referência consistentes em ± 0,005” com as direções definidas pelo BIH (Bureau International de l’Heure), em 1984,0.

Estações de Referência: As 21 estações da rede continental SIRGAS2000, estabelecidas no Brasil e identificadas nas Tabelas 1 e 2, da R.PR – 1/2005, páginas 3/7 e 4/7, constituem a estrutura de referência a partir da qual o sistema SIRGAS2000 é materializado em território nacional. Está incluída nestas tabelas a estação SMAR, pertencente à Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo do Sistema GPS (RBMC), cujas coordenadas foram determinadas pelo IBGE posteriormente à campanha GPS SIRGAS2000.

Época de Referência das coordenadas: 2000,4.

Materialização: Estabelecida por intermédio de todas as estações que compõem a Rede Geodésica Brasileira, implantadas a partir das estações de referência.

  • 2.7 - MARCOS GEODÉSICOS DE REFERÊNCIA UTILIZADOS E MONOGRAFIAS:

O Georreferenciamento da FAZENDA ALEGRES - CÓRREGO DO POTREIRO, foi realizado a partir das Estações de Referência pertencentes à Rede Brasileira de Monitoramento

Contínuo (monografias em anexo), homologadas pelo IBGE, abaixo relacionadas:

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 25 /34

IBGE-BRAZ-91200 (Brasília-DF) - Datum SIRGAS2000

Latitude:

15°56’50,9112 S

UTM N: 8.234.747,341 m

Longitude:

47°52’40,3283 W

UTM E: 191.901,220 m

Altitude Elip.:

1.106,02 m

MC: 45° WGr

 

IBGE-CUIB-92583 (Cuiabá-MT) - Datum SIRGAS2000

Latitude:

15°33’18,9468 S

UTM N: 8.280.040,831 m

Longitude:

56°04’11,5196 W

UTM E: 599.737,357 m

Altitude Elip.:

237,44 m

MC: 57° WGr

 

IBGE-UBER-91909 (Uberlândia-MG) - Datum SIRGAS2000

Latitude:

18°53’22,3291 S

UTM N: 7.617.727,294 m

Longitude:

48°19’01,0974 W

UTM E: 454.968,971 m

Altitude Elip.:

791,83 m

MC: 51° WGr

2.8 – DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS EXECUTADOS:

1- Transporte de coordenadas para o marco Base_JC, a partir de marcos implantados pelo IBGE, utilizando método estático, horizonte acima de 15º, obedecendo tempo de permanência recomendado (tabela 09 das Normas Técnicas Para Georreferenciamento de Imóveis Rurais).

  • 2 –

Implantação e rastreamento de marcos e pontos nos vértices definidores do

perímetro do imóvel pelo método estático, a partir do marco Base_JC; em períodos de gravação em que o valor de PDOP estava abaixo de 6, horizonte acima de 15º, obedecendo tempo de permanência recomendado (tabela 09 das Normas Técnicas Para

Georreferenciamento de Imóveis Rurais). .

  • 3 – Levantamento de cursos d’águas por estação total.

  • 4 – Processamento e ajustamento de arquivos GPS.

  • 5 – Cálculos de poligonais, irradiações, elaboração e conferencia de peças técnicas

(plantas, memoriais descritivos e relatório técnico).

2.9 – PRECISÕES OBTIDAS:

Todos os pontos definidores do perímetro do Imóvel, tiveram sua precisão melhor que 0,50m (cinqüenta centímetros), conforme relatórios de processamento em anexo.

2.10 - QUANTIDADES REALIZADAS:

Resumo dos trabalhos realizados:

Relação dos trabalhos realizados

Quantidade

  • a) Implantação e rastreamento de marcos nos perímetros

???

  • b) Rastreamento de pontos e piquetes

???

  • c) Área total georreferenciada

999,9999ha

  • d) Perímetro georreferenciado

9.999,99m

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 26 /34

2.11

- RELAÇÃO DE EQUIPAMENTOS:

Foi utilizado para o levantamento e georreferenciamento dos perímetros dos imóveis,

um par de receptores GPS marca estação total.

_______

,

modelo ______

,

L1 / L2, de 40 canais e uma

ESPECIFICAÇÕES DOS EQUIPAMENTOS:

Receptores marca Topcon – modelo

a prova d’água com

___

canais paralelos,

______ fase completa das portadoras L1 e L2. Memória interna de

____ MB. Capacidade de rastrear nos

métodos estático, estático-rápido, Stop & Go, cinemático e contínuo.

