You are on page 1of 12

www.sede.umnovotempo.org.

br/estudos
 

Primícias e Dízimos são tributos da Lei ou da Graça de Deus?

“Honra o Senhor com todos os seus recursos e com os primeiros frutos de todas as suas
plantações; os seus celeiros ficarão plenamente cheios, e os seus barris transbordarão
de vinho.” (Pv 3:9-10)

“Pode um homem roubar de Deus? Contudo vocês estão me roubando. E ainda


perguntam: “Como é que te roubamos?” Nos dízimos e nas ofertas.” (Ml 3:8-9)

Se dissermos que é da Lei, então, é uma obrigação que deve ser cumprida
fielmente, sob pena de entrar em condenação quem não a cumpre. Mas, se
dissermos que é da Graça, então, é um princípio de semeadura em temor, em honra
e em amor.
Portanto, pela Lei é obrigação e pela Graça é facultativo;
pela Lei é dívida; pela Graça é semeadura.

O que é mais fácil: a Lei ou Graça?

A Lei exige que uma parte dos nossos recursos seja para primícias e dízimos,
enquanto a Graça nos ensina a entregar tudo para Deus, pois fomos comprados
pelo precioso sangue de Jesus. 1

O que temos feito?

Sob a misericórdia de Deus, escolhemos o critério da Lei


e nos colocamos debaixo da Graça de Deus, isto é, vivemos segundo a Graça da
nova vida em Jesus Cristo,
mas, escolhemos honrar o Senhor e semear com o mínimo estabelecido pela Lei.

Então estamos em condenação?

De modo algum, pois se vivemos pela Graça de Deus, somos justificados pela fé em
Jesus!

Portanto, ao entregar primícias, dízimos e também trazer ofertas no altar, estamos


demonstrando a nossa confiança em Deus, e, além de confirmarmos a Lei,
exaltamos a Graça de Deus sob as nossas vidas.

Assim, podemos concluir que primícias e dízimos, fazem parte da Lei, e é uma
prática de todos que estão vivendo pela Graça de Deus em Cristo, e que têm temor,
honra e amor a Deus, como fizeram Abel, Abraão e Jacó, antes mesmo que a Lei
viesse por meio de Moisés.
www.sede.umnovotempo.org.br/estudos
 

VENCENDO AS CRISES FINANCEIRAS

O que deixou o gafanhoto cortador, comeu-o gafanhoto migrador; o que deixou o


migrador, comeu-o o gafanhoto devorador; o que deixou o devorador, comeu-o o
gafanhoto destruidor. (Joel 1:4)

INTRODUÇÃO :
O profeta Joel, ministro da época do Rei Joás, visualizou uma invasão de
gafanhotos (locustas, gafanhotos, pulgões, lagartos e insetos vorazes) profetizando
uma invasão de exércitos inimigos. Esta realidade pode ser constatada atualmente
nas crises financeiras. Elas agem contra patrimônios, casa, carro, provocam
acidentes, destroem famílias, casamentos e comunidades, gerando miséria,
desmoralizando, sujando nome, provocando vergonha, luta, dor, angústias...
suicídio. Vamos estudar isso com profundidade e aprender como se livrar das suas
ações.

Geralmente, quando uma família evangélica se vê em dificuldades financeiras, a


primeira atitude a ser tomada é cortar o dízimo. O compromisso com Deus acaba
ficando sem importância, para segundo plano, sendo programado para voltar a ser
entregue "quando a situação melhorar". Entenda agora porque este procedimento é 2
perigoso para quem conhece a Palavra de Deus. Veja porque Deus é fiel à Sua
Palavra, a tal ponto de não poder mudar as circunstâncias financeiras da sua vida,
caso você esteja retendo mais do que lhe é justo...

1. A assolação dos gafanhotos. (Jl 1:4)


a) Cortador
- Age nas lavouras, estragando os frutos. Arruína a lavoura.

b) Migrador
- Age surpreendendo em bandos, aumentando o prejuízo feito pelo cortador.

c) Devorador
- Tipo violento que leva ao prejuízo e à falência.

d) Destruidor
- Poder de extermínio (escorpião): fere o agricultor e a família.

