You are on page 1of 2

O TEATRO

O teatro, tal como é conhecido no mundo ocidental, surgiu na Grécia, no séc.
VI a.C., passando por diversas transformações ao longo de sua história e por
mudanças importantes em sua forma de comunicação e de expressão. No entanto,
manteve como característica o fato de ser uma arte do encontro entre pessoas, uma
arte social. Pode-se afirmar que o teatro foi fundamental para o surgimento de outras
formas de expressão conhecidas na atualidade, como o cinema e as
teledramaturgias, como as novelas e as séries exibidas pela televisão e pela
internet.
Atualmente o teatro é uma arte que pode ocorrer tanto em um local construído
especificamente para sua apresentação (um edifício teatral), quanto em lugares
como escolas, associações de bairros, sindicatos, parques, ruas, instituições
religiosas, etc., sendo possível assistir desde apresentações de grupos profissionais
conhecidos a grupos amadores.
O TEATRO NA NGRÉCIA
O surgimento do teatro como forma de expressão está muito relacionado à
formação da polis, cidades-estado que compunham o território grego no final do
período Homérico (XII a.C. – VII a.C.) na Grécia.
É interessante observar a conexão entre o surgimento das cidades, da política
e do teatro na Grécia. Assim como a democracia grega exercida por meio de
debates em praça pública sobre os destinos da sociedade, o teatro também surge
em praça pública como uma forma de refletir sobre as relações entre os seres
humanos e entre estes e os deuses, expurgando coletivamente os males da
sociedade através do que o filósofo grego Aristóteles chamou de catarse em suas
reflexões.
Aristóteles descreveu e analisou a tragédia grega em um texto chamado
Poética. Nele, propõe diversos conceitos que até hoje ajudam a entender a prática
teatral. Um desses conceitos é a catarse, que, resumidamente, refere-se à relação
do público tomado por compaixão e terror diante do destino trágico do herói.
Segundo Aristóteles, ao conhecer o destino nefasto dos heróis trágicos, a sociedade
grega expurga os erros representados em cena. Sendo assim, a emoção catártica,
que só pode acontecer coletivamente, é uma ação realizada pela sociedade com o
fim de expurgar e corrigir seus possíveis erros, isto é, por meio da catarse, uma
comunidade reconhece seus limites e se distancia das desmedidas de seus heróis
trágicos.
A palavra teatro se origina do vocábulo grego theatron, que significa “lugar de
onde se vê”, lugar dos antigos teatros gregos que era ocupado pelo público. Pode-se
observar nas ruinas dos teatros gregos da Antiguidade, que a orquestra, lugar
central ocupado pelo coro, está rodeada por grandes arquibancadas e que todo o
espaço é ao ar livre. Milhares de pessoas se acomodavam nessas arquibancadas
por ocasião das festas dionisíacas. Essas festas eram feitas em homenagem ao
deus grego Dionísio, deus do vinho e da fertilidade, e aconteciam na primavera,
período da colheita do vinho naquela região. As festas dionisíacas eram rituais
sagrados que contemplavam danças, músicas, procissões e, a partir do século V
a.C., festivais se tragédias, comédias e sátiras.
“Eu sou Dionísio!” Alguns historiadores atribuem a essa frase o surgimento do
teatro no ocidente. Téspis, um participante do coro de música e dança das festas
dionsiacas, teria se distanciado de sues companheiros e gritado essa frase, pra
espanto de todos. Pela primeira, um homem dizia ser alguém que não era e, para

abre um novo campo de comunicação e de expressão das relações humanas em sociedade. . Surgiam. para que ele possa se apresentar. um partido político ou um conjunto de ideias ou valores específicos. feita pela comunidade e para a comunidade. o teatro e o primeiro ator. cria uma ficção. como arte social. O teatro é uma arte política no sentido observado na sociedade grega da antiguidade. que representa o debate democrático sobre as diversas formas de organização de um grupo ou comunidade. uma ideologia. Esse aspecto social se reflete também em sua realização. Isso não significa que uma peça teatral tenha que tratar explicitamente o que o senso comum classifica como “política” ou que deva defender. Afirmando ser Dionísio. o teatro pode ser considerado uma arte política. com uma maneira de ser o que não se é e. é necessário que haja vários outros artistas e técnicos trabalhando. ao mesmo tempo. uma metáfora. Por isso. Mesmo quando se vê um ator só em cena. desde sua origem. com a participação de diferentes indivíduos. diz-se que o teatro é. uma arte social. E todos precisam estar no mesmo local ao mesmo tempo. surgem duas figuras igualmente importantes na arte teatral: o ator e o público. e o faz diante do público e para o público. O teatro começa. portanto. dessa forma. assim. um ser intocável para os gregos.agravar a situação. Por consequência. necessariamente. Téspis representa o surgimento do teatro na Grécia. fingia ser um deus. por se tratar de uma arte essencialmente coletiva. além do público.