You are on page 1of 4

Aluno: Pricila Yessayan Matrícula: 91701260

Modalidade: Esp. em Gestão Estratégica de Negócios Disciplina: Gestão de Materiais e Serv Ter
Professora: Josimeire Pessoa de Queiroz Data: 07/10/2017

ESTUDO DE CASO - NESTLÉ:
Usando solução de tecnologia para melhorar os processos de compras

Que benefícios a otimização da compra trouxe para a gestão de estoque?
1 Com a mudança dos processos de compra houve uma redução do tempo, das
burocracias e dos números de transações no processo de compra. Os fornecedores
passaram por uma triagem e foram selecionados criteriosamente. O processo passou
a ser descentralizado e o profissional de compras passou a exercer a função de
negociador.

O novo “processo de compras” ajuda a reduzir os custos do estoque?
2 Justifique.
Sim, o fornecedor, que agora também é um parceiro, instantaneamente sabe quais
são as necessidades e poderá se preparar-se em tempo de atendê-las evitando
atrasos e transtornos como a falta ou excesso de mercadorias. A Nestlé também
poderá analisar a frequências das solicitações e verificar o que poderá ser estocado
em maiores quantidades durante certos períodos. Assim garante ainda mais a sua
redução de custos.

3 Na sua opinião, que outros processos ou atividades poderiam ser otimizadas
no gerenciamento de estoque?

Outra solução, seria o uso dos códigos de barras dos itens que entram e saem do
estoque através de um sistema e assim o colaborador saberá o que precisa ou não,
ser estocado. O programa MRP II permite simplificar a gestão de estoques e auxilia
na programação da produção sendo possível ainda disseminar essas informações a
todos os setores da empresa, já o ERP tem por finalidade interligar todos os setores
da organização, sendo capaz de controlar todos os recursos que a cia possui.

Página 1 de 4
QUESTÕES PARA REVISÃO
Esta atividade tem como objetivo levá-lo a conhecer as funções do estoque,
familiarizar-se com termos usados na gestão de estoque como estoque de antecipação,
sazonalidade, para atender a uma demanda dependente ou independente, e outros
conceitos pertinentes à área bem como podem influenciar na gestão do estoque. Desta
forma, a entrega desta atividade visa auxiliá-lo a assimilar estes novos conceitos:

Qual a importância de se possuir indicadores de desempenho relacionados aos
1 estoques?
Um estoque mal administrado pode trazer grandes impactos nas finanças de uma
organização e no seu relacionamento com seus clientes uma vez que dificilmente o
consumidor será fiel o suficiente para procurar em outro lugar o produto; será mais
fácil substituí-lo.
Mencione e descreva pelo menos três indicadores relacionados ao controle de
estoque.
Análise ABC: consiste em verificar dentro de um determinado período, em valor
monetário ou quantidade, os itens em estoque, classificando-os em ordem de
importância (+A, +/- B e -C). Entretanto, esta análise pode apresentar distorções de
modo que se houver itens “C” em quantidade insuficiente toda operação pode ser
afetada se for essencial à produção de um produto.
Giro de estoque: Corresponde ao número de vezes em que o estoque é totalmente
consumido durante um determinado período (normalmente um ano). Ainda que um
alto índice de giro de estoque possa representar um fator positivo para a empresa,
ele não pode ser avaliado isoladamente já que há outros custos existentes na cadeia
como os custos que envolvem transporte e manuseio.
Nível de serviço ao cliente: empresas voltadas ao relacionamento com o cliente
utilizam o conceito de “serviço ao cliente” para avalia o desempenho do estoque.
Uma medida muito utilizada é a taxa de atendimento ao pedido, que é a relação entre
a quantidade de itens disponíveis e a quantidade de itens demanda pelo cliente. O
uso deste indicador é o ponto de partida para melhorar os processos e procedimentos
internos.

Yessayan, Pricila Página 2 de 4
Qual é a função do estoque?
2 Um estoque eficiente ameniza o desequilíbrio existente entre a demanda e o
fornecimento. Quando o ritmo de fornecimento é maior que a demanda o estoque
aumenta, quando o ritmo da demanda supera o fornecimento o estoque diminui,
podendo faltar material ou produto.
Explique estoque de antecipação:
Durante certos períodos do ano produtos sazonais têm maior demanda que outros
(panetone, ovos de páscoa, cobertores, agendas e biquínis para citar alguns), o seu
armazenamento é antecipado e são consumidos durante os períodos de pico.
Qual a diferença entre estoque de segurança e estoque de proteção?
O estoque de segurança serve para proteger a empresa contra imprevistos na
demanda e no suprimento, já o de proteção tem por objetivo proteger-se contra
ameaças externas.
O que é um estoque tipo hedge?
Tem certa semelhança com o estoque de segurança, entretanto a sua proteção
contra as ameaças externas é temporária. O seu objetivo é atender às oscilações de
consumo e fornecimento.

3 Por que a sazonalidade e a variação na demanda afetam os estoques?

Porque os produtos sazonais não são vendidos linearmente todo ano e para se
manter no mercado a empresa deverá procurar alternativas para produzir uma
quantidade balanceada durante todo o ano e manter um ritmo de produção linear
durante períodos de vendas baixas.

4 Quais são as categorias de estoque existentes?

São elas: matéria-prima, produto em processo, produto semiacabado, produto
acabado, estoque de distribuição, estoque em consignação, provisão de materiais
para manutenção, reparos e operações produtivas (MRO).

O que são estoques em consignação?

São estoques normalmente de um produto acabado ou de peças de reposição de
manutenção que permanecem no cliente sob sua guarda, mas continua sendo, por
meio de acordos mútuos, de propriedade do fornecedor até que seja consumido.

Yessayan, Pricila Página 3 de 4
5 O que é demanda independente? Qual a diferença entre ela e a demanda
dependente? Por que é importante conhecer esse conceito?

A demanda independente é determinada pelas condições de mercado, mas não é
afetada pela necessidade de produção. Já a demanda dependente está diretamente
ligada aos itens de produção. Por exemplo: um parafuso pode ser tanto independente
sua demanda sendo gerada pelo próprio consumidor, quanto dependente. Neste
último, a sua produção dependeria da quantidade necessária para se montar uma
cadeira. Uma previsão incorreta da quantidade de parafusos para serem produzidos
cadeiras suficiente para preencher 10 salas de jantar pode trazer prejuízos tanto com
a falta ou excesso de mercadorias.

Fonte:

BERTAGLIA, P. R. Logística e gerenciamento da cadeia de abastecimento. São
Paulo: Saraiva, 2009.cap.8

EQUELLA & MACKENZIE. Sistema de gestão e controle. Acesso em outubro de
2017. Fonte: Moodle Mackenzie:
https://equella.pearson.com.br/dp/integ/gen/8a21536a-2346-42df-8b8c-
333e28ad57d9/1/viewscorm.jsp?token=10991701260%3Amackenzie_kaptiva.student
%3A1507426402000%3A0qm0s3Y2GsmW3anb5wy%2F7Q%3D%3D

Yessayan, Pricila Página 4 de 4