You are on page 1of 2

Apresentação em tema: "VOCÊ PODE MELHORAR O SEU

RELACIONAMENTO? Capítulo 10 do Livro: Para Além do Amor de Aaron


T. Beck

1 VOCÊ PODE MELHORAR O SEU RELACIONAMENTO? Capítulo 10 do Livro: Para Além


do Amor de Aaron T. Beck
2 CONVICÇÃO A convicção empregada a determinada situação pode impedir ou
motivar uma mudança. A convicção empregada a determinada situação pode impedir
ou motivar uma mudança. Quando o casal está disposto: Quando o casal está disposto:
- Compromisso mútuo; Confiança; Lealdade Cap. 12 - Atacar pensamentos
improdutivos Cap. 13 - Melhorar comunicação e colaboração Cap. 14,15 e 16 -
Métodos de defesa contra o rancor Cap. 17
3 A RESISTÊNCIA A MUDANÇA Avaliação sensata e racional da situação. Apresentar ao
casal a seguinte lista de convicções: Avaliação sensata e racional da situação.
Apresentar ao casal a seguinte lista de convicções: Convicções Ante a Transformação -
Meu marido (mulher) é incapaz de se modificar. - Nada pode melhorar nosso
relacionamento. - As coisas só vão piorar. - As pessoas seguem o seu trilho e não
conseguem mudar.
4 - Ele (ela) nunca vai cooperar e nada pode ser feito sem sua cooperação. - Já sofri
demais. Não tenho mais forças para continuar tentando. - Se precisamos elaborar
algum problema em nosso relacionamento, é sinal de que há alguma coisa de muito
errado com ele. - A elaboração de certas questões do relacionamento só o faz piorar. -
Só estamos adiando o inevitável. - Agora os estragos já são muito grandes. - Meu
casamento está morto. - Não me sinto capaz de mudar.
5 - Se não conseguimos nos entender até agora, por que acha que conseguiremos no
futuro? - Não que ele (ela) comece a agir de forma mais positiva, o problema está na
sua atitude. Convicções e idéias com que nos justificamos - É normal eu me comportar
desse jeito. - Está certo pensar do meu jeito. - Qualquer outra pessoa na minha posição
reagiria dessa forma. - Ele (ela) me magoa. Merece ser magoado (a).
6 A exigência da reciprocidade - Eu me esforço, se ele se esforçar primeiro. - Tango se
dança a dois, não vejo por que devo ser só eu a me modificar. - Não é justo que eu faça
todo o trabalho. - Depois de todo o meu esforço, agora é a vez dele (dela) se virar. - O
que eu ganho com isso? - Ele (ela) já me magoou muito no passado; agora vai ter de
fazer por onde. - Como vou saber se ele (ela) está a fim de manter o relacionamento?
7 O problema está nele (nela) - Se começarmos a explorar nosso relacionamento, ele
(ela) vai piorar. - Não tem nada de errado comigo. Se ele (ela) se modificasse, tudo
ficaria bem. - Ele (ela) não se preocupa em melhorar nosso relacionamento. - Ele (ela) é
impossível. - Ele (ela) é maluco (a). - Ele (ela) só sabe ser daquele jeito. - Ele (ela) está
cheio de ódio, esse é o problema. - Nunca tive problema na vida até nos casarmos.
8 O que deve ser mudado? Os modelos de Pensamento ou Comportamento? Primeiro
os Comportamentos: é mais fácil mudar ações concretas ou criar novas, do que
modificar modelos de pensamentos. Primeiro os Comportamentos: é mais fácil mudar
ações concretas ou criar novas, do que modificar modelos de pensamentos. Tornar as
coisas positivas. A construção da relação só pode existir no positivo. Tornar as coisas
positivas. A construção da relação só pode existir no positivo.
9 REDEFININDO O PROBLEMA Definir os problemas conjugais de maneira mais
concreta possível e traduz a queixa em problemas solúveis. Estas técnicas estão
descritas no cap. 16. Definir os problemas conjugais de maneira mais concreta possível
e traduz a queixa em problemas solúveis. Estas técnicas estão descritas no cap. 16.
10 COMO AS PESSOAS SE TRANSFORMAM Hábitos de interpretação adquiridos durante
o desenvolvimento = como reagir ao gesto amigo, como ignorar uma desfeita, como
atender uma exigência, etc., gera um SISTEMA DE CÓGIGOS que forma o nosso
REPERTÓRIO DAS FUNÇÕES SOCIAIS. Hábitos de interpretação adquiridos durante o
desenvolvimento = como reagir ao gesto amigo, como ignorar uma desfeita, como
atender uma exigência, etc., gera um SISTEMA DE CÓGIGOS que forma o nosso
REPERTÓRIO DAS FUNÇÕES SOCIAIS.
11 As pessoas podem se transformar se tiverem motivação suficiente. Parte da
transformação ocorre de vivências corretivas que contradizem a convicção subjacente.
As pessoas podem se transformar se tiverem motivação suficiente. Parte da
transformação ocorre de vivências corretivas que contradizem a convicção subjacente.
Ao aprender a captar os seus erros de interpretações exageradas (cap. 13), pode-se
ajustar o sistema de códigos. Ao aprender a captar os seus erros de interpretações
exageradas (cap. 13), pode-se ajustar o sistema de códigos.
12 UM PROGRAMA PARA AS TRANSFORMAÇÕES 1.Quais as transformações que se
quer realizar primeiro? 2.Erros de juízo e modelos de reação (cap. 13).
3.Transformações na comunicação (cap. 14 e 15). 4.Reduzir o Rancor (cap. 17).
5.Métodos para solucionar os problemas (cap. 16).
13 Recomendações do Programa Para: - Gerar mais satisfação e prazer; - Aliviar grande
parcela do desprazer; - Aliviar sofrimento desnecessário. É preciso: - Estado de espírito
apropriado. - Motivação para aplicar os princípios aqui traçados.