You are on page 1of 7

Garantia de Controle

Medicamentos e Insumos.

Farmácia

Determinação de ácido
acetilsalicílico em Aspirina

Alunos: Paulo Estevam, Anderson Santos, Paulo Déric, Rafael Telis e
Sidnei Ricardo

Professor: Dr. Victor Hugo

Salvador-BA
Setembro/2016-2

nesta prática. Deseja-se.mol-1 . determinar analiticamente a quantidade de ácido acetilsalicílico presente na Aspirina® mediante titulação direta da amostra contra uma solução padrão de hidróxido de sódio (Figura 3) utilizando-se o indicador fenolftaleína para identificar o ponto final da titulação. nevralgias e outras dores.13 g. A concentração média de AAS em comprimidos é de aproximadamente 500 mg. é um analgésico usado no tratamento de cefaleias. (Figu ra 3) Materiais e Equipamentos Materias Equipamentos H2O Gral e pistilo ( Almofariz) comprimidos de Aspirina Vidro relógio Fenolftaleína 0.1% Pisseta Álcool 70% Bureta volumétrica 30 mL hidróxido de sódio Béquer 50ml Balança analítica . Analgésicos são depressores do sistema nervosos centrais empregados para aliviar a dor sem causar a perda da consciência. Objetivo e Fundamentos O ácido acetilsalicílico (AAS). de massa molar igual a 180.

passando de incolor para rosa.0 e 10. a fenolftaleína. Preparo da amostra A amostra já está na forma de comprimidos. o pH do ponto final é maior do que 7. colocado em uma bureta de 10. Assim.00 ML.10 mol/L. O titulante usado será a solução padronizada de hidróxido de sódio com concentração em torno de 0. . Indicador O produto da reação é uma base conjugada. o indicador usado deve ter uma zona de transição na região alcalina.0. é considerado um bom indicador. é um ácido fraco e deve ser determinado por reação com uma base forte com a qual reage rápida e completamente sendo. portanto. portanto. Titulante O ácido acetilsalicílico. compatível com o método volumétrico. bem como a maioria dos ácidos orgânicos. com zona de viragem entre 8. porém não será necessária a etapa de abertura da mesma uma vez que o AAS encontra-se nos mesmos de forma acessível. Portanto.

8) Anote o volume gasto de NaOH.1000 molL-1 (anotar a concentração em molL-1 exata da base com 4 algarismos significativos) até a solução tornar-se rósea. quantitativamente. OBS: Adicione primeiro o álcool comercial e depois a água destilada. 9) Repetir o procedimento mais quatro vezes. 11) Calcular o erro relativo entre os resultados obtidos. 10) Calcular a quantidade de ácido acetilsalicílico em miligramas presente nas amostras analisadas. Procedimento 1) Pesar 06 comprimidos de AAS ® e anotar os valores das massas pesadas.1% 7) Titular a amostra contra solução padrão de NaOH aproximadamente 0. . usando proveta. . cada amostra para um erlenmeyer de 125 mL. 4) Transferir. O valor teórico da quantidade de ácido acetilsalicílico presente em um comprimido de AAS ® é de 100 mg. dos comprimidos macerados. 2) Triturar (macerar) os comprimidos em um almofariz com pistilo. 5) Adicionar. 20 mL de álcool comercial e 20 mL de água destilada. em triplicata. 6) Agitar a suspensão e adicionar 2 gotas de fenolftaleína 0. 3) Pesar com a maior precisão possível 0.1000g.

Os resultados estão expostos na tabela a seguir: Numero da Massa Da Volume do Massa do Massa Real do Amostra Amostra (g) Titulante (ml) AAS(mg) AAS 1 0.00 72 108.80 68 107. Cálculos Após esses procedimentos calculamos a quantidade de ácido acetilsalicílico que contém em cada amostra através dessa formula: As massas de AAS das amostras colhidas foram utilizas para determinar a quantidade real de acido acetilsalicílico no comprimido.1032 3.1013 3.1011 3.90 70 110.00 72 110.9 Média 0.4 .5 109.90 70.4 4 0.8 2 0.7 3 0.1064 4.1040 4.

100mg de AAS. não vindo a comprometer assim a assim a biodisponibilidade do fármaco. A massa do comprimido obtida foi de 0. tantos medicamentos de referência quanto os distribuídos por unidades públicas de assistência farmacêutica apresentam boa qualidade no que tange ao seu teor de princípio ativo em conformidade com suas respectivas especificações apresentadas. . Conclusão Com o auxílio da metodologia empregada. Apresentando um erro de 10% ao valor indicado no rótulo de 100mg. foi possível concluir que as amostras estudadas atendem aos padrões de qualidade estabelecidos pela Agencia Nacional de Vigilância Sanitária no quesito teor de princípio ativo. o que corresponde que o comprimido possui 0.4mg.5mg.1603 g e a média do ácido acetilsalicílico encontrado foi de 109. A massa real de referência é de 0.1032. e que dentre as amostras avaliadas neste estudo . A massa ácido de acetilsalicílico obtida experimentalmente para Aspirina foi de 70. O ácido acetilsalicílico no comprimido tem que estar nos valor de 100 miligrama.

QMC / UFSC. Goodman e Gilman: as bases farmacológicas da terapêutica. Departamento de Química. . Florianópolis: UFSC. Referências Bibliográficas GOODMAN. GILMAN. L. 2009.S.ufsc.br/organica/aula01>> acesso 10 de setembro de 2016.qmc.. Disponível em: << http://www. 12ed. A.