You are on page 1of 8

Avaliação da propriedade anti-fingerprint em aços inoxidáveis coloridos revestidos

com nano filmes de óxidos

Tiago M. O. Santos1, Albano Cavaleiro2, Nuno Figueiredo3, Célia R. O. Loureiro4,


Rosa M. R. Junqueira5
1
Eng. Metalurgista, Mestrando do Programa de Pós-Graduação REDEMAT (UFOP/CETEC/UEMG).
2
Full Professor, Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade de Coimbra, Portugal.
3
Eng. Químico, Doutorando do Departamento de Engenharia Mecânica da Un. Coimbra, Portugal.
4
Eng. Químico, MSc, Pesquisadora do Centro Tecnológico CETEC SENAI
5
Pesquisadora do Centro Tecnológico CETEC SENAI, Professora do Programa de Pós-Graduação
da REDEMAT (UFOP/CETEC/UEMG).

Resumo
Neste trabalho foi estudado o comportamento de nano filmes de óxido de titânio e alumínio
depositados na superfície de aços inoxidáveis coloridos, quanto à incidência de manchas
provocadas por impressões digitais. Foi desenvolvida uma metodologia para marcação e
quantificação das impressões digitais nas superfícies das amostras a partir de um software de
tratamento de imagens. Estes filmes foram depositados por PVD com pulverização catódica, em
modo reativo, com corrente pulsada. Os filmes obtidos pela deposição foram caracterizados a partir
da microscopia de força atômica, microssondagem eletrônica com espectrômetros de dispersão do
comprimento de onda (WDS). O desempenho do nano filme, quanto à característica anti-
fingerprint, foi estudado a partir da determinação dos ângulos de contato das superfícies, para
avaliar o grau de hidrofobicidade e oleofobicidade das superfícies. Foi verificado que quanto à
característica anti-fingerprint, os nano filmes não impediram que ocorressem as manchas de
impressão digital, mas conferiram uma maior facilidade de limpeza, característica conhecida como
easy to clean.
Palavras-chave: anti-impressão digital, hidrofobicidade, oleofobicidade, foto-catalítica.

