You are on page 1of 1

Agrupamento de Escolas Abade Baçal

Técnico de Energias Renováveis

Ficha de Trabalho
Módulo F5 - Termodinâmica

1. Faz-se subir um balão insuflado, que tem um volume de 0,55 l ao nível do mar (1,0 atm) até uma altitude de 6,5 km,
onde a pressão é cerca de 0,40 atm. Admitindo que a temperatura permanece constante, qual o volume final do balão.

2. Aquece-se uma amostra de 452 ml de flúor gasoso de 22ºC até 187ºC, a pressão constante. Qual é o volume final?

3. Observa a figura e para cada caso, identifica o processo de transferência de calor.

2
4. A figura seguinte mostra uma barra de cobre com o comprimento de 20 cm. A área da sua secção recta é de 0,32 cm .
-1 -1
As duas extremidades da barra são mantidas à temperatura de 100ºC e 30ºC, respectivamente. (k cobre=398 Wm ºC ).
Determina a quantidade de calor, que atravessa a barra, por segundo.

Área=0,32cm2

20 cm
T1=100ºC T2= 30ºC

5. Um quarto tem uma janela de vidro simples com as seguintes dimensões: comprimento - 110cm, largura - 90cm,
espessura -. 5mm. A temperatura na superfície interna do vidro é de 22ºC e a temperatura exterior é de 3ºC. Calcula a
-1 -1
quantidade de calor que é transferida por unidade de tempo através do vidro, k vidro simples 0,8Wm ºC .

6. A condutividade térmica de uma cerâmica é kT= 0,6 W/mK. Com base no significado físico deste valor, calcule a
quantidade de energia transferida por unidade de tempo (potência), através de uma placa desse material quando:
2
a) A diferença de temperatura entre duas faces paralelas é de 20ºC, a área da face A=1m e a espessura d=1m.
2
b) A espessura da placa é de 5 cm, ΔT=1ºC, A=1m .
2
c) A área das faces paralelas é de 400cm , ΔT=1ºC e a espessura d=1m.

7. Colocam-se três barras de diferentes materiais (cobre, ferro e vidro) em contacto com uma chama. A extremidade
oposta de cada uma das barras é envolvida em cera, na qual se faz aderir um grão de milho. Ao fim de algum tempo,
os grãos caem. Qual a ordem por que vão cair?
(kcobre=398 W/mK; kferro=80,3 W/mK; kvidro=0,72- 0,86 W/mK).

A professora
Cristiana Morais