Precisão de ___

mm+1ppm

RMS na planimetria

(X,Y), e ____

mm

+ 1ppm RMS para

altimetria (Z), para levantamentos estáticos. Antena geodésica

embutido; erro horizontal do centro de fase inferior a

,

com plano de terra

Alimentado por bateria

recarregável de NiCd, com autonomia para

,

modelo

horas de uso contínuo.

_________ Estação Total, marca _______

____ com precisão angular de ____

_______

linear de

_____

ppm.

e

  • 2.12 - EQUIPE TÉCNICA:

Resp. Técnico:

VALDECI GOMES DE MELO – TÉCNICO DE GRAU MÉDIO CREA 5448/TD-DF – SIGLA: A6F

Desenho / Memorial Descritivo / Relatórios:

Nome

_______________ CREA ______

– Profissão __________

Daqui

por diante são geradas CAPAS de cada item do relatório

...

veja a

seguir ...

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 27 /34

RELAÇÃO DE ANEXOS do RELATÓRIO TÉCNICO

O AutoTOPO ainda gera as seguintes CAPAS no final do relatório:

2.13 – RELATÓRIO DE PROCESSAMENTO GPS 2.13.1 – TRANSPORTE E AJUSTAMENTO DE COORDENADAS 2.13.2 – PROCESSAMENTO DOS PONTOS DO PERÍMETRO 2.14– PLANILHAS (cálculo de poligonais UTM e cálculo analítico de área) 2.15– LISTAGEM DE COORDENADAS

  • 3 – CADASTRO DE PROPRIEDADE

  • 4 – DOCUMENTOS DOS IMÓVEIS (MATRÍCULAS, CCIR)

  • 5 – DOCUMENTOS DO PROPRIETÁRIO

  • 6 – PLANTAS E MEMORIAIS DESCRITIVOS

  • 7 - CD COM ARQUIVOS DIGITAIS (plantas, memoriais descritivos, processamento/ajustamento dos arquivos GPS, arquivos rinex e brutos, coordenadas, etc.)

  • 8 – DECLARAÇÕES DOS CONFRONTANTES

  • 9 – ART-ANOTAÇÃO DE RESPONSABILIDADE TÉCNICA

10 – CADERNETAS DE CAMPO

==============================================================================================

FIM RELATÓRIO TÉCNICO

==============================================================================================

Estão disponíveis também, ferramentas de conversão de coordenadas avulsas, é como se fosse uma calculadora pra você converter coordenadas GEODÉSICAS, UTM, CALCULO DE K, DEC. MAGNÉTICA, CONVERGÊNCIA MERIDIANA, de algum ponto em particular:

  • - CONVERSÃO DE COORDENADAS UTM PARA GEOGRÁFICAS (de um ponto avulso)

  • - CONVERSÃO DE COORDENADAS GEOGRÁFICAS PARA UTM (de um ponto avulso)

  • - CÁLCULO DA CONVERGÊNCIA MERIDIANA (de um ponto avulso - parâmetros de cálculos informados por você)

  • - CÁLCULO DO FATOR DE ESCALA K (de um ponto avulso - parâmetros de cálculos informados por você)

  • - CÁLCULO DA DECLINAÇÃO MAGNÉTICA (de um ponto avulso - parâmetros de cálculos informados por você)

18 – Listagem Pontos GPS <> Vértices INCRA

Alguns programas de processamento de dados de GPS geodésico não possuem a opção de renomear os pontos levantados no campo para o nome conforme o padrão do INCRA. Exemplo: o ponto que é gravado no GPS é MOV_394, e no desenho a ser apresentado no processo do INCRA tem que ser no padrão, por exemplo ABC-M-0001. O INCRA passou a exigir uma tabela mostrando essas correspondências. Esta rotina do AutoTOPO gera essa tabela, como mostrado no exemplo abaixo:

O AutoTOPO quando carrega os pontos GPS (arquivo TXT), insere no desenho os seguintes objetos:

  • - Nome do Ponto com uma bolinha (layer PTS-2D)

  • - Valor da cota (altitude) na layer PTS-3D-COTA

  • - Entidade POINT (correspondente à altitude elipsoidal)

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 28 /34

- Se os nomes já vierem no padrão do INCRA, então ele mesmo faz a distinção entre PONTO, VIRTUAL e MARCO, inserindo o bloco correspondente, e colocando na layer VERTICE.