Property evaluation anti-fingerprint colored stainless steel coated with


oxide nano films

Abstract
In this work the behavior of oxide nano films of titanium and aluminum deposited on the surface of
colored stainless steel was evaluated considering the incidence of fingerprints marks. A
methodology was developed for marking and quantification of fingerprints on the surfaces of
samples from a image processing software. These films were deposited by PVD, with cathodic
sputtering in reactive mode using pulsed current. The films obtained by deposition were
characterized from atomic force microscopy (AFM), electron microprobe (EPMA) with
spectrometers of dispersive wavelength (WDS). The performance of the nano film, concerning the
anti-fingerprint characteristic, was studied by measuring the contact angles of surfaces, to evaluate
the hydrophobicity and oleophobicity degree of the surfaces. It was observed that on the anti-
fingerprint characteristic, the nano films do not prevent the occurrence of fingerprint stains, but
confer a greater ease of cleaning, characteristic known as easy to clean.
Key-words: anti-fingerprint, hydrophobicity, oleophobicity, photo-catalytic.
1. Introdução
Os aços inoxidáveis coloridos possuem uma gama imensa de aplicações, sendo utilizados em
revestimentos internos e externos na construção civil, mobiliário urbano, esculturas, fachadas,
elevadores, eletrodomésticos, entre outros 1,2. Quando aplicado em ambientes de grande circulação
de pessoas, é inevitável que estes apresentem danos superficiais, decorrentes do manuseio,
indesejáveis esteticamente. Tais danos, como manchas provocadas por impressões digitais, riscos,
demandam um tempo maior para sua retirada no processo de limpeza do aço. Procurando evitar
estes problemas, o recobrimento da superfície dos aços inoxidáveis coloridos com nano filmes com
características anti-fingerprints, resistentes à corrosão, riscos e a abrasão, é visto como uma das
soluções possíveis para acabar ou reduzir estes problemas 3,4.
Atualmente, nano filmes que facilitam ou dispensam limpeza estão sendo amplamente utilizados
em vidros, telas táteis de celulares e outros equipamentos eletrônicos, além de vidros de edifícios.
Os nano filmes aplicados para este fim são constituídos em geral de óxidos de metais e polímeros
transparentes que quando depositados nas superfícies de vidros e outros materiais propiciam
superfícies menos susceptíveis a manchas e impressões digitais 5,6,7,8.
Para que o filme seja anti-manchas de impressões digitais ele deve apresentar características
hidrofóbicas e oleofóbicas, ou seja, repelir totalmente o suor contido nos dedos humanos, que
provocam as marcas de impressão digital. Outra forma de se obter uma superfície livre de marcas
de impressões seria revestí-la com nano filmes que apresentem comportamento auto-limpante.
Neste caso, a superfície pode se sujar ou manchar, entretanto, possui capacidade de auto-limpeza,
em que a água tem um papel fundamental. Existem duas categorias de superfícies auto-limpantes:
aquelas com características hidrofílicas – com afinidade pela água- e fotocatalíticas – com
capacidade de quebra de sujeira orgânica pela irradiação da luz visível- e aquelas com
características superhidrofóbicas (ângulo de contato θ > 120°) 8,9. Outro tipo de superfície
empregada na prevenção de manchas é conhecida como “easy to clean”, que são superfícies que
mancham, mas apresentam grande facilidade de limpeza.
A hidrofobicidade é a característica que uma superfície possui de repelir totalmente a água,
sendo o mesmo sentido para a oleofobicidade que repele totalmente óleos. As superfícies
hidrofílicas e oleofilicas possuem afinidade com líquidos. Superfícies hidrofílicas promovem o
espalhamento da água sobre elas (ângulo de contato 90° < θ < 10°) e as superfícies oleofilicas o
espalhamento de óleos (ângulo de contato 90° < θ < 10°). Outra característica importante da
superfície é a rugosidade que está intimamente ligada ao comportamento hidrofóbico. Segundo o
modelo de Cassie-Baxter, uma superfície será considerada hidrofóbica quando para Ra ≤ 1 µm, a
razão (Ra/Rv) for ≤0,2452 , sendo (Ra) a rugosidade média e (Rv) a profundidade máxima do vale
do perfil 10.

Do exposto acima este trabalho teve por objetivo depositar nano filmes transparentes de óxidos
na superfície dos aços inoxidáveis coloridos visando melhorar suas propriedades anti-fingerprint.

2. Material e Métodos
O trabalho foi conduzido a partir de uma chapa de aço inoxidável ABNT 304 (2000 x 1200 x
0,6 mm) com acabamento mecânico espelhado tipo BB (Bright Buffing) de fabricação da Aperam
South America. Inicialmente, foi realizada uma confirmação da composição química da chapa, em
seguida a mesma foi colorida na planta industrial da Inoxcolor para posterior deposição dos nano
filmes de óxidos e caracterização, o que foi realizado na Universidade de Coimbra.

2.1. Caracterização do substrato de aço inoxidável


A confirmação da composição química do substrato de aço foi realizada nos laboratórios da
Aperam South America e estão apresentados na Tabela 1. Para este ensaio foi retirada uma tira
(104,2 x 1200 x 0,6mm) da chapa de aço inoxidável. Os equipamentos utilizados na determinação
química foram ARL9900 e o espectrômetro de fluorescência de raios-X da Philips PW 2600.

Tabela 1. Composição química do aço inoxidável ABNT 304 (%)


Composição Química (% em massa)
C Cr Ni Mo Mn P S Si
Resultado Obtido 0,052 18,191 8,013 0,093 1,150 0,025 0,002 0,391
Especificação da 0,08 18,0- 8,0- 2,0 0,045 0,03 0,75
-
norma ABNT 304 máx. 20,0 10,5 máx. máx. máx. máx.

