You are on page 1of 5

Associao Nacional de Interveno Precoce

ANEXO 1
Principais aspectos positivos do Despacho
Conjunto n 891/99

Despacho Conjunto n 891/99

anip ANEXOS
DESPACHO CONJUNTO 891/99

Principais Aspectos Positivos

A prpria filosofia de base subjacente ao despacho 891/99 contm os indicadores essenciais para
uma interveno de qualidade junto da criana e famlia:

1) Ao nvel da Organizao dos Servios:

 Articulao e Coordenao de servios de Sade, Educao, Segurana Social e


Instituies;
 Utilizao de recursos comunitrios;
 Interveno desinstituicionalizada e reforo da importncia do trabalho em contextos
naturais;
 Trabalho de Equipa Transdisciplinar.

Isto , clarifica que a IP multidisciplinar e inter-servios, de base comunitria, envolvendo


servios formais e recursos informais em processos de colaborao e parcerias, de forma a se
responder melhor s necessidades especiais de cada criana/famlia.
dada nfase utilizao dos servios de base comunitria, prximos da famlia e da criana,
desinstitucionalizados e reconhecendo a importncia dos contextos naturais da criana.

2) Ao nvel dos Destinatrios:

 Abrangncia etria dos 0 aos 6 anos;


 A incluso do conceito de Risco de Atraso de Desenvolvimento

A considerao pela abrangncia etria dos 0 aos 6 anos respeita as recomendaes actuais
quanto a este aspecto. Por outro lado, a incluso do conceito de Risco no ponto 3.
Destinatrios, permite uma abordagem ecolgica na elegibilidade para a IP, que possibilita o
apoio a crianas que, apesar de ainda no evidenciarem problemas de desenvolvimento,
encontram-se em situaes/contextos que podero prejudicar o seu adequado desenvolvimento.

3) Ao nvel da Participao das Famlias:

 nfase no envolvimento das famlias;


 Enfoque na prestao de servios individualizados: Plano Individual de Interveno.

Assume-se a famlia tambm como alvo dos servios, reconhecendo-lhe o seu poder de deciso e
capacidades, em vez de se focar exclusivamente na educao da criana.

Pela anlise dos pontos referidos anteriormente, facilmente detectada a nfase nos aspectos
preventivos da interveno no mbito desta legislao, na medida em que se considera a
articulao de servios, a abrangncia etria, a incluso do risco e a participao das famlias na
interveno.