2. Os gafanhotos têm a sua estratégia.


a) Jl 1:6 - Destroem dia e noite.
"Porque veio um povo contra a minha terra, poderoso e inumerável; os seus dentes
são dentes de leão, e ele tem os queixais de uma leoa."
www.sede.umnovotempo.org.br/estudos
 

3. Os gafanhotos têm uma ação específica.


a) Jl 1:7 - Comem folhas, destroçam figueiras, tiram a casca, os sarmentos tornam-
se brancos, perdem as forças e ficam estéreis.
"Fez de minha vide uma assolação, destroçou a minha figueira, tirou-lhe a casca,
que lançou por terra; os seus sarmentos se fizeram brancos."

4. As ações dos gafanhotos deixam sérias conseqüências.


a) Jl 1:12 - Vergonha, dor, lamento, pranto, luto, assolação, tristeza.
"A vide se secou, a figueira se murchou, a romeira também, e a palmeira e a
macieira; todas as árvores do campo se secaram, e já não há alegria entre os filhos
dos homens."

5. Cada tipo de gafanhoto representa forças diabólicas que agem em


patrimônios, bens, salários e riquezas.
a) Cortador - Atua na vida material do desobediente, come a renda, destrói o salário.
Come através do cigarro, das bebidas, dos jogos de azar, remédios,
eletrodomésticos, carro (quebram), roupas que se estragam - joga fora o dinheiro.

b) Migrador - Inconstante, age com prejuízos e despesas inesperadas. 3

c) Devorador - São arrasadores. Geram miséria, dor, dívidas, prejuízos, fome,


insônia e desemprego. Suas vítimas têm sua casa e bens tomados; não conseguem
pagar compromissos, são envolvidos em negócios desonestos e perigosos, seus
bens são levados a leilão, sofrem ameaças de morte por dívidas, ficam sem crédito,
sem moral e sem valor. Tornam-se um lixo, sendo rejeitadas até pelos amigos, só
contam miséria e desgraça. Portas se fecham, são despejadas, tudo que fazem é
em vão e são levadas ao alcoolismo e às drogas.

d) Destruidor - Induz ao suicídio, desastres, morte, pavor, só restam cinzas.

6. Satanás rouba de quatro maneiras.


a) Jl 1:7 - Assola, destroça, tira a casa, lança por terra.
"Fez de minha vide uma assolação, destroçou a minha figueira, tirou-lhe a casca,
que lançou por terra; os seus sarmentos se fizeram brancos."

7. Deus abençoa de quatro maneiras tudo o que fazem por ele ou por sua obra.
a) Lc 6:38 - Boa medida, sacudida, recalcada(2) e transbordante.
"dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante,
generosamente vos darão; porque com a medida que tiverdes medido vos medirão
também."
www.sede.umnovotempo.org.br/estudos
 

8. A sujeira deixada pelo gafanhoto.


- Comem 24 horas sem parar, defeca na mesma hora, sujando tudo. Quando agem
na vida do homem, sujam seu nome, deixando-o sem crédito, sem moral, sem
honra.

9. A invasão dos gafanhotos aconteceu porque o povo parou de contribuir.


a) Jl 1:13
"Cingi-vos de pano de saco e lamentai, sacerdotes; uivai, ministros do altar; vinde,
ministros de meu Deus; passai a noite vestidos de saco; porque da casa de vosso
Deus foi cortada a oferta de manjares e a libação."

10. Como vencer o cortador, migrador, devorador e destruidor? Qual o


antídoto? Como parar a ação deles? Como proteger nossos bens, patrimônios
e salários? Qual o segredo para o cristão ter vitória sobre eles?
a) O dízimo é o antídoto de Deus - Só o dízimo repreende, impede de agir no
patrimônio, em bens e em salários.

b) Há a garantia de Deus aos dizimistas.


Ml 3:10,11 4
"Trazei todos os dízimos à casa do Tesouro, para que haja mantimento na
minha casa; e provai-me nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as
janelas do céu e não derramar sobre vós bênção sem medida.
Por vossa causa, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da
terra; a vossa vide no campo não será estéril, diz o Senhor dos Exércitos."

c) Deus convida o homem a obedecer sendo fiel dizimista.