2.2. Coloração Eletroquímica da Chapa de Aço Inoxidável e Preparação das Amostras

A chapa de aço inoxidável foi colorida pela Inoxcolor na cor azul por processo eletroquímico de
corrente pulsada à temperatura ambiente, de acordo com o processo desenvolvido e patenteado pelo
CETEC 2. Após colorida, a chapa foi recortada em amostras (297 x 210x 0,6 mm) sendo as mesmas
lavadas com solução desengraxante e enxaguadas abundantemente com água destilada. Para a
realização dos ensaios, as amostras foram recortadas a laser em dimensões variadas, de acordo com
o ensaio a ser realizado.

2.3. Recobrimento de Nano Filmes


A deposição dos nano filmes de óxidos foi conduzida em uma máquina protótipo confeccionada
pela Hartec. O recobrimento foi realizado pela técnica de pulverização catódica, em modo reativo,
utilizando corrente pulsada, fonte de plasma com frequência de 250 KHz com largura de pulso de
1600ns. Foram realizadas deposições nas potências de plasma de 300 e 900 W. A deposição em
alvos metálicos foi realizada em atmosferas de Ar + O2, sendo utilizados dois alvos: Alumínio puro
(99,999%) e Titânio puro (99,999%). Sendo depositados sobre as amostras dois tipos de filmes:
óxido de alumínio (Al2O3) e óxido de titânio (TiO2), sendo a deposição numa pressão de 10-3 Pa. A
deposição foi realizada até uma espessura de 35 nm, de modo a não alterar a cor das amostras dos
aços coloridos. Foi também depositado filmes com 1 µm de espessura em amostras de aço colorido
destinadas especificamente à realização de microanálise em microscópio eletrônico de varredura

2.4. Caracterização dos Nano filmes


Foram avaliadas as características morfológica, química e o caráter de hidrofobicidade e
oleofobicidade dos nano filmes.

2.4.1. Caracterização Química

A caracterização química dos filmes foi realizada utilizando a microssonda eletrônica (EPMA)
com espectrômetros por dispersão de comprimento de onda (WDS) de fabricação da CAMECA
modelo Camebax SX50.Para que o feixe de elétrons não atingisse o substrato, foram depositados
filmes com espessuras de 1 µm e foi utilizada uma tensão de 10 KV e uma corrente de 40 nA.
Foram analisadas as amostras recobertas com óxido de alumínio (Al2O3) e óxido de titânio (TiO2).

2.4.2. Caracterização Morfológica

Foram aplicadas as técnicas de microscopia por força atômica (AFM), microscópio modelo
diInnova da Veeco, para se determinar a rugosidade e a espessura dos filmes depositados. Para cada
amostra foram analisadas áreas de 1 µm2, sendo Ra a rugosidade aritmética ou média do filme e Rv
a profundidade máxima do vale do perfil ou distância do vale mais profundo à linha média 10.
2.4.3. Medição da cor das amostras de aço colorido revestidas com nano filmes

A determinação numérica da cor das amostras de aço inoxidável colorido antes e após o
revestimento com nano filmes foi realizada por espectrofotometria de refletância. Para se realizar a
medição das cores foi utilizado um espectrofotômetro de fabricação da HunterLab, modelo
ColorQuest II .

2.4.4. Desempenho dos nano filmes quanto às características “antifingerprint”

Foi desenvolvida uma metodologia para avaliar o desempenho dos nano filmes quanto a
ocorrências de manchas de impressões digitais em suas superfícies. Para isso uma solução artificial
do suor humano foi formulada com base na literatura 10 e um dispositivo para reprodução da
impressão digital foi construído conforme ilustrado na Figura 1.

