You are on page 1of 1
‘Art. 565 CC - Locagiio de coisas ‘Locago &0 canrat pelo qual uma des panes se origa a conceder a outra © uso € goro de uma coisa nio fungivl, emporrizmente e mediante reanuneragio. Art. 588. Na loca de coisas, uma ds partes se obriga aceder outa, por tempo determinado ou nd, 0 us e gozo de coisa no fungiel, ‘medianie cor retribuigo. ‘Art 1.196. Considera se possuidor todo aquele que tem defo 0 ‘exerci, plo ou ndo, de algum dos poderes inerentespropriedade. (binge ten us sea dct» [Nature bilateral ~ porque envalveprestagbesreciprocas Oneroso ~ a obrigacio de uma das partes tom como equisalente a restagio que a outra Ie faz. Vantagens eesfrco patrlmonlal para ambas spares; Consensual ~ pois se aperfeicea com 0 acordo de voatades,gerando um ‘ireto de credto ou pessoal. Para 0 contato so formar, basa a ‘manifesag de voniade; ‘Nao solene—sua forma € ive, smente sedo exgida em casos especas Assim, pode ser celebrado tanto por escrito ou verbalmente. Obs: 20 tanto pra se convenconar uma garana, come a ane por exemplo, 0 contrato deve obrigatoriamente ser esi ‘rato sucesso ou de execuséo continuoda ~ se prolonga no tempo. As restades sa prides, assim, no se extinguem com o pegamente; anos rsultanes. Nese caso, 0 locatiro tem dirito de retengio do bem até 0 pagamento da indenizagio. 0 locatrio pote devolver a coisa Pagando a malta prevista no contrat de forma preporcional ao tempo que Testa para fim da locagio (argos $71 572). Se o valor fr excessvo, 0 shiz pode reduro. ‘A locagdo por tempo deteminado cessa finde © prazo espulado, Independentemente de notifiacio ou aviso. Se o locatitio coninuar na posse, sem oposiclo do locader, presamese promogada sem prazo eterminado(arigys 573 © $74). LLocador (Quem oferece a coisa em locaclo. Em regr, &o propieii: pode sr o usutrutuiroe locatiia (aiblocado). Art. 566.0 locador €ebrigado: (2a entregar ao loci coisa alugada, com suas pereenas, em «estado de servir 20 uso aque se destin, e (2)a mana nesse estado, pelo tempo d contrat, saivo cldusula expressa em contdrio; 1 agarantr-tn, durante 0 tempo do contrato, 0 uso pacfco da cosa. LDiretos + Receber pagamento do alugue. - Exigir garam do locatro, = Mover aco de despejo nos casos permitidos. Autorizar (ou nfo) sublocagio 00a cess de locagio, + Pedr evisio judicial do alague. 2Deveres = Emregar a coisa ao locatiro, com os aceséras, em estado de servir 30 so aque se destin e assim mani, salve déusia express Garant a0 locatitio 0 uso pacifico da coisa. = Resguardar 0 locatrio dos emberagos « turbagbes de terceios. Tanto © (Comuttivo~ no envolve isco pare as partes contzantes; ‘Nao tem naureza personalssina 0 contato se transite pare 0s hereirs dolocador ox de acatrn, em caso de mort de ura das partes Objeto + Inivel ou mivel, real sobre © principal ou acessrios (lugar um sparameno com ov som mobili), + Infungivel: se fungivel,serd mtv. Admitese a funghilidade: garafas e vinho ou cesias de frtas usaas como omamenasio em uma feta © evalvidas p6s 0 evento (use cdo ad porpam vel ostentationem). Os bens inaienvespaem ser objeto de loca (e.: bem de familia). Aigo uae cpt ear pe La ‘tog Rae) mead ple a rego (luguel ou remuneracio) Iimportcia em dinhero ou ouro bem pect, que o locatiso papa periodicamente pelo uso da cois. Se for granito nio hi locagio, mas ‘comodo, Sendo iis, i emprésio dssimulado. Se o locatirion30 aga, 2 cobranga pode ser fet judicialmente, havendo motivo para rexisio ‘convatual, raze Sempre temporiio, determinado ou nio. Pode ser vitaliel, mas munca perpéuo, Havendo prazo estipulado, o locador nZo pode reaver a cosa alugada antes do vencimento, salvo te ressarci 0 lcatrio peas prdas © locedor como o locatsio posuem lgiimidade para ingressar com aes possess, ‘Locatiro (Quem recebe a coisa; dove pagar 0 alugu) ‘Art 569 do CC: servis da cols alugada para o uso convencionado. 1TL-pagaro alugue nos prazos ajustados. {IL-lovar 20 conhecimento do locaor as trbagies de terete, fndadae en dirito. Diretos -~Enigira enega da cols erecibo de aluguel = Dirit de retenczo no caso de benetoris ies enecesiis fet com ‘consentimento éo locador. ~ Prferéncia ma aquisigio no caso de alienaclo do imével. 2Deveres ~ Servirse da enisa apenas para os usns convencionados ou presumidos ‘conforma ntueza del trata como sefosse sua. - Pagar ponnalmente o aluguel; fatando ajste do prazo, segundo os costumes do lugar Finda alocacZ, restimir a coisa no estado em que a receben, salvo as eterioragdes naturals do so.