Ne 10:38,39
"O sacerdote, filho de Arão, estaria com os levitas quando estes recebessem os
dízimos, e os levitas trariam os dízimos dos dízimos à casa do nosso Deus, às
câmaras da casa do tesouro.
Porque àquelas câmaras os filhos de Israel e os filhos de Levi devem trazer ofertas
do cereal, do vinho e do azeite, porquanto se acham ali os vasos do santuário, como
também os sacerdotes que ministram, e os porteiros, e os cantores; e, assim, não
desampararíamos a casa do nosso Deus."

d) A obediência faz abrir as janelas do céu, jogando por terra o poder dos
gafanhotos.
II Co 9:5
"Portanto, julguei conveniente recomendar aos irmãos que me precedessem entre
vós e preparassem de antemão a vossa dádiva já anunciada, para que esteja pronta
como expressão de generosidade e não de avareza."
Êx 23:15
www.sede.umnovotempo.org.br/estudos
 

"Guardarás a Festa dos Pães Asmos; sete dias comerás pães asmos, como te
ordenei, ao tempo apontado no mês de abibe, porque nele saíste do Egito; ninguém
apareça de mãos vazias perante mim."

e) Só a obediência e fidelidade nos dízimos impede o ataque.


Jl 2:14
"Quem sabe se não se voltará, e se arrependerá, e deixará após si uma bênção,
uma oferta de manjares e libação para o Senhor, vosso Deus?"

CONSELHO BÍBLICO: Não brinque com esses gafanhotos! Muito o pouco, consagre
seus dízimos ao Senhor. Só assim, Deus tem um compromisso de proteger seus
patrimônios, bens e salários.

A palavra Dízimo, que significa dez por cento, vem da palavra dez. Este número
tipifica bênção, perfeição. Um exemplo disso são os dez dedos das mãos que Deus
deu ao homem. E não se esqueça de que o homem não pode receber nada se do
céu não lhe for dado. Cerca de 95% da vida de uma pessoa está estruturada sobre a
área financeira. É por isso que o diabo ataca bastante esta área, pois estará
destruindo 95% da vida desta pessoa.

5
Leitura: Salmo 133:1-3
133:1 OH! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união.
133:2 É como o óleo precioso sobre a cabeça, que desce sobre a barba, a barba
de Arão, e que desce à orla das suas vestes.
133:3 Como o orvalho de Hermom, e como o que desce sobre os montes de Sião,
porque ali o SENHOR ordena a bênção e a vida para sempre. (Sl 133:1-3 )

O assunto levantado pelo salmista é um dos assuntos principais que deve nos
preocupar como crentes - a unidade entre os verdadeiros filhos de Deus.

O escritor Gene Edwards disse:


“Fui convertido a Cristo aos 17 anos de idade, e mesmo assim eu já tinha
testemunhado duas divisões de igreja graves (e varias menor) antes de me tornar
cristão”.
Por algum tempo agora, tenho levantado uma pesquisa entre obreiros cristãos.
Baseado nas minhas conclusões totalmente nao cientificas, eu ousaria dizer que um
obreiro cristão pode esperar passar por um mínimo de três divisões maiores,
catastróficas, antes que ele alcance 50 anos de idade. E a mesma coisa se verifica
entre todos os crentes.
Uma divisão de igreja constituiria um dos acontecimentos maiores na vida de
qualquer um.
As suas possibilidades de sobreviver espiritualmente, intacto, de uma divisão
durante a sua vida é menos que 50%."
www.sede.umnovotempo.org.br/estudos
 

Se concordar ou não com as conclusões de Gene Edwards, é forçoso reconhecer


que o assunto de unidade e divisão é um que merece toda a nossa consideração.

Onde devemos começar?

Não pelos problemas que conhecemos! Assim seria uma receita infalível para
esquentar demais o ambiente sem chegar à conclusão nenhuma. Devemos começar
e continuar com a Palavra de Deus, o único guia seguro hoje ou em qualquer outra
época.

Salmo 133 é um ótimo lugar para começar.

"Grandes coisas vem embrulhadas em pequenos pacotes. Este salmo é curto,


porém é uma jóia literária e espiritual que repõe em qualidade o que falta em
quantidade”
É um dos "cânticos de degraus" de Davi. "cântico de degrau" quer dizer cântico de
subida. Eram os salmos cantados pelos peregrinos enquanto subiam o monte
Sião na época das grandes festas. O salmo expressa a alegria do salmista na época
duma destas grandes festas ao olhar sobre Jerusalém e aos seus arredores. Ele vê 6
todo Israel reunido junto em adoração ao Senhor. Captura em poucas palavras a
harmonia e a paz de tal ocasião.