Figura 1. Dispositivo de reprodução de impressão digital

O ensaio foi conduzido nas seguintes etapas:

1) Obtenção de uma impressão na superfície do nano filme por meio do dispositivo de impressão
digital desenvolvido: O dispositivo utiliza uma impressão digital estampada em borracha,
semelhante a um carimbo, e uma base para apoio da amostra. Este arranjo garante que a impressão
seja realizada sempre na mesma área do carimbo. Após a inserção da amostra na base, a tampa onde
está fixado o carimbo é fechada com um peso constante na parte externa da mesma. O ensaio foi
realizado com pesos de 500 ou 1500g, os quais simulam a pressão exercida pelos dedos sobre as
superfícies estudadas.
2) Dispersão de um pó na superfície testada para revelação de impressão (Argento Podium, cat. 36,
da Folien Vogel). As impressões tornam-se bem visíveis facilitando assim a aquisição de imagens;
3) Aquisição de imagens da impressão digital: As imagens foram adquiridas em uma câmera Nikon
modelo P500 e processadas em programa aplicativo para tratamento de imagens: ImageJ. No
programa a imagem colorida adquirida é em binarizada (preto e branco) e são quantificadas as áreas
cobertas e não cobertas pela impressão digital.

2.5. Medição do Ângulo de Contato

A medida do ângulo de contato foi realizada utilizando-se seringas para gotejamento de água e
solução artificial nas superfícies das amostras de aço inoxidável colorido com e sem nano filmes.
As imagens foram adquiridas em uma câmera Nikon modelo P500. As mesmas foram
processadas a partir do modulo de extensão, Dropanalysis, do software ImageJ 8.

3. Resultados e Discussão

3.1. Caracterização dos nano filmes


3.1.1. Composição Química
A composição química dos óxidos de alumínio e titânio depositados em 300 e 900 W na superfície
dos aços inoxidáveis coloridos estão apresentadas nas Tabelas 2 e 3, respectivamente.
Tabela 2. Composição química dos nano filmes óxido de alumínio (% em massa)

Amostra O Al Ar Total O% Al % Ar %
46,93 ± 44,32 ± 6,86 ± 98,11 ± 61,78 ± 34,60 ± 3,62 ±
300 W
0,09 0,16 0,18 0,14 0,13 0,10 0,10
49,74 ± 45,19 ± 5,23 ± 100,16 ± 63,26 ± 34,08 ± 2,66 ±
900 W
0,05 0,15 0,10 0,21 0,12 0,08 0,05

Tabela 3. Composição química dos nano filmes de óxido de titânio (% em massa)

Amostra O Ti Total O% Ti %
300 W 43,96 ± 0,06 55,42 ± 0,31 99,38 ± 0,37 70,37±0,09 29,63 ± 0,09
900 W 44,04 ± 0,01 55,98 ± 0,38 100,02 ± 0,39 70,20 ± 0,14 29,80 ± 0,14

Os resultados apresentados indicam que os elementos identificados na análise correspondem ao


tipo de óxido depositado. Para o óxido de alumínio, Tabela 2, foi constatada a presença de argônio,
elemento utilizado no processo de deposição para controlar a atmosfera de deposição. Esta
evidência sugere que a deposição poderia ser realizada com menor quantidade desse gás. Já para as
amostras recobertas com óxido de titânio, Tabela 3, não foi constatada a presença de argônio.

3.1.2. Morfologia
Imagens típicas de microscopia de força atômica para cada condição estão apresentadas na
Figura 2. Os valores da rugosidade dos nano filmes os quais foram obtidos após processamento das
imagens de MFA estão apresentados na Tabela 4.

a b

c d

Figura 2. Imagens de microscopia de força atômica - amostra recoberta com TiO2, potência de
plasma: (a) 300 W e (b) 900 W; amostra recoberta com Al2O3, potência de plasma: (c)
300 W e (d) 900 W.
Tabela 4. Rugosidade média (Ra) e profundidade máxima do vale do perfil (Rv) dos nano filmes

Tipo de nano Potência do


Ra (nm) Rv (nm) Ra/Rv
filme plasma (W)
300 3,5 12,5 0,28
Al2O3
900 2,0 6,7 0,30
300 3,8 16,8 0,23
TiO2
900 3,2 11,2 0,28

A partir dos resultados apresentados na Tabela 4 e considerando o modelo de Cassie-Baxter 10,


todos os nano filmes, com exceção do óxido de titânio depositado na potência de plasma de 300 W,
apresentaram um comportamento hidrofílico típico, ou seja, Ra/Rv ≤ 0,245.