A listagem é gerada automaticamente no EXCEL e já salva na pasta :

C:\AutoTOPO\Georreferenciamento\<nome da fazenda>

- Se os nomes já vierem no padrão do INCRA, então ele mesmo faz a distinção

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 29 /34

COORDENADAS UTM/GEO – Cálculos e Listagens ...

O AutoTOPO faz a conversão de coordenadas:

COORDENADAS UTM/GEO – Cálculos e Listagens ... O AutoTOPO faz a conversão de coordenadas: _______________________________________________________________________________________________________ Autor:
COORDENADAS UTM/GEO – Cálculos e Listagens ... O AutoTOPO faz a conversão de coordenadas: _______________________________________________________________________________________________________ Autor:

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 30 /34

_______________________________________________________________________________________________________ Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911 pág.: 31 /

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 31 /34

FERRAMENTAS DIVERSAS:

FERRAMENTAS DIVERSAS: São diversas ferramentas utilitárias que auxiliam no processo de confecção dos trabalhos, entre elas:

São diversas ferramentas utilitárias que auxiliam no processo de confecção dos trabalhos, entre elas:

* DIVISÃO DE ÁREAS IRREGULARES ou PARALELAS: muito útil para definição de reservas. * PERFIL: basta a digitação das distâncias entre as estacas e a cota, daí o AutoTOPO desenha a * TALUDES : clicando em duas polilinhas (pé e crista), e definindo a distância entre as linhas, o AutoTOPO desenha automaticamente o talude, em qualquer formato geométrico. * GRADE QUADRICULADA UTM : com apenas dois cliques do mouse (canto inferior esquerdo e canto superior direito), faz a grade e numera automaticamente. * MALHA 3D SOBRE UMA LINHA : para fazer curvas-de-nível, cria pontos 3d automaticamente, para se fazer as curvas-de-nível. * DESENHO DE POLIGONAIS ATRAVÉS DE ÂNGULO HORIZONTAL ou IRRADIAÇÕES: fornecendo o ângulo horizontal e distância, o AutoTOPO desenha automaticamente as linhas tomando-se como referência uma linha definida pelo usuário. * DESENHO A PARTIR DE AZIMUTE E DISTÂNCIA ou de RUMO E DISTÂNCIA: informando-se em um quadro de diálogo, o nome do ponto, distância e azimute/rumo, o AutoTOPO desenha automaticamente os segmentos de reta, a partir de um ponto definido pelo usuário. * LIGAÇÃO DE PONTOS: o AutoTOPO liga automaticamente os pontos, sendo que o usuário apenas informa o nome dos pontos a serem ligados. * LOCALIZAR VÉRTICES/PONTOS = localização de vértices/pontos apenas digitando o nome do mesmo.

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 32 /34

* EXPORTAR VÉRTICES POLILINHA > ARQUIVO TXT = basta o usuário clicar na polilinha, e o AutoTOPO gera um arquivo formato TXT com as coordenadas desta polilinha. A seqüência dos pontos é definida pela seqüência em que foi criada a polilinha. * EXPORTAR VÉRTICES POLILINHA > EXCEL = basta o usuário clicar na polilinha, e o AutoTOPO gera um arquivo formato EXCEL (planilha) com as coordenadas desta polilinha. A seqüência dos pontos é definida pela seqüência em que foi criada a polilinha.

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 33 /34

INTERPOLAÇÃO DE CURVAS-DE-NÍVEL:

INTERPOLAÇÃO DE CURVAS-DE-NÍVEL: Faz curvas-de-nível a partir de entidades POINT disponíveis na tela do AutoCAD. Após

Faz curvas-de-nível a partir de entidades POINT disponíveis na tela do AutoCAD. Após a triangulação, desenha e suaviza as curvas, colocando cada curva em uma layer diferente, possibilitando o total controle da visualização das mesmas.

O Software está em constante crescimento, principalmente a partir das sugestões e críticas dos usuários, que sempre são muito bem vindas.

Fim!

_______________________________________________________________________________________________________

Autor: Eng. Rômulo C. Magalhães – CREA 9729/D-GO – www.autotopo.net – (62)3095-7911

pág.: 34 /34