I A BASE DA UNIDADE v.1 "irmãos". 133:1 OH! quão bom e quão suave é que
os irmãos vivam em união

II A BELEZA DA UNIDADE v.1 "quão bom e quão suave". 133:1 OH! quão bom
e quão suave é que os irmãos vivam em união

III A BENEFÍCIO DA UNIDADE vs.2-3. 133:2 É como o óleo precioso sobre a


cabeça, que desce sobre a barba, a barba de Arão, e que desce à orla das suas
vestes.
133:3 Como o orvalho de Hermom, e como o que desce sobre os montes de Sião,
porque ali o SENHOR ordena a bênção e a vida para sempre.

Duas ilustrações:
a. O ÓLEO precioso do ungimento do sacerdote v.2.
b. O ORVALHO de Hermom v.3.

UNIDADE - o que quer dizer?


Significa ser um só, ser unido, em harmonia, estar de acordo, estar em paz uns com
os outros.
www.sede.umnovotempo.org.br/estudos
 

I A BASE DA UNIDADE v.1 "irmãos".

O apelo do nosso Deus para unidade não é feito para o mundo inteiro. Existe muito
pensamento vago hoje de união, paz e harmonia sem ter base nenhuma na
realidade.
A unidade aqui é entre os que são "irmãos" quer dizer, genuínos filhos de Deus,
verdadeiros crentes que por base da obra redentora de Cristo na Cruz de Calvário
tem se entregado a Ele, reconhecendo-o como Senhor e Salvador.
"O ponto de partida ao concedermos o problema da unidade deve ser sempre a
regeneração e a fé‚ na verdade. )nada mais produz a unidade e, ela é impossível
fora disso."
Esta é a unidade de Efésios 4:4-6. 4:4 Há um só corpo e um só Espírito, como
também fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação;
4:5 Um só SENHOR, uma só fé, um só batismo;
4:6 Um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos vós

Reconhecendo esta unidade espiritual em Cristo Jesus, recusaremos propostas de


unidade ou união com pessoas que se dizem cristãs, mas que não são
verdadeiramente salvos:

Por exemplo:. 7
a. Os que negam a divindade do Senhor Jesus Cristo I João 4:3 Procurando
guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz

b. Os que pregam um falso "evangelho" de boas obras Gal.1:7-9 –


1:7 O qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o
evangelho de Cristo.
1:8 Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho
além do que já vos tenho anunciado, seja anátema.
1:9 Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém
vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema

Num sentido, esta unidade dos verdadeiros filhos de Deus já existe:


Ef.4:13 Nisto conhecemos que estamos nele, e ele em nós, pois que nos deu do
seu Espírito.
Somos chamados a guardar o que Deus já criou: "a unidade do Espírito" num só
corpo - a Igreja. Mas embora perante Deus esta unidade exista, muitas vezes não
agimos de acordo com esta verdade e por isso temos as exortações do Salmo 133 e
de Efésios 4;13
www.sede.umnovotempo.org.br/estudos
 

II A BELEZA DA UNIDADE v.1 "quão bom e quão suave".

É um assunto de grande importância para o nosso Deus - chama a unidade dos


crentes "bom e suave". Quando criou o mundo lemos: Gen.1:31 E viu Deus tudo
quanto tinha feito, e eis que era muito bom; e foi a tarde e a manhã, o dia sexto.
Olhou do céu viu o mundo e disse: "muito bom!"
Semelhantemente, Ele olha do céu e quando Ele vê uma igreja local em união, em
harmonia e em paz, Ele diz: "Quão bom e quão suave!".
Se não fosse o suficiente este pensamento, temos também o apelo do Senhor Jesus
Cristo antes de ir para a Cruz em sua oração sacerdotal em João 17:20-23:
17:20 E não rogo somente por estes, mas também por aqueles que pela sua
palavra hão de crer em mim; 17:21 Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és
em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia
que tu me enviaste.
17:22 E eu dei-lhes a glória que a mim me deste, para que sejam um, como nós
somos um.
17:23 Eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, e para
que o mundo conheça que tu me enviaste a mim, e que os tens amado a eles como
me tens amado a mim.

Como é que nós podemos promover esta unidade entre o povo de Deus nos dias de 8
hoje?

Creio que temos de considerar três grupos de crentes:

a. Os que por um motivo ou outro não andam conosco em plena comunhão.