3.1.3. Influência do nano filme na cor do aço inoxidável colorido

Na Tabela 5, estão apresentados os resultados da determinação numérica das cores das amostras
de aço coloridas revestidas com nano filmes.

Tabela 5. Determinação numérica das cores dos aços coloridos revestidos com nano filmes.

Potência
Amostra L* C* h* DE*
(W)
300 39,02 25,51 204,34 19,76
Al2O3
900 41,86 27,02 186,29 26,35
300 50,46 35,07 226,01 25,01
TiO2
900 51,67 35,85 226,89 25,77
*DE: diferença de cor tomando como referência o aço colorido sem revestimento com nano filme

Os resultados de cor apresentados na Tabela 5 mostram que existe uma diferença (DE*) na
superfície revestida com nano filme em relação à sem revestimento. Apesar desta diferença ser
determinada numericamente ela não é perceptível visualmente, o que evidencia a transparência do
nano filme depositado.

3.1.4. Desempenho dos nano filmes quanto às características “antifingerprint”


Na Tabela 6 são apresentados os resultados da análise de desempenho anti-fingerprint os quais
foram obtidas a partir das análises de imagem das impressões digitais.
Tabela 6. Área de cobertura da impressão digital em amostras de aço inoxidável colorido com e
sem nano filme, nas cargas de 500 e 1500 g.
% área coberta
Amostra
500g 1500g
Aço colorido sem revestimento 48 ± 2 65 ± 2
300 W 35 ± 2 44 ± 2
Al2O3
900 W 38 ± 2 52 ± 1
300 W 34 ± 2 49 ± 1
TiO2
900 W 40 ± 1 50 ± 2
É possível notar uma redução da cobertura da impressão digital na superfície das amostras com
os nano filmes, independente do tipo de óxido e da sua condição de deposição, em relação à
amostra sem nano filme. Ainda com o aumento da carga de impressão também é observa-se que o
percentual de área coberta com a impressão diminuiu na presença do nano filme. De modo geral, o
nano filme de óxido de alumínio foi o que apresentou o melhor desempenho anti-fingerprint.
Na Figura 3 estão ilustradas imagens típicas de cobertura da impressão digital obtida com carga
de 500g para o óxido de titânio, depositado com potência de plasma de 300 W (b) e para o aço
inoxidável colorido sem revestimento (a). Uma análise comparativa das duas imagens sugere que a
região branca – representada pela cobertura de suor- está visualmente menor na superfície revestida
com o nano filme de óxido e titânio (Figura 3b) e confirma a quantificação apresentada na Tabela 6.

Figura 3. Imagens binárias das impressões digitais: a) aço inoxidável colorido sem recobrimento,
b) aço inoxidável colorido recoberto com TiO2 , 300 W, carga aplicada de 500 g.

3.1.5. Ângulo de Contato:

Os resultados dos ângulos de contato obtidos para cada óxido estão expressos na Tabela 7. Na
Figura 4 está ilustrada uma gota de água na superfície revestida de Al2O3.

Tabela 7. Relação de ângulos de contato para água e para a solução artificial de suor humano

Amostra θ (água) θ (Suor Artificial)


Aço com coloração e sem revestimento 84,0 ± 2,69° 32,0 ± 0,54°
300 W 88,5 ± 1,02° 33,5 ± 0,24°
Al2O3
900 W 86,5 ± 1,26° 32,4 ± 1,18°
300 W 80,0 ± 2,86° 32,2 ± 0,87°
TiO2
900 W 75,0 ± 2,64° 27,9 ± 2,67°

ө=88°

Figura 4. Imagem de uma gota de água do ângulo de contato, amostra de Al2O3 com ângulo de
contato de 88º.
Em relação ao ângulo de contato, não foi observada uma mudança entre as superfícies com e
sem deposição de nano filme. Considerando os valores encontrados podemos concluir que todas as
superfícies possuem caráter hidrofílico (θ < 90°) 10. O filme de óxido de alumínio apresentou um
aumento do ângulo se aproximando mais das características hidrofóbicas.

