You are on page 1of 12

PEA - Eletrotécnica Geral 1

MOTORES TRIFÁSICOS
DE INDUÇÃO - 1

1. Introdução
2. Tipos de motores elétricos
3. Campo girante (2 polos)
4. Princípio de funcionamento
5. Motores de 4 polos
6. Rotação síncrona
7. Escorregamento
8. Ligações do estator
9. Parte Experimental
PEA - Eletrotécnica Geral 2

3. Campo girante (2 polos)

ia > 0

ib > 0

ic > 0

Sentido positivo de correntes e campos

ia
Ba
ib
Bc Bb

ic
PEA - Eletrotécnica Geral 3

Correntes 3φ em 3 bobinas defasadas de 120°

ia = 1 ia = +0,5

ib = -0,5 ib = +0,5
B=3/2

60°
B=3/2

ic = -0,5 ic = -1

ωt = 0 ωt = 60°
PEA - Eletrotécnica Geral 4

ia = -0,5 ia = -1
B=3/2 B=3/2
ib = +1 ib = +0,5

120°

ic = -0,5 ic = +0,5

ωt = 120° ωt = 180°

ia = -0.5 ia = +0,5
B=3/2
ib = -0,5 ib = -1

B=3/2

ic = +1 ic = +0,5

ωt = 240° ωt = 300°

Conclusão: Campo girante com módulo


constante e velocidade angular ω
PEA - Eletrotécnica Geral 5

4. Princípio de funcionamento
Espira em curto-circuito imersa no campo girante

ω
N

I F ρ ρ ρ
F = Il × B

S
PEA - Eletrotécnica Geral 6

5. Motores de 4 polos
a1 b1

N1
S1
c2 c1
S2
N2

b2 a2

N1

S2 S1

N2

Em 1 ciclo de tensão (17 ms em 60 Hz), o campo


girante se desloca 1/2 rotação.
PEA - Eletrotécnica Geral 7

6. Rotação síncrona
(do campo girante)

60 f
NS =
p

2πf
ωS =
p

NS : rotação do campo girante (rpm)


ωS : rotação do campo girante (rad/s)
f: freqüência da rede (Hz)
p: número de pares de polos
PEA - Eletrotécnica Geral 8

7. Escorregamento (s)

É a diferença entre a velocidade do campo


girante e a velocidade do rotor, em fração
(ou em %) da primeira.

ωS − ωr NS − Nr
s= = [ x 100 ]
ωS NS

Exemplo: motor de 4 polos, 220 V, 60 Hz,


1720 rpm. Determinar s.

60 f 60 ⋅ 60
NS = = = 1800 rpm
p 2

1800 − 1720
s= = 0.044 ou 4.4 %
1800
PEA - Eletrotécnica Geral 9

8. Ligações do estator
8.1 - Motor de 6 terminais (3 bobinas)

1 6

4 3

2 5

Ligação ∆

3V
Ligação Y

V : tensão nominal de cada bobina


PEA - Eletrotécnica Geral 10

8.2 - Motor de 12 terminais (6 bobinas)

O número de terminais é independente do


número de polos!
1 12

4 9
7 6

10 3

2 5 8 11

Bobinas em série
Ligação ∆ Ligação Y

Bobinas em paralelo
Ligação YY Ligação ∆∆
(dupla estrela) (duplo triângulo)
PEA - Eletrotécnica Geral 11

Ligações do estator

2 3V
2V

V 3V
PEA - Eletrotécnica Geral 12

9. Parte Experimental
Dado um motor de 12 terminais sem
identificação, determinar:

1. terminais de cada uma das 6 bobinas;


2. bobinas da mesma fase
3. polaridade das bobinas da mesma fase
4. polaridade entre fases

Ligar o motor na ligação ∆∆ e dar a partida.

Terminais do rotor Terminais do estator