Pode ser que nunca andamos juntos como seria o caso de certos grupos que são
afiliados a várias denominações ou pode ser, e isso doe mais ao pensar, se
separaram de nós por um motivo ou outro e a comunhão não é possível, pelo menos
sob as circunstâncias atuais.

b. Os que se reúnem em outras igrejas locais com quem poderíamos ter plena
comunhão.

c. Os irmãos e irmãs com quem nos reunimos no dia-a-dia na igreja local onde
estamos em comunhão.

a. Quanto aos que por um motivo ou outro não andam conosco em plena
comunhão temos
instruções:

1 - Lucas 9:49-50 – Não mexa deixe em paz!


www.sede.umnovotempo.org.br/estudos
 

9:49 E, respondendo João, disse: Mestre, vimos um que em teu nome expulsava
os demônios, e lho proibimos, porque não te segue conosco.
9:50 E Jesus lhes disse: Não o proibais, porque quem não é contra nós é por nós.

2 - Filipenses 1:15-18 Regozija, que Cristo está sendo pregado!


2:15 Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis, no meio
de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no
mundo;
2:16 Retendo a palavra da vida, para que no dia de Cristo possa gloriar-me de não
ter corrido nem trabalhado em vão.
2:17 E, ainda que seja oferecido por libação sobre o sacrifício e serviço da vossa
fé, folgo e me regozijo com todos vós.
2:18 E vós também regozijai-vos e alegrai-vos comigo por isto mesmo.

3 - I Tess. 5:17 Sem dúvida, devemos orar para todos os irmãos de verdade.
5:17 Orai sem cessar.

Quanto ao assunto de irmãos que tem se separado e não tem comunhão conosco,
gostaria de dizer mais alguma coisa. 9
Creio que devemos estar em oração constante que o Senhor possa sanar as nossas
divisões e duma forma justa, de acordo com a Sua Palavra, e em amor cristão, nos
trazer juntos de novo.
Ligado a isso há mais a ser falado e falado em amor.

aa. Não podemos por uma pedra por cima das ações daqueles na liderança de tais
grupos que, sem nenhuma dúvida são culpados do pecado de Romanos 16:17-18
16:17 E rogo-vos, irmãos, que noteis os que promovem dissensões e escândalos
contra a doutrina que aprendestes; desviai-vos deles.
16:18 Porque os tais não servem a nosso Senhor Jesus Cristo, mas ao seu ventre;
e com suaves palavras e lisonjas enganam os corações dos simples.

Destes irmãos um reconhecimento do seu pecado e o mal que tem feito é


absolutamente necessário antes que qualquer reconciliação real seja possível.

ab. Isso é bastante claro.


Rejeitemos as tentativas daqueles que usariam as circunstancias de uma divisão a
fim de promover a sua própria agenda e construir seu império eclesiástico, pagar
velhas queixas pessoais ou infligir conceitos de disciplina às praticas eclesiásticas
absolutamente alheias ao ensino da Palavra de Deus.
www.sede.umnovotempo.org.br/estudos
 

ac. Também rejeitemos categoricamente os que criam “associações missionárias”


ou “missões de apoio” cujo propósito disfarçadamente é de controlar as igrejas de
Deus usando ofertas das igrejas ou mesmo dinheiro empresarial.

ad. Devemos ter vergonha daqueles que se levantaram a fim de pregar a Palavra de
Deus mas que hoje usam os recursos financeiros dados de boa fé por irmãos de fora
não apenas para fazer a obra do Senhor mas para controlar e manipular pessoas e
acontecimentos.

O escritor inglês Thomas Carlisle falou certo feito:


"Unidade, harmonia, sempre fala em voz suave, é somente falta de acordo que se
proclama em alta voz".
Ao contrário do que Thomas Carlisle falou, creio que a hora tem chegado para dizer
algo em alta voz a todos quantos desejam fazer das igrejas um campo de batalha
para glorificação de si mesmo ou para qualquer outro motivo pessoal e carnal. E não
me refiro somente a um ou dois irmãos - parece que há muitos assim! Estejam eles
separados de nós ou ainda juntos:
Sintamos nojo de divisão!
Basta de brigas que nao tem nada a ver com o ensino claro da Palavra de Deus!
Basta de construir impérios familiares ou pessoais.
Basta de dureza! 10
Basta de politicagem ao fim de proveito próprio!
Basta de abusar deste precioso livro para tentar abater irmãos de quem você não
gosta!
Rejeitemos com desdém, a conversa de todos, em comunhão nas igrejas ou nao,
que vem com fofocas e boatos para criar dificuldades entre os filhos de Deus! E não
importa se é um parente próximo ou não, não devemos dar ouvidos!
Ajuntemo-nos para falar com voz clara que não ser silenciado que amamos o
Senhor Jesus, amamos a Sua Palavra e que não estamos dispostos a aceitar mais
divisão anti-bíblica!