4. Conclusões

Em relação aos nano filmes de óxido de titânio e alumínio depositados na superfície de aços
inoxidáveis coloridos podemos concluir:
 Melhoram as propriedades antifingerprints e não alteram a aparência dos aços inoxidáveis
coloridos;
 Apresentam um comportamento hidrofilico segundo relação de Cassie-Baxter (para Ra<1m e
Ra/Rv≤0,24), que correlacionou bem com as medidas de ângulo de contato realizadas (todos
ө<90°);
 Não impedem que ocorram manchas de impressão digital, mas conferem uma maior facilidade
de limpeza, característica conhecida como easy to clean

Agradecimentos
Agradecemos à Inoxcolor pelo apoio financeiro, à Universidade de Coimbra pela infra-estrutura
disponibilizada e à Capes pela bolsa de mestrado concedida ao TMOS.

5. Referências Bibliográficas

1. JUNQUEIRA, R.M., LOUREIRO, C.R. Avaliação da resistência à corrosão de aços inoxidáveis


ABNT 304 coloridos por interferência. In: Seminário Brasileiro do Aço Inoxidável - Inox 2004, 7.
Anais... São Paulo, 2004;
2. Fundação Centro Tecnológico De Minas Gerais – CETEC (Belo Horizonte - MG). Rosa Maria
Rabelo Junqueira e Rogério Gonçalves Marques. Processo de coloração de aços inoxidáveis
coloridos. Patente PI 9703991.26 jan. 1999;
3. NAVARRINI, W., BRIVIO, T., CAPOBIANCO, D., DIAMANTI, M. V., PEDEFERRI, M.,
MAGAGNIN, L., RESNATI, G., Anti-fingerprints fluorinated coating for anodized titanium
avoiding color alteraTiO2n, J. Coat. Technol. Res., 2011, v. 8(2), p. 153–160;
4. LIU, L.D., LIN, C. S., TIKEKAR, M., CHEN, P. H., Superhydrophobic transparent films from silica
powder: Comparison of fabricaTiO2n methods, Thin Solid Films, 2011, v. 519, p. 6224–6229;
5. GANBAVLE, V. V., BANGI, U. K. H., LATTHE, S. S., MAHADIK, S. A., RAO, A. V., Self-
cleaning silica coatings on glass by single step sol–gel route, Surface & Coatings Technology, 2011,
v.205, p. 5338–5344;
6. LI, X., DU, X., HE, J., Self-Cleaning Antireflective Coatings Assembled from Peculiar Mesoporous
Silica Nanoparticles, Langmuir, 2010, v. 26(16), 13528–13534;
7. QI, K., FEI, B., XIN, J. H., Visible light-active iron-doped anatase nanocrystallites and their self-
cleaning property, Thin Solid Films 519 (2011) 2438–2444
8. STALDER, A. F., MELCHIOR, T., MÜLLER, M., SAGE, D., BLU, T., UNSER, M., Low-bond
axisymmetric drop shape analysis for surface tension and contact angle measurements of sessile
drops, Colloids and Surfaces A: Physicochemical and Engineering Aspects, 2010, vol. 364, p. 72-81;
9. TAKAHASHI, M., KOBAYASHI, K., TAJIMA, K., Structural characterizaTiO2n and
photocatalytic activity of ultrathin TiO22 films fabricated by Langmuir–Blodgett technique with
octadecylamine, Thin Solid Films, 2011, v. 519, p. 8077–8084;
10. WU, L. Y. L., CHEN, S. K. N. Z., XUAN, D. T. T., Quantitative Test Method for EvaluaTiO2n of
Anti-Fingerprint Property of Coated Surfaces, Applied Surface Science, 2011, v. 257, p. 2965-2969;
Corresponding author: Rosa Maria Rabelo Junqueira (rosa@gmail.com)