b. Os que se reúnem em outras igrejas locais com quem podemos ter plena
comunhão.
Não precisamos dizer muito a respeito, mas algumas coisas promovem unidade
entre igrejas locais:

ba. Oração uns para com os outros.


bb. Trabalhar juntos em projetos de interesse comum entre as igrejas.
bc. Respeitar a autonomia de cada igreja local. Muito mal é causado por
interferência por irmãos de fora em assuntos que só cabem a igreja local decidir.
Vamos tratar desta coceira de querer conversar com um e outro a fim de mexer em
igrejas alheias antes que fazemos mais mal às igrejas do Senhor.
www.sede.umnovotempo.org.br/estudos
 

c. Os irmãos e irmãs com quem nos reunimos no dia a dia na igreja local onde
estamos em comunhão.
Efesios 4:1-3
4:1 ROGO-VOS, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação
com que fostes chamados,
4:2 Com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns
aos outros em amor,
4:3 Procurando guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz.

Humildade, Mansidão, Longanimidade, Suportando-vos uns aos outros.


A receita perfeita para uma igreja unida! É somente possível na medida em que
andamos em obediência e amor do Senhor Jesus. Vamos fazer isso a nossa meta!

III A BENEFICIO DA UNIDADE vs.2-3.


Duas ilustrações:
a. O ÓLEO precioso do ungimento do sacerdote v.2.
Fala da FRAGRÂNCIA da unidade. Veja: Êxodo 30:22-33.
30:22 Falou mais o SENHOR a Moisés, dizendo:
30:23 Tu, pois, toma para ti das principais especiarias, da mais pura mirra
quinhentos siclos, e de canela aromática a metade, a saber, duzentos e cinqüenta 11
siclos, e de cálamo aromático duzentos e cinqüenta siclos,
30:24 E de cássia quinhentos siclos, segundo o siclo do santuário, e de azeite de
oliveiras um him.
30:25 E disto farás o azeite da santa unção, o perfume composto segundo a obra
do perfumista: este será o azeite da santa unção.
30:26 E com ele ungirás a tenda da congregação, e a arca do testemunho,
30:27 E a mesa com todos os seus utensílios, e o candelabro com os seus
utensílios, e o altar do incenso.
30:28 E o altar do holocausto com todos os seus utensílios, e a pia com a sua
base.
30:29 Assim santificarás estas coisas, para que sejam santíssimas; tudo o que
tocar nelas será santo.
30:30 Também ungirás a Arão e seus filhos, e os santificarás para me
administrarem o sacerdócio.
30:31 E falarás aos filhos de Israel, dizendo: Este me será o azeite da santa unção
nas vossas gerações.
30:32 Não se ungirá com ele a carne do homem, nem fareis outro de semelhante
composição; santo é, e será santo para vós.
30:33 O homem que compuser um perfume como este, ou dele puser sobre um
estranho, será extirpado do seu povo

Verdadeira unidade entre o povo de Deus ‚ um cheiro suave.


Um cheiro suave para o mundo que vê o amor do Senhor Jesus em nossas vidas.
www.sede.umnovotempo.org.br/estudos
 

Um cheiro suave para outros irmãos que vêem que o cristianismo do Novo
Testamento ainda está vivo e vibrante.
Um cheiro suave para o nosso Deus que fica bem satisfeito.

b. O ORVALHO de Hermom v.3.


Fala do FRESCOR da unidade. Toda manhã, vinha o orvalho do monte Hermom
para refrescar e alegrar o povo de Deus.
Quando não há unidade na igreja, tempo de sequidão, de tristeza, de fadiga.
Mas quando andamos juntos no Senhor ‚ tempo de frescor, de alegria, de satisfação.
De benção e a vida para sempre.
Vamos orar que Deus sare as divisões quando isso é possível, nos una mais e mais
nos Seus propósitos e no Seu amor para que cantemos com toda sinceridade:
Um só rebanho, um só Pastor!
Uma só fé, em um só Salvador!
É o amor que nos une aqui, E num só Espírito adoramos ao Senhor!

12